Autor Tópico: Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes  (Lida 92366 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2150 Online: 22 de Novembro de 2018, 01:53:31 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.



Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2151 Online: 22 de Novembro de 2018, 01:59:03 »
Notícias e opiniões diversas sobre o assunto:

Telegramas revelam que partiu de Cuba proposta para criar Mais Médicos, em negociação secreta com governo Dilma

Documentos da embaixada brasileira em Cuba mostram que tratativas foram mantidas em sigilo para evitar reação da classe médica brasileira. Procurados, PT e Dilma disseram que não vão comentar. Ex-ministro afirma que programa foi negociado publicamente, aprovado e prorrogado pelo Congresso.

https://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2018/11/21/telegramas-revelam-que-partiu-de-cuba-proposta-para-criar-mais-medicos-em-negociacao-secreta-com-governo-dilma.ghtml





Os médicos cubanos e a realidade brasileira

<a href="https://www.youtube.com/v/TN46eRxhn6M" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/TN46eRxhn6M</a>

Citar
https://m.facebook.com/adriano.facioli/posts/10156817424884706

OS MÉDICOS CUBANOS E A REALIDADE BRASILEIRA

Nosso sistema de saúde, o SUS, tem uma forte inspiração no sistema de saúde do Reino Unido, o NHS. Ainda temos muito o que melhorar, e muito o que aprender com eles, inclusive com uma desconcentração das atividades profissionais privativas. No Brasil ainda há uma concentração muito grande de atividades privativas nas mãos dos médicos. E o médico, como todos sabemos, é o profissional mais caro de um sistema de saúde. Logo não faz muito sentido que somente os médicos possam realizar uma série de procedimentos.

No Reino Unido os enfermeiros, por exemplo, realizam muito mais procedimentos do que os enfermeiros no Brasil. Fora o fato de que lá há uma atuação muito maior da atenção primária, a qual é responsável pela prevenção. E na atenção primária, como sabemos, há uma participação muito maior dos demais profissionais de saúde. Tudo isso diminui os custos da saúde.

Isso porém, infelizmente, não interessa a setores poderosos, que lucram muito com um sistema centrado em assistência, em hospitais. Porque se o modelo for centrado em hospitais, haverá um consumo maior de medicamentos e os mais diversos produtos hospitalares. E isso, como sabemos, alimenta setores da indústria que são muito poderosos e com capacidade de lobby.

Outro ponto importante é que ainda faltam médicos no Brasil. Nos últimos 5 anos conseguimos subir esse índice de 1.85 para 2.0 médicos para cada 1.000 habitantes, e essa foi uma evolução importante. Contudo, ainda estamos muito longe dos 2.82 do Reino Unido, que é, como já mencionei, o principal modelo no qual nos inspiramos.

Então não é verdade alegação do Conselho Federal de Medicina (CFM) de que já temos médicos suficientes para atender toda a nossa população. E isso é ainda menos verdade se formos levar em conta a má distribuição desses profissionais no território nacional. Nas regiões pobres e mais afastadas os índices são alarmantes.

Em algumas regiões do interior do Maranhão, por exemplo, antes da implantação do Programa Mais Médicos pelo governo Dilma, o índice era de 0.5 para cada 1.000 habitantes. E os médicos brasileiros, mesmos os recém-formados (inclusive sem terem feito a residência médica), não quiseram ir para essas regiões, com a remuneração (em 2013) de R$ 10 mil.

E qual foi a solução? Foi a vinda dos médicos cubanos para o Brasil. Eles ocuparam esses espaços, e foram protagonistas de grandes mudanças. Praticamente qualquer profissional da área de saúde, não médico, para o qual fosse oferecida uma remuneração inicial de R$ 10 mil, não hesitaria. Iria correndo disputar essa vaga com unhas e dentes. A concorrência ia ser grande.

E não interessa ao Conselho Federal de Medicina que tenhamos mais médicos, porque isso irá diminuir o custo do profissional médico. Pois é tudo uma questão de mercado. Se houver mais médicos, o preço da mão-de-obra desses profissionais irá diminuir. Isso não interessa para a classe médica.

Assim como não interessa nem mesmo que as demais categorias profissionais da saúde adquiram um papel mais importante, com uma maior atribuição de atividades. Uma evidência marcante desse ponto é que nos últimos anos a classe médica vem tentando, a todo custo, aprovar o ato médico, leis com uma quantidade grande de atividades privativas aos médicos, que torna a atuação dos demais profissionais bastante restrita.

Então entendam que é uma questão de luta de classes dentro do sistema de saúde brasileiro, a qual é bastante marcada pela movimentação da classe médica no sentido de manter seus altos salários, os quais são, em média, mais que duas vezes maiores do que os salários dos demais profissionais da saúde com nível superior.

