Autor Tópico: Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo  (Lida 5030 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Rhyan

  • Visitante
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #75 Online: 26 de Maio de 2015, 19:21:59 »
Venezuelan Bolivar Now Worth More as Toilet Paper Than as Money
Another triumph of socialism
J.D. Tuccille|May. 26, 2015 12:15 pm


Back in February, when the Venezuelan government introduced its official and complicated three-tier exchange rate, 190 bolivars bought you one U.S. dollar on the black market—which is where real people without government connections shop for hard currency in Caracas. Now, just a few months later, the bolivar is worth about half that much. This is a brilliant testimony to the innovative power of the government's socialist policies: faced with a crushing shortage of toilet paper, the Bolivarian regime has converted its own currency into butt-wipe.

Bloomberg notes:

   
Citar
The stunning collapse of Venezuela's bolivar in black market trading this month -- it fell to as low as 423 bolivars per dollar from 279 at the start of the month -- has left Venezuelans scratching their heads,  with many wondering why it has sunk below the value of gold and hard currency the central bank has to back it.



I may just be speculating here, but the Venezuelan government's bold effort to totally divorce the country's economy from supply, demand, and market mechanisms of any sort may be rendering the bolivar a tad flabby. Having subsidized the price of gasoline—unintentionally for neighboring Colombiaimposed rationing to purchase even basic commodities, and driven doctors to flee from what has become a barter economy, socialist policies just may have dinged the value of Venezuelan currency.

Actual buying and selling of goods and services in Venezuela now requires dollars.

J.D. Tuccille is managing editor of Reason.com.

Fonte: http://reason.com/blog/2015/05/26/venezuelan-bolivar-now-worth-more-as-toi

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.221
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #76 Online: 27 de Maio de 2015, 14:17:19 »
Governo que pensa no bem de seus cidadãos, desvaloriza sua própria moeda para que o povo possa usá-la como papel higiênico, que estava em grave falta. Me aponte um país capitalista que tenha feito tamanho sacrifício.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.728
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #77 Online: 27 de Maio de 2015, 14:48:31 »
Governo que pensa no bem de seus cidadãos, desvaloriza sua própria moeda para que o povo possa usá-la como papel higiênico, que estava em grave falta. Me aponte um país capitalista que tenha feito tamanho sacrifício.

Lembrei da Alemanha pré-nazismo:





Devemos nos preocupar com o futuro da Venezuela?
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #78 Online: 27 de Maio de 2015, 19:04:35 »
Então essa técnica abaixo já está ultrapassada?

<a href="https://www.youtube.com/v/YzDTfcdmEi0" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/YzDTfcdmEi0</a>

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Online Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.496
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #79 Online: 27 de Maio de 2015, 20:02:59 »
Então essa técnica abaixo já está ultrapassada?

<a href="https://www.youtube.com/v/YzDTfcdmEi0" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/YzDTfcdmEi0</a>
Sim, o negócio agora é comer comida oleosa e bastante mamão...

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.165
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #80 Online: 10 de Dezembro de 2018, 23:03:52 »
Os americanos bobearam. Putin foi mais rápido. Vai sobrar para o Brasil.

https://www.oantagonista.com/mundo/russia-manda-avioes-de-guerra-para-venezuela/

Citar
Devemos nos preocupar com o futuro da Venezuela?

Depois dessa? O que você acha?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #81 Online: 11 de Dezembro de 2018, 05:23:14 »
Os americanos bobearam. Putin foi mais rápido. Vai sobrar para o Brasil.

https://www.oantagonista.com/mundo/russia-manda-avioes-de-guerra-para-venezuela/

Citar
Devemos nos preocupar com o futuro da Venezuela?

Depois dessa? O que você acha?

Acho que os russos se livrarão do Maduro e colocarão um marionete venezuelano que possam controlar, mas será de forma discreta sem nenhuma ação militar.

São os russos que bancam o Maduro hoje, então se livram dele quando bem entenderem.
« Última modificação: 11 de Dezembro de 2018, 05:25:31 por Arcanjo Lúcifer »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #82 Online: 11 de Dezembro de 2018, 09:08:53 »
Os americanos bobearam. Putin foi mais rápido. Vai sobrar para o Brasil.

https://www.oantagonista.com/mundo/russia-manda-avioes-de-guerra-para-venezuela/

Citar
Devemos nos preocupar com o futuro da Venezuela?

Depois dessa? O que você acha?

