Autor Tópico: Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.  (Lida 41075 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #225 Online: 18 de Dezembro de 2017, 23:18:44 »

Retiraram os obeliscos do lugar, deitaram e arrastaram sobre roletes, abriram um buraco no casco do navio e enfiaram ele lá no porão, chegaram ao destino e repetiram tudo até recolocar no lugar e na vertical.





https://en.wikipedia.org/wiki/SS_Dessoug


Olha ele aí em Londres...
« Última modificação: 18 de Dezembro de 2017, 23:24:12 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #226 Online: 19 de Dezembro de 2017, 02:15:49 »
Sim, eram dois deles.

Um foi rebocado e quase afundou e o outro foi no navio mas ambos tiveram que ser apoiados em toda sua área por igual ou quebrariam.

Não dá para levantar pela ponta e arrastar como o cara do vídeo mostra, imagino que o atrito causado por uma pedra de mais de cem toneladas nem permitiria que fosse arrastada.

Eu ajudei a tirar uma passarela metálica que ficava sobre duas vias férreas,  usamos um caminhão guincho com capacidade de cem toneladas e a passarela pesava cinqüenta.

Foi retirada inteira.

Cara, o caminhão era gigantesco e teve de ser apoiado em um contra peso de cimento para não inclinar pois afundaria o chão em seus pontos de apoio, a passarela foi presa ao cabo de aço e então cortaram suas pontas, depois disso viramos com cordas presas a suas extremidades e foi baixada.

Uma única pessoa consegue girar um peso de cinquenta toneladas se estiver pendurada em um único cabo pelo centro de gravidade e foi muito fácil.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #227 Online: 19 de Dezembro de 2017, 02:30:03 »


O caminhão era quase igual ao da foto mas ainda maior, com quatro eixos.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #228 Online: 15 de Fevereiro de 2018, 20:49:00 »
O DNA da múmia peruana não é extraterrestre.

DNA Test Results Are In for the 3-Fingered Peruvian Mummies


“The evidence suggests the source of DNA from the biological material from the cranial brain and the bone extracted from the hand belongs to homo sapiens (humans).”




http://mysteriousuniverse.org/2017/09/dna-test-results-are-in-for-the-3-fingered-peruvian-mummies/
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #229 Online: 28 de Setembro de 2018, 21:15:00 »
Raios laser alienígenas ou simplesmente serras de cobre com areia? Por que tanta gente despreza a tecnologia antiga?

« Última modificação: 28 de Setembro de 2018, 21:19:30 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #230 Online: 29 de Setembro de 2018, 12:01:01 »
 Mesmo hoje usam apenas cunhas de madeira ou ferro para cortar pedras muito duras, não é tão dificil quanto parece..


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #231 Online: 29 de Setembro de 2018, 12:07:14 »
Era o método usado para cortar milhares de paralelepípedos para calçamentos de ruas.

Corte a pedra em fatias finas e depois em barras, depois  no tamanho final.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #232 Online: 14 de Dezembro de 2018, 20:45:59 »


A foto saiu de um site russo que diz que isso tem 10.000 anos de idade. Será?

Muita gente já usa isso para explicar as rochas peruanas que se encaixam perfeitamente. Até afirmam que as pedras eram amolecidas com certas plantas antes de serem posicionadas nos muros.

Na verdade, é uma obra do escultor Jose Manuel Castro Lopez, do planeta Terra, e não tem nada a ver com amolecimento de pedras.

https://www.skeptical-science.com/people/liquid-rock-possible/
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #233 Online: 15 de Dezembro de 2018, 00:39:32 »
Só de alguém afirmar que uma pedra foi esculpida a 10.000 anos já dá para desconfiar de algo errado, acho que nem existe modo de datar uma coisa dessas.

Engraçado é que a escultura feita hoje pelo cara pode realmente durar tanto tempo, talvez no futuro distante alguém encontre uma delas enterrada.

« Última modificação: 15 de Dezembro de 2018, 00:43:36 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #234 Online: 05 de Fevereiro de 2019, 12:58:41 »
On the reddish, glittery mud the Inca used for perfecting their stone masonry


Até agora, considero esta a explicação mais plausível para os blocos de pedra inca que se encaixam perfeitamente. O paper foi publicado recentemente e pode ser que em breve algum arqueólogo se interesse em comprovar o uso da técnica apontada que parece muito simples e que já possui uma versão moderna em uso.