As equipes de saúde da família (de prevenção, na atenção primária), no interior do Brasil, geralmente se completam, com todos os profissionais necessários. E o que ocorre é que o único profissional que costuma faltar, ficar ausente, é o médico.

E por que isso ocorre? Porque faltam médicos. Porque a concorrência é pequena. Se houvesse mais médicos, e a concorrência fosse maior, eles também estariam lá, como quaisquer outros profissionais de saúde.

Para completar meu texto, abaixo vou citar (e rebater) algumas falácias que estão sendo usadas nesse debate.

"Diante das condições impostas pelo presidente eleito, Cuba resolveu sair do Programa Mais Médicos. Isso demonstra que o governo cubano não está preocupado com nosso povo."

Mas nosso povo é problema nosso, e não do governo cubano.

"Mas o governo cubano pega a maior parte do salário deles."

Sim, Cuba, como país, e o povo cubano, dependem desse dinheiro, inclusive para continuar formando mais médicos, que são o principal produto de exportação deles. E se é exportação, não faz sentido esse dinheiro ficar aqui, correto? Esses médicos estão aqui em missão. Não emigraram pra cá.

"Isso é escravidão, é contra os direitos humanos." (Em relação ao fato dos médicos cubanos receberem somente R$ 3 mil e não os cerca de R$10 mil totais, pagos pelo governo brasileiro)

Como bem disse um colega, eis "o curioso caso dos brasileiros que acham que o trabalhador que ganha um salário mínimo tem direitos demais ao mesmo tempo em que o médico cubano que recebe 3 mil reais [mais ajuda de custo] é escravo."

“Permitir que o governo cubano se aproprie da maior parte desses cerca de R$ 10 mil, que são pagos em referência a cada um dos médicos cubanos que estão aqui, é financiar uma ditadura.”

Então seja coerente, e proteste também para que o Brasil rompa relações comerciais com a Arábia Saudita (e boa parte do oriente médio) e com a China, países nos quais imperam regimes ditatoriais. E já aviso: romper relações comerciais com esses países somente fará com que a economia brasileira quebre.

Outro ponto é que Cuba exporta médicos para mais de 100 países. Ou seja: mais de 100 países, do mundo todo, tem se beneficiado disso. É algo valioso. Se não fosse esse produto, esse commodity cubano, milhões de pessoas, pelo mundo afora, estariam sofrendo, incapacitadas, com sérios problemas de saúde, e até mesmo morrendo.

Vamos combinar uma coisa? Médicos cubanos, aqui dentro, recebendo R$ 3 mil por mês (mais ajuda de custo), com o restante indo para o governo cubano, são as condições impostas pelo governo cubano para fazer negócio conosco, como qualquer outra relação de colaboração humanitária ou comercial, e o resultado disso são mais de 20 milhões de brasileiros recebendo a assistência médica que os próprios médicos brasileiros se recusam a dar.

Se houvesse alguma solução factível, em curto prazo, para repor a falta dos cubanos, faria todo o sentido ficar insistindo nesses pontos. Como ainda não há essa solução, sejamos sensatos, primeiro encontrando uma alternativa, um substituto à altura, para depois romper o contrato com o governo cubano.

E a longo prazo nós já sabemos qual é uma das soluções: a formação de mais médicos no Brasil. Precisamos aumentar esse índice, de 2.0 para cada 1.000 habitantes, para algo próximo a 2.8. Assim ficaremos em patamares similares ao sistema de saúde britânico, o principal modelo no qual vem se baseando o SUS, desde a sua criação.

Adriano Facioli, professor na Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2152 Online: 22 de Novembro de 2018, 02:08:37 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.
Mas abigo, esse é o típico caso em que ou você concorda e é situação ou discorda e é esquerdolinho. Esse papo de birrinha é fantasioso. Não tem meio termo.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.916
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2153 Online: 22 de Novembro de 2018, 09:00:52 »
Tenho visto várias pessoas comentarem sobre outro fator:

As prefeituras atrasavam ou não pagavam os salários dos médicos brasileiros que tinham caído na asneira de se mudar para esses fins de mundo.

Talvez elas fossem pobres, talvez corruptas ou ambos, mas os médicos acabavam voltando para a cidade grande.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2154 Online: 22 de Novembro de 2018, 10:42:05 »
Tenho visto várias pessoas comentarem sobre outro fator:

As prefeituras atrasavam ou não pagavam os salários dos médicos brasileiros que tinham caído na asneira de se mudar para esses fins de mundo.

Talvez elas fossem pobres, talvez corruptas ou ambos, mas os médicos acabavam voltando para a cidade grande.

