Autor Tópico: A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade  (Lida 34613 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.214
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #875 Online: 12 de Setembro de 2018, 20:13:53 »
Você tá pensando em Venezuela?! To mais é preocupado com o Brasil mesmo. Vai ser feio pra cá também, e muito. Não se valorize tanto  :biglol:

Citei como exemplo porque os caras dependem muito do petróleo,  mas vou falar uma coisa.

Tem muita empresa que se mudou para China ou depende muito de importação de produtos chineses,  não só empresa brasileira.

Muita gente vai lamentar a besteira de deixar de produzir no pais de origem quando a coisa estourar.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.214
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #876 Online: 12 de Setembro de 2018, 20:15:04 »
Faz justamente este tanto tempo que ele entrou em decadência final. Mais ou menos desde a adoção no Neoliberalismo, lá pro final dos anos 70. O que vemos agora é a continuação da queda e sua aceleração. Não existe império que colapse em menos de décadas, pois é um processo, e normalmente irreversível. Talvez possa se levantar novamente, não descarto, mas acho bastante improvável. A fase de ascensão deles acabou, agora é declínio e queda. Duvido que ascendam novamente, como Trump pretende.

Também avalio que o EUA está em decadência, relativa ao menos, e talvez irreversível.

Mas acho que a queda da China também será em breve, sob a pressão de suas contradições internas.

Eu diria que a China quebra muito antes, principalmente por depender tanto das exportações.

A China tem como ponto forte para segurar tudo, um Estado forte e concentrador, que tem muito mais facilidade de fazer manobras bruscas pra se salvar.

Não é bem assim.

Os chineses constroem cidades fantasmas para gerar empregos no mercado interno, crescimento artificial.

Vc acha que está tudo bem por lá, mas é falso.

E se eles quiserem continuar a criar mais cidades sem habitantes para continuarem inflando sua economia para não quebrar, eles farão sem muita resistência da sociedade, se não é bala na fuça :biglol:

Enquanto tiver e dinheiro para fazer.

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #877 Online: 10 de Outubro de 2018, 15:31:39 »
Citar
A próxima depressão

Durante a crise financeira de 2008 , os bancos centrais do mundo inteiro, incluindo o Federal Reserve dos EUA, injetaram milhares de milhões de dólares no sistema financeiro mundial. Este dinheiro falsificado criou uma dívida mundial de 325 mil milhões de dólares, ou seja, mais do triplo do PIB mundial. Este dinheiro falsificado foi entesourado pelos bancos e pelas grandes empresas, emprestado por esses bancos a taxas de juro usurárias, utilizado para o serviço de dívidas insustentáveis ou para resgatar ações, para grande benefício das elites que arrecadaram milhões. O dinheiro assim falsificado não foi investido na economia real. Não foram fabricados nem vendidos quaisquer produto. Os trabalhadores não acederam à classe média com receitas, assistência social e reformas vitalícias. Não foi lançado nenhum projeto de infraestruturas. O dinheiro assim fabricado alimentou novas bolhas financeiras colossais, criadas sobre a dívida e cobertas por um sistema financeiro em ruínas e condenado ao fracasso.

[...]

https://www.resistir.info/crise/chris_set18.html
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.910
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #878 Online: 10 de Outubro de 2018, 16:00:38 »
Citar
A próxima depressão

Durante a crise financeira de 2008 , os bancos centrais do mundo inteiro, incluindo o Federal Reserve dos EUA, injetaram milhares de milhões de dólares no sistema financeiro mundial. Este dinheiro falsificado criou uma dívida mundial de 325 mil milhões de dólares, ou seja, mais do triplo do PIB mundial. Este dinheiro falsificado foi entesourado pelos bancos e pelas grandes empresas, emprestado por esses bancos a taxas de juro usurárias, utilizado para o serviço de dívidas insustentáveis ou para resgatar ações, para grande benefício das elites que arrecadaram milhões. O dinheiro assim falsificado não foi investido na economia real. Não foram fabricados nem vendidos quaisquer produto. Os trabalhadores não acederam à classe média com receitas, assistência social e reformas vitalícias. Não foi lançado nenhum projeto de infraestruturas. O dinheiro assim fabricado alimentou novas bolhas financeiras colossais, criadas sobre a dívida e cobertas por um sistema financeiro em ruínas e condenado ao fracasso.
[...]

