Enquete

O Islam representa ou deseja afetar a civilização ocidental?

Não, o Islam é uma religião de paz.
Sim, como todas as religiões.
Nenhuma religião pode representar um risco à civilização
Muito mais que outras religiões. A radicalização de um percentual relevante de muçulmanos espalhados pelo mundo cria literalmente dezenas de milhões de radicais que na melhor das hipóteses, serão apenas massa de manobra
O problema é político não religioso.
Mesmo tendo o apoio dos islâmicos mais abastados, a radicalização é fruto da pobreza e da exploração que os países muçulmanos sofrem há uma centena de anos
Sim. No Islam política e religião se confundem. Tentar separar uma da outra no caso do Islam é apenas diversionismo sem cunho prático.

Autor Tópico: Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado  (Lida 21874 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.232
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #400 Online: 22 de Julho de 2015, 13:21:09 »
Não sei o que tem a ver teorizar sobre o potencial destrutivo das outras religiões, quando a pergunta do tópico é: "O Islam representa ou deseja afetar a civilização ocidental?"

Votei "Sim. No Islam política e religião se confundem. Tentar separar uma da outra no caso do Islam é apenas diversionismo sem cunho prático."

Pq, no fim das contas, é comprovada a supressão religiosa sobre qualquer chance democrática na maior parte dos países islâmicos. A Sharia é o q?


É chato sempre que o assunto é o Islam, ter que ficar versando sobre o cristianismo medieval ou sobre neo-nazis.

No caso do Cristão que decepa Jihadista como vingança tem haver porque foi uma reação a violencia islamica e nao, por exemplo, o caso de cristao que mata gays, etc. ou outros grupos que nao sejam os islamicos.

E esse cristao que decepou jihadista mora num país onde Islã predomina. Então há ligação entre os fatos.
« Última modificação: 22 de Julho de 2015, 13:26:06 por Agnoscetico »

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #401 Online: 22 de Julho de 2015, 13:23:45 »
Não me referia a seu post.

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.232
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #402 Online: 22 de Julho de 2015, 13:27:18 »
Não me referia a seu post.

Ok mas só pra esclarecer, ja que qualquer outra pessoa poderia pensar que meu post seria um desvio do tema, e evitar qualquer mal-entendido.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #403 Online: 22 de Julho de 2015, 13:45:22 »
Não sei o que tem a ver teorizar sobre o potencial destrutivo das outras religiões, quando a pergunta do tópico é: "O Islam representa ou deseja afetar a civilização ocidental?"

Votei "Sim. No Islam política e religião se confundem. Tentar separar uma da outra no caso do Islam é apenas diversionismo sem cunho prático."

Pq, no fim das contas, é comprovada a supressão religiosa sobre qualquer chance democrática na maior parte dos países islâmicos. A Sharia é o q?


É chato sempre que o assunto é o Islam, ter que ficar versando sobre o cristianismo medieval ou sobre neo-nazis.

No caso do Cristão que decepa Jihadista como vingança tem haver porque foi uma reação a violencia islamica e nao, por exemplo, o caso de cristao que mata gays, etc. ou outros grupos que nao sejam os islamicos.

E esse cristao que decepou jihadista mora num país onde Islã predomina. Então há ligação entre os fatos.


Mas são ambos de motivação religiosa. Não creio que o cristão tivesse que decepar o Jihadista para se defender.

A questão aqui é não fechar os olhos para o que é motivado por religião ou não.

Eu já dei a dica aqui, já falei explicitamente, que é FÁCIL demonstrar que hoje o cristianismo gera mais impacto para a civilização do que o islamismo. Como? Na medida que os idiotas, principalmente os católicos, são contrários a medidas de contracepção, estudos de células troncos e etc.. (não que os Islâmicos também não sejam). Mas se colocarmos isso na equação, podemos culpar o cristianismo. Mas veja, é uma dimensão de agressão à civilização diferente da que representa o mundo islâmico hoje.

As vezes penso que as pessoas ficam surdas aos argumentos querendo defender o que é indefensável.

Religião mais bárbara e selvagem e que mais agride os direitos humanos? Fácil, Islam.

Religião que mais impede o debate científico NO MUNDO OCIDENTAL e gera maior problema AO MUNDO OCIDENTAL? Levando em conta suas posições extremas contra a célula tronco e o que citei, a religião católica. Fácil também.

Agora... o catolicismo vem perdendo espaço, vem se modificando, quanto mais rico o país mais se caga para a religião e a visão homofóbica do catolicismo está se tornando tão relevante quanto a visão homofóbica dos deuses helênicos.

