Autor Tópico: Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam  (Lida 6921 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #50 Online: 12 de Abril de 2016, 17:29:26 »
Citar
Mesmo assim, bastou um pouco de boa vontade para se descobrir que o quadrilheiro-mor recebeu muito dinheiro do esquema, 'lavando-o' com a sua "empresa de palestras" (sic) e usando 'elementos cítricos' para acobertar patrimônio adquirido com propina.

Mas me parece, que embora seja óbvio o esquema, e o moro fez todo aquele estardalhaço, não nada além das suposições, pois qual o motivo do gajo estar livre, fazendo campanha? Bondade do moro?


Há mais do que suposições. O Lula não está preso porque tem uma máquina trabalhando a favor dele. O Moro precisa ser 100% cuidadoso para tudo não ir por água abaixo, pois o Lula já passou pelo mensalão e outros problemas com facilidade.

Você já ouviu os grampos dele? Não acha nem um pouco suspeito o conteúdo? Nada? Se ele não deve, por que ele teme? Por que a pressa para se tornar ministro?

Que coisa mais estranha...
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #51 Online: 12 de Abril de 2016, 17:32:04 »
Quando citamos um instituto, tem sempre aqueles que dizem " este é pago por tal partido". E realmente tem uns que têm diferenças mínimas, tipo ibope e datafolha, mas tem uns que não me lembro o nome que distoam dezenas de pontos acima  ou abaixo para o mesmo candidato, e quando sai o resultado vemos que era "erro" tremendo mesmo.

O resultado que você se refere é a eleição? Há um grande risco de ter sido fraudado, até porque o Aécio já apareceu na frente em pesquisas no início.

Não dá pra deixar tudo tão fácil assim para o PT. A gente foi deixando e eles já estão há 14 anos no poder, cometendo crimes diariamente.

É engraçado que todos que se envolvem com o PT acabam presos e todo mundo no partido é inocente.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Rhyan

  • Visitante
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #52 Online: 12 de Abril de 2016, 17:40:20 »
Melhor separar os pagadores de impostos dos recebedores de impostos.

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 282
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #53 Online: 12 de Abril de 2016, 17:42:11 »
Eu até colocaria aqui o áudio do Lula informando o resultado de uma pesquisa do DataFolha um dia antes da pesquisa sair, mas pra quê, né?

Não sei se é o caso, mas geralmente o resultado de pesquisas, sempre já são sabidas antes da divulgação. E se for encomendado por alguém este já tem os números bem antes da divulgação. Talvez foi...

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #54 Online: 12 de Abril de 2016, 17:44:57 »
Eu até colocaria aqui o áudio do Lula informando o resultado de uma pesquisa do DataFolha um dia antes da pesquisa sair, mas pra quê, né?

Não sei se é o caso, mas geralmente o resultado de pesquisas, sempre já são sabidas antes da divulgação. E se for encomendado por alguém este já tem os números bem antes da divulgação. Talvez foi...

Mas o Lula ter conhecimento de uma pesquisa do DataFolha significa o quê? Que ele encomendou, ou que ele tinha algum interesse na pesquisa? E por que ele teria, se nem é político nem tem foro privilegiado? Ele é um cidadão comum.

Nada disso te deixa desconfiado?

Se não, pode votar nele!
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 282
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #55 Online: 12 de Abril de 2016, 17:48:20 »
Citar
Mesmo assim, bastou um pouco de boa vontade para se descobrir que o quadrilheiro-mor recebeu muito dinheiro do esquema, 'lavando-o' com a sua "empresa de palestras" (sic) e usando 'elementos cítricos' para acobertar patrimônio adquirido com propina.

Mas me parece, que embora seja óbvio o esquema, e o moro fez todo aquele estardalhaço, não nada além das suposições, pois qual o motivo do gajo estar livre, fazendo campanha? Bondade do moro?


Há mais do que suposições. O Lula não está preso porque tem uma máquina trabalhando a favor dele. O Moro precisa ser 100% cuidadoso para tudo não ir por água abaixo, pois o Lula já passou pelo mensalão e outros problemas com facilidade.

Você já ouviu os grampos dele? Não acha nem um pouco suspeito o conteúdo? Nada? Se ele não deve, por que ele teme? Por que a pressa para se tornar ministro?

