Autor Tópico: Vídeos políticos  (Lida 42554 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Vídeos políticos
« Resposta #175 Online: 18 de Setembro de 2016, 21:17:31 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Ambos mataram centenas de milhões. Melhor ser por nenhum.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #176 Online: 18 de Setembro de 2016, 21:26:31 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Ambos mataram centenas de milhões. Melhor ser por nenhum.

Os fundamentalistas cristãos mataram milhões há alguns séculos. Hoje estão mais comportados. Os comunistas ainda matam. Melhor não igualar.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #177 Online: 18 de Setembro de 2016, 21:26:49 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Um deles leva à Venezuela.

Falsa dicotomia:

https://en.wikipedia.org/wiki/Christian_communism






Citação de: Época
“O PT é a maior invenção político-religiosa do Brasil”

Em seu mais novo livro, o espanhol Luís Mir diz que o partido do governo cresceu graças ao apoio da Igreja Católica

Por Solange Azevedo


O jornalista e historiador Luís Mir, de 50 anos, é um crítico ferrenho do PT e da Igreja Católica. Ateu, ele foi militante do Partido Comunista durante 25 anos. É autor de três livros: “A Revolução Impossível” (Best Seller, 1994), “Guerra Civil” (Geração, 2004) e “Partido de Deus – Fé, Poder e Política” (Editora Alaúde), que acaba de chegar às livrarias. Em seu livro mais recente, Mir retrata a influência da Igreja Católica no Brasil e na criação do PT.

[...]

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Vídeos políticos
« Resposta #178 Online: 18 de Setembro de 2016, 21:39:23 »
Linha de pensamento do Papa Chicão, segundo alguns:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Teologia_da_Liberta%C3%A7%C3%A3o
« Última modificação: 18 de Setembro de 2016, 21:41:31 por Gauss »
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.055
Re:Vídeos políticos
« Resposta #179 Online: 18 de Setembro de 2016, 21:40:14 »
O Rock com Ciência, se não me engano, é produzido por foristas daqui.

Até hoje gostei de tudo que ouvi por lá.

Já li uma vez que os criadores do podcast são petistas roxos.

Sim, o idealizador é o Zaphhod Beeblebrox e é petista. Se é roxo não sei, não conheço pessoalmente. :P

O CC devia resolver de vez essa dúvida se um forista é ou não é petista e se for, qual a cor e a tonalidade de sua crença maldita. Faz muita diferença saber isso num debate e pode ser extremamente útil na construção de amizades.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #180 Online: 18 de Setembro de 2016, 22:04:52 »
Em vez do ícone de gênero, no perfil, deveria ter um de afiliação/preferência partidária, obrigatório. Não só evita a discriminação por gênero, como
é uma construção social mais importante do que o gênero, na sociedade atual.

E a opção de listas de ignorados em massa, através do cadastro do partido. (Ou, talvez adicionamente, abrir exceção individual para ignorados em massa, numa lista branca de inclusão arbitrária)

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Vídeos políticos
« Resposta #181 Online: 18 de Setembro de 2016, 22:10:40 »
Ou o pessoal deveria começar a seguir o exemplo destes dois cidadãos aqui:
http://clubecetico.org/forum/index.php?action=profile;u=4742

http://clubecetico.org/forum/index.php?action=profile;u=421

Tudo seria mais fácil.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Skorpios

  • Visitante
Re:Vídeos políticos
« Resposta #182 Online: 19 de Setembro de 2016, 07:40:38 »
Sobre o Escola sem partido.

Citar
Única cidade do país a adotar o “Escola sem Partido” fica no Paraná


Desde o início do ano passado, as quatro escolas municipais de Santa Cruz do Monte Castelo – cidade paranaense de 8 mil habitantes próxima à divisa com Mato Grosso do Sul – estão se adaptando para cumprir uma lei aprovada pela Câmara de Vereadores que estabelece o programa “Escola sem Partido”.

