Autor Tópico: Dilma lança cruzada pela educação  (Lida 8891 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #100 Online: 03 de Maio de 2013, 22:27:23 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.

E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Faça os alunos que passaram nos vestibulares das federais trocarem de posição com os das faculdades particulares e, após 1 ano, faça o provão e veja qual faculdade se sai melhor.



Bom ponto.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #101 Online: 03 de Maio de 2013, 22:27:39 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.
E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Elas são melhores em termos de gestão, porém o orçamento das públicas é muito, mas muito maior que os das particulares.
Foto USGS

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #102 Online: 03 de Maio de 2013, 22:29:57 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.
E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Elas são melhores em termos de gestão, porém o orçamento das públicas é muito, mas muito maior que os das particulares.

Além das públicas terem os melhores alunos.

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #103 Online: 03 de Maio de 2013, 22:30:17 »
Agnóstico, as coisas mudaram muito desde a sua época. Gestão é um problema, mas não éo único problema (talvez nem o principal hoje)

Como no SUS, onde as pessoas não ligam para gestão, indicadores, entrega de projetos, etc..?

Não. Primeiro porque existem indicadores no SUS (mas não vamos fazer daqui outro tópico do SUS, até porque estou devendo uma resposta no outro tópico :) ). Os problemas do SUS e da educação são distintos, ainda que hajam alguns pontos similares (gestão e subfinanciamento são alguns), mas outros pontos tão ou mais importantes são diversos, ainda que uma causa histórica pode ser comum: a universalização sem o devido dimensionamento do serviço para atender a demanda gerada. Se o problema fosse apenas de gestão teríamos: a) as universidades públicas piores que as particulares (a menos que admitamos que a gestão privada do ensino superior seja pior que a gestão pública); b) as escolas públicas do ensino fundamental e médio, em uma série histórica, sempre seriam piores que as privadas, mas isso só acontece com a universalização do acesso, quando então a relação começa a pender para o setor privado (a menos, novamente, que a gestão pública tenha sido muito boa no passado e piorado com o tempo). Os problemas da educação passam por falta de estímulo dos professores (e isso não significa apenas salário), perda da disciplina e da autoridade do professor (em que os conselhos tutelares contribuem muito), falta de professores, jornada dupla ou tripla dos professores (o que impede o planejamento das aulas), violência de gangues, drogas, tráfico, projeto pedagógico equivocado, equidade <> igualdade e outros mais.

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #104 Online: 03 de Maio de 2013, 22:41:10 »
[...]
Eu vejo isso. Apenas isso, em absolutamente todos os órgãos. O funcionamento padrão é.. preciso de mais verbas.. preciso continuar a operação "as is" mas fazer mais coisas, logo.. mais grana.
[...]

E basta citar um exemplo: A CPMF, que em tese era destinada à área da saúde, foi extinta e não se observou nenhuma piora na "qualidade" do setor.

Dar mais dinheiro para um sistema dominado por corruptos (políticos) ou amadores em gestão (funcionários públicos) é simplesmente jogá-lo fora.

Só que a CPMF acabou não sendo usada para a saúde como originalmente proposta e quando acabou não houve uma redução do orçamento da saúde. Aliás, hoje, arrisco a dizer que o orçamento é maior que quando na época da cpmf.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #105 Online: 03 de Maio de 2013, 22:42:10 »
Agnóstico, as coisas mudaram muito desde a sua época. Gestão é um problema, mas não éo único problema (talvez nem o principal hoje)

Como no SUS, onde as pessoas não ligam para gestão, indicadores, entrega de projetos, etc..?

Não. Primeiro porque existem indicadores no SUS (mas não vamos fazer daqui outro tópico do SUS, até porque estou devendo uma resposta no outro tópico :) ).

Não têm não. Já foi definido e provado que não têm. Bem como o fato do problema de gestão ser bem maior do que só (condição básica) ter indicadores.


 Os problemas do SUS e da educação são distintos, ainda que hajam alguns pontos similares (gestão e subfinanciamento são alguns),

Ah sim.. subfinanciamento. É aquele velho pensamento dos funcionários públicos, meio que "dane-se que não entrego projetos e faço tudo mais caro e ineficiente. Dane-se a corrupção. Eu tenho que ter mais dinheiro dos otários contribuintes para fazer meu sonho técnico sem relação com técnicas de gestão, viabilidade, risco ....

mas outros pontos tão ou mais importantes são diversos, ainda que uma causa histórica pode ser comum: a universalização sem o devido dimensionamento do serviço para atender a demanda gerada.

