Autor Tópico: Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.  (Lida 43376 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #375 Online: 28 de Agosto de 2019, 21:35:40 »
[...]

[...]

Se não fosse tão simétrica, eu diria que é uma estrutura de impacto.

Mas a elevada simetria e os tipos litológicos aflorantes sugerem ser um domo erodido.

Quase isso.

Citar
The Richat Structure, a geologic wonder viewable from space, is a striking circular feature found in the Sahara Desert in Mauritania.  Also known as the Eye of the Sahara, the structure measures 40 kilometers (roughly 25 miles) in diameter.  It was originally though to have been caused by a meteor strike, but scientists now believe it was formed by a large dome of molten rock uplifting and shaped by the forces of water and wind. 

A geologic dome, the Richat Structure has concentric bands of resistant quartzite rocks which form the ridges.  Sedimentary rock is found between the ridges. 

The magnificence of this natural phenomenon was captured on November 23, 2010 by the Advanced Visible and Near Infrared Radiometer on Japan’s ALOS satellite.  The image shows the Adrar plateau on the left side with darker sedimentary rocks.  The lower portion of the images shows the erg (sand dunes).  Despite the dry and inhospitable look of this region of the Sahara Desert the southern part of the Richat Structure shows the presence of vegetation in the form of trees and bushes as well as temporary lakes; a result of the rainy season that occurred a few weeks before the picture was captured.


https://www.geographyrealm.com/richat-structure/

Citar
NASA explained, “The Richat Structure in the Sahara Desert of Mauritania is easily visible from space because it is nearly 50 kilometers across. Once thought to be an impact crater, the Richat Structure’s flat middle and lack of shock-altered rock indicates otherwise. The possibility that the Richat Structure was formed by a volcanic eruption also seems improbable because of the lack of a dome of igneous or volcanic rock. Rather, the layered sedimentary rock of the Richat structure is now thought by many to have been caused by uplifted rock sculpted by erosion. The above image was captured last year by the orbiting Landsat 7 satellite. Why the Richat Structure is nearly circular remains a mystery.”


Photo #2 by Landsat 7, USGS, NASA

http://www.lovethesepics.com/2011/04/earths-bulls-eye-the-eye-of-africa-landmark-for-astronauts-14-pics/



« Última modificação: 28 de Agosto de 2019, 21:42:40 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #376 Online: 27 de Setembro de 2019, 00:31:52 »
Interessante...



« Última modificação: 27 de Setembro de 2019, 00:37:03 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #377 Online: 06 de Outubro de 2019, 21:28:25 »
Tem alguma coisa errada na cronologia do desenvolvimento da tecnologia do antigo Egito? "Out of time objects" sugerem a existência de tecnologia avançada herdada de dinastias anteriores? Também é interessante a discussão do Papiro de Turin.

Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.186
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #378 Online: 07 de Outubro de 2019, 09:11:40 »
O Homem tem medo do Tempo, o Tempo tem medo das Pirâmides...

"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #379 Online: 07 de Outubro de 2019, 13:14:59 »
Também é interessante a discussão do Papiro de Turin.

Nem aliens nem civilizações perdidas, o Diário de Merer explica:

"A mais velha das sete maravilhas do mundo Antigo conta com toda uma aura de mistério. Tudo graças a seu enigmático processo de construção, iniciado há pelo menos 2,5 mil anos a.C. A forma como os egípcios colocaram a Grande Pirâmide de pé de fato impressiona: foram 20 anos de obras, nos quais cerca de 100 mil homens trabalharam no monumento de 139 metros de altura.

Além de tudo ter de ser feito ‘na raça’, sem a ajuda de ferramentas mais complexas, a matéria-prima utilizada costumava vir de longe. Enquanto o calcário era produzido em Tura, a quase 13 quilômetros de Gizé, o granito viajava ainda mais – pelo menos 800 km, trazido de cidades do sul do Egito, como Aswan e Luxor.

Este último tópico, aliás, sempre botou uma pulga atrás da orelha de arqueólogos e especialistas. Quem teria ajudado os egípcios no translado dessas peças gigantes de pedra, com pelo menos 2.5 toneladas cada uma? Sem considerar “ajuda alienígena” como uma resposta razoável, arqueólogos acreditam que a chave para a questão esteja em um papiro antigo – e que as águas do Nilo tenham, mais uma vez, sua parcela de responsabilidade na história.