As salas de aula das escolas, onde estudam crianças das séries iniciais do ensino fundamental e também da educação infantil, foram tomadas por cartazes com mensagens do programa. “O professor não pode se aproveitar dos alunos para promover seus próprios interesses ou preferências ideológicas, religiosas, políticas e partidárias”, diz uma das mensagens.

A lei municipal tornou Santa Cruz do Monte Castelo na primeira e única cidade do país em que o programa virou realidade.

Alguns professores consideram o projeto ruim para o processo educacional e acusam impedimento à liberdade de expressão. Mas há quem defenda a lei municipal. A coordenadora Renata Ortiz Garcia Fernandes, da Escola Anibal Israel Liutti, diz que não houve reclamação de pais e professores relacionada à implantação do programa. “Foi bem aceito. Deveria ser aprovada lei semelhante em outras cidades”, defende Renata.

Quem está contra o programa teme represálias caso se manifeste. Rita Soares [o nome foi trocado a pedido dela para manter o anonimato], há oito anos na rede municipal, decidiu falar à DW Brasil. Rita descreveu o projeto como absurdo. “Trabalho tentando fazer a diferença e provocar mudanças. A gestão democrática no município é quase impossível. Os professores estão desmotivados. Estão nos passando orientações sobre o programa, mas não sabemos o que vai acontecer. Queremos batalhar e mudar essa situação”, disse.

A secretária de Educação do município, Valdevina da Cunha Guerreiro, afirma que sua pasta está cumprindo a lei. “O programa está caminhando devagarinho. Colocamos os cartazes nas escolas, como determina a lei, mas ainda não tivemos condições de agendar cursos para professores e alunos”, acrescenta.

Nas quatro escolas municipais – duas na cidade e as outras duas nos distritos de Santa Esmeralda e Ivaína – estão matriculados atualmente cerca de 700 alunos do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental. “São crianças ainda, não desenvolveram a criticidade. Por isso, acho que o programa não teve grande impacto”, observa Valdevina.

Para a secretária, se fossem em escolas do ensino médio é possível que haveria grande impacto.

Entidades representantes de professores e de estudantes, como a APP-Sindicato dos Professores do Paraná e União Nacional dos Estudantes (UNE), chamam o programa Escola sem Partido de “lei da mordaça”.

Para essas entidades, ao impor um controle sobre o conteúdo ensinado pelos professores, o projeto fere “mortalmente” o estado democrático de direitos, com o fim da pluralidade de ideias, a diversidade e a liberdade de expressão.

No dia 13 de julho deste ano foi lançada no Rio de Janeiro a Frente Nacional contra o Projeto “Escola Sem Partido”, com a presença de estudantes, professores e trabalhadores da educação.

A Frente reúne diversas entidades da sociedade civil, entre elas, a União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), União Nacional dos Estudantes (UNE), a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (CONTEE).

Para Elson Simões de Paiva, da direção da CNTE, “defender a escola sem partido é defender a escola com apenas um partido. Partido daqueles que são contra uma educação laica”. “Somos a favor da pluralidade de ideias e da liberdade de expressão e pensamento”, diz.

A Frente acusa os defensores do projeto de buscar uma educação obscurantista, que veta temas como sexualidade, religião e política nas escolas, e tentar calar a voz e o pensamento crítico dos professores em sala de aula, instituindo o patrulhamento ideológico, o cerceamento ao livre exercício profissional dos trabalhadores em educação.

A Frente denuncia ainda a “tentativa clara” de acabar com o direito de liberdade ao trabalho e de afrontar os direitos humanos.

O presidente da APP-Sindicato dos Professores do Paraná, Hermes Silva Leão, diz que “a própria ideia de uma escola sem partido já é carregada de ideologia”. “Não há como imaginar uma escola que não ensine a analisar criticamente os fatos históricos por exemplo, uma escola que não ensine a pensar”, contesta.