Não. É o que não saber fazer com dinheiro nem criar uma cultura de meritocracia.


Se o problema fosse apenas de gestão teríamos: a) as universidades públicas piores que as particulares (a menos que admitamos que a gestão privada do ensino superior seja pior que a gestão pública);

Aquela que os alunos pagam cursinhos e estudam a vida inteira em escolas particulares para entrar? A pergunta do DDV foi bem pertinente.
Enquanto um trouxa estuda no camilópolis e tem que pagar a faculdade a noite, os mais favorecidos podem ir para as melhores escolas PRIVADAS e apenas seguir um caminho que é desproporcionalmente caro para o país.

Nenhuma ineficiência é suficiente para não permitir entregar um bom resultado se existe um monte de dinheiro envolvido.

Defel, na boa. Você está bem equivocado.

Você já me contou tintim por tintim a desgraça que é o seu trabalho sobre o ponto de vista da gestão e descaso.
Teu grande problema é que você acha isso normal. Você deveria ficar indignado e acreditar que é o que é, um acinte.

b) as escolas públicas do ensino fundamental e médio, em uma série histórica, sempre seriam piores que as privadas, mas isso só acontece com a universalização do acesso, quando então a relação começa a pender para o setor privado (a menos, novamente, que a gestão pública tenha sido muito boa no passado e piorado com o tempo).

E proporcionalmente o dinheiro não é tão abundante. CQD. Sem a tonelada de dinheiro, não tem como fazer funcionar.

E como você diz, a universalização precisa de gestão e várias organizações para suprir a demanda.

Os problemas da educação passam por falta de estímulo dos professores (e isso não significa apenas salário), perda da disciplina e da autoridade do professor (em que os conselhos tutelares contribuem muito), falta de professores, jornada dupla ou tripla dos professores (o que impede o planejamento das aulas), violência de gangues, drogas, tráfico, projeto pedagógico equivocado, equidade <> igualdade e outros mais.

E, principalmente, incompetência na gestão.
« Última modificação: 03 de Maio de 2013, 22:50:28 por Agnóstico »
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #106 Online: 03 de Maio de 2013, 22:42:52 »
[...]
Eu vejo isso. Apenas isso, em absolutamente todos os órgãos. O funcionamento padrão é.. preciso de mais verbas.. preciso continuar a operação "as is" mas fazer mais coisas, logo.. mais grana.
[...]

E basta citar um exemplo: A CPMF, que em tese era destinada à área da saúde, foi extinta e não se observou nenhuma piora na "qualidade" do setor.

Dar mais dinheiro para um sistema dominado por corruptos (políticos) ou amadores em gestão (funcionários públicos) é simplesmente jogá-lo fora.

Só que a CPMF acabou não sendo usada para a saúde como originalmente proposta e quando acabou não houve uma redução do orçamento da saúde. Aliás, hoje, arrisco a dizer que o orçamento é maior que quando na época da cpmf.

Que é exatamente o ponto do Geo. O dinheiro era desviado. Pela gestão pública.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #107 Online: 03 de Maio de 2013, 22:48:45 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #108 Online: 03 de Maio de 2013, 22:56:00 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.

E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Faça os alunos que passaram nos vestibulares das federais trocarem de posição com os das faculdades particulares e, após 1 ano, faça o provão e veja qual faculdade se sai melhor.



Bem, isso é uma das consequências que coloquei sobre a universalização do acesso sem o dimensionamento do serviço. Mas ainda que haja essa mudança de alunos, não é garantia que haja modificação do ranking.

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #109 Online: 03 de Maio de 2013, 23:02:31 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?


Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #110 Online: 03 de Maio de 2013, 23:03:43 »
Pegue os alunos do EEPG nossa senhora do desterro e coloque na USP. A universidade no brasil é banhada desproporcionalmente por recursos, ela funciona regada a milho de ouro.