Que coisa mais estranha...
É claro que moro está tendo não só cuidado com o lula, mas com outros figurões citados nessas listinhas da odebretch, etc etc  Devem ter muitas máquinas trabalhando também para esses. O que está me dizendo é que o cara é poderoso, muito poderoso... mas não consegue tomar posse,  que coisa também estranha...

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #56 Online: 12 de Abril de 2016, 18:38:33 »
Eu até colocaria aqui o áudio do Lula informando o resultado de uma pesquisa do DataFolha um dia antes da pesquisa sair, mas pra quê, né?

Não sei se é o caso, mas geralmente o resultado de pesquisas, sempre já são sabidas antes da divulgação. E se for encomendado por alguém este já tem os números bem antes da divulgação. Talvez foi...

Na eleição passada prenderam um "pesquisador" de um instituto, não lembro agora se era do Ibope ou Datafolha.

No formulário faltava o nome de um candidato.

É fácil fraudar pesquisas, vc só precisa parar a Kombi com os "pesquisadores" na porta do sindicato e a Dilma terá 100% de aprovação dos eleitores pesquisados.


Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 282
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #57 Online: 12 de Abril de 2016, 18:41:07 »
Eu até colocaria aqui o áudio do Lula informando o resultado de uma pesquisa do DataFolha um dia antes da pesquisa sair, mas pra quê, né?

Não sei se é o caso, mas geralmente o resultado de pesquisas, sempre já são sabidas antes da divulgação. E se for encomendado por alguém este já tem os números bem antes da divulgação. Talvez foi...

Na eleição passada prenderam um "pesquisador" de um instituto, não lembro agora se era do Ibope ou Datafolha.

No formulário faltava o nome de um candidato.

É fácil fraudar pesquisas, vc só precisa parar a Kombi com os "pesquisadores" na porta do sindicato e a Dilma terá 100% de aprovação dos eleitores pesquisados.
Do jeito que tá a coisa, acho que só 70%  :hihi:

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #58 Online: 12 de Abril de 2016, 18:44:29 »
As pessoas estão julgando a idoneidade das instituições com base em quanto estas dizem o que elas querem ouvir

Criticamos o DataFolha desde o ano das eleições, porque o instituto sempre deu resultados favoráveis ao governo, ao contrário de outros institutos. Pode ser pura coincidência, mas com o histórico deste governo, é complicado não desconfiar.

Obrigado por validar meu ponto.

É um total "fuck logic". O instituto dá resultados favoráveis ao governo, o governo ganha as eleições e isso é evidência de que a pesquisa estava certa errada. Ou seja, necessariamente foi a pesquisa que decidiu a eleição, e a hipótese de a eleição estar confirmando a pesquisa sequer é cogitada. É como o homem invisível do Chaves, que está aqui e a prova é que não estamos vendo ele.

Esqueci de dizer que é favorável ao governo mesmo quando vai contra inúmeras outras evidências.

Apresente essas evidências então, dizer que existem e não mostrar é fácil.

Citar
As manifestações contra o governo sempre são menores pelo DataFolha (indo contra a PF, organizadores, e outros institutos) e as manifestações a favor sempre são maiores.

Polícia não é instituto de pesquisa, e já expliquei várias vezes aqui quais são os problemas metodológicos com a forma de contagem que eles usam. Idem quanto aos organizadores. Posso procurar o post onde eu expliquei com detalhes, mas resumidamente a metodologia da PM é estimar uma densidade de ocupação maior que a do metrô em horário de pico (6 pessoas por metro quadrado) e calcular o total. A metodologia dos organizadores era detectar o número de celulares com internet ligada, estimar a proporção de pessoas com internet ligada e depois dividir o primeiro número pelo segundo, contando por tabela todos os que passavam pela região (até em outras ruas) como manifestantes. A metodologia do DataFolha é colocar vários pesquisadores em pontos separados ao longo da avenida inteira e arredores em diferentes horários, contando em tempo real a taxa de ocupação e depois estimando o total com base nessa aferição. Qualquer um que não esteja cego pela preferência política reconhece a superioridade dessa metodologia perante as outras.

Citar
Como falei, o fato deste governo ter um histórico de subornar, comprar e infiltrar membros de maneira mais descarada faz a gente desconfiar com mais facilidade.

Ninguém está "desconfiando", estão categoricamente acusando o DataFolha de conluio com o PT simplesmente porque os dados divulgados não batem com o que queriam.