O movimento “Escola sem Partido” foi criado em 2004 pelo advogado Miguel Nagib. Além de proposta em tramitação no Congresso, o programa tem projetos em discussão em vários estados e municípios do país.

O projeto de lei federal em tramitação no Congresso visa incluir os pontos do “Escola sem Partido” na Lei de Bases e Diretrizes da Educação Nacional (LBD) e prevê punição a professores que não seguirem o que determina o projeto.

Os idealizadores do programa dizem que “a doutrinação política e ideológica em sala de aula ofende a liberdade de consciência do estudante e afronta o princípio da neutralidade política e ideológica do Estado”.

Também defendem que “a exposição, em disciplina obrigatória, de conteúdos que possam estar em conflito com as convicções morais dos estudantes ou de seus pais, viola o artigo 12 da Convenção Americana sobre Direitos Humanos, segundo o qual os pais têm direito a que seus filhos recebam a educação religiosa e moral que esteja de acordo com suas próprias convicções.”

Nagib aponta uma série de justificativas para o projeto. Uma delas é baseada em uma pesquisa da CNT/Sensus e publicada pela revista Veja. “A imensa maioria dos professores (78%) acredita que a principal missão da escola é despertar a consciência crítica dos alunos”, diz o idealizador da proposta ao enfatizar que esse é um fato grave. “É grave porque esse ‘despertar da consciência crítica’ consiste sempre na mesma coisa: martelar ideias de esquerda na cabeça dos alunos”, acrescenta.

+++++
Ex-ministro da Educação diz que projeto desvia a atenção dos problemas da educação no país

O professor de Filosofia da Universidade de São Paulo e ex-ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, publicou um texto nas redes sociais em que critica a proposta do “Escola sem Partido”.

“Um princípio do Escola sem Partido é que não se poderá ensinar nada que enfrente os valores da família do aluno. Quer dizer, se o pai ou mãe for machista, racista – de forma indireta que seja – a escola não poderá ensinar a Declaração dos Direitos do Homem?, questiona o ex-ministro da Educação.

Para Janine, é lamentável que, atualmente, o debate público sobre educação esteja sendo dominado pelo assunto, em um contexto no qual há inúmeras prioridades que não estão sendo visibilizadas.

“O pior do programa ‘escola sem partido’ é que desvia a atenção das questões realmente educacionais – e educativas! Desvia a atenção de nossas falhas na alfabetização, só para começar. Em 2015 divulguei nossos dados: 22% das crianças não sabem ler direito ao fim do 3.º ano (na rede pública), 35% não sabem escrever, 57% fazer as operações matemáticas. Em vez de valorizar a alfabetização e tanta coisa mais, querem criminalizar o ensino”, observa Janine.



Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Vídeos políticos
« Resposta #183 Online: 19 de Setembro de 2016, 09:31:44 »
O Rock com Ciência, se não me engano, é produzido por foristas daqui.

Até hoje gostei de tudo que ouvi por lá.

Já li uma vez que os criadores do podcast são petistas roxos.

Sim, o idealizador é o Zaphhod Beeblebrox e é petista. Se é roxo não sei, não conheço pessoalmente. :P

O CC devia resolver de vez essa dúvida se um forista é ou não é petista e se for, qual a cor e a tonalidade de sua crença maldita. Faz muita diferença saber isso num debate e pode ser extremamente útil na construção de amizades.

Já escrevam no meu aí: Comunista Umbandista pró-software-livre e armas de grosso calibre para todos. Graduação: Combatente Radical Linha de Frente. Diretório: Não pode ser revelado.


Offline O Grande Capanga

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.779
Re:Vídeos políticos
« Resposta #184 Online: 19 de Setembro de 2016, 18:42:47 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Atualmente, existe algum perigo de fato no fundamentalismo cristão? Se sim, qual país foi desolado por ele?