O manuscrito de 4,5 mil anos de idade é considerado o mais antigo da história egípcia. Ele foi encontrado nos arredores das pirâmides de Gizé em 2013 – mais precisamente no antigo porto de Wadi al-Jarf, no Mar Vermelho. Desde então, ele embasa o trabalho de um grupo internacional de pesquisadores. Suas conclusões mais recentes vieram ao mundo na última semana, no documentário Grande Pirâmide do Egito: A Nova Evidência, produzido pelo Canal 4, da TV britânica – e disponível neste link. Segundo o grupo, o nascimento da Grande Pirâmide – onde está sepultado o idealizador da obra, Faraó Khufu – só foi possível por conta de um complexo sistema de canais.

Acredita-se que o autor do papiro, conhecido como Merer, era um oficial envolvido na construção da Grande Pirâmide e responsável por liderar um grupo de 40 marinheiros. Em seu diário, ele detalha como a operação funcionava. Pelas águas do Nilo, as pedras cumpriam o percurso em barcos de madeira. Graças a canais escavados até o pé da pirâmide em construção, as embarcações podiam chegar o mais próximo possível da obra. Assim, os barcos eram puxados pelos milhares de trabalhadores com a ajuda de cordas. Cerca de 170 mil toneladas de calcário – e pelo menos 2.3 milhões de blocos de pedra – teriam chegado até Gizé dessa forma. Haja força no braço."

Notícia de 2017

Fonte: https://super.abril.com.br/historia/encontrado-papiro-que-descreve-a-construcao-da-grande-piramide-do-egito/



GNOSE

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #380 Online: 07 de Outubro de 2019, 15:52:33 »
PELO QUE EU ENTENDI en passant (já que prefiro é estudar o espiritismo ::)) o questionamento seria a subestrutura cujas técnicas construtivas indicariam 1 cronologia posterior (seria "+ adiantada") que a steps que se lhe sobrepõe...
Com a palavra o especialista Sr. Gigaview...
🤔

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #381 Online: 07 de Outubro de 2019, 16:26:28 »
PELO QUE EU ENTENDI en passant (já que prefiro é estudar o espiritismo ::)) o questionamento seria a subestrutura cujas técnicas construtivas indicariam 1 cronologia posterior (seria "+ adiantada") que a steps que se lhe sobrepõe...
Com a palavra o especialista Sr. Gigaview...
🤔

Seu Gorducho, prior da DE: não vi os vídeos, sorry, mas essas teorias não me encantam e nem me convencem... ::)

GNOSE

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #382 Online: 07 de Outubro de 2019, 19:19:07 »
PELO QUE EU ENTENDI en passant (já que prefiro é estudar o espiritismo ::)) o questionamento seria a subestrutura cujas técnicas construtivas indicariam 1 cronologia posterior (seria "+ adiantada") que a steps que se lhe sobrepõe...
Com a palavra o especialista Sr. Gigaview...
🤔

Existem evidências de uso de  tecnologias diferentes nos sítios arqueológicos que são contraditórias. Ele cita o exemplo dos vasos de pedra empregados no processo de mumificação construídos com uma tecnologia diferente de suas tampas feitas toscamente de barro. Claramente, são artefatos de épocas diferentes sugerindo que a tecnologia que produziu os vasos não estava mais disponível para produzir as tampas.  Os vasos foram herdados de uma outra dinastia que possuía essa tecnologia mais avançada e que de alguma forma parece ter se perdido. Ele cita também que as inscrições em algumas peças evidenciam falta de cuidado e de polimento que não combinam com o todo da peça, como se tivessem sido aplicadas toscamente numa outra época, diferente da época da construção da peça. Outra evidência é que o interior/poço/túnel das mastabas foram feitos com tecnologia muito superior à empregada no seu exterior sobre o solo.

Isso aconteceu na China que também teve uma época de ouro de desenvolvimento tecnológico. Toda a tecnologia desenvolvida foi cercada de tanto segredo que colocou em risco a sua sobrevivência através de gerações. Muita coisa se perdeu pelo excesso de zelo da confidencialidade e o pouco que sobrevivia vinha na forma de "caixas pretas" cuja compreensão do funcionamento carecia de princípios científicos/tecnológicos que não foram convenientemente transmitidos através do tempo.

As hipóteses sobre a construção das pirâmides não levam em conta essa possibilidade de tecnologias herdadas. Pode ser que as pirâmides sejam um reaproveitamento recente de algo mais antigo, algo que foi "construído" em 25 ou 30 anos e que não partiu do zero.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #383 Online: 07 de Outubro de 2019, 19:42:21 »
Também é interessante a discussão do Papiro de Turin.