O mundo islâmico ainda está em uma cilada feita por eles mesmos, o mundo ocidental já tem um caminho a seguir.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #404 Online: 22 de Julho de 2015, 13:49:15 »
Votei que o problema é político.

Porque votei dessa maneira ? Não havia uma opção que explicava  muito bem a questão, mas era a mais próxima.  A chave para entender a questão é a seguinte:

O Islã causa maiores problemas porque:

-Ele tem poder de polícia em algumas regiões e países;

-Ele tem apoio político e financeiro de Estados e de altos dirigentes de Estados (que por sua vez tem poder de polícia e acesso a armas de guerra);

Raciocinem, há várias outras religiões (inclusive denominações cristãs)  que certamente matariam pessoas que não seguissem ou acreditassem em seus dogmas.  Esta religiões só não fazem isso porque não tem  PODER  de POLÍCIA em suas mãos.

Dêem  PODER de POLÍCIA para essas outras religiões que vocês verão a verdadeira ética de seus líderes, e de muitos de seus seguidores.





2. E votei da mesma forma.

Mas o poder de polícia é dado à religião ao mando do próprio deus através da Sharia, Hudud e no Hadith.

Não há o "a cesar o que é de cesar" e nem a desvinculação do sinédrio do estado.

E não há nada prevendo isso, pois a maioria das constituições do Islam nominam a Sharia.
É portanto, um problema religioso que dá força política incontestável ao estado milenar.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #405 Online: 22 de Julho de 2015, 15:48:01 »
E apesar disso existem no mundo menos assassinos muçulmanos do que cristãos...

Há algo de errado nessa lógica. FÁCIL.

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #406 Online: 22 de Julho de 2015, 17:11:34 »
Não há menos assassinos por motivos religiosos. Se contarmos assassinatos por causa de drogas etc.. sim há mais em outros lugares, mas ainda assim seria um talvez porque não temos estatísticas de países tão precários.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #407 Online: 22 de Julho de 2015, 17:29:38 »
A motivação de cada assassinato neste mundão é impossível saber. Mas a religião dá. Estranho para uma religião rotulada de bárbara e selvagem ter menos assassinos.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.113
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #408 Online: 22 de Julho de 2015, 17:47:40 »
E apesar disso existem no mundo menos assassinos muçulmanos do que cristãos...

Há algo de errado nessa lógica. FÁCIL.

Matando em nome da respectiva religião?
Foto USGS

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #409 Online: 22 de Julho de 2015, 18:04:13 »
E apesar disso existem no mundo menos assassinos muçulmanos do que cristãos...

Há algo de errado nessa lógica. FÁCIL.

Matando em nome da respectiva religião?

Geo, sinceramente não dá pra saber a real motivação de cada morte, são milhares todos os dias. Nem daquelas em que o assassino grita Deus, em que para alguns a real intenção é roubar, matar.

Mas você não acha estranho ter menos assassinos islâmicos, independente da motivação. Não era pra ter mais já que é uma religião diabólica?

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.275
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #410 Online: 22 de Julho de 2015, 18:13:56 »
Passam-se as páginas, mas o espantalho "islã pior que outras religiões" continua. Não te cansa de bater nele?
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #411 Online: 22 de Julho de 2015, 18:14:05 »
Acidentes no trânsito matam mais do que os assassinos islâmicos, ou seja, deveriamos ensinar o corão nas auto-escolas pra acabar com as mortes nas estradas.

Fazendo essa reflexão de brincadeira, tive até uma ideia pra um tópico sério. Pasteur, pq vc num abre um tópico pra mostrar o que de bom o Islam traz pra civilização moderna? Estamos sendo muito expostos só ao lado negativo/politico da coisa e isso pode mesmo estar pesando nosso julgamento.

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #412 Online: 22 de Julho de 2015, 18:31:22 »
Passam-se as páginas, mas o espantalho "islã pior que outras religiões" continua. Não te cansa de bater nele?

Olha a enquete, Gaúcho. Olha as alternativas e os votos.

E pergunta para o Bahadur o que ele acha. Ele vai dizer que hoje é a pior religião porque blá, blá, blá.

Eu disse que nem hoje é a pior.


Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #413 Online: 22 de Julho de 2015, 18:34:42 »
Acidentes no trânsito matam mais do que os assassinos islâmicos, ou seja, deveriamos ensinar o corão nas auto-escolas pra acabar com as mortes nas estradas.