Às vezes é até difícil acreditar que falácias tão claras venham das mesmas pessoas que agem de forma perfeitamente racional em tópicos de biologia, religião e ceticismo.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.702
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #59 Online: 13 de Abril de 2016, 00:46:33 »
resumidamente a metodologia da PM é estimar uma densidade de ocupação maior que a do metrô em horário de pico (6 pessoas por metro quadrado) e calcular o total. A metodologia dos organizadores era detectar o número de celulares com internet ligada, estimar a proporção de pessoas com internet ligada e depois dividir o primeiro número pelo segundo, contando por tabela todos os que passavam pela região (até em outras ruas) como manifestantes. A metodologia do DataFolha é colocar vários pesquisadores em pontos separados ao longo da avenida inteira e arredores em diferentes horários, contando em tempo real a taxa de ocupação e depois estimando o total com base nessa aferição. Qualquer um que não esteja cego pela preferência política reconhece a superioridade dessa metodologia perante as outras.

Será que já foram feitos testes dessas metodologias em situações que tivessem um número de pessoas objetivamente conhecido, mas não por aqueles fazendo a estimativa?

(Acho que "aferição" é "calibrar" um instrumento de medida, e não efetuar uma medida)

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #60 Online: 13 de Abril de 2016, 04:42:56 »
resumidamente a metodologia da PM é estimar uma densidade de ocupação maior que a do metrô em horário de pico (6 pessoas por metro quadrado) e calcular o total. A metodologia dos organizadores era detectar o número de celulares com internet ligada, estimar a proporção de pessoas com internet ligada e depois dividir o primeiro número pelo segundo, contando por tabela todos os que passavam pela região (até em outras ruas) como manifestantes. A metodologia do DataFolha é colocar vários pesquisadores em pontos separados ao longo da avenida inteira e arredores em diferentes horários, contando em tempo real a taxa de ocupação e depois estimando o total com base nessa aferição. Qualquer um que não esteja cego pela preferência política reconhece a superioridade dessa metodologia perante as outras.

Será que já foram feitos testes dessas metodologias em situações que tivessem um número de pessoas objetivamente conhecido, mas não por aqueles fazendo a estimativa?

Fui pesquisar e achei algo próximo disso, mas com contagem via software.

Esse estudo usou bases de dados com imagens de multidões de tamanho conhecido (contadas por força bruta) e depois calculou as estimativas usando mais de 60 variações desses métodos. A conclusão foi que métodos baseados em contagem de amostras locais são significativamente melhores que métodos baseados em abordagem da multidão como um todo, mesmo esse segundo grupo incluindo variações sofisticadas que levam em conta as diferenças de densidade de ocupação, a geometria do espaço ocupado, a disposição das cores e sombras na imagem etc.

É claro que as discrepâncias não foram tão enormes como acontece com os casos da vida real, pois os parâmetros de decisão humana foram minimizados, as multidões do estudo eram pequenas (de dezenas ou centenas de pessoas), e além disso, como eu disse acima, os métodos por abordagem de multidão completa foram bem mais sofisticados que o da PM (que usa o chamado método de Jacobs, o primeiro a ser inventado na década de 1960). Isso tudo tornou a disputa mais "equilibrada".

Outra coisa que achei bem interessante foi essa matéria aqui. Ela conta como a aplicação de métodos de contagem sofisticados levou a uma divergência drástica com os números apresentados pelos organizadores da Million Man March, levando a estimativa de 1,5 a 2 milhões para apenas 400 mil. Chegaram a cortar a verba do departamento depois disso, mas um novo estudo de 2004 confirmou os 400 mil. Vários outros casos de contagem sistemática de multidões levaram a grandes diminuições em relação aos números apresentados por organizadores de eventos. O próprio DataFolha fez uma recontagem das manifestações pelas Diretas Já, que levou o número de 1 milhão para 400 mil (o que seria bastante estranho supondo um conluio com o PT).

Por tudo que vi de exemplos, métodos sofisticados de contagem tendem a divergir drasticamente das estimativas de organizadores, com a diminuição geralmente ficando na faixa de 50% a 70%.