Nem aliens nem civilizações perdidas, o Diário de Merer explica:

"A mais velha das sete maravilhas do mundo Antigo conta com toda uma aura de mistério. Tudo graças a seu enigmático processo de construção, iniciado há pelo menos 2,5 mil anos a.C. A forma como os egípcios colocaram a Grande Pirâmide de pé de fato impressiona: foram 20 anos de obras, nos quais cerca de 100 mil homens trabalharam no monumento de 139 metros de altura.

Além de tudo ter de ser feito ‘na raça’, sem a ajuda de ferramentas mais complexas, a matéria-prima utilizada costumava vir de longe. Enquanto o calcário era produzido em Tura, a quase 13 quilômetros de Gizé, o granito viajava ainda mais – pelo menos 800 km, trazido de cidades do sul do Egito, como Aswan e Luxor.

Este último tópico, aliás, sempre botou uma pulga atrás da orelha de arqueólogos e especialistas. Quem teria ajudado os egípcios no translado dessas peças gigantes de pedra, com pelo menos 2.5 toneladas cada uma? Sem considerar “ajuda alienígena” como uma resposta razoável, arqueólogos acreditam que a chave para a questão esteja em um papiro antigo – e que as águas do Nilo tenham, mais uma vez, sua parcela de responsabilidade na história.

O manuscrito de 4,5 mil anos de idade é considerado o mais antigo da história egípcia. Ele foi encontrado nos arredores das pirâmides de Gizé em 2013 – mais precisamente no antigo porto de Wadi al-Jarf, no Mar Vermelho. Desde então, ele embasa o trabalho de um grupo internacional de pesquisadores. Suas conclusões mais recentes vieram ao mundo na última semana, no documentário Grande Pirâmide do Egito: A Nova Evidência, produzido pelo Canal 4, da TV britânica – e disponível neste link. Segundo o grupo, o nascimento da Grande Pirâmide – onde está sepultado o idealizador da obra, Faraó Khufu – só foi possível por conta de um complexo sistema de canais.

Acredita-se que o autor do papiro, conhecido como Merer, era um oficial envolvido na construção da Grande Pirâmide e responsável por liderar um grupo de 40 marinheiros. Em seu diário, ele detalha como a operação funcionava. Pelas águas do Nilo, as pedras cumpriam o percurso em barcos de madeira. Graças a canais escavados até o pé da pirâmide em construção, as embarcações podiam chegar o mais próximo possível da obra. Assim, os barcos eram puxados pelos milhares de trabalhadores com a ajuda de cordas. Cerca de 170 mil toneladas de calcário – e pelo menos 2.3 milhões de blocos de pedra – teriam chegado até Gizé dessa forma. Haja força no braço."

Notícia de 2017

Fonte: https://super.abril.com.br/historia/encontrado-papiro-que-descreve-a-construcao-da-grande-piramide-do-egito/





Não é tão simples assim. Assentar 2.300.000 blocos de pedra pesando algumas toneladas em 25 anos dia e noite sem parar significa que você tem apenas 5 minutos para posicionar cada bloco no lugar certo. Lógico que é possível ter várias frentes de trabalho. Se considerar 100 equipes trabalhando simultaneamente, cada equipe deve posicionar 23.000 blocos em 25 anos. Nesse caso seria necessário 9 horas para cada bloco. Se ainda for considerado um aproveitamento de 60% do tempo disponível por causa da noite e do clima, esse tempo cai para quase 6 horas para cada bloco. E estamos considerando que os blocos chegam prontos na obra. Se levarmos em conta o trabalho na pedreira, transporte e montagem just-in-time, a construção teria que começar bem antes, estourando o tempo de obra. Isso tudo sem falar na obra preparatória de canais e hidrovia para conduzir os blocos até a base da pirâmide.

É um mistério. Certamente não foram 25 anos para fazer tudo do zero. Espero que a arqueologia resolva definitivamente o problema para pararmos de especular.  :P

E não...não foram os deuses astronautas.

Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.582
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #384 Online: 07 de Outubro de 2019, 20:50:53 »
Dois mil e quinhentos quilos não é tanto peso assim se vc tiver um grupo de umas dez pessoas para arrastar.

Já levantei um peso de 1.200 kg apenas com a ajuda de um primo e fizemos uma máquina de ferro fundido subir um degrau de 30 cm com alavancas, calços de madeira e roletes.

E foi fácil.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #385 Online: 07 de Outubro de 2019, 21:18:51 »
Dois mil e quinhentos quilos não é tanto peso assim se vc tiver um grupo de umas dez pessoas para arrastar.

