Autor Tópico: Os estragos do chavismo na Venezuela  (Lida 76750 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.895
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2250 Online: 24 de Junho de 2018, 09:41:04 »
A presidente do partido apoia abertamente, o fundador do partido fundou o Foro de São Paulo junto com Fidel Castro, vivem discursando abertamente em favor da ditadura venezuelana, outros partidos de esquerda fazem o mesmo.

Não tem nem como tentar justificar.

Eles apoiam,  dão dinheiro chegando até a desviar verbas para influenciar eleições a favor de aliados estrangeiros, o Pingao e outros chegaram a subir em palanques e gravar videos de apoio.

Conversa fiada que vídeo não prova nada, na verdade nem são apenas os vídeos mas os próprios documentos que eles emitem nos congressos deles.


Será que  é preciso ser ainda mais claro do que o que eu já escrevi até com destaque em azul ?

Quantos partidos de esquerda* tem no Brasil ?

Para quais  deles você pode apresentar declarações oficiais de apoio ao  Maduro ?


*Lembrando que até o PSDB é considerado como sendo de centro-esquerda.

Fácil resolver esta questão.

JJ, mostre um só partido de esquerda que se opõe de modo oficial, ao grupo político que governa a Venezuela a quase duas décadas.

Um só.
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.672
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2251 Online: 04 de Julho de 2018, 16:00:42 »
Citar
https://www.independent.co.uk/news/world/americas/us-politics/donald-trump-venezuela-invasion-crisis-rex-tillerson-advisers-meeting-a8430571.html

Donald Trump 'considered invading Venezuela', reports say
US president briefed not to mention the topic at dinner with leaders from four Latin American allies – but he did so anyway

[...]

In a meeting last August to discuss sanctions on Venezuela in the Oval Office, Mr Trump asked why he could not just invade the country.

Months later, Mr Trump was briefed not to mention the topic at a private dinner with leaders from four Latin American allies, but the first thing the president said was “my staff told me not to say this” – stunning his advisers at the time.

[...]

Mr Trump then went around asking each leader if they were sure they didn’t want a military solution, according to the official, who added that each leader told Mr Trump in clear terms they were sure.

[...]

“If Venezuela were attacked, the rifles will arrive in New York, Mr Trump,” the younger Maduro said. “We will take the White House.”

[...]

Isso teria muita aprovação por aqui. Janaína Paschoal pessoalmente pediu isso a ele por tweet, se não me engano. Mas acho que só recebeu respostas de contas "fake", de piada.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.191
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2252 Online: 04 de Julho de 2018, 18:06:34 »
Citar
“If Venezuela were attacked, the rifles will arrive in New York, Mr Trump,” the younger Maduro said. “We will take the White House.”

Olympus Has Fallen estrelando Maduro. :lol:
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro


Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.672
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2254 Online: 09 de Julho de 2018, 15:06:26 »
<a href="https://www.youtube.com/v/S1gUR8wM5vA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/S1gUR8wM5vA</a>

(Agosto de 2017)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.672
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2255 Online: 15 de Julho de 2018, 22:26:38 »
<a href="https://www.youtube.com/v/lxpWeUrO9k8" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/lxpWeUrO9k8</a>

(Mar 21, 2018)

Offline FZapp

  • Administradores
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.886
  • Sexo: Masculino
  • El Inodoro Pereyra
    • JVMC
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2256 Online: 19 de Julho de 2018, 12:01:28 »
Citação de: Ciro Gomes
A Venezuela é uma democracia tão democrática quanto a brasileira e a americana!

 :stunned:

O pior é que para mim essa frase soa a 'os camelos são criptógamas tão vegetais assim como velociraptors e platelmintos', tipo nada com nada com nada ...
--
Si hemos de salvar o no,
de esto naides nos responde;
derecho ande el sol se esconde
tierra adentro hay que tirar;
algun día hemos de llegar...
despues sabremos a dónde.

"Why do you necessarily have to be wrong just because a few million people think you are?" Frank Zappa

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2257 Online: 19 de Julho de 2018, 22:47:28 »
https://brasil.elpais.com/brasil/2018/07/18/album/1531906498_955957.html#foto_gal_2

Transporte público venezuelano.

Existe uma restrição de 10.000 Maduros para saque bancário mas a passagem em um veículo clandestino chega a custar 15.000 Maduros.