O rebanho idiota (você precisa ver uma aula em uma escola dessas...) é tratado pelas particulares.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #111 Online: 03 de Maio de 2013, 23:06:45 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.
E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Elas são melhores em termos de gestão, porém o orçamento das públicas é muito, mas muito maior que os das particulares.

Além das públicas terem os melhores alunos.


E por que elas têm os melhores alunos? Não é apenas por serem "gratuitas", mas também porque fornecem uma educação de qualidade, ou, pelo menos, uma qualidade superior a da maioria das particulares. Na universidade pública, ainda que pesem muitas faltas, o professor possui uma boa formação e um estímulo à qualificação acadêmica, há pesquisa e não há a pressão para não perder o aluno e sua mensalidade, ou seja, se não tiver capacidade o aluno será reprovado.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #112 Online: 03 de Maio de 2013, 23:06:50 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?


Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?


Harvard, Princeton, Cornel, MIT entre outras não são. Cambridge também não, insead também não. Mas é o que disse anteriormente:


Derfel, não tenho problemas em gestão pública na Suécia. Meu problema é gestão pública no Brasil, que comprovadamente é desastrosa.

Você meio que pensa de mim algo como "privado é sempre muito melhor do que público porque o Agnóstico é minarquista" quando na verdade é "Agnóstico não se esconde do fato e viu o que deveria ser óbvio: Gestão pública NO BRASIL é um fracasso sem fim".

Se funciona na suécia, pode ser privado, público, anarquista, minarquista, pizzo-anarquica-capitalista, etc..

Só não podemos ficar acreditando em algo que não funcionou até hoje e não têm a mínima chance de funcionar.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #113 Online: 03 de Maio de 2013, 23:08:21 »
O gasto em ensino superior no Brasil é um dos maiores do mundo. E claro que não estamos entre os melhores devido exatamente à incapacidade de gestão do funcionalismo e do governo.
E, claro, pelas universidades particulares serem melhor geridas elas se encontram nas melhores posições do ranking.

Elas são melhores em termos de gestão, porém o orçamento das públicas é muito, mas muito maior que os das particulares.

Além das públicas terem os melhores alunos.


E por que elas têm os melhores alunos? Não é apenas por serem "gratuitas", mas também porque fornecem uma educação de qualidade, ou, pelo menos, uma qualidade superior a da maioria das particulares. Na universidade pública, ainda que pesem muitas faltas, o professor possui uma boa formação e um estímulo à qualificação acadêmica, há pesquisa e não há a pressão para não perder o aluno e sua mensalidade, ou seja, se não tiver capacidade o aluno será reprovado.

Concordo. E com o preço pago poderia fazer 3 dessas.

Mas ainda creio que os alunos vindos da escola particular são o elemento fundamental para permitir esse ambiente, com exceção da pesquisa.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #114 Online: 03 de Maio de 2013, 23:49:04 »
Agnóstico, as coisas mudaram muito desde a sua época. Gestão é um problema, mas não éo único problema (talvez nem o principal hoje)

Como no SUS, onde as pessoas não ligam para gestão, indicadores, entrega de projetos, etc..?

Não. Primeiro porque existem indicadores no SUS (mas não vamos fazer daqui outro tópico do SUS, até porque estou devendo uma resposta no outro tópico :) ).

Não têm não. Já foi definido e provado que não têm. Bem como o fato do problema de gestão ser bem maior do que só (condição básica) ter indicadores.
Têm indicadores, mas, como disse, é para o outro tópico (que preciso parar para montar, já que é um longo post). No mais concordo que gestão não são apenas indicadores.

Citar

 Os problemas do SUS e da educação são distintos, ainda que hajam alguns pontos similares (gestão e subfinanciamento são alguns),

Ah sim.. subfinanciamento. É aquele velho pensamento dos funcionários públicos, meio que "dane-se que não entrego projetos e faço tudo mais caro e ineficiente. Dane-se a corrupção. Eu tenho que ter mais dinheiro dos otários contribuintes para fazer meu sonho técnico sem relação com técnicas de gestão, viabilidade, risco ....