Citar
Due to its impressive appearance, Inca masonry, which mostly consists of volcanic, silica containing rock material, has received much attention. A high level of understanding has consequently been reached of the diverse working steps and tools applied. An exception is the reddish mud, “llancacalpa” in the quechua language, and the “gold”, mentioned by early chroniclers as mortar which fitted the stones and later disappeared. Such techniques were related to folklore and not taken seriously. This study tries to understand them and the question was asked: did Inca builders have access to very acid mud? They did, and used the acid mud from their mines, which generated sulphuric acid through bacterial oxidation of pyrite (fools gold). It reaches an acidity of up to pH = 0.5, which is 104 times more acid than humic acid which is known to weather silica containing rocks via silica gel to the clay mineral kaolin. This acid
mud allowed dissolving and softening the rock material superficially to a viscoelastic silica gel.

The process could be further enhanced more than tenfold by addition of (oxalic acid containing) plant sap, a skill suggested from popular tradition. In special cases moderate heating of crushed pyrite in gaps between chiselled stones generated
additional hot sulphuric acid. Where the stone to stone contact transmitted weight, pressure dissolution in the acidic environment removed material, and silica precipitation regenerated material in cracks and pores elsewhere. It is attempted to reconstruct how the Inca builders applied the silica gel technology for shaping stones, for polishing and fitting them. The appearance of shiny and glassy Inca stone junctions and interfaces is explained via solidification of in-situ generated or additionally added silica gel. Modern processes
for conservation of stone monuments against environmental deterioration have independently developed similar silica gel based technology.


http://www.openaccessjournals.siftdesk.org/articles/pdf/On-the-reddish-glittery-mud-the-Inca-used-for-perfecting-their-stone-masonry20171230103200.pdf
« Última modificação: 05 de Fevereiro de 2019, 13:17:35 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #235 Online: 07 de Fevereiro de 2019, 16:07:09 »
É preciso confirmar essas informações do vídeo abaixo. O vídeo diz que "estudos" revelam que a cerca de 12.500 anos a linha do equador terrestre alinhava Nazca, Giza, Angkor, Ilha de Pascoa e Machu Pichu. (1)

Nessa época, já se sabe que surgiu Göbekli Tepe, talvez o mais importante achado arqueológico recente, e intrigante porque marca o surgimento da agricultura e da arquitetura numa área dominada por caçadores e coletores em pleno Neolítico. Estudos recentes também apontam que as marcas de erosão na esfinge egípcia em Giza sugerem que o monumento talvez tenha sido construído sobre uma base bem mais antiga na forma de um leão, alinhada com a constelação do leão que ficava diante dela no céu de 12.500 anos atrás, data de sua suposta construção. Existem outros fatos intrigantes que sugerem que 12.500 anos AC seja uma época interessante e misteriosa.

Se tudo isso for verdade, não há como não afirmar que se trata de uma incrível coincidência. Nada de deuses ou astronautas antigos.



(1) Essa informação pode fazer sentido considerando que o planeta possa ter sofrido o impacto de um cometa que deslocou o seu eixo, conforme mostra o vídeo abaixo. A data bate, cerca de 13.000 atrás...

« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2019, 08:38:23 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #236 Online: 08 de Fevereiro de 2019, 00:34:58 »
O mistério das bolsas.

A arqueologia diz que carregam sementes ou simplesmente sabedoria. Para os teóricos dos antigos astronautas são baterias ou outros gadgets de sobrevivência para os deuses alienígenas.


« Última modificação: 08 de Fevereiro de 2019, 00:38:40 por Gigaview »
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.464
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #237 Online: 09 de Fevereiro de 2019, 00:28:36 »
É preciso confirmar essas informações do vídeo abaixo. O vídeo diz que "estudos" revelam que a cerca de 12.500 anos a linha do equador terrestre alinhava Nazca, Giza, Angkor, Ilha de Pascoa e Machu Pichu. (1)


Eu lembro de ver na televisão que em um deserto qualquer, o Saara se eu não estiver errado, o clima era totalmente diferente há dez mil anos atrás.

A prova é uma pedra cheia de desenhos antigos com gente nadando em um rio e animais que não existem mais na área.


Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.104
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #238 Online: 10 de Fevereiro de 2019, 18:56:35 »
Gigaview, o correto é dizer "Gisé". Giza seria seu correspondente em inglês.

Podem não ser vestígios de alienígenas todas estas coisas misteriosas, mas sim, de supercivilizações muito antigas (vide o mito de Atlântida).

Não é difícil imaginar que as tais supercivilizações realmente existiram, e o que sabemos hoje de tecnologia avançada já teria sido usada há muito tempo atrás, antes mesmo da "invenção" da escrita.

Oras, a própria Ciência diz que o homo sapiens surgiu há pelo menos 200 mil anos (uns dizem até 300 mil), ou seja, fora alguns caracteres externos como cor da pele, cor dos olhos e dos cabelos, até mesmo olhos puxados como dos orientais, éramos como somos hoje: mesmo cérebro, mesmo intelecto, mesmo raciocínio.

Quantas civilizações não poderiam ter surgido, florescido e desaparecido neste longo período? Se imaginarmos, generosamente, que uma supercivilização dura - digamos - 20 mil anos, pelo menos 10 já passaram por aqui (estaríamos caminhando para ser a 11a?), deixando para trás alguns vestígios como as pirâmides de Gisé, por exemplo.
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.115
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #239 Online: 10 de Fevereiro de 2019, 19:18:27 »
Acho que Gizé tá mais pro francês. Em bom  Português seria Pirâmides de Gil José, ou simplesmente, Gil Zé.  :hihi:
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #240 Online: 10 de Fevereiro de 2019, 21:20:43 »
Gigaview, o correto é dizer "Gisé". Giza seria seu correspondente em inglês.

Podem não ser vestígios de alienígenas todas estas coisas misteriosas, mas sim, de supercivilizações muito antigas (vide o mito de Atlântida).

Não é difícil imaginar que as tais supercivilizações realmente existiram, e o que sabemos hoje de tecnologia avançada já teria sido usada há muito tempo atrás, antes mesmo da "invenção" da escrita.

Oras, a própria Ciência diz que o homo sapiens surgiu há pelo menos 200 mil anos (uns dizem até 300 mil), ou seja, fora alguns caracteres externos como cor da pele, cor dos olhos e dos cabelos, até mesmo olhos puxados como dos orientais, éramos como somos hoje: mesmo cérebro, mesmo intelecto, mesmo raciocínio.

Quantas civilizações não poderiam ter surgido, florescido e desaparecido neste longo período? Se imaginarmos, generosamente, que uma supercivilização dura - digamos - 20 mil anos, pelo menos 10 já passaram por aqui (estaríamos caminhando para ser a 11a?), deixando para trás alguns vestígios como as pirâmides de Gisé, por exemplo.

Até agora não temos evidência alguma de qualquer supercivilização antiga. Nadinha....

A única coisa que sabemos é que tem gente ganhando muito dinheiro com essas teorias.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.049
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #241 Online: 10 de Fevereiro de 2019, 21:27:04 »
Acho que Gizé tá mais pro francês. Em bom  Português seria Pirâmides de Gil José, ou simplesmente, Gil Zé.  :hihi:

No Brasil seria "duzé" e a tecnologia das pirâmides seria molecular, isto é, com emprego do trabalho da molecada.
Brandolini's Bullshit Asymmetry Principle: "The amount of effort necessary to refute bullshit is an order of magnitude bigger than to produce it".

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.148
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #242 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 08:24:35 »
[...]
Podem não ser vestígios de alienígenas todas estas coisas misteriosas, mas sim, de supercivilizações muito antigas (vide o mito de Atlântida).

Não é difícil imaginar que as tais supercivilizações realmente existiram, e o que sabemos hoje de tecnologia avançada já teria sido usada há muito tempo atrás, antes mesmo da "invenção" da escrita.
[...]

E onde estão os vestígios dos "equipamentos avançados de tais supercivilizações"?
Foto USGS

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.104
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #243 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 08:42:04 »
Acho que Gizé tá mais pro francês. Em bom  Português seria Pirâmides de Gil José, ou simplesmente, Gil Zé.  :hihi:

 :biglol:
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.104
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #244 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 09:08:00 »

Até agora não temos evidência alguma de qualquer supercivilização antiga. Nadinha....