São motocicletas, caminhões ou qualquer galinheiro com rodas.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2258 Online: 19 de Julho de 2018, 22:50:04 »





Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.436
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2259 Online: 19 de Julho de 2018, 23:33:58 »
https://www.dn.pt/mundo/interior/presidente-da-venezuela-anuncia-aumento-de-1037-do-salario-minimo-9491684.html

Eu lembrei daquela papagaiada de propaganda chavista que dizia que o litro da gasolina na Venezuela custa só US$ 0,04, esquecendo de dizer que o salário mínimo mensal custa lá só alguns poucos dólares pela taxa de câmbio do dólar paralelo. E o pior, tem gente no Brasil que se acha "intelectual" e já usou esse "argumento".  :biglol:

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.436
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2260 Online: 19 de Julho de 2018, 23:44:33 »
A cotação do dólar/euro no mercado paralelo noticiada é de um site português. E português lembra padaria (principalmente por quem conhece imigrantes portugueses no Brasil). E padaria lembra coxinha, coisa que esse pessoal jornalista desse site de Portugal é.

Duvido nada que as agências de notícias internacionais tentem forjar notícias de descontrole hiperinflacionário pagando para venezuelanos pobres carregarem enormes pacotes de dinheiro para comprar pão na padaria só para difamar a revolução bolivariana, revolução que contrariou os interesses das elites oligárquicas estadunidenses que eles tanto bajulam.
« Última modificação: 19 de Julho de 2018, 23:56:17 por -Huxley- »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.672
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2261 Online: 20 de Julho de 2018, 14:03:26 »
São inclusive as padarias venezuelanas que mostram como é falsa a noção de que os controles sociais de preços teriam arruinado a economia e provocado escassez. Se trata apenas da vontade do consumidor operando no livre-mercado*:

Citar
[...] Yesterday, Bloomberg had an interesting article about food shortages in Venezuela. Contrary to popular perception, the Venezuelan shops are not empty. Bakeries, for example, offer "a wide variety of freshly-made breads," including, "a fat, dense loaf called the gallego, or a soft sobado." Conversely, "the canilla, a soft, buttery take on the baguette that's been the beloved bread of choice in this South American country for decades," is missing from the shelves. Why?

The canilla has disappeared because its price is set by the state. The price of the bread is "set at such a low level—1,500 bolivars versus the 4,500 to 7,500 a gallego commands—that bakers complain it doesn't come close to covering their costs. So they use new-found supplies of wheat in the country to bake every other kind of bread imaginable." [...]

https://reason.com/archives/2017/09/19/venezuelan-price-controls-lead-to-predic

* é uma economia de mercado, com o setor público igual ou menor do que países como EUA ou França. E não existe isso de "economia mista":

" There is no mixture of the two systems possible or thinkable; there is no such thing as a mixed economy, a system that would be in part capitalistic and in part socialist." - Mises

"The fact that the state or municipalities own and operate some plants does not alter the characteristic features of a market economy. These publicly owned and operated enterprises are subject to the sovereignty of the market. They must fit themselves, as buyers of raw materials, equipment, and labour, and as sellers of goods and services, into the scheme of the market economy. They are subject to the laws of the market and thereby depend on the consumers who may or may not patronize them. They must strive for profits, or at least, to avoid losses." - Mises

O estado é apenas um agente do livre-mercado, e como o dono de qualquer empresa, controla a oferta dos bens e serviços sob seu alcance.



Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.191
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2262 Online: 24 de Julho de 2018, 10:03:06 »
Citar
Inflação venezuelana vai à estratosfera

O FMI previu hoje que a inflação na Venezuela poderá chegar à inacreditável marca de 1.000.000% –sim, você leu certo: um milhão por cento– até o fim deste ano.

Além disso, o colapso econômico do país deve se espalhar cada vez mais para os vizinhos, alertou o Fundo em sua perspectiva regional para a América Latina.

“Estamos projetando [esse aumento] até o final de 2018 para sinalizar que a situação na Venezuela é semelhante à da Alemanha em 1923 ou do Zimbábue no final dos anos 2000”, disse Alejandro Werner, chefe do Departamento do Hemisfério Ocidental do FMI.

O economista acrescentou que o PIB da Venezuela deverá sofrer uma contração de 18% em 2018, a terceira queda de dois dígitos consecutiva. Se confirmada a projeção, o país vai acumular uma queda de mais de 45% em três anos.

