Autor Tópico: Vídeos políticos  (Lida 48727 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1425 Online: 16 de Junho de 2018, 17:34:50 »
Suponha que o finado deixou 20 milhões em herança e OS HERDEIROS estão em disputa.

Quem pagaria qual valor e quando?


O valor seria conforme o  tanto que cada um fosse receber,  se fossem 2 pessoas, seriam 10 milhões para cada um,  então  cada um cairia numa faixa em que estivesse o valor 5 milhões, e então venderia-se o bem, e só após a venda apuraria-se  o real valor do imposto a ser pago conforme o valor obtido na venda.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1426 Online: 16 de Junho de 2018, 17:36:34 »
Quem pagaria a taxa da heranca dos Matarazzo com meia dúzia de herdeiros antes mesmo da divisão dos bens ?


E nas disputas judiciais que se arrastam por décadas como no caso dos Matarazzo? Os herdeiros pagariam no ato da divisão dos bens ou pagariam adiantado baseado nos valores deixados?

Foi uma das questões que levantei.



É óbvio que a lei não poderia exigir algo impossível. 




Mas é o que acontece, acabei de citar meu caso em que tive que pagar uma taxa de seis mil Reais adiantada só para dar entrada no inventário.



Taxa de inventário não é o mesmo que imposto sobre herança.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1427 Online: 16 de Junho de 2018, 17:37:27 »
Quem pagaria a taxa da heranca dos Matarazzo com meia dúzia de herdeiros antes mesmo da divisão dos bens ?



O lógico seria  só fazer o pagamento do imposto após a venda do bem.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1428 Online: 16 de Junho de 2018, 17:40:46 »



Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.


:hihi:

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1429 Online: 16 de Junho de 2018, 17:43:11 »
Não consigo entender como pode ser defendida a ideia de tomar valor ou bem que já é propriedade da pessoa ou família e que já passou pelos processos de mercado. Não faz qualquer sentido, só porque alguém morreu, isso ser equivalente a um ato comercial taxável. É como cobrar pela morte.
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1430 Online: 16 de Junho de 2018, 17:44:36 »



Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.


:hihi:

Por que dó? Não basta ter respeito pelas propriedades dos outros? :hein:
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1431 Online: 16 de Junho de 2018, 17:48:41 »
Não consigo entender como pode ser defendida a ideia de tomar valor ou bem que já é propriedade da pessoa ou família e que já passou pelos processos de mercado. Não faz qualquer sentido, só porque alguém morreu, isso ser equivalente a um ato comercial taxável. É como cobrar pela morte.


O fato gerador é a transmissão do bem.  E  tributar  herança é algo normal no 1° mundo.   Pode-se ter outros modelos de tributação que prefiram  tributar ainda  mais a  renda,  seja como for , tem que haver tributação suficiente para financiar o Estado  conforme  a escolha democrática  que a sociedade faça.






Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1432 Online: 16 de Junho de 2018, 17:51:35 »

Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.
:hihi:

Por que dó? Não basta ter respeito pelas propriedades dos outros? :hein:



Não,  assim como vários  países de 1° mundo não tem  consideração, deferência, reverência  por propriedades de  mortos.  Não é algo  que sociedades  democráticas precisam ter.




Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1433 Online: 16 de Junho de 2018, 17:57:36 »
Não consigo entender como pode ser defendida a ideia de tomar valor ou bem que já é propriedade da pessoa ou família e que já passou pelos processos de mercado. Não faz qualquer sentido, só porque alguém morreu, isso ser equivalente a um ato comercial taxável. É como cobrar pela morte.


O fato gerador é a transmissão do bem.  E  tributar  herança é algo normal no 1° mundo.   Pode-se ter outros modelos de tributação que prefiram  tributar ainda  mais a  renda,  seja como for , tem que haver tributação suficiente para financiar o Estado  conforme  a escolha democrática  que a sociedade faça.

Vejo só como mais uma desculpa para tomar o que é dos outros. Uma bem oportunista por sinal, já que morte é algo bastante imprevisível e o pobre Estado tem que ficar nessa dependência. E alegações de "1º mundo" não me impressionam. Gente rica come caviar e eu não quero nem colocar isso na minha boca. O que é certo ou errado não se demonstra assim. E qual é escolha democrática da sociedade? Quando ela foi referendada?
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1434 Online: 16 de Junho de 2018, 18:01:02 »

Pode até ser que o imposto sobre herança não seja a melhor maneira de financiar o Estado, pois  pode envolver a necessidade de vender  um bem produtivo que esteja produzindo (uma fazenda produtiva ou uma indústria por exemplo, não sei se na Inglaterra a lei prevê estes casos).


Talvez uma tributação pesada sobre herança só deveria ser feita se for sobre bens não produtivos,  e que  a preferência devesse ser para tributar a renda.



Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1435 Online: 16 de Junho de 2018, 18:01:39 »

Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.
:hihi:

Por que dó? Não basta ter respeito pelas propriedades dos outros? :hein:

Não,  assim como vários  países de 1° mundo não tem  consideração, deferência, reverência  por propriedades de  mortos.  Não é algo  que sociedades  democráticas precisam ter.

Se a propriedade é concedida pelo morto a algum herdeiro ela é do herdeiro. Se tal medida acarretar em transferências em vida para evitar essa expropriação, como fica? Será taxada também? Que tal taxar mesadas que pais dão aos filhos?
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1436 Online: 16 de Junho de 2018, 18:04:49 »
O que é certo ou errado não se demonstra assim.



Certo ou errado depende totalmente de qual sistema ético se escolhe.  Há uma grande variedade de sistemas éticos.  Há sistemas para todos os gostos.  Inclusive qualquer pessoa pode inventar o seu próprio sistema ético.   Agora, qual sistema ético fundamentará a legislação, isso já dependerá da escolha democrática que a sociedade fizer ao  elaborar a sua constituição.





« Última modificação: 16 de Junho de 2018, 18:11:54 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1437 Online: 16 de Junho de 2018, 18:05:58 »

Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.
:hihi:

Por que dó? Não basta ter respeito pelas propriedades dos outros? :hein:

Não,  assim como vários  países de 1° mundo não tem  consideração, deferência, reverência  por propriedades de  mortos.  Não é algo  que sociedades  democráticas precisam ter.

Se a propriedade é concedida pelo morto a algum herdeiro ela é do herdeiro. Se tal medida acarretar em transferências em vida para evitar essa expropriação, como fica? Será taxada também? Que tal taxar mesadas que pais dão aos filhos?


Transferência inter vivos (de bens),  caso contrário teríamos uma fácil maneira de ludibriar o Estado.


A mesada, que é uma tentativa de introduzir um espantalho,  não é um bem e sim uma renda.


« Última modificação: 16 de Junho de 2018, 18:09:21 por JJ »

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1438 Online: 16 de Junho de 2018, 18:08:49 »

Pode até ser que o imposto sobre herança não seja a melhor maneira de financiar o Estado, pois  pode envolver a necessidade de vender  um bem produtivo que esteja produzindo (uma fazenda produtiva ou uma indústria por exemplo, não sei se na Inglaterra a lei prevê estes casos).


Talvez uma tributação pesada sobre herança só deveria ser feita se for sobre bens não produtivos,  e que  a preferência devesse ser para tributar a renda.

A melhor maneira de financiar o Estado só pode ser decidida após ser determinado com rigor o valor necessário para esse financiamento, que não pode ser um 'ôbaôba' de "quanto mais melhor". E se for democrática a decisão, deve ser altamente referendada sem fraudes para não ser decisão de corruptos que só querem tomar e mamar o que é dos outros.
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1439 Online: 16 de Junho de 2018, 18:11:03 »
O que é certo ou errado não se demonstra assim.



Certo ou errado depende totalmente de qual sistema ético se escolhe.  Há uma grande variedade de sistemas éticos.  Há sistemas para todos os gostos.  Inclusive qualquer pessoa pode inventar o seu próprio sistema ético.   Agora, qual sistema ético fundamentará a legislação, isso já dependerá da escolha democrática que a sociedade fizer, ao  fazer a sua constituição.

Você parece já ter escolhido seu "sistema ético" no espelhamento do "1º mundo" em contraste ou anuência com "democracia". Mas a democracia parece bem vilipendiada nisso.
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1440 Online: 16 de Junho de 2018, 18:15:48 »

Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.
:hihi:

Por que dó? Não basta ter respeito pelas propriedades dos outros? :hein:

Não,  assim como vários  países de 1° mundo não tem  consideração, deferência, reverência  por propriedades de  mortos.  Não é algo  que sociedades  democráticas precisam ter.

Se a propriedade é concedida pelo morto a algum herdeiro ela é do herdeiro. Se tal medida acarretar em transferências em vida para evitar essa expropriação, como fica? Será taxada também? Que tal taxar mesadas que pais dão aos filhos?


Transferência inter vivos (de bens),  caso contrário teríamos uma fácil maneira de ludibriar o Estado.

"Ludibriar o Estado" foi bem humorado. :)




A mesada, que é uma tentativa de introduzir um espantalho,  não é um bem e sim uma renda.

Mais um "fundamento" então para "justificar" extorquir taxar! :) Até porque é uma "renda" sem trabalho nem investimento... :umm:
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1441 Online: 16 de Junho de 2018, 18:35:44 »
Suponha que o finado deixou 20 milhões em herança e OS HERDEIROS estão em disputa.

Quem pagaria qual valor e quando?


O valor seria conforme o  tanto que cada um fosse receber,  se fossem 2 pessoas, seriam 10 milhões para cada um,  então  cada um cairia numa faixa em que estivesse o valor 5 milhões, e então venderia-se o bem, e só após a venda apuraria-se  o real valor do imposto a ser pago conforme o valor obtido na venda.