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #185 Online: 19 de Setembro de 2016, 19:36:04 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Atualmente, existe algum perigo de fato no fundamentalismo cristão? Se sim, qual país foi desolado por ele?

Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro? Provavelmente nem o fundamentalismo islâmico tem esse poder atualmente.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #186 Online: 19 de Setembro de 2016, 20:05:50 »


Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro?

Já elimina muita coisa.

Já evita o que aconteceu com a Venezuela, Coréia do Norte, Camboja, etc
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.194
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #187 Online: 19 de Setembro de 2016, 20:20:12 »


EDUCAÇÃO

LEI DA MORDAÇA


Projeto Escola sem Partido é mais autoritário que currículo educacional da ditadura
Para professor, em vez de disciplinas, o projeto está criando uma ideologia que propõe voltar a cultivar valores nacionalistas

por Rodrigo Gomes, da RBA publicado 14/07/2016 11:58

VITOR / CB/DA PRESS
escoladitadura.jpg

Hasteamento da bandeira em escola pública do DF, em 1975, quando o nacionalismo era disciplina obrigatória

São Paulo – O projeto Escola sem Partido, que alega combater a doutrinação de esquerda nas escolas e defender uma educação supostamente neutra, tem um viés mais autoritário que o currículo educacional desenvolvido durante a ditadura (1964-1985), na avaliação do professor Alexandre Pianelli Godoy, doutor em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). “Por incrível que pareça, embora no período da ditadura houvesse os guias curriculares e certa vigilância sobre o professor e o conteúdo que seria dado, os docentes não eram pressionados a ensinar desta ou daquela maneira”, afirmou.


O Escola sem Partido foi idealizado em 2004, pelo procurador do estado de São Paulo Miguel Nagib, que enxergou conteúdo ideológico após um professor de sua filha citar que o revolucionário argentino Che Guevara e o santo católico São Francisco de Assis, abandonaram a riqueza pela causa que acreditavam.


O projeto determina que sejam afixados em salas de aula cartazes com os deveres do professor. Os principais pontos do projeto são impedir qualquer afronta às convicções religiosas ou morais dos pais e dos alunos e impedir a apresentação de "conteúdo ideológico" para os estudantes – nesse caso há uma evidente partidarização, pois somente conteúdos considerados de esquerda são citados.


Para Godoy, ao definir o que não pode ser dito em sala de aula, impondo as convicções morais e religiosas das famílias tradicionais sobre o conteúdo das disciplinas, o Escola sem Partido expõe sua própria partidarização. “Há um retrocesso e uma visão autoritária que estão se voltando contra os conteúdos. Viver em uma democracia com práticas autoritárias acaba com o debate de ideias e com a própria democracia. É preciso que o professor tenha uma prática plural, diversa e que dê espaço para o livre debate e que os alunos se posicionem e discutam”, afirmou.

No período ditatorial, os alunos do primário – atual ensino fundamental I – conviviam com uma disciplina chamada Educação Moral e Cívica, que basicamente exaltava a nação por meio de eventos festivos e afirmação dos símbolos nacionais. No ginásio e no colegial – que hoje correspondem aos fundamental II e ensino médio – os estudantes recebiam conteúdos de Organização Social e Política do Brasil (OSPB), que reunia disciplinas da área de ciências humanas (geografia e história), com o mesmo objetivo da matéria anterior.


“A Educação Moral e Cívica pretendia moldar os alunos, mas não dispunha de atividades pedagógicas competentes”, argumentou o professor. Desse modo, os professores tinham certa “liberdade para trabalhar”, já que não havia modelos rígidos de como atuar em sala de aula. Diferentemente  do que pretende o Escola sem Partido.


“Em vez de uma disciplina, o Escola sem Partido está criando uma ideologia que propõe voltar a cultivar valores nacionalistas, mas que na verdade escondem como se formou o nosso país: por meio de lutas, de conquistas, da dizimação de indígenas, escravidão dos negros. Não se pode tomar a história brasileira por meio de eventos festivos (como se fez na ditadura), é preciso problematizar”, avaliou.