Offline Skeptikós

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 4.059
  • Sexo: Masculino
  • Séxtos Empeirikós
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #61 Online: 13 de Abril de 2016, 12:21:21 »
Você que não procurou direito. O levantamento completo está no site do DataFolha e tem todas as informações que você não achou, inclusive o nível de confiança (95%).

http://media.folha.uol.com.br/datafolha/2016/04/11/intencao_de_voto_presidente.pdf

Questionar de forma cética a credibilidade do instituto é válido, mas claramente não é o que ocorre aqui. O tipo de crítica ao DataFolha que tem sido feito nas últimas semanas é na base de "mas naquela foto parece que tem mais gente", "mas nunca entrevistaram nenhum conhecido meu", "mas eles foram comprados pelo PT, o Instituto Paraná sim é confiável". As pessoas estão julgando a idoneidade das instituições com base em quanto estas dizem o que elas querem ouvir, e não com base em critérios técnicos.
Agora sim, só achei estranho que na notícia publicada pela Folha de São Paulo nem ao menos o índice de confiança tinha sido fornecido, e muito menos referências precisas que facilitasse o confronto na fonte. Neste caso mantenho minha primeira opinião como explicação para estes resultados.
"Che non men che saper dubbiar m'aggrada."
"E, não menos que saber, duvidar me agrada."

Dante, Inferno, XI, 93; cit. p/ Montaigne, Os ensaios, Uma seleção, I, XXV, p. 93; org. de M. A. Screech, trad. de Rosa Freire D'aguiar

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.446
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #62 Online: 14 de Abril de 2016, 23:05:31 »
Vocês viram o artigo da Folha de hoje? O nome do artigo é "Golpe brasileiro ameaça a democracia" de Mark Weisbrot. Trechos:

" A presidente Dilma Rousseff está ameaçada de impeachment, mas não há evidências que a vinculem a qualquer esquema de corrupção. Em vez disso, ela é acusada de manipular as contas públicas, algo que presidentes anteriores já haviam feito."

"O ex-presidente Lula é acusado de receber dinheiro de empresas investigadas por corrupção para fazer discursos e reformar um imóvel que ele afirma não ser dele. Mesmo que as acusações sejam verdadeiras, não há prova de vínculo com corrupção.

O juiz Sergio Moro, entretanto, lidera uma bem executada campanha de difamação de Lula. O magistrado teve que pedir desculpas ao Supremo Tribunal Federal por ter divulgado grampos telefônicos de conversas entre Lula e Dilma, Lula e seu advogado e até mesmo entre a mulher de Lula e os filhos deles."

Esse é o Grupo Folha, o mesmo do Datafolha, o instituto do "roubei quase um milhão de manifestantes na Avenida Paulista"... Qualquer dia desses, eles publicam um artigo entitulado "É Lula de novo, com a força do povo"...

Rhyan

  • Visitante
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #63 Online: 14 de Abril de 2016, 23:24:54 »
A Folha é ridícula no seu editorial. Mas em relação aos colunistas ela tem os extremos. Ao mesmo tempo que o Datafolha deu 500k pessoas, disse que foi a maior manifestação da história do país.

Tem um babaca do MTST, e o sempre palhado do Vladimir Safatle. Ao mesmo tempo que publica colunas do Reinaldo Azevedo e do Kim Kataguiri.

Offline Euler1707

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 875
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #64 Online: 15 de Abril de 2016, 02:05:46 »
A Folha é ridícula no seu editorial. Mas em relação aos colunistas ela tem os extremos. Ao mesmo tempo que o Datafolha deu 500k pessoas, disse que foi a maior manifestação da história do país.
Esse texto me lembrou outro texto interessante, e em especial, uma parte em específico que transcrevo em vermelho:
Citar
http://revistapiaui.estadao.com.br/questoes-da-politica/e-impeachment-ou-golpe/

Foto: PT na Câmara
Uma das palavras prediletas dos profissionais da política é narrativa. Em política, muitas vezes a narrativa importa mais do que os fatos.  É por isso que, nos últimos meses, a guerra de versões em torno da crise tem sido tão violenta quanto a luta que se desenrola em Brasília. O que se viu ontem na capital foi a prova de que, embora nas cordas, o governo marcou um ponto na narrativa da crise. Autora do pedido ao Congresso, junto com os juristas Hélio Bicudo e Miguel Reale Jr., a advogada Janaina Paschoal dedicou parte importante de seu discurso a responder ao “Não vai ter golpe” propagado pelos defensores de Dilma. “Tenho visto cartazes com os dizeres de que impeachment sem crime é golpe. Essa frase é verdadeira. Acontece que estamos diante de um quadro em que sobram crimes de responsabilidade. Para mim, vítima de golpe somos nós”, ela disse diante do auditório repleto de deputados.