Acho que os russos se livrarão do Maduro e colocarão um marionete venezuelano que possam controlar, mas será de forma discreta sem nenhuma ação militar.

São os russos que bancam o Maduro hoje, então se livram dele quando bem entenderem.



Quais bons indícios você pode apontar para apoiar a ideia de que os russos querem derrubar o Maduro e colocar uma marionete deles no lugar ?




Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #83 Online: 11 de Dezembro de 2018, 09:15:28 »
O cara pegou uma montanha de dinheiro emprestado, não pagou, prometeu pagar com petróleo mas acabou com a produção.

Nem um nem outro e quer mais.

Os russos não distribuem dinheiro por caridade nem dão refinarias o presente.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #84 Online: 11 de Dezembro de 2018, 09:21:29 »
O cara pegou uma montanha de dinheiro emprestado, não pagou, prometeu pagar com petróleo mas acabou com a produção.

Nem um nem outro e quer mais.




Estes são indícios de que o Maduro é um mau pagador e um mau gestor, mas não são indícios de que  os russos querem derrubar o Maduro e colocar uma marionete no lugar dele.


« Última modificação: 11 de Dezembro de 2018, 09:40:02 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #85 Online: 11 de Dezembro de 2018, 09:25:45 »
Os russos não distribuem dinheiro por caridade nem dão refinarias o presente.



Este é apenas um juízo de fato  (bem razoável)   que você faz sobre o comportamento dos russos.  Entretanto, também não é  um indício de que  os russos querem derrubar o Maduro e colocar uma marionete no lugar dele.



« Última modificação: 11 de Dezembro de 2018, 09:36:45 por JJ »

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.165
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #86 Online: 11 de Dezembro de 2018, 10:36:03 »
Os americanos não vão tolerar a presença russa na região, a poucos metros de Cuba e do novo simpatizante mexicano.

Agora com Bolsonaro, acho que os EUA devem instalar uma base no Brasil, perto da fronteira, e criar tensão na região.

O Bolsonaro já deu sinais para uma parceria aeroespacial com os americanos em Alcântara.(*)

Por outro lado, os russos também não vão tolerar uma interferência no "governo democrático" da Venezuela e qualquer movimento mais brusco, incluindo o assassinato do ditador, certamente é pretexto para arrumar mais confusão.

Só para lembrar, os americanos já estão na Colombia, Panamá, Cuba e com um pé no Paraguai.



(*) Os americanos só topariam para enrolar os brasileiros.

Citar
Em 2011 o WikiLeaks revelou que o governo dos Estados Unidos quer impedir a criação de um programa de produção de foguetes espaciais brasileiros. Por isso as autoridades estadunidenses pressionam parceiros dos brasileiros nessa área (como a Ucrânia) para não transferir tecnologia do setor ao país. A restrição dos Estados Unidos está registrada em telegrama que o Departamento de Estado enviou à sua embaixada em Brasília, em janeiro de 2009, onde escreve: "Não apoiamos o programa nativo dos veículos de lançamento espacial do Brasil. ... Queremos lembrar às autoridades ucranianas que os EUA não se opõem ao estabelecimento de uma plataforma de lançamentos em Alcântara, contanto que tal atividade não resulte na transferência de tecnologias de foguetes ao Brasil" Os Estados Unidos também não permitem o lançamento de satélites norte-americanos (ou fabricados por outros países mas que contenham componentes estadunidenses) a partir do Centro de Lançamento de Alcântara, "devido à nossa política, de longa data, de não encorajar o programa de foguetes espaciais do Brasil", conforme outro documento confidencial divulgado.
wiki

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #87 Online: 11 de Dezembro de 2018, 11:00:19 »

A Janaína deve estar mais preocupada após estas novas notícias, afinal de contas faz tempo que ela vem alertando:


O passo a passo da invasão russa ao Brasil segundo Janaína Paschoal, a musa do impeachment


https://www.sensacionalista.com.br/2016/10/25/o-passo-a-passo-da-invasao-russa-ao-brasil-segundo-janaina-paschoal-a-musa-do-impeachment/




Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #88 Online: 11 de Dezembro de 2018, 11:05:02 »
Janaína Paschoal: 'Chamei Putin de adolescente para ressaltar seu vigor'

Lula Marques/ AGPT
NOTÍCIAS


18:33 26.10.2016 (atualizado 18:40 26.10.2016) URL curta1891562


Em recentes postagens no Twitter, a advogada Janaína Paschoal demonstrou sua preocupação com as notícias de uma possível instalação de base militar da Rússia na Venezuela. E chamou Vladimir Putin de "imperialista".