Claro que existe subfinanciamento na saúde. Vou dar um exemplo apenas: Uma equipe da ESF possui como composição mínima um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem. Mensalmente é repassado R$ 10.650,00 para custeio de equipe pelo MS (isso se o município for distante de grandes centros, com baixo IDH e outros mais, em metrópoles o recurso é menor). Somente para pagar o médico são necessários R$ 8.000,00 em média, porém em municípios mais distantes dos grandes polos o salário varia de R$ 12.000, 00 a até R$ 18.000,00 (por causa de uma coisa chamada mercado). Lembre-se que o município ainda tem que custear o enfermeiro e o técnico de enfermagem (estamos falando apenas da equipe). Isso faz com que os gastos com a saúde passem de 20% do orçamento do município (em alguns casos mais que isso, quando dependem exclusivamente do FPM), mas a União gasta 3,98% do seu orçamento.

Citar
mas outros pontos tão ou mais importantes são diversos, ainda que uma causa histórica pode ser comum: a universalização sem o devido dimensionamento do serviço para atender a demanda gerada.

Não. É o que não saber fazer com dinheiro nem criar uma cultura de meritocracia.


Acho que você talvez não tenha entendido o que quis dizer. A universalização significa que TODOS passam a ter acesso à educação pública e à saúde pública. Só que antes o serviço era muito limitado, na saúde restrito a quem tinha carteira assinada e na educação já houve até exames admissionais para entrar no ensino fundamental (e o Brasil possuía um alto índice de analfabetismo). Quando há a universalização a demanda cresceu enormemente, mas o serviço era ainda aquele para atender uma clientela reduzida. E isso nada tem a ver com meritocracia.

Citar


Se o problema fosse apenas de gestão teríamos: a) as universidades públicas piores que as particulares (a menos que admitamos que a gestão privada do ensino superior seja pior que a gestão pública);

Aquela que os alunos pagam cursinhos e estudam a vida inteira em escolas particulares para entrar? A pergunta do DDV foi bem pertinente.
Enquanto um trouxa estuda no camilópolis e tem que pagar a faculdade a noite, os mais favorecidos podem ir para as melhores escolas PRIVADAS e apenas seguir um caminho que é desproporcionalmente caro para o país.

O que significa que você concorda com as cotas, que vêm justamente para diminuir essa distorção.

Citar
Nenhuma ineficiência é suficiente para não permitir entregar um bom resultado se existe um monte de dinheiro envolvido.

Um dos grandes problemas (e que nada tem a ver com que discutimos aqui, mas tem a ver com essa sua colocação) chama-se órgãos de controle. No serviço público não basta ter um projeto e dinheiro, mas precisa passar por uma longa e demorada cadeia de controle que faz com que o resultado obtido seja muito aquém do esperado.

Citar
Defel, na boa. Você está bem equivocado.

Será?
Citar
Você já me contou tintim por tintim a desgraça que é o seu trabalho sobre o ponto de vista da gestão e descaso.
Teu grande problema é que você acha isso normal. Você deveria ficar indignado e acreditar que é o que é, um acinte.

Não, não acho normal e nenhum colega de trabalho acha e a indignação dos servidores é sim demonstrada (e hoje, com as redes sociais, ainda mais). Veja que o que falei é sobre a atual gestão, mas não que todas as gestões sejam assim e nem que em outros lugares não sejam melhores, mesmo dentro do meu estado.

Citar
b) as escolas públicas do ensino fundamental e médio, em uma série histórica, sempre seriam piores que as privadas, mas isso só acontece com a universalização do acesso, quando então a relação começa a pender para o setor privado (a menos, novamente, que a gestão pública tenha sido muito boa no passado e piorado com o tempo).

E proporcionalmente o dinheiro não é tão abundante. CQD. Sem a tonelada de dinheiro, não tem como fazer funcionar.

Mas também o dinheiro não era tão abundante no serviço público no passado.

Citar
E como você diz, a universalização precisa de gestão e várias organizações para suprir a demanda.

De gestão sim, de várias organizações não.

Citar
Os problemas da educação passam por falta de estímulo dos professores (e isso não significa apenas salário), perda da disciplina e da autoridade do professor (em que os conselhos tutelares contribuem muito), falta de professores, jornada dupla ou tripla dos professores (o que impede o planejamento das aulas), violência de gangues, drogas, tráfico, projeto pedagógico equivocado, equidade <> igualdade e outros mais.

E, principalmente, incompetência na gestão.