Já levantei um peso de 1.200 kg apenas com a ajuda de um primo e fizemos uma máquina de ferro fundido subir um degrau de 30 cm com alavancas, calços de madeira e roletes.

E foi fácil.

Sim, é fácil. O complicado é a operação que envolve 2.300.000 blocos com infraestrutura de cordas, madeiras, pessoal, etc divididos em equipes com tudo coordenado segundo um planejamento com prazo. Sem falar na comida, na água, no saneamento e alojamento de todo esse pessoal necessário e o trabalho nas pedreiras. Todas as ferramentas, cordas, etc tinham que ser fabricados. Não havia fornecedores de nada naquela época. Uma "fábrica" de cordas, uma "serraria", um "estaleiro", uma "fábrica" de trenós (?), tudo operando e produzindo por anos  a fio, plantando fibras, cortando e trazendo madeiras de longe, minerando cobre para ferramentas....imagina o trabalho.

É complicado nos dias de hoje, imagina naquela época. E fizeram!!!

E quase nada registrado desse trabalho todo apesar de evidências de muita coisa.
« Última modificação: 07 de Outubro de 2019, 21:30:33 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #386 Online: 07 de Outubro de 2019, 21:38:20 »
Vale a pena esta visita virtual até as pirâmides...relax and enjoy

Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gorducho

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.872
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #387 Online: 07 de Outubro de 2019, 21:53:47 »
Procure ser + claro faz favor: ¿crê que foram extra terrícolas?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.582
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #388 Online: 07 de Outubro de 2019, 22:16:22 »
Dois mil e quinhentos quilos não é tanto peso assim se vc tiver um grupo de umas dez pessoas para arrastar.

Já levantei um peso de 1.200 kg apenas com a ajuda de um primo e fizemos uma máquina de ferro fundido subir um degrau de 30 cm com alavancas, calços de madeira e roletes.

E foi fácil.

Sim, é fácil. O complicado é a operação que envolve 2.300.000 blocos com infraestrutura de cordas, madeiras, pessoal, etc divididos em equipes com tudo coordenado segundo um planejamento com prazo. Sem falar na comida, na água, no saneamento e alojamento de todo esse pessoal necessário e o trabalho nas pedreiras. Todas as ferramentas, cordas, etc tinham que ser fabricados. Não havia fornecedores de nada naquela época. Uma "fábrica" de cordas, uma "serraria", um "estaleiro", uma "fábrica" de trenós (?), tudo operando e produzindo por anos  a fio, plantando fibras, cortando e trazendo madeiras de longe, minerando cobre para ferramentas....imagina o trabalho.

É complicado nos dias de hoje, imagina naquela época. E fizeram!!!

E quase nada registrado desse trabalho todo apesar de evidências de muita coisa.

E o Egito tem dezenas de pirâmides menores e outras obras.

Acho que em relação a pirâmide maior o erro pode ser a estimativa de tempo porque fisicamente era perfeitamente possível fazer.

Talvez tenha levado séculos e não apenas duas décadas.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #389 Online: 07 de Outubro de 2019, 22:28:06 »
Procure ser + claro faz favor: ¿crê que foram extra terrícolas?

É óbvio que foi tudo feito no braço mesmo. Muito trabalho humano durante anos a fio. Como? Não sei e acho que ninguém sabe com certeza. Tudo que temos são disputas de algumas boas hipóteses.

Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #390 Online: 07 de Outubro de 2019, 22:48:48 »
Dois mil e quinhentos quilos não é tanto peso assim se vc tiver um grupo de umas dez pessoas para arrastar.

Já levantei um peso de 1.200 kg apenas com a ajuda de um primo e fizemos uma máquina de ferro fundido subir um degrau de 30 cm com alavancas, calços de madeira e roletes.

E foi fácil.

Sim, é fácil. O complicado é a operação que envolve 2.300.000 blocos com infraestrutura de cordas, madeiras, pessoal, etc divididos em equipes com tudo coordenado segundo um planejamento com prazo. Sem falar na comida, na água, no saneamento e alojamento de todo esse pessoal necessário e o trabalho nas pedreiras. Todas as ferramentas, cordas, etc tinham que ser fabricados. Não havia fornecedores de nada naquela época. Uma "fábrica" de cordas, uma "serraria", um "estaleiro", uma "fábrica" de trenós (?), tudo operando e produzindo por anos  a fio, plantando fibras, cortando e trazendo madeiras de longe, minerando cobre para ferramentas....imagina o trabalho.