Janaína Paschoal disse na rede social que a base russa na Venezuela pode representar sério risco de ataque ao Brasil, e postou o seguinte comentário sobre o presidente da Federação Russa: "Putin tem pouco mais de 60 anos, pode ser idoso, pela lei brasileira. Para fins políticos, é um adolescente. Imperialista, ninguém nega."

Diante destes comentários e de sua intensa repercussão, Sputnik Brasil entrevistou com exclusividade a Dra. Janaína Paschoal. Ela revelou as circunstâncias em que postou aqueles comentários, surpreendeu-se com a repercussão (até internacional) das postagens e esclareceu sua avaliação sobre o Presidente Putin, afirmando que não o chamou de "adolescente para desmerecê-lo, mas, sim, para valorizar o seu vigor". Sobre Putin, a advogada disse ainda que o considera um presidente muito forte e um dos mais importantes líderes mundiais.


Janaína Paschoal é advogada e professora de Direito Penal da Universidade de São Paulo (USP). Junto com os também professores de Direito Miguel Reale Jr. e Hélio Bicudo, ela formulou o processo de impeachment contra a Presidente Dilma Rousseff, recebido pelo então presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), em dezembro de 2015 e que culminou com a destituição de Dilma pelo Senado Federal em 31 de agosto.


A seguir, a entrevista exclusiva com a advogada.


Sputnik: O que levou a senhora a fazer essas postagens em torno da alegada instalação de uma base militar russa na Venezuela?


Janaína Paschoal: Essas manifestações vieram no bojo de um conjunto de manifestações onde eu demonstrava, e aqui reitero, minha preocupação com o que está acontecendo na Venezuela, onde temos um ditador, que é o caso do Maduro, que controla o Poder Judiciário completamente; temos pessoas presas não por terem cometido crimes, mas, sim, pura e simplesmente por divergirem do poder instituído; há uma oposição pequena, porém atuante, no Congresso, e eu vinha já há alguns dias me manifestando no sentido de sustentar a ideia de que o Brasil, como um país bastante significativo na América Latina, deveria ser um pouco mais firme ao apoiar a oposição na Venezuela. Este é o primeiro ponto que eu gostaria de destacar. O meu foco ali não era a Rússia, era a Venezuela. Na esteira desses dias em que eu trago essa preocupação com o deteriorar da situação na Venezuela, em várias fontes, em vários veículos, veio a notícia de que a Rússia instalaria uma base militar justamente na Venezuela, que eu considero um país ditatorial. Eu expressei ali minha preocupação com essa notícia, porque eu entendo que uma base militar em um país limítrofe com o Brasil, um país não democrático e num conflito como esse, deixa o nosso país, no caso o Brasil, mais vulnerável.


Defensores do presidente venezuelano Nicolas Maduro demonstram apoio ao líder nas ruas de Caracas em 25 de outubro de 2016
© AFP 2018 / RONALDO SCHEMIDT

Parlamento da Venezuela aprova início do julgamento político contra Maduro


S: Esta é a sua preocupação…

JP: Eu não tenho cargo político e nem poder político nenhum. Como cidadã brasileira, ficaria muito mais tranquila se houvesse uma declaração oficial do Governo russo no sentido de que essa base não vai ser instalada. Estou sendo muito sincera. Porque essa base nos deixa vulneráveis. Estamos falando de um país que está vivendo um intenso conflito e onde existe um líder que é um ditador, e todo esse teatro que Maduro está fazendo, procurando o Papa para dizer que quer o diálogo, ele a meu ver não é real, é um teatro, porque ele não dá um sinal para estabelecer esse necessário diálogo. O sinal que eu esperaria de Maduro seria libertar os presos políticos que hoje estão confinados em prisões subterrâneas na Venezuela.





Restante no link:



https://br.sputniknews.com/noticias/201610266648867-janaina-paschoal-putin-adolescente-vigor/
« Última modificação: 11 de Dezembro de 2018, 11:07:22 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #89 Online: 12 de Dezembro de 2018, 02:03:09 »
Os russos não distribuem dinheiro por caridade nem dão refinarias o presente.



Este é apenas um juízo de fato  (bem razoável)   que você faz sobre o comportamento dos russos.  Entretanto, também não é  um indício de que  os russos querem derrubar o Maduro e colocar uma marionete no lugar dele.





