Autor Tópico: Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes  (Lida 105818 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2200 Online: 17 de Outubro de 2019, 09:52:40 »
É pena que não posso deportar para Cuba todos os socialistas brasileiros.

Eles adorariam viver lá na liberdade e igualdade.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.548
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2201 Online: 17 de Outubro de 2019, 10:04:49 »
É pena que não posso deportar para Cuba todos os socialistas brasileiros.



É uma pena que você não tenha o poder de um Idi Amim Dada. 

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2202 Online: 17 de Outubro de 2019, 12:18:02 »
Na verdade eu faria um favor a todos eles dando uma passagem só de ida  para o paraíso socialista.


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.548
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2203 Online: 17 de Outubro de 2019, 14:26:40 »


E  eu faria um favor a todos capitalistas que fazem apologia de Estado mínimo  dando uma passagem só de ida  para o paraíso Estado mínimo  na Somália ou Afeganistão.


 :biglol:
« Última modificação: 17 de Outubro de 2019, 14:31:40 por JJ »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.308
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2204 Online: 17 de Outubro de 2019, 17:07:45 »
E  eu faria um favor a todos capitalistas que fazem apologia de Estado mínimo  dando uma passagem só de ida  para o paraíso Estado mínimo  na Somália ou Afeganistão.

 :biglol:

Se ao menos você conhecesse rudimentos de capitalismo, liberalismo ou de 'estado mínimo', não escreveria esta besteira de que para os capitalistas, liberais e defensores do estado mínimo, a Somália e o Afeganistão seriam exemplos dos seus respectivos arcabouços teóricos.
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.548
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2205 Online: 18 de Outubro de 2019, 09:08:38 »
E  eu faria um favor a todos capitalistas que fazem apologia de Estado mínimo  dando uma passagem só de ida  para o paraíso Estado mínimo  na Somália ou Afeganistão.

 :biglol:


Se ao menos você conhecesse rudimentos de capitalismo, liberalismo ou de 'estado mínimo', não escreveria esta besteira de que para os capitalistas, liberais e defensores do estado mínimo, a Somália e o Afeganistão seriam exemplos dos seus respectivos arcabouços teóricos.


Eu conheço muito bem. A verdade é simples: não existe Estado mínimo, e não existe o liberalismo  que o site Mi co ses faz propaganda.  Se em certo lugar, como no interior do Afeganistão e da Somália, não há um Estado com instituições modernas,  o que teremos serão senhores locais que irão impor as suas vontades.  Não ocorrerá uma Liberland tranquila e respeitosa do PNA,  que os vários textos postados no   site Mi co ses  tentam fazer ingênuos acreditarem que haveria  tal coisa  se fosse criada uma região sem um Estado.

O mundo é comandado por Estados grandes, fortes e presentes, que geralmente estão em conluio com grandes corporações  capitalistas. Os EUA é o melhor exemplo disso.

Eu simplesmente imitei o Arcanjo que usou o espantalho de Cuba, como se eu tivesse em algum momento dito que Cuba era um país modelo, eu nunca fiz isso, o que eu tenho como melhor modelo atual é a Suécia, que é uma social democracia, a qual também é atacada pelos  desvairados do Mi co ses,  e por desvairados libers.


« Última modificação: 18 de Outubro de 2019, 09:27:18 por JJ »

Offline Marciano

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.221
  • “Was mich nicht umbringt, macht mich stärker.”
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2206 Online: 18 de Outubro de 2019, 09:12:57 »
A Crusoé conta como Gilmar Mendes se apoderou do STF e passou a manobrar o tribunal contra a Lava Jato:

“Gilmar, espertamente, viu em Toffoli um possível aliado e, aos poucos, foi ganhando a sua simpatia ao mesmo tempo em que apresentava a ele as gostosuras do poder e o ajudava a ampliar sua rede de contatos. Em suma, o velho ministro foi aos poucos mostrando ao novato como fazer para valorizar a caneta que ele tem em mãos, uma fonte inesgotável de poder. A relação foi se estreitando mais e mais. Recentemente, depois que as mulheres de ambos, as advogadas Guiomar Mendes e Roberta Rangel, entraram na mira de um grupo especial da Receita Federal que investigava possíveis fraudes tributárias em suas atividades profissionais, a amizade virou uma aliança ainda mais estratégica. E se somou aos interesses dos amigos dos dois ministros, um oriundo das hostes petistas e outro alinhado aos tucanos e emedebistas. Estava aberta uma janela de oportunidade para transformar a agenda do Supremo em instrumento para enfraquecer a Lava Jato.”
https://www.oantagonista.com/brasil/a-janela-de-gilmar/
𝕸𝖆𝖗𝖈𝖎𝖆𝖓𝖔

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Brasil trará 6.000 médicos cubanos para atender moradores de áreas carentes
« Resposta #2207 Online: 18 de Outubro de 2019, 15:03:12 »


E  eu faria um favor a todos capitalistas que fazem apologia de Estado mínimo  dando uma passagem só de ida  para o paraíso Estado mínimo  na Somália ou Afeganistão.


 :biglol:

O Brasil também pode ser enxergado como uma espécie de "estado mínimo." Para a população geral, é perto disso, quando não aquém.

Para parte do funcionalismo e para algumas empresas, é capitalista de compadrio/anarco-capitalista (o estado atua ignorando o que é público, efetivamente o público é privado), o que deve ser algo difícil de evitar sem uma força democrática/republicana considerável, tanto no estado ser pouco corrupto, quanto sem uma desigualdade econômica relativamente baixa.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!