Segundo o doutor em Educação e professor emérito da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Luiz Antônio Cunha, a ditadura não fez grandes mudanças em relação ao modelo educacional que vinha sendo implementado no país desde o Estado Novo (1937-1945). "Não houve necessidade de um projeto, porque o que eles queriam já estava sendo aplicado: esvaziamento das matérias, unificação do ensino fundamental, adoção do modelo americano", disse.


A OSPB, inclusive, fora criada em 1962 pelo educador Anísio Teixeira (1900-1971), com o objetivo de discutir os processos democráticos, os direitos políticos e deveres do cidadão constantes da Constituição, baseado em modelos franceses e estadunidenses. A principal ação implementada pela ditadura foi a vigilância sobre os professores e a ideologização da educação como um instrumento moralizante.


Para Cunha, os valores defendidos pelo Escola sem Partido não diferem daqueles promovidos nos conteúdos de Educação Moral e Cívica, porém são mais rígidos. "Saímos de uma proposta que não era exatamente religiosa, mas sofria influência, para uma ideia de educação objetivamente religiosa. Além disso, incentivam alunos e pais a delatarem professores. O que mais vão fazer? Colocar polícia em sala de aula? Criar tribunais ideológicos?", questionou.


O professor ressaltou ainda que é preciso observar que o Escola sem Partido esvazia a escola, mas algo deve, obrigatoriamente, preencher o espaço vago. "Esta é uma perna de um projeto mais amplo. Não basta calar, é preciso colocar algo no lugar. Quem mais que está agindo para educar dentro da escola pública, nessa perspectiva que evite a crítica de fato? São aqueles grupos que pretendem desenvolver o ensino religioso", afirmou.


Hoje existem quatro propostas baseadas no Escola sem Partido em 12 Câmaras Municipais e sete Assembleias Legislativas. Na Câmara dos Deputados, há quatro projetos. E no Senado, um.



http://www.redebrasilatual.com.br/educacao/2016/07/projeto-escola-sem-partido-e-mais-autoritario-que-curriculo-educacional-da-ditadura-2600.html


Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #188 Online: 19 de Setembro de 2016, 20:23:25 »


Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro?

Já elimina muita coisa.

Já evita o que aconteceu com a Venezuela, Coréia do Norte, Camboja, etc

E?...

Offline O Grande Capanga

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.779
Re:Vídeos políticos
« Resposta #189 Online: 19 de Setembro de 2016, 22:01:23 »
O que será que é pior? Ser doutrinado por comunistas ou por fundamentalistas cristãos?

Poderia dar um bom tópico.

Atualmente, existe algum perigo de fato no fundamentalismo cristão? Se sim, qual país foi desolado por ele?

Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro? Provavelmente nem o fundamentalismo islâmico tem esse poder atualmente.

Então o comunismo conseguiu a façanha de realizar o que até o fundamentalismo islâmico não pôde.

O comunismo é pior até que o fundamentalismo islâmico.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #190 Online: 19 de Setembro de 2016, 22:54:07 »


Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro?

Já elimina muita coisa.

Já evita o que aconteceu com a Venezuela, Coréia do Norte, Camboja, etc

E?...

E que os exemplos de países desolados pelo comunismo ou oprimidos pelo fundamentalismo islâmico abundam, mas me falta exemplos atuais de países onde o fundamentalismo cristão tenha feito algo sequer próximo dos anteriores.

O país mais assolado pelo fundamentalismo cristão (EUA) é o país mais livre e com a melhor economia do mundo.

Em resumo: o fundamentalismo cristão está bem lá embaixo na lista de perigos.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #191 Online: 19 de Setembro de 2016, 23:19:53 »
Ele está embaixo por fundamentalistas cristãos terem alcançado menos poder.