Então sobra a possibilidade real de acontecer uma guerra.

Algum motivo real existe para os russos gastarem tanto dinheiro enviando bombardeiros, então qual seria o próximo passo? Enviar soldados ou mais equipamento?

« Última modificação: 12 de Dezembro de 2018, 02:05:11 por Arcanjo Lúcifer »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #90 Online: 12 de Dezembro de 2018, 08:08:33 »

Então sobra a possibilidade real de acontecer uma guerra.

Algum motivo real existe para os russos gastarem tanto dinheiro enviando bombardeiros, então qual seria o próximo passo? Enviar soldados ou mais equipamento?





A Rússia envolver-se numa guerra na América do Sul ? Duvido muitíssimo, a Rússia é apenas 1/6 do que foi a poderosa URSS, e mesmo a poderosa URSS  preferiu retirar os mísseis de Cuba (em 1962) do que gerar uma guerra por causa de algo ocorrendo no Caribe.  Some-se a isto o fato de que a Rússia já está tendo gastos com a guerra na Síria (está sim faz sentido, pois tem grande potencial de afetar interesses muito próximos da Rússia).


Os dois aviões enviados servem para passar uma ideia de que o Maduro não está totalmente só, mas, isto não quer dizer que realmente o governo russo pretenda proteger o Maduro. Isto é um jogo político, e fazer demonstrações de força e blefar faz parte de jogos políticos.

« Última modificação: 12 de Dezembro de 2018, 08:11:13 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #91 Online: 12 de Dezembro de 2018, 18:34:08 »
O problema é o Trump fazer uma m* do tipo deslocar algum navio para as proximidades para provocar tb.


Online Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.496
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #92 Online: 12 de Dezembro de 2018, 18:47:23 »
O problema é o Trump fazer uma m* do tipo deslocar algum navio para as proximidades para provocar tb.
Dizem que o preço da liberdade é a eterna vigilância, então, talvez seja a melhor coisa que ele tenha a fazer.



« Última modificação: 12 de Dezembro de 2018, 18:50:01 por Sergiomgbr »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #93 Online: 12 de Dezembro de 2018, 19:16:12 »
Se acontecer não ficará restrito a gringos e russos, a fronteira na Amazônia é Terra de Ninguém.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #94 Online: 13 de Dezembro de 2018, 07:50:32 »
O problema é o Trump fazer uma m* do tipo deslocar algum navio para as proximidades para provocar tb.



O governo americano poderia estar dando dinheiro e armas para grupos opositores organizados dentro da Venezuela. Eu não entendo porque isto não está sendo feito ainda. Será que não tem algum grupo organizado dentro da Venezuela ?


 :?:

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.625
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #95 Online: 13 de Dezembro de 2018, 21:19:55 »
Duvido muito que exista.

Os venezuelanos estão divididos em dois grupos, são os governistas e os que passam fome.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #96 Online: 14 de Dezembro de 2018, 08:07:42 »
Duvido muito que exista.

Os venezuelanos estão divididos em dois grupos, são os governistas e os que passam fome.


Então, façamos uma lista mais completa de coisas para serem fornecidas: suprimentos diversos, incluindo obviamente alimentos, remédios, combustíveis, treinamento necessário, armas e dinheiro. 

Duvido que, caso queira realmente, o governo americano junto com lideranças locais anti Maduro não consigam organizar uma oposição capaz de enfrentar o governo.

« Última modificação: 14 de Dezembro de 2018, 08:31:00 por JJ »

Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.150
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #97 Online: 14 de Dezembro de 2018, 08:25:14 »
JJ,você está defendendo uma intervenção dos "falcões do Norte" em um país da América do Sul?
"Deus prefere os ateus"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #98 Online: 14 de Dezembro de 2018, 08:27:58 »
JJ,você está defendendo uma intervenção dos "falcões do Norte" em um país da América do Sul?


Sim. Mas, mais precisamente estou defendendo uma ajuda suficiente para grupos de oposição que queiram derrubar o regime autoritário do M e implantar um regime democrático.
« Última modificação: 14 de Dezembro de 2018, 08:30:34 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.716
  • Sexo: Masculino
Re:Venezuela, Rússia e os efeitos da queda do preço do petróleo
« Resposta #99 Online: 14 de Dezembro de 2018, 08:32:34 »


Alguma coisa contra ?



 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!