Sim, atrasos de até seis meses no pagamento de salários.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.705
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2155 Online: 23 de Novembro de 2018, 16:29:39 »

84% DOS CUBANOS JÁ FORAM SUBSTITUÍDOS

Brasil  23.11.18 13:41

Cerca de 84% das vagas abertas pela saída dos cubanos do Programa Mais Médicos já foram preenchidas, informou hoje o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

O ministro declarou que 7.154 profissionais já estão no município em que deverão trabalhar, para atuação imediata.


https://www.oantagonista.com/brasil/84-dos-cubanos-ja-foram-substituidos/


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.705
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2156 Online: 23 de Novembro de 2018, 16:30:37 »


Parece que aumentou o número de médicos  brasileiros dispostos a irem trabalhar em lugares  periféricos.



Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.327
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2157 Online: 23 de Novembro de 2018, 16:49:51 »

84% DOS CUBANOS JÁ FORAM SUBSTITUÍDOS

Brasil  23.11.18 13:41

Cerca de 84% das vagas abertas pela saída dos cubanos do Programa Mais Médicos já foram preenchidas, informou hoje o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

O ministro declarou que 7.154 profissionais já estão no município em que deverão trabalhar, para atuação imediata.


https://www.oantagonista.com/brasil/84-dos-cubanos-ja-foram-substituidos/



Se for verdade, acabou o argumento 'humanista' dos anti-Bozo pela falta de atendimento ao povo brasileiro.
Foto USGS

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2158 Online: 23 de Novembro de 2018, 16:58:01 »
Por tabela acabou com o argumento de que brasileiros não queriam as vagas, argumento usado para justificar o acordo com Cuba.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2160 Online: 24 de Novembro de 2018, 12:17:02 »
E o Bozo ainda nem tomou posse.

Tudo não viraria um caos sem os cubanos? Não faltavam médicos porque não ocupariam as vagas onde nenhum outro iria?
« Última modificação: 24 de Novembro de 2018, 12:35:34 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2161 Online: 24 de Novembro de 2018, 12:35:27 »
É possível que os médicos não quisessem se candidatar antes por causa dos governantes na ocasião, e também pela realidade das condições de trabalho que viessem a aceitar.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2162 Online: 24 de Novembro de 2018, 12:37:48 »
É possível que os médico não quisessem se candidatar antes por causa dos governantes na ocasião, e também pela realidade das condições de trabalho que viessem a aceitar.

Ou porque tinha vaga com dois mil Reais de salário para um cara que se formou em medicina e não queria trabalhar por tal valor mas pagavam dez mil aos Castro.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2163 Online: 24 de Novembro de 2018, 13:06:05 »
Né? Pois é!

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2164 Online: 24 de Novembro de 2018, 20:44:28 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.
Mas abigo, esse é o típico caso em que ou você concorda e é situação ou discorda e é esquerdolinho. Esse papo de birrinha é fantasioso. Não tem meio termo.

Se tá dizendo que nem meio-termo, tá pensando que nem os extremistas.


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2165 Online: 24 de Novembro de 2018, 21:38:40 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.
Mas abigo, esse é o típico caso em que ou você concorda e é situação ou discorda e é esquerdolinho. Esse papo de birrinha é fantasioso. Não tem meio termo.

Se tá dizendo que nem meio-termo, tá pensando que nem os extremistas.
Não abigo, se você nem discorda nem concorda é meio termo, apenas que sua birra já é um viés(ainda mais ao usar a terminologia "cancerva"), e como tal não caracteriza mais um meio termo.

Mas já que você citou, é verdade sou sim um extremista, mas neste caso no extremo oposto de errado!
« Última modificação: 24 de Novembro de 2018, 21:42:08 por Sergiomgbr »

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2166 Online: 25 de Novembro de 2018, 15:37:44 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.
Mas abigo, esse é o típico caso em que ou você concorda e é situação ou discorda e é esquerdolinho. Esse papo de birrinha é fantasioso. Não tem meio termo.

Se tá dizendo que nem meio-termo, tá pensando que nem os extremistas.
Não abigo, se você nem discorda nem concorda é meio termo, apenas que sua birra já é um viés(ainda mais ao usar a terminologia "cancerva"), e como tal não caracteriza mais um meio termo.

Mas já que você citou, é verdade sou sim um extremista, mas neste caso no extremo oposto de errado!

Tu me xingou em outro post reportei não vi nenhum moderador tomar atitude, deixando impune (dá até pra desconfiar da imparcialidade aqui) ou pelomenos não vi nenhum moderador criticar isso lá postagem, então retribuindo: Vai tomar no c8u.