https://www.resistir.info/crise/chris_set18.html

Então podemos todos dormir tranquilos porquê só as reservas brasileiras em dólares estadunidenses (370 mil milhões de dólares) já paga a dívida mundial de 325 mil milhões de dólares.  :)

Ou seja, os responsáveis por estas porcarias de sites esquerdistas sequer sabem transcrever informações.
« Última modificação: 10 de Outubro de 2018, 16:02:42 por Geotecton »
Foto USGS

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #879 Online: 10 de Outubro de 2018, 16:37:26 »
Tem a versão original aqui, se te faz mais feliz: https://www.truthdig.com/articles/conjuring-up-the-next-depression/

Esse dinheiro fabricado criou uma dívida mundial de US $ 325 trilhões.

 :ok:

"Ainnn, mas o Chris Hedges é só mais um esquerdista safado"... e você só um falacioso compulsivo  :biglol:
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.910
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #880 Online: 10 de Outubro de 2018, 17:04:20 »
Tem a versão original aqui, se te faz mais feliz: https://www.truthdig.com/articles/conjuring-up-the-next-depression/

Esse dinheiro fabricado criou uma dívida mundial de US $ 325 trilhões.

 :ok:

"Ainnn, mas o Chris Hedges é só mais um esquerdista safado"... e você só um falacioso compulsivo  :biglol:

Apontar um erro crasso me torna um falacioso?
Foto USGS

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #881 Online: 10 de Outubro de 2018, 18:14:05 »
Até estes capitalistas sabem disso:

Citar
Itália, EUA e China - Mais sinais de crise
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #882 Online: 18 de Novembro de 2018, 16:18:34 »


Bolha gorda vai explodir: fatores que podem abalar economia estadunidense



CC BY 2.0 / Images Money / Dollar

ECONOMIA
12:20 21.10.2018(atualizado 14:14 21.10.2018) URL curta11231



O presidente dos EUA, Donald Trump, disse que a principal ameaça para os EUA, para a economia norte-americana e para ele próprio é a Reserva Federal (banco central dos EUA). O colunista da Sputnik, Ivan Danilov, comentou essa declaração do presidente estadunidense.


Em entrevista ao canal Fox Business, Trump declarou que considera a Reserva Federal e sua política de aumento das taxas de juro a principal ameaça para seu sucesso como presidente dos EUA.


Ivan Danilov lembrou que antes de sua presidência Trump falou retiradamente sobre os pontos fracos da economia norte-americana. Por exemplo, em 2016 Trump disse que a economia norte-americana é "uma grande, gorda e feia bolha".


Em 2015 ele advertiu sobre a possível desvalorização das poupanças dos trabalhadores norte-americanos.


"Eles trabalharam todas suas vidas para terem poupanças e agora o que acontece é que eles são empurrados ao mercado de fundos de investimento inflacionado e em uma determinada hora eles perderão tudo", afirmou Trump.


Em 2016 Trump declarou que a Reserva Federal, através da emissão excessiva de dinheiro, "criou uma economia falsa" que pode colapsar em qualquer momento.


Comentando o estado da economia norte-americana em véspera das eleições presidenciais, ele declarou que "a única coisa que parece forte é o mercado de fundos de investimento artificial", mas acrescentou que logo que as taxas forem aumentadas, essa bolha vai explodir.


Ao tomar posse, Trump herdou essa bolha econômica. Agora ele vê que a Reserva Federal está gradualmente aumentando as taxas de juro, o que já causou quedas nas bolsas norte-americanas. As bolsas fecharam em queda em 10 e 11 de outubro. Os dois principais índices bolsistas dos EUA, Dow Jones Industrial Average e S&P 500, atingiram o menor nível desde fevereiro.