Não ter conseguido não se deve tanto este ser necessariamente mais inócuo, apenas mais impopular.

(O que de qualquer forma o torna "estatisticamente" menos perigoso, de forma similar que ursos não são mais perigosos que cães para brasileiros)

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Vídeos políticos
« Resposta #192 Online: 20 de Setembro de 2016, 00:01:20 »
Ele está embaixo por fundamentalistas cristãos terem alcançado menos poder.
Mais ou menos.


Citar
Atheists ineligible to hold office
The constitutions of seven "Bible Belt" U.S. states ban atheists from holding public office. However, these laws are unenforceable due to conflicting with the first amendment and article VI of the constitution:[101][102]

Arkansas:
Article 19, Section 1
"No person who denies the being of a God shall hold any office in the civil departments of this State, nor be competent to testify as a witness in any Court."[103]
Maryland:
Article 37
"That no religious test ought ever to be required as a qualification for any office of profit or trust in this State, other than a declaration of belief in the existence of God; nor shall the Legislature prescribe any other oath of office than the oath prescribed by this Constitution."[104]
Mississippi:
Article 14, Section 265
"No person who denies the existence of a Supreme Being shall hold any office in this state."[105]
North Carolina:
Article 6, Section 8
"The following persons shall be disqualified for office: First, any person who shall deny the being of Almighty God."[106]
South Carolina:
Article 17, Section 4
"No person who denies the existence of a Supreme Being shall hold any office under this Constitution."[107]
Tennessee:
Article 9, Section 2
"No person who denies the being of God, or a future state of rewards and punishments, shall hold any office in the civil department of this state."[108]
Texas:
Article 1, Section 4
"No religious test shall ever be required as a qualification to any office, or public trust, in this State; nor shall any one be excluded from holding office on account of his religious sentiments, provided he acknowledge the existence of a Supreme Being."[109]
An eighth state constitution affords special protection to theists.

Pennsylvania:
Article 1, Section 4
"No person who acknowledges the being of a God and a future state of rewards and punishments shall, on account of his religious sentiments, be disqualified to hold any office or place of trust or profit under this Commonwealth."

https://en.wikipedia.org/wiki/Discrimination_against_atheists#United_States

https://en.wikipedia.org/wiki/Bible_Belt
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.194
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #193 Online: 20 de Setembro de 2016, 08:37:00 »

Seu critério para perigo ou necessidade de preocupação é a possibilidade de desolar um país inteiro?

Já elimina muita coisa.

Já evita o que aconteceu com a Venezuela, Coréia do Norte, Camboja, etc

E?...

E que os exemplos de países desolados pelo comunismo ou oprimidos pelo fundamentalismo islâmico abundam, mas me falta exemplos atuais de países onde o fundamentalismo cristão tenha feito algo sequer próximo dos anteriores.

O país mais assolado pelo fundamentalismo cristão (EUA) é o país mais livre e com a melhor economia do mundo.

Em resumo: o fundamentalismo cristão está bem lá embaixo na lista de perigos.



Acabe com a laicidade nos EUA, instaure uma denominação cristã fundamentalista como igreja oficial,  e assim dê grande poder para os fundamentalistas  cristãos americanos.

Aí sim, poderemos ver como eles são de verdade.


 
« Última modificação: 20 de Setembro de 2016, 08:39:31 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.194
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #194 Online: 20 de Setembro de 2016, 08:45:38 »
Ele está embaixo por fundamentalistas cristãos terem alcançado menos poder.

Não ter conseguido não se deve tanto este ser necessariamente mais inócuo, apenas mais impopular.

(O que de qualquer forma o torna "estatisticamente" menos perigoso, de forma similar que ursos não são mais perigosos que cães para brasileiros)


A razão mais importante pela qual  os fundamentalistas americanos  não coagem e retiram a liberdade, e vários  direitos da população americana, e assim não são tão perigosos, é simplesmente  a laicidade do Estado  americano.