As pirâmides de Gizé são uma dessas evidências. As muralhas de Sacsayhuamán, no Peru, seriam outra. Ambas impossíveis para serem feitas pelos homens daquele tempo.


E onde estão os vestígios dos "equipamentos avançados de tais supercivilizações"?

Equipamentos por enquanto não há vestígios, mas algumas obras ainda resistem ao tempo.

Ou, talvez, haja algum vestígio. Que tal esta "hélice"?



"Um dos objetos mais intrigantes do mundo, a chamada turbina do Egito. A peça, atualmente em exibição no Museu Egípcio do Cairo, foi encontrada na localidade de Saqqara, em 1936. Brian Walter Emery, egiptólogo, estava fazendo escavações na tumba do príncipe Sabu, nas margens do delta do Rio Nilo, quando encontrou o objeto. A turbina foi feita com material de difícil manipulação, até mesmo para as ferramentas modernas, por contar com três camadas superpostas, bastante rígidas. Esta improvável turbina foi construída, de acordo com sua catalogação científica, há mais de 5.000 anos no Egito, ou seja, segundo a história, 1500 anos antes da invenção da roda. Ela possui 61 centímetros de diâmetro e um desenho bastante aerodinâmico."

Astronauta sem Cabeça



O objeto foi encontrado numa escavação em Topakkrale (Turquia), em 1973, a idade estimada de 3.000 anos. Mede 23cm de comprimento, 9,5cm de largura e 8cm de altura, pesa pouco o que indica ter mesclas de materiais. Está no museu de Arqueologia de Istambul, na Turquia. Observa-se o piloto sentado com as pernas dobradas contra o peito, vestindo um traje pressurizado de uma peça só que se transforma em botas nos pés, luvas nas mãos, a cabeça esta faltando...

Linhas de Nazca





Trata-se das linhas de Nazca, que ficam num deserto com o mesmo nome, no Peru. Por terra, elas são quase imperceptíveis, mas vistas de cima, formam figuras incríveis, ou seja, foram feitas para serem observadas a grandes alturas. Por quem? Como?
As figuras são intrigantes, mas o que me deixa perplexo são as linhas retas, que podem atingir até quilômetros. Pistas de pouso?
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline JungF

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 546
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #245 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 13:32:41 »
Se confrontarmos as duas impossibilidades, civilizações antigas desaparecidas ou visitantes do espaço, acho menos provável a visita de alienígenas principalmente por falta de alguma razão para que eles  aqui viessem.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.392
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #246 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 13:38:20 »
Ambas impossíveis para serem feitas pelos homens daquele tempo.

Porquê impossível?
GNOSE

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.104
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #247 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:02:31 »

Porquê impossível?


Por falta de tecnologia.

Ou pelo uso de uma tecnologia tão avançada que mesmo para nós seria impossível.
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline Metatron

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.104
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #248 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:09:13 »
Se confrontarmos as duas impossibilidades, civilizações antigas desaparecidas ou visitantes do espaço, acho menos provável a visita de alienígenas principalmente por falta de alguma razão para que eles  aqui viessem.

Não descarto a possibilidade de visitantes extraterrestres.

Que motivos levaram o homem à Lua? Não seriam os mesmos motivos?

Se a Terra estivesse em vias de extinção, qual seria a nossa atitude? Não buscaríamos outros mundos para viver?

Alguém pode até argumentar que as distâncias entre os mundos torna impraticável estas visitas, mas este argumento estará baseado na nossa atual tecnologia. Para uma civilização mais adiantada tecnologicamente, este pode não ser um grande problema.
"Faça amor, não faça a guerra."

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.020
  • Sexo: Masculino
Re:Alienígenas do Passado - Tópico de refutações.
« Resposta #249 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:15:48 »

Alguém pode até argumentar que as distâncias entre os mundos torna impraticável estas visitas, mas este argumento estará baseado na nossa atual tecnologia. Para uma civilização mais adiantada tecnologicamente, este pode não ser um grande problema.


Imagine uma civilização com 5.000 anos a mais de desenvolvimento científico e tecnológico. E pode ter até civilização com 50.000 anos a mais de era científica.

Problemas que hoje temos já podem ter sido superados há muito tempo por algumas civilizações mais avançadas.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!