Produção de petróleo
© AP PHOTO / HASAN JAMALI
Volume sem precedentes de petróleo iraniano desafia sanções e chega à China


Para entender melhor o problema, Danilov sublinha que os mercados financeiros desempenham um papel mais importante na economia dos EUA que, por exemplo, na Rússia ou no Brasil. O estado dos mercados financeiros dos EUA não só reflete o estado atual da economia em geral, como também o afeta. O analista lembrou a crise de 2008, quando problemas em apenas um setor do mercado financeiro, no dos títulos hipotecários, desencadearam a crise de grande escala e quase um colapso de todo o sistema financeiro global.
Além disso, no mercado de ações norte-americano são investidas as poupanças dos trabalhadores estadunidenses, ativos dos fundos de pensões e até os de diferentes organizações como, por exemplo, o Banco Central da Suíça que, por sua vez, é um dos maiores investidores da Apple. É por isso que Trump avisou que, se a bolha explodir, os norte-americanos perderão todas suas poupanças.


Quanto às ações da Reserva Federal, o problema reside nas chamadas empresas zumbis que se tornaram uma base da economia dos EUA. Empresas zumbis são as que não geram receita para pagar suas dívidas e sobrevivem aumentando a dívida para servir as dívidas anteriores. Segundo o Banco de Pagamentos Internacionais, desde os anos 1980 o número deste tipo de empresas aumentou seis vezes.


Por exemplo, grandes empresas como a Tesla e Netflix estão na lista de empresas zumbi, porque vivem a credito e não têm receitas suficientes nem para servir suas dívidas. Quando a Reserva Federal aumenta as taxas, essas empresas são forçadas a pedir emprestado cada vez mais dinheiro para pagar suas próprias dívidas a taxas ainda maiores. Mais cedo ou mais tarde isso levará a uma cadeia de falências.



Além disso, o aumento das taxas de juro está transformando em zumbi cada vez mais empresas, que podem sobreviver apenas através do aumento de empréstimos. De fato, Trump está sendo ameaçado por esse "exército de zumbis", revelou Danilov.


Em setembro, a Reserva dos EUA elevou a taxa de juro pela terceira vez este ano, para 2-2,25% e planeja seguir este rumo. O banco também prevê um aumento adicional da taxa em 3% em 2019 e em 1% em 2020.



https://br.sputniknews.com/economia/2018102112489620-bolha-economia-eua-trump-reserva-federal/


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #883 Online: 23 de Dezembro de 2018, 10:33:52 »


Wall Street vive pior semana em 10 anos com queda acentuada em principais indicadores

 © AP Photo/ Richard Drew
ECONOMIA


05:08 22.12.2018(atualizado 05:10 22.12.2018) URL curta18232


O índice Dow Jones e o mercado de ações NASDAQ tiveram seu pior declínio desde 2008, enquanto o índice S&P 500 registrou seu menor valor desde 2011. O famoso investidor Peter Schiff comentou a "bolha gigante" que começou a se romper.


Nos últimos sete dias, a média industrial Dow Jones despencou várias vezes e, após uma perda total de 1.655 pontos (6,8%), registrou a pior queda desde outubro de 2008.


Após o anúncio da Reserva Federal dos EUA (Fed) sobre o aumento da taxa de juros em 0,25%, que passou de 2,25% para 2,5%, o indicador industrial foi afetado, continuando seu colapso. Em 21 de dezembro perdeu 414 pontos no fechamento, para ficar em 22.445, informa a CNBC.


Durante a semana, o S&P 500 e o NASDAQ também mostraram instabilidade e fecharam com decréscimos de 7% e 8,3%, respectivamente.
Nesta sexta-feira (21), o S&P 500 fechou o dia com uma perda de 2,1% e ficou em 2.416, enquanto o NASDAQ ficou em 6.332 depois de cair 2,99%, registrando seu nível mais baixo desde novembro de 2008.

"Estou vendo a economia dos EUA implodir e estamos enfrentando muitos problemas", disse Schiff.


O investidor garantiu que a nova crise será ainda pior do que as anteriores, pois a economia não conseguirá lidar com altas taxas de juros após uma década de dinheiro barato.