Fazendo essa reflexão de brincadeira, tive até uma ideia pra um tópico sério. Pasteur, pq vc num abre um tópico pra mostrar o que de bom o Islam traz pra civilização moderna? Estamos sendo muito expostos só ao lado negativo/politico da coisa e isso pode mesmo estar pesando nosso julgamento.

Um cientista pode ter a fé islâmica, cristã, ser ateu. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #414 Online: 22 de Julho de 2015, 18:52:34 »
Acidentes no trânsito matam mais do que os assassinos islâmicos, ou seja, deveriamos ensinar o corão nas auto-escolas pra acabar com as mortes nas estradas.

Fazendo essa reflexão de brincadeira, tive até uma ideia pra um tópico sério. Pasteur, pq vc num abre um tópico pra mostrar o que de bom o Islam traz pra civilização moderna? Estamos sendo muito expostos só ao lado negativo/politico da coisa e isso pode mesmo estar pesando nosso julgamento.

Um cientista pode ter a fé islâmica, cristã, ser ateu. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Ou seja, basicamente, não tem como fazer um tópico pra mostrar o que o Islã traz de bom pra civilização moderna?

O curioso também é que até nesse ponto, com uma pergunta muito específica pra privilegiar a religião, você sai do Islã, pra abordar cristianismo e até o ateísmo. Não é curioso?

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.105
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #415 Online: 22 de Julho de 2015, 18:58:58 »
E apesar disso existem no mundo menos assassinos muçulmanos do que cristãos...

Há algo de errado nessa lógica. FÁCIL.
E menos assassinatos por motivos políticos na Coreia do Norte que nos EUA...
Até onde eu sei eu não sei.

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #416 Online: 22 de Julho de 2015, 19:04:41 »
Acidentes no trânsito matam mais do que os assassinos islâmicos, ou seja, deveriamos ensinar o corão nas auto-escolas pra acabar com as mortes nas estradas.

Fazendo essa reflexão de brincadeira, tive até uma ideia pra um tópico sério. Pasteur, pq vc num abre um tópico pra mostrar o que de bom o Islam traz pra civilização moderna? Estamos sendo muito expostos só ao lado negativo/politico da coisa e isso pode mesmo estar pesando nosso julgamento.

Um cientista pode ter a fé islâmica, cristã, ser ateu. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Ou seja, basicamente, não tem como fazer um tópico pra mostrar o que o Islã traz de bom pra civilização moderna?

O curioso também é que até nesse ponto, com uma pergunta muito específica pra privilegiar a religião, você sai do Islã, pra abordar cristianismo e até o ateísmo. Não é curioso?

Pede para um muçulmano dizer o que o Islã traz de bom pra civilização.  Da minha parte fico com dados concretos, comparações.  :ok:

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #417 Online: 22 de Julho de 2015, 19:07:58 »
Acidentes no trânsito matam mais do que os assassinos islâmicos, ou seja, deveriamos ensinar o corão nas auto-escolas pra acabar com as mortes nas estradas.

Fazendo essa reflexão de brincadeira, tive até uma ideia pra um tópico sério. Pasteur, pq vc num abre um tópico pra mostrar o que de bom o Islam traz pra civilização moderna? Estamos sendo muito expostos só ao lado negativo/politico da coisa e isso pode mesmo estar pesando nosso julgamento.

Um cientista pode ter a fé islâmica, cristã, ser ateu. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

Ou seja, basicamente, não tem como fazer um tópico pra mostrar o que o Islã traz de bom pra civilização moderna?

O curioso também é que até nesse ponto, com uma pergunta muito específica pra privilegiar a religião, você sai do Islã, pra abordar cristianismo e até o ateísmo. Não é curioso?

Pede para um muçulmano dizer o que o Islã traz de bom pra civilização.  Da minha parte fico com dados concretos, comparações.  :ok:

EDITADO. chega.

Me desculpe por tentar fazer aparecer aqui as benesses do Islã para a modernidade. Todos estão de prova que eu tentei.
« Última modificação: 22 de Julho de 2015, 19:11:29 por Johnny Cash »

Offline Moro

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.984
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #418 Online: 22 de Julho de 2015, 20:20:16 »
O Islam trás para a civilização mais merda que o PT trás para a civilização. E olha que a coisa lá já é feia.
“If an ideology is peaceful, we will see its extremists and literalists as the most peaceful people on earth, that's called common sense.”

Faisal Saeed Al Mutar


"To claim that someone is not motivated by what they say is motivating them, means you know what motivates them better than they do."