A ditadura de Nicolás Maduro redefine a cada ano o conceito de “catástrofe absoluta”.

https://www.oantagonista.com/mundo/inflacao-venezuelana-vai-estratosfera/
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.895
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2263 Online: 24 de Julho de 2018, 17:48:57 »
Era o caminho que o Brasil trilharia se continuasse sob o jugo das 'administrações' petistas.

Infelizmente o perigo do populismo econômico não foi afastado, principalmente se olharmos os candidatos que despontam nas pesquisas eleitorais.
Foto USGS

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.468
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2264 Online: 24 de Julho de 2018, 19:34:34 »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2265 Online: 27 de Julho de 2018, 11:52:50 »
E o Maisburro acaba de anunciar um corte de cinco zeros no Bolivar Forte mas acho melhor esperar uma semana e cortar dez zeros de uma vez.

Ainda bem que a moeda é o Bolivar Forte, não consigo imaginar quantos zeros precisariam cortar se fosse a moeda antiga.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.668
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2266 Online: 27 de Julho de 2018, 13:16:40 »
E o Maisburro acaba de anunciar um corte de cinco zeros no Bolivar Forte mas acho melhor esperar uma semana e cortar dez zeros de uma vez.

Ainda bem que a moeda é o Bolivar Forte, não consigo imaginar quantos zeros precisariam cortar se fosse a moeda antiga.
Do jeito que ele anuncia essas coisas, sempre com "Eu decidi" ou "Eu ordenei", tentando fazer parecer que é uma enorme melhoria e não uma tentativa desesperada de consertar um desastre completo, me faz lembrar de "1984", em que a redução da ração de chocolate é anunciada como um aumento e todos ficam felizes.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2267 Online: 27 de Julho de 2018, 18:39:19 »
Eu diria que o Maisburro não chega ao fim do ano no cargo.

A coisa está a ponto de explodir.

Offline Gauss

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.852
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2268 Online: 27 de Julho de 2018, 19:25:54 »
Eu diria que o Maisburro não chega ao fim do ano no cargo.

A coisa está a ponto de explodir.
Não. Os milicos detém o comando de tudo que ainda é lucrativo na Venezuela. O Maisburro não é tão burro assim.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2269 Online: 27 de Julho de 2018, 21:44:38 »
Eu diria que o Maisburro não chega ao fim do ano no cargo.

A coisa está a ponto de explodir.
Não. Os milicos detém o comando de tudo que ainda é lucrativo na Venezuela. O Maisburro não é tão burro assim.

A coisa funciona assim, mas até certo ponto.

Com certeza ele comprou a cúpula das FA para chegar até onde chegou mas pode descambar a partir do momento em que a situação ficou preta para o pessoal de baixo.


Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.668
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2270 Online: 31 de Julho de 2018, 15:51:00 »
Citar
Venezuela: Apagão deixa 80% de Caracas no escuro e gera caos

Os cortes no fornecimento de energia elétrica são frequentes na Venezuela, sobretudo no interior. Em vários estados do oeste, como Zulia, aplica-se um racionamento diário que chega a durar 12 horas. Em Caracas, os apagões são menos frequentes, mas, entre dezembro e fevereiro passado, foram registrados diversos cortes, que se prolongaram por várias horas.

O governo atribui os apagões a "sabotagens" de seus adversários para criar descontentamento popular, enquanto a oposição os vincula à deterioração de infraestrutura necessária para garantir o serviço, decorrente de falta de investimentos, imperícia e corrupção.
[...]
Os apagões de energia em Zulia agravam a miséria dos venezuelanos que vivem já há cinco anos sob a crise econômica que provocou desnutrição, hiperinflação e emigração em massa. O estado, centro da indústria de energia da Venezuela, conhecido há décadas por sua riqueza em petróleo, tem ficado mergulhado na escuridão por várias horas por dia desde março, às vezes deixando 3,7 milhões de habitantes sem eletricidade por até 24 horas.

— Eu nunca pensei que teria que passar por isso — disse Cindy Morales, 36 anos, funcionária de uma padaria, com os olhos cheios de lágrimas. — Eu não tenho comida, não tenho energia, não tenho dinheiro.