"Os mercados estão começando a colapsar, enquanto a dívida está se tornando mais cara. Nós construímos essa bolha gigante sobre uma quantidade sem precedentes de dinheiro barato e flexibilização quantitativa, e a ressaca será muito pior", disse ele.



https://br.sputniknews.com/economia/2018122212957929-wall-street-pior-semana-dez-anos-queda-acentuada-indicadores/


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #884 Online: 23 de Dezembro de 2018, 10:34:51 »


Será que vai estabilizar nos próximos 2 meses ?



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #885 Online: 23 de Dezembro de 2018, 10:36:50 »
Você tá pensando em Venezuela?! To mais é preocupado com o Brasil mesmo. Vai ser feio pra cá também, e muito. Não se valorize tanto  :biglol:

Citei como exemplo porque os caras dependem muito do petróleo,  mas vou falar uma coisa.

Tem muita empresa que se mudou para China ou depende muito de importação de produtos chineses,  não só empresa brasileira.

Muita gente vai lamentar a besteira de deixar de produzir no pais de origem quando a coisa estourar.


Por acaso o Brasil  irá  ficar der boa ?


« Última modificação: 23 de Dezembro de 2018, 11:12:18 por JJ »

Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.230
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #886 Online: 24 de Dezembro de 2018, 21:28:01 »
E viva o Trump !!
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.214
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #887 Online: 24 de Dezembro de 2018, 22:29:40 »
Você tá pensando em Venezuela?! To mais é preocupado com o Brasil mesmo. Vai ser feio pra cá também, e muito. Não se valorize tanto  :biglol:

Citei como exemplo porque os caras dependem muito do petróleo,  mas vou falar uma coisa.

Tem muita empresa que se mudou para China ou depende muito de importação de produtos chineses,  não só empresa brasileira.

Muita gente vai lamentar a besteira de deixar de produzir no pais de origem quando a coisa estourar.


Por acaso o Brasil  irá  ficar der boa ?




Não,  eu disse que muito empresário vai se arrepender de fechar postos de trabalho no país de origem para produzir na China.

Se acontecer a tal crise ficarão sem o mercado no país de origem e sem o mercado chinês.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #888 Online: 25 de Dezembro de 2018, 09:19:42 »

Não,  eu disse que muito empresário vai se arrepender de fechar postos de trabalho no país de origem para produzir na China.

Se acontecer a tal crise ficarão sem o mercado no país de origem e sem o mercado chinês.



Se acontecer tal crise o Brasil será afetado de forma significativa. A China é o maior comprador de produtos brasileiros (especialmente produtos do agronegócio, como a soja), uma crise na China seria muito ruim para o mercado brasileiro.  Com menos dinheiro na cadeia de agronegócio grande  parte do mercado interno seria afetado.

Isso seria uma péssima notícia para o Brasil.




Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.230
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #889 Online: 25 de Dezembro de 2018, 10:41:47 »

Não,  eu disse que muito empresário vai se arrepender de fechar postos de trabalho no país de origem para produzir na China.

Se acontecer a tal crise ficarão sem o mercado no país de origem e sem o mercado chinês.



Se acontecer tal crise o Brasil será afetado de forma significativa. A China é o maior comprador de produtos brasileiros (especialmente produtos do agronegócio, como a soja), uma crise na China seria muito ruim para o mercado brasileiro.  Com menos dinheiro na cadeia de agronegócio grande  parte do mercado interno seria afetado.

Isso seria uma péssima notícia para o Brasil.

"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.214
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #890 Online: 25 de Dezembro de 2018, 10:52:19 »

Não,  eu disse que muito empresário vai se arrepender de fechar postos de trabalho no país de origem para produzir na China.

Se acontecer a tal crise ficarão sem o mercado no país de origem e sem o mercado chinês.



Se acontecer tal crise o Brasil será afetado de forma significativa. A China é o maior comprador de produtos brasileiros (especialmente produtos do agronegócio, como a soja), uma crise na China seria muito ruim para o mercado brasileiro.  Com menos dinheiro na cadeia de agronegócio grande  parte do mercado interno seria afetado.

Isso seria uma péssima notícia para o Brasil.





A moeda tem dois lados.

