Autor Tópico: Carros econômicos e redução de consumo de energia  (Lida 1347 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #25 Online: 25 de Junho de 2018, 00:09:00 »
Ao meu ver a melhor maneira de diminuir externalidades  de poluição e excesso de trânsito, seria com  imposto zero para minicarros elétricos, e imposto zero para energia elétrica.  E prioridades no trânsito para esses minicarros.




E aqui um exemplo de um minicarro  BR    :brasil:   :


http://essaseoutras.xpg.uol.com.br/minicarro-eletrico-jad-onde-comprar-preco-foto-do-carro-eletrico/


http://g1.globo.com/rs/rio-grande-do-sul/noticia/2014/04/so-usei-cabeca-diz-aposentado-criador-de-minicarro-eletrico-no-rs.html





Imagino o que deve sobrar disso em um acidente.

E o que deve sobrar do motorista.
Ué? Se esse for o critério, o que falar das motos?

Saudações

Acho que até as motos são mais seguras, pelo menos acredito que são mais seguras no sentido de projeto e engenharia.

Duvido que esse carro elétrico passe em um teste de porrada.

Boa parte dos carros hoje em circulação não passam nesses "testes de porrada".

E boa parte de nossas estradas fazem com que mesmos os carros que tenham estrelas nesses testes, se tornem "inseguros" de toda forma.


Em motos, aquelas carenagens ao estilo "dustbin", proporcionam uma economia de combustível significativa mesmo fora de situação de corrida ou de estrada? Entre 30-60 km/h. Uma carenagem dessas que permitisse total esterço.

Se for leve o suficiente, é bem provável que resulte em maior eficiência de consumo de combustível. Não tenho os dados na mão, mas apostaria fácil nisso.

Meu universo nesse campo é o dos carros, e é impressionante as diferenças observadas no consumo provocadas por detalhes na carroceria a 60km/h.

Largura de pneu também vai fazer uma diferença considerável (pra essas motos carenadas, que costumam ter pneus bem largos).

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.784
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #26 Online: 25 de Junho de 2018, 06:51:52 »
Um dos grandes problemas com carros elétricos é como carregar as baterias. A maioria dos prédios de apartamentos não tem tomadas. Claro que poderiam ser instaladas, com medidores individuais, mas não seria da noite para o dia. E não dá para ficar horas num posto de gasolina recarregando. Sim, dá para recarregar em "apenas" 40 minutos, mas reduz a vida útil das baterias.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.784
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #27 Online: 25 de Junho de 2018, 07:00:54 »
Citar
Electric vehicles are the latest darling of the media, but they run into two fundamental constraints. EVs are meant to do away with automotive carbon emissions, but they must get their electricity somehow, and two-thirds of electricity worldwide still comes from fossil fuels. In 2016, electricity produced by wind and photovoltaic solar still accounted for less than 6 percent of world generation, which means that for a long time to come the average electric vehicle will remain a largely fossil-fueled machine. And by the end of 2017, worldwide cumulative EV sales just topped 3 million, which is less than 0.3 percent of the global stock of passenger cars. Even if EV sales were to grow at an impressive rate, the technology will not eliminate automotive internal combustion engines in the next 25 years. Not even close.
https://spectrum.ieee.org/energy/environment/a-critical-look-at-claims-for-green-technologies

https://spectrum.ieee.org/transportation/advanced-cars/electric-vehicles-arent-taking-over-our-roads-as-fast-as-hype-artists-claim

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.921
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #28 Online: 25 de Junho de 2018, 08:07:15 »
Um dos grandes problemas com carros elétricos é como carregar as baterias. A maioria dos prédios de apartamentos não tem tomadas. Claro que poderiam ser instaladas, com medidores individuais, mas não seria da noite para o dia. E não dá para ficar horas num posto de gasolina recarregando. Sim, dá para recarregar em "apenas" 40 minutos, mas reduz a vida útil das baterias.


Outro problema seria qual  seria o meio para atender ao aumento de demanda de energia elétrica ?

Seria aumentar a geração via energia de fissão nuclear ?  E  o aumento na geração do terrível lixo radioativo ?



Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #29 Online: 25 de Junho de 2018, 09:32:19 »
Bons pontos dos colegas acima.