Foi uma resposta à própria Dilma, que tem recorrido diariamente a variações da expressão. Só ontem, no curto discurso de lançamento de mais uma fase do programa Minha Casa Minha Vida, a presidente pronunciou a palavra golpe três vezes e golpista uma vez. Hoje, no ato de apoio à presidente promovido por artistas no Palácio do Planalto, mais palavras de ordem ligando impeachment a golpe. Em sua fala no Congresso, Janaina poderia ter ignorado a questão e se dado por satisfeita com o fato de quatro ministros do STF e um ex-ministro já terem declarado não considerar golpe a abertura de um processo de impeachment. Ou confiado nas pesquisas que mostram que quase 68% da população quer Dilma fora do cargo. Se ela não o fez, é porque sabe da importância de vencer o debate também no campo da narrativa. Para entender em que ponto estamos nessa guerra, pedi ajuda a uma agência especializada em monitoramento de opinião pública na Internet, a Bites.

A primeira constatação interessante é que o “Não vai ter golpe” pautou o debate nas últimas semanas não apenas em Brasília, mas também na mídia tradicional. Um levantamento feito pela Bites em sites de notícias e blogs da grande mídia a partir das expressões “Não vai ter golpe” e “Fora Dilma” mostrou que, nos últimos 30 dias, 7 287 artigos citavam a expressão governista, contra 4 650 menções ao bordão da oposição. Uma explicação possível para esse “sucesso” é que a palavra golpe deu forma ao sentimento difuso dos que defendiam o governo, mas careciam de um argumento forte para fazê-lo. Outra prova de sua eficácia é a sensibilidade que o bordão desperta nos ânimos da oposição. “Quando falávamos no Congresso que impeachment era golpe, percebíamos que a oposição ficava acuada. Como funcionou, continuamos repetindo”, conta o deputado petista Wadih Damous, um dos porta-vozes do governo na Câmara.

Os fatos deram uma ajuda. O mapa produzido pela Bites mostra que o pico de menções ao “Não vai ter golpe” no Twitter ocorreu dois dias depois da divulgação do diálogo entre Dilma e Lula a respeito do termo de posse, grampeado pela operação Lava Jato. Na Internet, o “Fora Dilma” ainda é bem mais forte do que o bordão dilmista.  Em 30 dias, a hashtag  #foradilma foi citada 292 155 vezes, mais que o dobro das 115 914 vezes em que o #naovaitergolpe apareceu. No Facebook não há nenhum grupo ou comunidade expressiva em torno do “Não vai ter golpe”. A maior comunidade identificada registrava 14 766 integrantes até a tarde de ontem. Do outro lado, uma das  maiores comunidades dedicada ao “Fora Dilma” tem 109 770 membros.

Essas métricas mostram que a narrativa do golpe está pautando a grande mídia, mas nas redes sociais o que prevalece é a narrativa pró impeachment. Segundo os analistas, isso pode estar acontecendo porque, no ambiente virtual, a polarização já está “cristalizada”. “A quantidade de gente no centro, ainda sem opinião, é cada vez menor. Quando elas decidem, em geral vão na direção do impeachment, em razão do agravamento do quadro econômico”, diz Manoel Fernandes, diretor da Bites.

A influência desses movimentos de opinião pública no embate em curso hoje no Planalto é incerta, mas, a julgar pelo que já ocorreu no passado, em momentos críticos na política, duas coisas podem acontecer. A primeira, mais provável, é a pressão sobre os deputados e senadores aumentar à medida que o processo de impeachment avance.  Como as redes são pró-impeachment, essa pressão tende a ser desfavorável à presidente. A segunda possiblidade é o discurso anti-golpe começar a penetrar nas redes sociais, rompendo a cristalização que existe hoje e fazendo a balança pender a favor do governo. Mas, na opinião de Fernandes, para isso ocorrer é preciso que ou surjam fatos novos que reforcem a impressão de que Dilma está sofrendo um golpe, ou apareçam novos e insuspeitos “propagadores” da mensagem governista.