É complicado nos dias de hoje, imagina naquela época. E fizeram!!!

E quase nada registrado desse trabalho todo apesar de evidências de muita coisa.

E o Egito tem dezenas de pirâmides menores e outras obras.

Acho que em relação a pirâmide maior o erro pode ser a estimativa de tempo porque fisicamente era perfeitamente possível fazer.

Talvez tenha levado séculos e não apenas duas décadas.

Esse é o problema. A história diz que as 7 pirâmides existentes foram feitas ao longo de 100 anos, sem contar com o grande número de outras construções, túneis no subsolo e a própria Esfinge naquela área. Cada qual na sua dinastia e quanto a isso não há dúvida. Portanto se tivesse durado centenas de anos deveria ter algum registro histórico. A minha dúvida agora é se as pirâmides maiores começaram do zero para serem terminadas em 25 anos. Não temos evidências, mas para fazer uma obra dessa em 25 anos, só aproveitando alguma coisa já iniciada que não foi terminada ou sobre uma menor que já estava lá. Isso polparia tempo e recursos e manteria a história do jeito que ela faz sentido.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #391 Online: 08 de Outubro de 2019, 13:35:13 »
Nem ETs, nem escravos...mas muitas, MUITAS pessoas...

"Cientistas apresentaram no Egito tumbas cuja localização, próxima das principais pirâmides, reforça a teoria de que esses grandes monumentos foram construídos por trabalhadores livres, e não por escravos.

Os túmulos, construídos cerca de 4,5 mil anos atrás, contêm os restos mortais dos trabalhadores que morreram enquanto levantavam as pirâmides de Quéops e Quéfren.

"Essas tumbas foram construídas ao lado da pirâmide do faraó, o que indica que essas pessoas não eram, de forma alguma, escravos", disse o arqueólogo que chefiou os trabalhos de escavação, Zahi Hawass.

"Se fossem escravos, eles não poderiam ter construído suas tumbas ao lado da do faraó."

Ele disse que a descoberta "pode ser a mais importante do século 21" em relação à civilização egípcia.

Os túmulos são feitos de argila seca, semelhante a outras covas descobertas em 1990, e datam das 4ª e 5ª dinastia (2649-2374 AC).
radicionalmente, as autoridades do Egito refutam a teoria de que as pirâmides foram construídas por escravos, alegando que essa hipótese – um "mito", em suas palavras – ignora as habilidades necessárias na construção e a sofisticação da civilização egípcia.

Evidências colhidas no sítio arqueológico indicam que 21 vacas e 23 cordeiros eram enviados diariamente para alimentar cerca de 10 mil pessoas que trabalharam na construção das pirâmides.

Segundo Hawass, é possível que os fornecedores da carne, fazendeiros no Delta do Rio Nilo e no sul do Egito, não estivessem pagando impostos ao governo, e sim fazendo parceiras com o governo nesses grandes projetos nacionais da época."





Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/ciencia/2010/01/100111_egito_tumbas_pu.shtml


Primeiras PPPs (Parcerias Público Privadas) de que se têm evidências... :biglol:
« Última modificação: 08 de Outubro de 2019, 13:37:40 por Brienne of Tarth »
GNOSE

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.268
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #392 Online: 08 de Outubro de 2019, 14:37:15 »
DESK STUDY OF THE CONSTRUCTION LOGISTICS OF THE PYRAMID OF KHUFU

https://prevos.net/pyramid/construction/deskstudy/

O estudo mostra que foi possível construir a pirâmide com os recursos da época em 24.4 anos.





« Última modificação: 08 de Outubro de 2019, 14:39:54 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #393 Online: 08 de Outubro de 2019, 14:50:48 »
Não consigo postar o vídeo daqui do meu serviço, mas tem o link de como o arrasto de grandes pesos pode ser feito na areia, apenas molhando a mesma.

Aliás, qualquer um que já correu na praia sabe que a faixa entre a areia seca e a água é a mais sólida para isso.

https://www.google.com/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&source=web&cd=1&cad=rja&uact=8&ved=2ahUKEwjbmKCxnI3lAhWcGbkGHUqpBlMQwqsBMAB6BAgJEAQ&url=https%3A%2F%2Fwww.youtube.com%2Fwatch%3Fv%3Dz7eghMg3rSk&usg=AOvVaw2yWaQLKujWqDwpS4ZEh7V_
GNOSE

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #394 Online: 08 de Outubro de 2019, 14:54:31 »
Esta pintura do trenó, segundo eu li, está na parede da tumba de Djehutihotep, antigo monarca que reinou em 1900 a.C..