As seis usinas estatais da Zulia têm bastante petróleo para gerar eletricidade, mas a falta de manutenção e peças de reposição causam avarias frequentes, deixando as usinas operando a só 20% da sua capacidade, segundo Angel Navas, presidente da Federação Nacional de Trabalhadores Elétricos.
https://oglobo.globo.com/mundo/venezuela-apagao-deixa-80-de-caracas-no-escuro-gera-caos-22936083

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.436
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2271 Online: 02 de Agosto de 2018, 22:19:18 »
Maduro diz ser responsável por fracasso econômico na Venezuela

Fonte: https://www.bemparana.com.br/noticia/maduro-diz-ser-responsavel-por-fracasso-economico-na-venezuela

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.691
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2272 Online: 02 de Agosto de 2018, 22:37:15 »
Citar
A deterioração da PDVSA ganhou uma nova fase no sábado (28) quando Maduro anunciou o que chamou de racionalização da distribuição de gasolina, a mais barata do mundo, hoje vendida por 6 bolívares (R$ 0,000001).

Na terça (31), ele revelou que o regime venderá mais barato a gasolina para quem leve seu veículo a um recadastramento nesta semana e tenha a chamada Carteira da Pátria.

O documento vem sido exigido para a compra de alimentos e programas sociais e considerado pela oposição um método de cabresto.

Precisa da tal "carteira da Pátria " para poder comprar comida subsidiada, gasolina subsidiada, para arrumar emprego no país em que tem racionamento de energia 12 horas por dia e o comércio fica fechado por falta de energia e mercadorias para vender.

Eu vi uma venezuelana comentar na internet que o salário dela do mês compra dois quilos de frango, vi um venezuelano ilegal comentar com outra pessoa que é melhor viver na rua aqui no Brasil que ter emprego na Venezuela.

Cara, a coisa vai estourar para valer a qualquer momento.


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2273 Online: 03 de Agosto de 2018, 09:15:33 »
Citar
A deterioração da PDVSA ganhou uma nova fase no sábado (28) quando Maduro anunciou o que chamou de racionalização da distribuição de gasolina, a mais barata do mundo, hoje vendida por 6 bolívares (R$ 0,000001).

Na terça (31), ele revelou que o regime venderá mais barato a gasolina para quem leve seu veículo a um recadastramento nesta semana e tenha a chamada Carteira da Pátria.

O documento vem sido exigido para a compra de alimentos e programas sociais e considerado pela oposição um método de cabresto.

Precisa da tal "carteira da Pátria " para poder comprar comida subsidiada, gasolina subsidiada, para arrumar emprego no país em que tem racionamento de energia 12 horas por dia e o comércio fica fechado por falta de energia e mercadorias para vender.

Eu vi uma venezuelana comentar na internet que o salário dela do mês compra dois quilos de frango, vi um venezuelano ilegal comentar com outra pessoa que é melhor viver na rua aqui no Brasil que ter emprego na Venezuela.

Cara, a coisa vai estourar para valer a qualquer momento.





Até o momento a coisa só estourou para quem tentou ir contra as forças comandadas pelo Maduro:


Venezuela anuncia morte de piloto que se rebelou contra Maduro



O governo venezuelano anunciou nesta terça-feira (16) que o ex-policial Óscar Pérez, protagonista do ataque de um helicóptero contra edifícios do governo em 2017, morreu junto com seis homens de seu grupo durante uma vasta operação de captura na segunda-feira nos arredores de Caracas.

SAIBA MAIS
23:10 - 15/01/2018
Policiais e 'terroristas' mortos em operação contra rebeldes na Venezuela
21:07 - 10/01/2018

Deputado constituinte é morto a tiros na Venezuela
14:55 - 15/01/2018

Polícia venezuelana encurrala piloto que se rebelou contra Maduro

O ministro do Interior, o general Néstor Reverol, incluiu Pérez, de 36 anos, na lista de "sete terroristas mortos" - entre eles uma mulher - e mostrou suas fotografias, durante um anúncio na televisão oficial.

"Diante de uma agressão que colocou em risco a vida, o procedimento foi neutralizar o grupo agressor com o lamentável balanço de sete terroristas mortos", assegurou Reverol, ao justificar a resposta dos comandos especiais que participaram da chamada "Operação Gedeón".


Ex-policial Óscar Pérez morreu em operação de captura. Ele chegou a divulgar vídeo dizendo que estava encurralado pela polícia


https://www.em.com.br/app/noticia/internacional/2018/01/16/interna_internacional,931278/venezuela-anuncia-morte-de-piloto-que-se-rebelou-contra-maduro.shtml


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.722
  • Sexo: Masculino
Re:Os estragos do chavismo na Venezuela
« Resposta #2274 Online: 03 de Agosto de 2018, 09:16:31 »

Quem vai querer ser o próximo mártir anti Maduro ?


 :?:

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!