É exatamente o problema da disputa entre meu conhecido e a irmã.

Ele queria vender e dividir, ela queria manter.

E aí?

Imóveis de valores diferente e ele sem condições de bancar a diferença.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1442 Online: 16 de Junho de 2018, 18:38:12 »
Quem pagaria a taxa da heranca dos Matarazzo com meia dúzia de herdeiros antes mesmo da divisão dos bens ?


E nas disputas judiciais que se arrastam por décadas como no caso dos Matarazzo? Os herdeiros pagariam no ato da divisão dos bens ou pagariam adiantado baseado nos valores deixados?

Foi uma das questões que levantei.



É óbvio que a lei não poderia exigir algo impossível. 




Mas é o que acontece, acabei de citar meu caso em que tive que pagar uma taxa de seis mil Reais adiantada só para dar entrada no inventário.



Taxa de inventário não é o mesmo que imposto sobre herança.




Os dois sairiam do meu bolso, só muda o nome.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1443 Online: 16 de Junho de 2018, 18:41:05 »
Quem pagaria a taxa da heranca dos Matarazzo com meia dúzia de herdeiros antes mesmo da divisão dos bens ?



O lógico seria  só fazer o pagamento do imposto após a venda do bem.




Mas a taxa de inventário tive que pagar adiantado baseada nos valores dos imóveis que herdei.

Imagine no caso dos Matarazzo com dezenas deles.

O certo não seria pagar depois da divisão?

Então?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1444 Online: 16 de Junho de 2018, 18:46:14 »



Parece que você tem muita dó dos herdeiros dos riquinhos.  Pobres herdeiros riquinhos.


:hihi:

Não,  só coloquei as questões na mesa.

Só como exemplo, quando a Martaxa impôs a taxa do lixo perguntaram como seria calculado o valor.

"É pelo volume médio da região! "

E então perguntam se era justo a viúva aposentada solitária pagar a mesma taxa que uma família de dez pessoas e ela fez de conta que não ouviu.

É assim que definem o quanto vc vai pagar pela sua herança.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1445 Online: 16 de Junho de 2018, 19:27:09 »
Quem pagaria a taxa da heranca dos Matarazzo com meia dúzia de herdeiros antes mesmo da divisão dos bens ?
O lógico seria  só fazer o pagamento do imposto após a venda do bem.

Mas a taxa de inventário tive que pagar adiantado baseada nos valores dos imóveis que herdei.

Imagine no caso dos Matarazzo com dezenas deles.

O certo não seria pagar depois da divisão?

Então?


A princípio parece que o correto seria pagar depois da divisão.  Pois, se uma das pessoas não tiver como pagar ou for algo que pesa muito para ela, o processo pode-se tornar impossível ou pelo menos penoso
para uma ou mais de uma das partes.





Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1446 Online: 16 de Junho de 2018, 19:43:03 »
Mas é assim que funciona.

Pague primeiro, depois brigue pelos seus direitos pelos próximos vinte anos.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.515
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1447 Online: 17 de Junho de 2018, 09:57:16 »
E se a origem da  "grande fortuna" for um prêmio de loteria onde os impostos já vieram descontados do valor recebido?

Os herdeiros pagariam ainda mais?



No meu julgamento  me  parece  que  imposto  sobre grande fortuna não tem boa relação  custo/benefício  (custo/benefício  aqui entendido como  incentivo negativo para acumulação versus total que se arrecadaria).


Imposto de renda com bastante progressividade me parece ser bem mais interessante para fins de financiamento de um  Estado democrático.



« Última modificação: 17 de Junho de 2018, 09:59:33 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.942
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1448 Online: 17 de Junho de 2018, 10:47:06 »
 Mas é exatamente o ponto.

Quem paga imposto de renda tem uma fonte de recursos mas quem herda imóveis nem sempre tem condições de manter a herança, principalmente se for dividida entre vários herdeiros que é o mais comum.

Vc tem várias pessoas recebendo uma herança de imóveis com valores diferentes, então como dividir exatamente a parte de cada um? E então vem o tal imposto sobre grandes fortunas baseado no valor total a receber e pago adiantado antes da divisão ou venda dos imóveis?

E no caso de não acontecer a venda por decisão da maioria dos herdeiros? O sujeito herdou mas não tem a mesma fonte de recursos dos outros.

Acho totalmente errado criar um imposto que coloca todos no mesmo balaio ao invés de cobrar individualmente.

E nem entrei no mérito do péssimo uso dos impostos arrecadados.
« Última modificação: 17 de Junho de 2018, 10:49:25 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #1449 Online: 17 de Junho de 2018, 15:47:07 »


<a href="https://www.youtube.com/v/BlX0L8gowoo" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/BlX0L8gowoo</a>


<a href="https://www.youtube.com/v/SZ8BieHgGCo" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/SZ8BieHgGCo</a>


<a href="https://www.youtube.com/v/ph_bWG3TJ5s" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/ph_bWG3TJ5s</a>





 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!