A gestão é importante, mas, hoje, o problema maior, na educação, não seria esse apenas, mas um somatório dos apresentados acima.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #115 Online: 03 de Maio de 2013, 23:51:47 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

As melhores universidades do mundo são as estadunidenses. E a maioria é particular.
Foto USGS

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.392
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #116 Online: 04 de Maio de 2013, 00:03:11 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

As melhores universidades do mundo são as estadunidenses. E a maioria é particular.

Mas existem públicas não, e as escolas do ensino fundamental ? E na maioria esmagadora do mundo? Eu só acho que fica demonstrado que não interessa se é privado, estatal ou público, existe grande possibilidade da coisa não funcionar adequadamente se não houver investimento, gestão e fiscalização.  Esse negócio de que o público é superior ao privado, que o particular é melhor que o estatal, são coisas de cunho de fundamentalismo político e econômico ( não estou dizendo no sentido religioso, já levei cartão por dizer exatamente a mesma coisa e ser entendido como ad hominem).
« Última modificação: 04 de Maio de 2013, 00:05:42 por _Juca_ »

Offline Derfel

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.879
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #117 Online: 04 de Maio de 2013, 00:06:08 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

As melhores universidades do mundo são as estadunidenses. E a maioria é particular.

Uma dúvida: essas universidades são privadas ou fundações sem objetivo de lucro? Parece-me que boa parte da verba dessas universidade não provém das mensalidades (ou anuidades) dos alunos, mas de financiamento público (em alguns projetos de pesquisa), de empresas e doações de ex-alunos.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #118 Online: 04 de Maio de 2013, 00:07:38 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

As melhores universidades do mundo são as estadunidenses. E a maioria é particular.

Mas existem públicas não, e as escolas do ensino fundamental ? E na maioria esmagadora do mundo? Eu só acho que fica demonstrado que não interessa se é privado, estatal ou público, existe grande possibilidade da coisa não funcionar adequadamente se não houver investimento, gestão e fiscalização.  Esse negócio de que o público é superior ao privado, que o particular é melhor que o estatal, são coisas de cunho fundamentalista político e econômico ( não estou dizendo no sentido religioso, já levei cartão por dizer exatamente a mesma coisa e ser entendido como ad hominem)

_Juca_

Eu contra-argumentei especificamente a sua afirmação. Nada mais.

E para mim está claro que tanto uma como a outra pode ser boa, dependendo muito mais de aspectos culturais da população. O fato é que no Brasil o setor público, seja na administração direta, seja nas estatais, seja nas empresas de economia, uma gestão moderna é, de maneira geral, deficiente, quando existe.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #119 Online: 04 de Maio de 2013, 00:08:56 »
O que adiantaria uma gestão privada sem fiscalização?
Nada, as melhores escolas mundo a fora são publicas, não são?

As melhores universidades do mundo são as estadunidenses. E a maioria é particular.
Uma dúvida: essas universidades são privadas ou fundações sem objetivo de lucro? Parece-me que boa parte da verba dessas universidade não provém das mensalidades (ou anuidades) dos alunos, mas de financiamento público (em alguns projetos de pesquisa), de empresas e doações de ex-alunos.

São privadas mas várias delas recebem verbas da União, especialmente as que visam tecnologias de ponta e militares.
Foto USGS

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #120 Online: 04 de Maio de 2013, 00:10:16 »
Agnóstico, as coisas mudaram muito desde a sua época. Gestão é um problema, mas não éo único problema (talvez nem o principal hoje)

Como no SUS, onde as pessoas não ligam para gestão, indicadores, entrega de projetos, etc..?

Não. Primeiro porque existem indicadores no SUS (mas não vamos fazer daqui outro tópico do SUS, até porque estou devendo uma resposta no outro tópico :) ).

Não têm não. Já foi definido e provado que não têm. Bem como o fato do problema de gestão ser bem maior do que só (condição básica) ter indicadores.
Têm indicadores, mas, como disse, é para o outro tópico (que preciso parar para montar, já que é um longo post). No mais concordo que gestão não são apenas indicadores.

Porque com todo o respeito, você não sabe sequer como são montados os indicadores de gestão, com que frequência devem ser acompanhado. Na discussão ficou claro que vocês não têm, o que vocês têm é uma base de dados estática com um subset de informações e duvidosas.