A solução energética para os carros no Brasil está muito relacionada ao etanol (e seus impecílios com o lobby do petróleo e do açúcar) e à renovação da arquitetura dos veículos que circulam por aqui (em menor ou grande medida sempre defasados em relação ao q circula na europa).

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #30 Online: 25 de Junho de 2018, 09:41:05 »
Ah, outra coisa é acabar com essa aberração de motor flex.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.241
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #31 Online: 25 de Junho de 2018, 14:07:36 »
Um dos grandes problemas com carros elétricos é como carregar as baterias. A maioria dos prédios de apartamentos não tem tomadas. Claro que poderiam ser instaladas, com medidores individuais, mas não seria da noite para o dia. E não dá para ficar horas num posto de gasolina recarregando. Sim, dá para recarregar em "apenas" 40 minutos, mas reduz a vida útil das baterias.


Outro problema seria qual  seria o meio para atender ao aumento de demanda de energia elétrica ?

Seria aumentar a geração via energia de fissão nuclear ?  E  o aumento na geração do terrível lixo radioativo ?




Achava que a solução consensual para o recarregamento de bateria era trocá-las por baterias já carregadas, em boa parte do tempo. Como botijões de gás de cozinha.

Acho que o problema de lixo radioativo é bastante exagerado e possivelmente cada vez mais reduzido com novas tecnologias.
Mas alguns argumentam que mesmo assim, ao menos com as legislações e limitações econômicas para energia nuclear como é produzida atualmente, ela não compensa se comparada à eólica e solar.

<a href="https://www.youtube.com/v/jbYcJcisg-k" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/jbYcJcisg-k</a>
<a href="https://www.youtube.com/v/q87BnoqvP7E" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/q87BnoqvP7E</a>
<a href="https://www.youtube.com/v/d2PxY-wOrI8" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/d2PxY-wOrI8</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/poPLSgbSO6k" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/poPLSgbSO6k</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/D-ey_0A4_FA" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/D-ey_0A4_FA</a>

Eu tenho minhas dúvidas sobre essa suposta não-necessidade.







Em motos, aquelas carenagens ao estilo "dustbin", proporcionam uma economia de combustível significativa mesmo fora de situação de corrida ou de estrada? Entre 30-60 km/h. Uma carenagem dessas que permitisse total esterço.

Se for leve o suficiente, é bem provável que resulte em maior eficiência de consumo de combustível. Não tenho os dados na mão, mas apostaria fácil nisso.

Meu universo nesse campo é o dos carros, e é impressionante as diferenças observadas no consumo provocadas por detalhes na carroceria a 60km/h.

Largura de pneu também vai fazer uma diferença considerável (pra essas motos carenadas, que costumam ter pneus bem largos).

Achava que a baixas velocidades a diferença fosse ser desprezível.

Por outro lado, as carenagens tem um efeito de "vela" que pode atrapalhar com ventos vindos perpendicularmente.

Achei interessante aquele pára-lamas que é meio como um mini-"dustbin"



Quando é que começarão a fabricar carros com aqueles buraquinhos iguais aos de bolas de golfe?

<a href="https://www.youtube.com/v/VUiGhyHC-1A" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/VUiGhyHC-1A</a>

Imagino que com simuladores e mais recursos diversos talvez possam conseguir chegar a algo que seja mais como uma textura na superfície, meio como uma versão automobilística daqueles trajes de natação com tecnologia que imita as "escamas" de tubarão.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.282
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #32 Online: 25 de Junho de 2018, 18:48:51 »
Boa parte dos carros hoje em circulação não passam nesses "testes de porrada".

E boa parte de nossas estradas fazem com que mesmos os carros que tenham estrelas nesses testes, se tornem "inseguros" de toda forma

Imagine o negócio em uma rua brasileira com todos os buracos.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.282
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #33 Online: 25 de Junho de 2018, 18:50:49 »
Ah, outra coisa é acabar com essa aberração de motor flex.

Qual o problema dos Flex?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.282
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #34 Online: 25 de Junho de 2018, 18:54:02 »

Achava que a solução consensual para o recarregamento de bateria era trocá-las por baterias já carregadas, em boa parte do tempo. Como botijões de gás de cozinha.


Um botijão de 500 quilos e um monte de fios ligando várias delas, não é uma só.