Não arrumariam fornecedores de um dia para o outro.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.682
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #891 Online: 25 de Dezembro de 2018, 12:30:55 »
O Brasil é o país das coisas feitas nas coxas sem elaboração. O caso da soja é bem emblemático.  Se planta soja dependendo de compradores que da noite pro dia podem mudar de ideia. O mesmo acontece com as carnes. De uma hora pra outra acontece alguma treta que trava as vendas no exterior e o preço diminui as vezes 70% no mercado interno, pra desovar os estoques.

Offline Gorducho

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.633
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #892 Online: 25 de Dezembro de 2018, 13:03:58 »
Mas não vejo como fugir disso; comodidades sempre foram assim. Claro: alguns países tentaram aplainar isso via subsídios acompanhados de regulações — o Estado determina quantas oliveiras podes plantar em tua area; paga salário pras tuas vacas (once lá em Paris num bar 1 cara de lá fez as contas e demonstrou-nos que 4 vacas juntas poderiam alugar pequeno flat lá... mas conversa de bar, claro  :!:) mas determina quantas possas ter; &c...
Mas em termos práticos torna esses lugares dependentes de importações.
E as modernas economias são assim, por isso não funciona + o capitalismo original laissez-faire e as grandes Corporações modernas são dependentes dos Estados Nacionais respectivos (são na prática todas semi estatais).
Pois os investimentos são TÃO grandes que qq. queda nos mercados ou falta de liquidez pra refinanciar seus enormes débitos causa ondas-de-choque catastróficas em escala nacional ou até global.
Por isso as descontroladas emissões monetárias que geram as bolhas como foi (corretamente  :ok:) mencionado na outra rubrica cá. 
« Última modificação: 25 de Dezembro de 2018, 13:10:33 por Gorducho »

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.682
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #893 Online: 25 de Dezembro de 2018, 13:07:22 »
O minério de ferro é outro que se vende bruto quando é rios de dinheiro melhor vender o produto acabado ou ao menos com algum valor agregado mais.


Offline Gorducho

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.633
  • Sexo: Masculino
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #895 Online: 26 de Março de 2019, 10:20:31 »
Um dos absurdos desse atual modo de pensar econômico é o culto ao "crescimento".
Existe a ideologia do "crescimento" eterno, de "crédito" = emissão monetária
Evidentemente que isso tem que periodicamente estourar :ok:


Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #897 Online: 26 de Março de 2019, 10:34:55 »
Não é uma questão de "profecia" puramente. Como bem lembrado pelo Gorducho, isto sempre  estoura uma hora ou outra. Só que dependendo do tamanho do estouro e as circunstância em que ele ocorre, gera consequências catastróficas, como Guerras Mundiais e aumento absurdo da desigualdade, por exemplo. E acho que provavelmente este vai ser o caso agora. No mínimo deve ocorrer um reordenamento completo da ordem mundial e econômica, creio eu.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #898 Online: 27 de Março de 2019, 14:01:27 »
Citar
Crescimento muito fraco em geral, estagnação ou forte recessão em uma série de casos

O crescimento económico nos países de industrialização mais antiga continua em baixa e está a diminuir em vários países chave. Especialmente na Europa, onde, após um pequeno crescimento em 2017, o ano de 2018 terminou com a estagnação e, no caso da Alemanha, uma queda na produção industrial no quarto trimestre de 2018 e no primeiro trimestre de 2019 ( Financial Times , "A produção industrial alemã cai inesperadamente", 11/Março/2019, www.ft.com/content/2e93cb1a-43ca-11e9-a965-23d669740bfb ). As autoridades alemãs reduziram as previsões de crescimento para 2019 para 1% (enquanto em 2016-2017 a taxa de crescimento anual ultrapassou os 2%). O investimento na UE demorou 12 anos para regressar ao seu nível de 2007 antes do desencadeamento da crise ( Financial Times, "O investimento da UE recupera o nível anterior ao crash financeiro de 2008", 9/Março/2019).