Acabem com a laicidade do Estado americano e coloquem uma denominação cristã fundamentalista no  poder, que então vocês irão ver  o bicho mostrar os dentes.



Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.242
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #195 Online: 20 de Setembro de 2016, 14:55:21 »
ERRATA:

"o salário mínimo brasileiro é muito baixo quando comparado ao dos países na Europa"  :parede:
- economista do portal Carta Maior, convidada para falar sobre economia no Roque com Çiênsia.

Como Lorentz esclareceu noutro tópico, esse é o podcast Fromteiras da Çiênssia, e não o Rock com Ciência. Lamentamos qualquer inconveniente.










Ele está embaixo por fundamentalistas cristãos terem alcançado menos poder.
Mais ou menos.

Essas intenções em comum existem, são praticamente indistinguíveis em algumas declarações. Se esse tipo de coisa se torna mais popular, é efetivamente um talebã cristão, que eventualmente ou ignora ou muda a constituição para algo mais medieval, de acordo.

Citar
http://adultthought.ucsd.edu/culture_war/the_american_taliban.html

...

Fob James (Governor of Alabama)


"Behind this judicial wall of separation there is a tyranny of lies that will fall... I say to you, my friends, let it fall!"



David Barton (Wallbuilders)


"There should be absolutely no 'Separation of Church and State' in America."



Robert Simonds (Citizens for Excellence in Education)

"As the church watches from the sidelines, the ungodly elect atheists and homosexuals to school boards and legislatures to enact policies and laws that destroy our Christian children and discriminate against Christian families."

"Atheistic secular humanists should be removed from office and Christians should be elected...Government and true Christianity are inseparable."

"We'll take away their power and their money. Money comes from students. We'll break their backs by taking 24 million kids out of the public schools."




Gary North (Institute for Christian Economics)


"The long-term goal of Christians in politics should be to gain exclusive control over the franchise. Those who refuse to submit publicly to the eternal sanctions of God by submitting to His Church's public marks of the covenant–baptism and holy communion–must be denied citizenship."

"This is God's world, not Satan's. Christians are the lawful heirs, not non-Christians."



....


(Apesar do que pode aparentar, Gary North não é um personagem de Dana Carvey.)




Offline Jack Carver

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.179
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #196 Online: 22 de Setembro de 2016, 21:11:49 »
<a href="https://www.youtube.com/v/OB8sCZuEWog" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/OB8sCZuEWog</a>
<a href="https://www.youtube.com/v/5nNc1nYS4Ag" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/5nNc1nYS4Ag</a>
O Brasil é um país de sabotadores profissionais.

“Dêem-me controle sobre o dinheiro de uma nação e não me importa quem faz as suas leis. - Mayer Amschel Rothschild

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.404
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #197 Online: 28 de Setembro de 2016, 05:50:33 »
<a href="https://youtube.com/v/WDxNQdskiFA" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/WDxNQdskiFA</a>

Vanessa Graziotin fazendo campanha por uma traficante de drogas que é  candidata a vereadora.

É  o nível a que a esquerdalha imunda desceu.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #198 Online: 28 de Setembro de 2016, 11:50:32 »
A esquerda da América Latrina sempre teve afinidade com traficantes de drogas.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.194
  • Sexo: Masculino
Re:Vídeos políticos
« Resposta #199 Online: 28 de Setembro de 2016, 14:28:34 »
<a href="https://youtube.com/v/WDxNQdskiFA" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/WDxNQdskiFA</a>

Vanessa Graziotin fazendo campanha por uma traficante de drogas que é  candidata a vereadora.

É  o nível a que a esquerdalha imunda desceu.



A mulher é comerciante de bebidas alcoólicas ?


Ou ela era comerciante de outra droga que a sociedade não acha bonitinha ?




 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!