Citar

 Os problemas do SUS e da educação são distintos, ainda que hajam alguns pontos similares (gestão e subfinanciamento são alguns),

Ah sim.. subfinanciamento. É aquele velho pensamento dos funcionários públicos, meio que "dane-se que não entrego projetos e faço tudo mais caro e ineficiente. Dane-se a corrupção. Eu tenho que ter mais dinheiro dos otários contribuintes para fazer meu sonho técnico sem relação com técnicas de gestão, viabilidade, risco ....

Claro que existe subfinanciamento na saúde. Vou dar um exemplo apenas: Uma equipe da ESF possui como composição mínima um médico, um enfermeiro e um técnico de enfermagem. Mensalmente é repassado R$ 10.650,00 para custeio de equipe pelo MS (isso se o município for distante de grandes centros, com baixo IDH e outros mais, em metrópoles o recurso é menor). Somente para pagar o médico são necessários R$ 8.000,00 em média, porém em municípios mais distantes dos grandes polos o salário varia de R$ 12.000, 00 a até R$ 18.000,00 (por causa de uma coisa chamada mercado). Lembre-se que o município ainda tem que custear o enfermeiro e o técnico de enfermagem (estamos falando apenas da equipe). Isso faz com que os gastos com a saúde passem de 20% do orçamento do município (em alguns casos mais que isso, quando dependem exclusivamente do FPM), mas a União gasta 3,98% do seu orçamento.

Não se pode falar em sub-financiamento quando se está atolado em denuncias e se possui uma incapacidade de gestão, falta de ferramental e incapacidade de entregar projetos. Tem que tirar mais dinheiro ainda do SUS para que comecem a otimizar o que podem.

Se bem que, se conheço o funcionalismo, entre deixar o paciente morrer por falta de recursos e manter a burocracia funcionando, a gestão pública iria fazer a segunda.



Citar
mas outros pontos tão ou mais importantes são diversos, ainda que uma causa histórica pode ser comum: a universalização sem o devido dimensionamento do serviço para atender a demanda gerada.

Não. É o que não saber fazer com dinheiro nem criar uma cultura de meritocracia.


Acho que você talvez não tenha entendido o que quis dizer. A universalização significa que TODOS passam a ter acesso à educação pública e à saúde pública. Só que antes o serviço era muito limitado, na saúde restrito a quem tinha carteira assinada e na educação já houve até exames admissionais para entrar no ensino fundamental (e o Brasil possuía um alto índice de analfabetismo). Quando há a universalização a demanda cresceu enormemente, mas o serviço era ainda aquele para atender uma clientela reduzida. E isso nada tem a ver com meritocracia.

Citar


O que mostra absoluta incapacidade de planejamento Derfel. Você acha normal isso?



Se o problema fosse apenas de gestão teríamos: a) as universidades públicas piores que as particulares (a menos que admitamos que a gestão privada do ensino superior seja pior que a gestão pública);

Aquela que os alunos pagam cursinhos e estudam a vida inteira em escolas particulares para entrar? A pergunta do DDV foi bem pertinente.
Enquanto um trouxa estuda no camilópolis e tem que pagar a faculdade a noite, os mais favorecidos podem ir para as melhores escolas PRIVADAS e apenas seguir um caminho que é desproporcionalmente caro para o país.

O que significa que você concorda com as cotas, que vêm justamente para diminuir essa distorção.

Quota não elimina nada, apenas mantém o status quo e a ineficiência.
Saber usar o dinheiro que têm é que resolve.


Citar
Nenhuma ineficiência é suficiente para não permitir entregar um bom resultado se existe um monte de dinheiro envolvido.

Um dos grandes problemas (e que nada tem a ver com que discutimos aqui, mas tem a ver com essa sua colocação) chama-se órgãos de controle. No serviço público não basta ter um projeto e dinheiro, mas precisa passar por uma longa e demorada cadeia de controle que faz com que o resultado obtido seja muito aquém do esperado.

Graças a deus. Porque não iriam entregar o projeto mesmo. E você sabe disso.


Citar
Defel, na boa. Você está bem equivocado.

Será?
Claramente.