« Última modificação: 25 de Junho de 2018, 18:57:52 por Arcanjo Lúcifer »

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #35 Online: 25 de Junho de 2018, 19:03:34 »
Ah, outra coisa é acabar com essa aberração de motor flex.

Qual o problema dos Flex?

Sem entrar em esquemas economicóides de reserva de mercado e bla bla bla, basicamente os flex são piores pra queima de combustível do que os motores que utilizam apenas um tipo de combustível (mono combustível).

É um problema de eficiência mesmo.

Citar
NÚMEROS Mas apesar das reclamações de muitos proprietários de carros flex em relação ao alto consumo de combustível, as montadoras continuam afirmando que os modelos atuais são mais econômicos do que os antigos. Para tirar a dúvida, resolvemos pesquisar os dados de consumo divulgados pelos fabricantes pouco antes do lançamento do flex. Tomamos como referência modelos a gasolina. Esses números foram comparados aos informados atualmente na etiqueta de consumo do Inmetro, presente em alguns modelos. Os valores são medidos em condições padrão de laboratório (NBR-7024), simulando uso comum de carros.

E não foi surpresa constatar que os modelos mais antigos, equipados com motor a gasolina, apresentavam consumo mais baixo do que os similares com flex. Para ter uma ideia, antes do flex, a Fiat divulgava para o Palio 1.0 a gasolina um consumo de 13km/l na cidade e 17,2km/l na estrada. A geração atual do modelo, que tem motor flex, tem consumo divulgado de 12,2km/l na cidade e 15,4km/l na estrada. O Gol 1.0 a gasolina tinha os seguintes números divulgados pela Volkswagen em 2003: 13,4km/l na cidade e 17,2km/l na estrada. Atualmente, um Gol 1.0 flex apresenta consumo de 11,1km/l na cidade e 13,2km/l na estrada.

Os números revelam que, por mais que os carros tenham ganhado equipamentos e a gasolina tenha recebido uma quantidade maior de etanol, não se justifica um aumento tão significativo no consumo. Constata-se que houve muita evolução na eletrônica para o gerenciamento do motor, mas mecanicamente não ocorreram alterações significativas que colaborassem com a redução de consumo. Fala-se muito em melhorar a eficiência térmica do motor para otimizar o funcionamento com etanol. O que está surgindo como solução para o flex é a turbina, que poderá viabilizar uma otimização de eficiência com qualquer combustível. Na prática, seria uma forma de variar a taxa de compressão em função de usar gasolina ou etanol. São possibilidades, mas enquanto isso muitos motores flex continuam bebendo como gente grande.

https://estadodeminas.vrum.com.br/app/noticia/noticias/2013/01/12/interna_noticias,47180/numeros-comprovam-que-consumo-de-motores-flex-e-maior.shtml

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.282
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #36 Online: 25 de Junho de 2018, 19:19:33 »
Citar
Na prática, seria uma forma de variar a taxa de compressão em função de usar gasolina ou etanol

Respondi a alguém que perguntou se existia problema em usar gasolina pura.

É exatamente o que eu disse, muda o sistema de injeção mas o problema é a parte mecânica feita para queimar um determinado combustível, álcool e gasolina tem taxas de compressão diferentes.

Motor a gasolina tem taxa de compressão diferente do álcool, então imagino que o sistema Flex contorne o problema apenas injetando combustível bem próximo ao tempo de ignição.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.784
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #37 Online: 26 de Junho de 2018, 07:10:31 »
Motor a gasolina tem taxa de compressão diferente do álcool, então imagino que o sistema Flex contorne o problema apenas injetando combustível bem próximo ao tempo de ignição.
O motor flex tenta se adaptar a dois ou mais combustíveis diferentes e acaba não sendo otimizado para nenhum.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.282
  • Sexo: Masculino
Re:Carros econômicos e redução de consumo de energia
« Resposta #38 Online: 26 de Junho de 2018, 18:43:18 »
No pais em que a toda hora modificam a proporção de álcool na gasolina acaba sendo uma vantagem.

Vc compra um carro a gasolina projetado para queimar 25% de álcool mas se a produção cair o governo decide que uma proporção menor é menos poluente.

Se a produção aumentar decide que uma proporção maior é menos poluente.

Sem contar o que o dono do posto mistura por conta própria.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!