E veja a quantidade de pessoas para deslocar a estátua e o carinha despejando água na frente pra facilitar o arrasto...
GNOSE

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.186
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #395 Online: 08 de Outubro de 2019, 15:19:29 »

... não vi os vídeos, sorry, mas essas teorias não me encantam e nem me convencem... ::)

Somos dois, Brienne!

Por mais que os cientistas da atualidade queiram "desvendar" o mistério das pirâmides de Gizé, penso mesmo que jamais saberemos...
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #396 Online: 08 de Outubro de 2019, 15:30:58 »

... não vi os vídeos, sorry, mas essas teorias não me encantam e nem me convencem... ::)

Somos dois, Brienne!

Por mais que os cientistas da atualidade queiram "desvendar" o mistério das pirâmides de Gizé, penso mesmo que jamais saberemos...

Desculpe, Metraton, mas eu me referia exatamente às "teorias" malucas de aliens e civilizações perdidas...não há "mistérios" nas pirâmides, há apenas fatos que ainda não foram elucidados...veja que até hoje ainda se acham fósseis, múmias e artefatos pelo mundo.

E os cientistas da atualidade dispõem de mais recursos do que os cientistas do século passado, e menos do que os do próximo século...e sim, o tempo é o senhor de tudo, e ele tudo revela.

GNOSE

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #397 Online: 08 de Outubro de 2019, 15:32:06 »
o mistério das pirâmides de Gizé

Mas fiquei curiosa: de qual "mistério" você fala?  :)
GNOSE

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.304
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #398 Online: 08 de Outubro de 2019, 15:37:31 »

Por mais que os cientistas da atualidade queiram "desvendar" o mistério das pirâmides de Gizé, penso mesmo que jamais saberemos...
Como assim jamais saberemos? Uma IA ou  outro meio com capacidade  suficiente de  processamento pode ser a resposta  para  estes  e  muitos  outros mistérios..
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #399 Online: 08 de Outubro de 2019, 15:45:16 »
E quase nada registrado desse trabalho todo apesar de evidências de muita coisa.

Por isso mencionei o Papiro de Merer: é um diário minucioso do dia a dia da construção...

"  O texto está escrito em hieróglifo e hierático, em papiro. Estes papiros são os mais antigos, com texto, já encontrado. O diário de Merer, é do ano 26 do reinado do Faraó Quéops. O texto descreve vários meses de trabalho com o transporte de calcário, de Tora até Gizé. Merer foi um oficial médio, com o título de inspetor (sHD). Ele era responsável por trazer as pedras das pedreiras de Tora para a pirâmide. As pedras eram provavelmente utilizadas no revestimento externo da pirâmide. A cada dez dias, duas ou três viagens de ida e volta eram fconcluídas. Cerca de 40 marinheiros trabalhavam sob seu comando. O período abrangido nos papiros se estende de julho a novembro.

Os campos nos diários de bordo estão todos dispostos ao longo da mesma linha. No topo há um cabeçalho nomeando o mês e a estação. Abaixo, há uma linha horizontal listando os dias dos meses. Abaixo dos campos para os dias, há sempre duas colunas verticais descrevendo o que aconteceu nestes dias (Seção B-II): [Dia 1] O diretor de 6 Idjeru manda para Heliópolis, em um barco de transporte, para nos trazer comida de Heliópolis enquanto a elite está em Tura, Dia 2 O Inspetor Merer passa o dia com sua tropa arrastando pedras em Tora Norte; passando a noite em Tora Norte.

Além de Merer, algumas outras pessoas são mencionadas nos fragmentos. O mais importante é Ankhhaf, que também é conhecido de outras fontes. Nos papiros ele é chamado de nobre (iry-pat) e supervisor de Ra-shi-Khufu. O último lugar ficou o porto de Gizé, por onde as pedras para a construção da pirâmide chegaram. Vários locais são mencionados nos diários de bordo. Tora Norte e Tora Sul são as pedreiras. Ra-shi-Khufu é o porto de Gizé.

O diário de Merer é a primeira referência histórica que descreve a vida diária das pessoas que trabalharam na construção da grande pirâmide. O arqueólogo egípcio, Zahi Hawass, descreve os textos como "a maior descoberta no Egito, no século 21." O papiro está exposto no Museu Egípcio, no Cairo."

Fonte: Wikipedia
GNOSE

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!