Citar
Você já me contou tintim por tintim a desgraça que é o seu trabalho sobre o ponto de vista da gestão e descaso.
Teu grande problema é que você acha isso normal. Você deveria ficar indignado e acreditar que é o que é, um acinte.

Não, não acho normal e nenhum colega de trabalho acha e a indignação dos servidores é sim demonstrada (e hoje, com as redes sociais, ainda mais). Veja que o que falei é sobre a atual gestão, mas não que todas as gestões sejam assim e nem que em outros lugares não sejam melhores, mesmo dentro do meu estado.

Não, todas são assim. Imagino o dia que vocês implementarem um ERP consolidado, o mundo irá acabar.
A prova que é uma porcaria é o serviço prestado. Meses de fila para atendimento, sem controle algum.



Citar
b) as escolas públicas do ensino fundamental e médio, em uma série histórica, sempre seriam piores que as privadas, mas isso só acontece com a universalização do acesso, quando então a relação começa a pender para o setor privado (a menos, novamente, que a gestão pública tenha sido muito boa no passado e piorado com o tempo).

E proporcionalmente o dinheiro não é tão abundante. CQD. Sem a tonelada de dinheiro, não tem como fazer funcionar.

Mas também o dinheiro não era tão abundante no serviço público no passado.
E?

Citar
E como você diz, a universalização precisa de gestão e várias organizações para suprir a demanda.

De gestão sim, de várias organizações não.

Sim, vamos continuar acreditando na gestão pública.


Citar
Os problemas da educação passam por falta de estímulo dos professores (e isso não significa apenas salário), perda da disciplina e da autoridade do professor (em que os conselhos tutelares contribuem muito), falta de professores, jornada dupla ou tripla dos professores (o que impede o planejamento das aulas), violência de gangues, drogas, tráfico, projeto pedagógico equivocado, equidade <> igualdade e outros mais.

E, principalmente, incompetência na gestão.

A gestão é importante, mas, hoje, o problema maior, na educação, não seria esse apenas, mas um somatório dos apresentados acima.
[/quote]

Resolvam a gestão. Depois peçam dinheiro, oras.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #121 Online: 04 de Maio de 2013, 00:14:17 »
Me estarrece a falta de simancol dos funcionários públicos.

Justiça: Você fica anos esperando para ser julgado, caríssmo. Pergunte a um Juiz: Nós somos competentes, apenas algumas questões fora do nosso controle.

SUS: O serviço é uma porcaria, mas somos muito bons. Só precisamos de mais dinheiro.

Educação: É uma porcaria, mas estamos muito bem. Somos competentes. Falta apenas alguns detalhes...

Derfel, o critério para competência é entrega. É retidão. É gestão eficiente.
É visível, não é discutível.

Educação é uma porcaria, não há como negar. Tudo o que dizem é desculpas.

Cara, gostaria de poder chegar para meu chefe e dizer que não fiz meus resultados porque, sabe lá, está faltando alguma coisa, mas eu sou muito bom mesmo com uma porcaria de resultados.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #122 Online: 04 de Maio de 2013, 00:17:51 »
é como o socialismo, não adianta teorizar, dizer que não foi o socialismo real. Que se fosse Fabanismo misturado com o verdadeiro nheconheco, iria funcionar. Isso são conjecturas vazias. O fato é: Foi tentado em todos os lugares e não funcionou.

Sobre gestão pública. Funciona. Não funciona no Brasil.
Políticos, falta de capacidade de gestão, corrupção.. Não funcionou e não temos motivos para crer que funcionará.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #123 Online: 04 de Maio de 2013, 00:18:50 »
[...]
Justiça: Você fica anos esperando para ser julgado, caríssmo. Pergunte a um Juiz: Nós somos competentes, apenas algumas questões fora do nosso controle.
[...]

Somente o fato de que os juízes não tem prazo para julgar os casos já é um indicativo de que há uma ineficiência, que eu entendo ser proposital neste caso.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.272
  • Sexo: Masculino
Re:Dilma lança cruzada pela educação
« Resposta #124 Online: 04 de Maio de 2013, 00:19:31 »
[...]
Sobre gestão pública. Funciona. Não funciona no Brasil.
Políticos, falta de capacidade de gestão, corrupção.. Não funcionou e não temos motivos para crer que funcionará.

População alienada.
Foto USGS

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!