Peter Boghossian

Sacred cows make the best hamburgers

I'm not convinced that faith can move mountains, but I've seen what it can do to skyscrapers."  --William Gascoyne

Offline Pasteur

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.294
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #419 Online: 22 de Julho de 2015, 20:33:21 »
Frase sem pé nem cabeça.

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.232
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #420 Online: 22 de Julho de 2015, 22:16:39 »
   Os islamicos podem apelar pra Dubai. Nao que seja tao desenolvido socialmente como uma Islandia, etc. mas nao parece ser um lugar onde pobreza reina absoluta.
E la se tolera algumas coisas que em outros paises islamicos nao toleram - talvez pra atrair mais turistas (renda), assim como Holanda protestante fez no Renascimento pra atrair mais intelectuais de varias religiões. E se alguém puder me dar mais dados mais confiáveis sobre a proporção da violência religiosa em Dubai, eu queria ter.

   Agora nem toda ditadura em países islâmicos é necessariamente religiosa. Ver o caso Saddam Hussein - ele já foi acusado pelo Bin Laden de ser pouco religioso. E o Saddam tava mais pra ditador politico (ao estilo de Chavez), parece que ele era mais pra comunista, do que pra religioso. Ele tinha ministro catolico (Tariq Aziz - catolico caldeu), etc. Muitos dizem que Saddam era um religioso não-praticante ou nominal.

   Não lembro ter visto Saddam apelar pra declarações de fanatismo religioso. Quando foi pego ele se entregou, segundo alguns, porque se fosse como homens-bomba jamais se entregaria, preferiria explodir sobre os inimigos. Antes mesmo que Saddam fosse derrubado, eu já tinha suspeita de que o Iraque poderia virar anarquia. Saddam era um mal-necessário que segurava onda do Iraque, e depois que o Bush (cowboy cristao protestante) achando que todo tipo de Islã seria farinha do mesmo saco, ordenou aquela palhaçada de invadir Iraque e a consequência direta e/ou indireta foi surgimento do ISIS; do mesmo jeito que Bin laden foi cria dos EUA durante Guerra Fria e acabou se voltando contra seu "criador".

   Agora também tem, pasmem, o Putin mistura comunismo com conservadorismo de Igreja Ortodoxo. Até o Carta capital, de tendência esquerdista admite isso.  Ele mistura religiao ortodoxa + xenofobia anti-americana + comunismo, etc. Mas isso eu vou tentar posta em outro topico. Só quero mostrar que mistura de politica e religiao tambem acontece de onde supostamente menos se espera. E o Putin esperto que só não "Deu a  Cesar o que é de Cesar" mas coroou cesar como sacerdote e usa religiao até como politica de estado.

   Agora tenho que admitir que muitos islâmicos usam termo "islamofobia" como vitimismo, como citei noutro tópico. Em alguns países como Irã as minorias religiosas como mazdeísmo ainda são perseguidas. Apesar de mazdeístas terem perseguido cristãos e judeus também. No final das contas ninguém é santo nessa historia. Eu nao protejo islamismo tanto quanto protegeria o Cristianismo, etc.

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.656
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #421 Online: 22 de Julho de 2015, 23:52:00 »
Uma vez eu li que no Irã os persas não se conformam de terem sido conquistados pelo árabes, eles até se referem a eles como sub humanos e que não passavam de domadores de camelo.

E que não entedem por que Alá revelou o alcorão para os  árabes ao invés da avançada civilização persa.

Foi em uma matéria da revista nat geo sobre o Irã e que por isso eles são boladoes com o mundo.

Isso é verdade?

Offline Agnoscetico

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.232
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #422 Online: 23 de Julho de 2015, 03:22:04 »
Uma vez eu li que no Irã os persas não se conformam de terem sido conquistados pelo árabes, eles até se referem a eles como sub humanos e que não passavam de domadores de camelo.

E que não entedem por que Alá revelou o alcorão para os  árabes ao invés da avançada civilização persa.

Foi em uma matéria da revista nat geo sobre o Irã e que por isso eles são boladoes com o mundo.

Isso é verdade?

Sabia dessa nao. Onde achou isso? queria ver essa fonte tambem.

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.656
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Guerra cultural: O Islam como um instrumento contra o mundo civilizado
« Resposta #423 Online: 24 de Julho de 2015, 08:33:17 »

Foi em uma edição especial sobre o Irã da National Geographic.

Em videos de voluntários da guarda revolucionaria iraniana que lutam na Síria eles fazem comentários depreciativos aos árabes.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!