“Por ora, quem fala em golpe nas redes são figuras cuja imagem está ligada ao petismo. Se esse discurso passar a ser difundido por pessoas não associadas a nenhuma posição, a coisa pode começar a mudar”, diz Fernandes.  Não é, portanto, impossível que o “Não vai ter golpe” triunfe também na rede. Mas não vai ser fácil, uma vez que a crise econômica tende a continuar reforçando o embalo do impeachment. Só para ficar com as estatísticas da Internet: desde dezembro, a audiência do portal Mais Emprego do Ministério do Trabalho, que entre outros recursos permite a consulta ao seguro-desemprego, saltou de 530 mil visitas mensais para 1,2 milhão.  Nos últimos 90 dias, as buscas no Google Brasil sobre “seguro desemprego 2016” cresceram 1.300%.  O poder da narrativa pode ser imenso, mas nem sempre consegue se sobrepor à força dos fatos.
Parece que o governo está começando a cooptar personalidades que supostamente seriam isentas (e se dizem isentas, como é o caso de alguns artistas). Uma delas é esse Mark Weisbrot. Outra personalidade é o Glenn Greenwald. Vocês devem saber o quão "imparcial" são essas pessoas. Por fim, deixo esse texto de 2010 sobre o Mark: http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/a-volta-de-um-idiota-a-servico-de-chavez/
Citar
Mas eis que o homem aparece hoje escrevendo no caderno “Poder”, da Folha. E o que diz o rapaz que acredita que o imperialismo americano impediu o desenvolvimento do arroz no Haiti? Isto:
“Após breve período de diálogo, a gestão Obama reverteu à política externa da administração Bush com relação ao Irã -e já o fez com relação à América Latina. Trata-se de uma política de ameaças e sanções aumentadas contra o Irã, o que intensifica o risco de confronto.
Contrastando com isso, Brasil e Turquia continuaram pelo caminho anterior e breve de diplomacia propugnado por Washington e fecharam um acordo semelhante ao que foi defendido/proposto pelos EUA em outubro.”

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.446
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #65 Online: 15 de Abril de 2016, 08:35:20 »
Vox Populi no caixa dois

Brasil 15.04.16 07:40
O Vox Populi vendeu pesquisas para a campanha de Dilma Rousseff, em 2014.

As pesquisas foram pagas com dinheiro de propina da Andrade Gutierrez, como denunciaram seus executivos.

A reportagem da Folha de S. Paulo explica:

“A prática configura caixa dois. Os pagamentos abrangidos pelo contrato ultrapassaram R$ 10 milhões.

Os repasses diretos da construtora ao instituto Vox Populi não constam da prestação de contas da campanha nem da do PT.

A informação sobre o contrato com o Vox Populi não consta dos primeiros depoimentos da delação”.

Dilma Rousseff realmente conta com os desdobramentos da Lava Jato para voltar ao Palácio do Planalto? O melhor para ela é contar com um bom advogado para evitar a cadeia.

http://www.oantagonista.com/posts/vox-populi-no-caixa-dois

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.446
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #66 Online: 15 de Abril de 2016, 08:40:49 »
Para vocês verem como as "pesquisas" de certos institutos podem ser pura fraude. Não é só a tese do "Apenas uma minoria pequena está contra os marginais do petrolão" que beneficia os larápios, mas também a tese de que "O país está dividido".

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #67 Online: 15 de Abril de 2016, 09:45:10 »
Vox Populi no caixa dois

Brasil 15.04.16 07:40
O Vox Populi vendeu pesquisas para a campanha de Dilma Rousseff, em 2014.

As pesquisas foram pagas com dinheiro de propina da Andrade Gutierrez, como denunciaram seus executivos.

A reportagem da Folha de S. Paulo explica:

“A prática configura caixa dois. Os pagamentos abrangidos pelo contrato ultrapassaram R$ 10 milhões.

Os repasses diretos da construtora ao instituto Vox Populi não constam da prestação de contas da campanha nem da do PT.

A informação sobre o contrato com o Vox Populi não consta dos primeiros depoimentos da delação”.

Dilma Rousseff realmente conta com os desdobramentos da Lava Jato para voltar ao Palácio do Planalto? O melhor para ela é contar com um bom advogado para evitar a cadeia.

http://www.oantagonista.com/posts/vox-populi-no-caixa-dois

Eu vim aqui pra postar isso. Como muitos de nós lemos os blogs limpos, o PIG, os golpistas, a gente já sabe que tem muita tramoia nessas pesquisas, e é justamente por isso que alguns daqui desconfia do DataFolha.