Na zona do euro, o crescimento no terceiro trimestre de 2018 foi de apenas 0,2%, o mais baixo em quatro anos. A Itália está em recessão. A França experimenta uma pequena retomada graças ao ligeiro aumento no consumo que é o resultado do movimento de coletes amarelos que levou Macron a não respeitar cegamente a disciplina orçamental (ver meu artigo: "Europa: desobedecer para executar uma alternativa favorável aos povos, 12/Fevereiro/2019, .org/Europe-desobeir-pour-mettre-en-oeuvre-une-alternative-favorable-aux-peuples )

No Japão, o crescimento no período de Abril/2018 – Março/2019 é cerca de 0,9%, também em baixa em relação a 2017. A economia dos EUA está igualmente em desaceleração, o FMI prevê um crescimento de 2,5% em 2019 contra 2,9% em 2018. Outros peritos prevêem um crescimento menor. Isso levou a Reserva Federal dos EUA a suspender provisoriamente o aumento das taxas de juros iniciado no final de 2016.

O crescimento chinês está a desacelerar apesar de a China continuar a desempenhar o papel de locomotiva global. Este estaria em torno de 6%, o menor em 25 anos. Na China, uma crise financeira pode eclodir a qualquer momento, fazendo cair o crescimento interno e mundial, agravando as condições de vida de centenas de milhões de chineses/as.

A economia dos outros BRICs também está a desacelerar, com excepção da Índia, que experimenta uma taxa de crescimento de pouco mais de 7%. A Rússia está experimenta um crescimento muito fraco, da ordem dos 1,2% em 2018 e uma previsão de 1,3% para 2019. A África do Sul caiu em recessão no primeiro semestre de 2018, experimentando uma pequena retomada. O Brasil, que experimentou uma forte recessão em 2015-2016, recuperou algum crescimento, mas este é muito fraco, pouco mais de 1% em 2018.

Crises muito fortes já estão a atingir uma série de países ditos emergentes: Turquia, Argentina, Venezuela,... Desvalorização da moeda, grandes dificuldades para continuar o reembolso da dívida externa pública e privada.

Uma série de países periféricos entre os mais pobres enfrenta uma aguda crise da dívida (Moçambique,...). Isto não é senão o começo de uma lista que se vai alongar.

Apesar deste crescimento económico muito fraco ao nível mundial, nomeadamente nas principais potências industriais poluidoras, os factores que impulsionam a aceleração das mudanças climáticas não se atenuam. Temos provas tangíveis diante de nós dos efeitos da perturbação e do aquecimento global por todo o mundo [NR] . Diante desta crise, cujas consequências dramáticas estão a aumentar, os governos apegam-se a promessas puramente retóricas, o que felizmente leva a fortes reacções na população em geral e entre os jovens em particular.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.041
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re:A Maior Crise Econômica da Historia da Humanidade
« Resposta #899 Online: 27 de Março de 2019, 14:38:24 »
Faz justamente este tanto tempo que ele entrou em decadência final. Mais ou menos desde a adoção no Neoliberalismo, lá pro final dos anos 70. O que vemos agora é a continuação da queda e sua aceleração. Não existe império que colapse em menos de décadas, pois é um processo, e normalmente irreversível. Talvez possa se levantar novamente, não descarto, mas acho bastante improvável. A fase de ascensão deles acabou, agora é declínio e queda. Duvido que ascendam novamente, como Trump pretende.

Também avalio que o EUA está em decadência, relativa ao menos, e talvez irreversível.

Mas acho que a queda da China também será em breve, sob a pressão de suas contradições internas.

Eu diria que a China quebra muito antes, principalmente por depender tanto das exportações.

A China tem como ponto forte para segurar tudo, um Estado forte e concentrador, que tem muito mais facilidade de fazer manobras bruscas pra se salvar.

Não é bem assim.

Os chineses constroem cidades fantasmas para gerar empregos no mercado interno, crescimento artificial.

Vc acha que está tudo bem por lá, mas é falso.

E se eles quiserem continuar a criar mais cidades sem habitantes para continuarem inflando sua economia para não quebrar, eles farão sem muita resistência da sociedade, se não é bala na fuça :biglol:

Enquanto tiver e dinheiro para fazer.

Agora vão construir a Rota da Seda, depois uma estação na Lua, depois em Marte. Eles não vão parar de construir. O que pode derrubar eles é só se os outros pararem de importar ou taxarem o produto chinês. Eu acho uma aberração a quantidade de entulho e lixo que agente importa da China. Até um mero abridor de latas a gente importa.
"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!