_______________________________

Agora sobre Mais Médicos, parece que tão espalhando mais Fake News:




Cubanos não têm privilégio no edital do Mais Médicos; texto no WhatsApp é enganoso

https://aosfatos.org/noticias/cubanos-nao-tem-privilegio-no-edital-do-mais-medicos-texto-no-whatsapp-e-enganoso/


Escolas de medicina de Cuba formam mais de 3.600 médicos por ano, e não 300, como diz meme

https://aosfatos.org/noticias/escolas-de-medicina-de-cuba-formam-mais-de-3600-medicos-por-ano-e-nao-300-como-diz-meme

Vídeo viral de médica reúne várias informações falsas sobre Mais Médicos

https://aosfatos.org/noticias/video-de-medica-reune-diversas-informacoes-falsas-sobre-mais-medicos




Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.327
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2167 Online: 25 de Novembro de 2018, 17:23:36 »
[...]
Vontade que eu tenho de virar esquerdista pra fazer raiva a esses conservas (se for pra ser esquerda contra cancerva, mesmo que não acredite na ideologia, vou fazer com maior gosto):
[...]

Não passe vontade.

Assuma e viva feliz.

Assumir algo que não sou? Como?

Se não entendeu que foi uma crítica e você levou ao pé da letra paciência.
Mas abigo, esse é o típico caso em que ou você concorda e é situação ou discorda e é esquerdolinho. Esse papo de birrinha é fantasioso. Não tem meio termo.

Se tá dizendo que nem meio-termo, tá pensando que nem os extremistas.
Não abigo, se você nem discorda nem concorda é meio termo, apenas que sua birra já é um viés(ainda mais ao usar a terminologia "cancerva"), e como tal não caracteriza mais um meio termo.

Mas já que você citou, é verdade sou sim um extremista, mas neste caso no extremo oposto de errado!

Tu me xingou em outro post reportei não vi nenhum moderador tomar atitude, deixando impune (dá até pra desconfiar da imparcialidade aqui) ou pelomenos não vi nenhum moderador criticar isso lá postagem, então retribuindo: Vai tomar no c8u.


_______________________________

Agora sobre Mais Médicos, parece que tão espalhando mais Fake News:




Cubanos não têm privilégio no edital do Mais Médicos; texto no WhatsApp é enganoso

https://aosfatos.org/noticias/cubanos-nao-tem-privilegio-no-edital-do-mais-medicos-texto-no-whatsapp-e-enganoso/


Escolas de medicina de Cuba formam mais de 3.600 médicos por ano, e não 300, como diz meme

https://aosfatos.org/noticias/escolas-de-medicina-de-cuba-formam-mais-de-3600-medicos-por-ano-e-nao-300-como-diz-meme

Vídeo viral de médica reúne várias informações falsas sobre Mais Médicos

https://aosfatos.org/noticias/video-de-medica-reune-diversas-informacoes-falsas-sobre-mais-medicos





Em qual postagem ele lhe ofendeu?
Foto USGS

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2168 Online: 25 de Novembro de 2018, 20:26:54 »

Em qual postagem ele lhe ofendeu?

Cliquei em reportar, não tem registro aí não?
Vou ter que achar a postagem.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.327
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2169 Online: 25 de Novembro de 2018, 21:12:25 »

Em qual postagem ele lhe ofendeu?

Cliquei em reportar, não tem registro aí não?
Vou ter que achar a postagem.

Espere.

Amanhã eu verifico.

Onde estou, não há um computador disponível.
Foto USGS

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.165
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2170 Online: 03 de Dezembro de 2018, 14:33:07 »


No processo que quatro médicos cubanos movem contra a Organização Panamericana de Saúde (Opas) nos Estados Unidos, eles contam que tinham uma dupla função no Brasil. Segundo o documento legal, obtido por Crusoé, “os doutores cubanos deveriam se reagrupar em unidades militares se fossem ordenados a isso se, por exemplo, fosse necessário defender um governo estrangeiro amigo de Cuba.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2171 Online: 03 de Dezembro de 2018, 14:40:51 »
Que surpresa.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.620
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2172 Online: 07 de Dezembro de 2018, 18:54:26 »
https://istoe.com.br/as-atrocidades-do-mais-medicos/


Citar
As atrocidades do Mais Médicos
Depoimentos, áudios e trocas de mensagens às quais ISTOÉ teve acesso revelam que médicos cubanos viviam quase como escravos no Brasil. Vigiados por agentes enviados por Havana, não podiam sair de um município a outro sem autorização mesmo nas folgas, eram assediados sexualmente e até extorquidos. Agora, quem não quer voltar à ilha sofre ameaças

Mais uma dos humanitários esquerdinhas defensores da liberdade, dos direitos humanos e da igualdade.

Offline Fenrir

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.666
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2173 Online: 07 de Dezembro de 2018, 19:50:12 »
Deve ser o regime do
"Todos os animais são iguais, mas alguns são mais iguais que outros" (George Orwell)
« Última modificação: 07 de Dezembro de 2018, 19:57:30 por Fenrir »
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!