Às vezes vejo algum simpatizante do governo falando que não tem provas sobre tal coisa, que é invenção, que é anti-democrático. Eu recomendo a estes que leiam mais artigos fora do eixo mortadela-governista. Não precisa ser a Globo ou a Veja, mas pelo menos a Istoé, Antagonista, Estadão...
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.192
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #68 Online: 15 de Abril de 2016, 10:46:52 »
Eu até colocaria aqui o áudio do Lula informando o resultado de uma pesquisa do DataFolha um dia antes da pesquisa sair, mas pra quê, né?

Citar
Pesquisas compradas por Dilma com dinheiro de propina

Dilma Rousseff foi eleita em 2014 com dinheiro roubado da Petrobras.

A Folha de S. Paulo, hoje, apresentou mais uma prova disso.

A Andrade Gutierrez pagou clandestinamente 10 milhões de reais à campanha presidencial para comprar pesquisas do Vox Populi.

O Antagonista sempre repete o que publicou em dezembro do ano passado a respeito das denúncias da Andrade Gutierrez: a propina a Dilma Rousseff foi paga por dentro e por fora.

No caso das pesquisas vendidas pelo Vox Populi, o pagamento foi por fora.

http://www.oantagonista.com/posts/as-pesquisas-compradas-por-dilma-com-dinheiro-de-propina

Logo acham uma ligação com o DataFolha também.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #69 Online: 15 de Abril de 2016, 11:01:05 »
E manipulação de pesquisa significa mais um crime na conta do partido.

"Ah, mas as eleições foram limpas. Dilma foi democraticamente eleita."
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #70 Online: 15 de Abril de 2016, 11:34:23 »
E manipulação de pesquisa significa mais um crime na conta do partido.

"Ah, mas as eleições foram limpas. Dilma foi democraticamente eleita."

E tudo isso que tá acontecendo é gente que não se conforma com o resultado das urnas.

Querem o poder, ganhem no voto!
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #71 Online: 15 de Abril de 2016, 13:25:17 »
Vox Populi nunca teve credibilidade no Brasil, ao contrário de IBOPE e DataFolha.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #72 Online: 15 de Abril de 2016, 14:03:06 »
Vox Populi nunca teve credibilidade no Brasil, ao contrário de IBOPE e DataFolha.

Mas ficou demonstrado que é possível o governo comprar pesquisas.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Onsigbare

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 282
  • Os crentes, não dizendo nada, explicam tudo.
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #73 Online: 15 de Abril de 2016, 14:31:33 »
Vox Populi nunca teve credibilidade no Brasil, ao contrário de IBOPE e DataFolha.

já notei que certos sites e revistas tem muita crebilidade aqui, como a Veja, os antagonistas, e tem gente dizendo que a folha é petista (Lorentz) será?  Realmente tem institutos que sempre dão na cara por quem pesquisam, ninguém fica seguro com os resultados destes, e nem devem dar crédito mesmo, mas tanto de um lado numa disputa quanto de outro, acho que é puro marketing, e marketing é arte de enganar, assim como a política aqui no Brasil.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Lula e Marina lideram corrida para 2018; tucanos despencam
« Resposta #74 Online: 15 de Abril de 2016, 15:38:44 »
Vox Populi nunca teve credibilidade no Brasil, ao contrário de IBOPE e DataFolha.

já notei que certos sites e revistas tem muita crebilidade aqui, como a Veja, os antagonistas, e tem gente dizendo que a folha é petista (Lorentz) será?  Realmente tem institutos que sempre dão na cara por quem pesquisam, ninguém fica seguro com os resultados destes, e nem devem dar crédito mesmo, mas tanto de um lado numa disputa quanto de outro, acho que é puro marketing, e marketing é arte de enganar, assim como a política aqui no Brasil.

A Folha tem publicado vários editoriais e matérias em defesa deste governo, mesmo estando claramente errados.

Não que eles estejam sendo pagos pra isso, mas que provavelmente algum editor tem muita simpatia pelo governo.

E quem ainda mantém simpatia pelo PT ainda hoje não o faz pela razão, mas pela emoção, sendo capaz de ignorar fatos ou distorcê-los para poder continuar a justificar a simpatia pelo partido, tal qual um religioso fanático.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!