Autor Tópico: Bolsonaro  (Lida 34367 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Cinzu

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 248
Re:Bolsonaro
« Resposta #1125 Online: 07 de Julho de 2018, 19:24:16 »
"Bancada do Boi, da Bala e da Bíblia".

É o caos definitivo para nosso país... O Brasil não tem mais jeito mesmo.

E eu culpo o PT por isso. Graças a eles que surgiram essas imundices.

Quantos anos vc tem?

O suficiente para saber que essas bancadas ridículas nunca tiveram tanto apoio da população a ponto de se tornarem predominantes e terem crescido tanto nos últimos anos, graças ao "ódio contra a esquerda".


Mesmo que as bancadas  BBB  tenham crescido de forma mais significativa  no mesmo tempo  que  o PT  chegou à Presidência da República e governou (2002 a 2016), isto não implica que o PT tenha sido a causa principal  ou até mesmo sequer parcial  (em determinado nível)  deste crescimento.  Mesmo que o PT não tivesse chegado à Presidência da República e governado  (2002 a 2016) a bancada BBB poderia ter crescido de forma significativa.

Estabelecer uma relação de causa e efeito para um fenômeno social  exige bem mais do que a simples ocorrência (mais ou menos) simultânea dos dois fenômenos.

Bom, se considerar que a qualidade da educação durante o governo do PT diminuiu consideravelmente, é razoável admitir que isso contribuiu para uma população ignorante a ponto de achar que as tais bancadas BBB serão benéficas ao país.

Apesar disso, meu argumento realmente não foi esse. O ponto é que as políticas desastrosas da esquerda causaram revoltas em grande parcela da população, que por desespero e ódio, passaram a se identificarem com grupos anti-esquerda e anti-PT, independente da coerência destes grupos. E sabemos muito bem que as bancadas BBB se encaixam perfeitamente nestes grupos.
O verdadeiro inferno está em nossas mentes. Cabe a nós libertá-lo ou não.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.144
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1126 Online: 08 de Julho de 2018, 07:12:53 »
Bom, se considerar que a qualidade da educação durante o governo do PT diminuiu consideravelmente, é razoável admitir que isso contribuiu para uma população ignorante a ponto de achar que as tais bancadas BBB serão benéficas ao país.



Poderia apresentar boas pesquisas que mostrem que houve  diminuição  considerável  na qualidade da educação  na comparação entre os períodos 1998-2002  (2° governo FHC) e 2003-2007 (1° governo Lula) ? E supondo que realmente tenha havido, que também aponte de forma adequada que a causa tenha a ver realmente com alguma mudança específica adotada no período ?

Ou tudo não passa de mera especulação e mera suposição ?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.144
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1127 Online: 08 de Julho de 2018, 07:14:10 »
Apesar disso, meu argumento realmente não foi esse. O ponto é que as políticas desastrosas da esquerda causaram revoltas em grande parcela da população, que por desespero e ódio, passaram a se identificarem com grupos anti-esquerda e anti-PT, independente da coerência destes grupos. E sabemos muito bem que as bancadas BBB se encaixam perfeitamente nestes grupos.


Sobre o crescimento da direita e das bancadas  BBB  Boi Bala e Bíblia:


Algumas causas possíveis do crescimento da direita (mas não exclusivas,  certamente temos mais causas):


1) Existência e popularização da internet e do Youtube;

2) Exposição e abandono do Roberto Jefferson e consequente divulgação do Mensalão, e posteriormente do  julgamento e divulgação do julgamento do Mensalão;

3) Existência e certo nível de divulgação (colunas de jornais, internet e Youtube) de textos e vídeos de direitistas como o Olavo, e depois de outros divulgadores de ideologias de direita via páginas na internet, e principalmente via canais no Youtube;

4) Criação e divulgação do Instituto Mises e de outros think tanks liberais;

5) Existência e divulgação da operação Lava Jato e consequente revelação de esquemas corruptos em que vários partidos  (inclusive o partido do messias) fizeram parte;

6) Outras;


Já sobre o crescimento da BBB, algumas considerações:

1) A bancada ruralista é um fenômeno antigo, muito anterior a 2002;

2) A bancada da Bíblia está relacionada ao crescimento da quantidade de  evangélicos (especialmente de pentecostais e neopentecostais), o qual é um fenômeno que pode ser traçado pelo menos desde a década de 70;

3) A bancada da Bala é a que talvez seja a mais recente, pois o Estatuto do Desarmamento é um fenômeno mais recente, e as discussões que o originaram tem sua origem no governo FHC.


« Última modificação: 08 de Julho de 2018, 07:59:29 por JJ »

Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1128 Online: 08 de Julho de 2018, 10:10:46 »

Sobre o crescimento da direita e das bancadas  BBB  Boi Bala e Bíblia:


Algumas causas possíveis do crescimento da direita (mas não exclusivas,  certamente temos mais causas):


1) Existência e popularização da internet e do Youtube;

O que também proporcionou crescimento de ideais de esquerda.


2) Exposição e abandono do Roberto Jefferson e consequente divulgação do Mensalão, e posteriormente do  julgamento e divulgação do julgamento do Mensalão;

Se há algum escândalo que envolva partidos espera que das pessoas? Que elas continuem vivendo como se não fosse nada ou que ela se afastem, mesmo que uma parte somente, de tal visão e princípios por aquela(s) entidade(s) defendidas?


3) Existência e certo nível de divulgação (colunas de jornais, internet e Youtube) de textos e vídeos de direitistas como o Olavo, e depois de outros divulgadores de ideologias de direita via páginas na internet, e principalmente via canais no Youtube;


Da mesma forma que acontece com textos e vídeos esquerdistas, como os que você muito costuma citar por aqui.

4) Criação e divulgação do Instituto Mises e de outros think tanks liberais;


Citar
É natural que as pessoas queiram se identificar com um grupo. Dizer-se de esquerda ou de direita faz parte de uma linha comum no raciocínio dicotômico. Os liberais, no entanto, não escapam disso. Pelo contrário. Ouso dizer até que são os mais confusos no que diz respeito a isso. Frequentemente tentam se posicionar de um lado ou de outro, sem notar que, na prática, isso não apenas é pouco relevante como é quase sempre muito negativo.

Esquerda e direita são conceitos mutáveis, assim como vários conceitos o são. O que define um conceito é justamente isso: sua adaptação. Conceitos são aquilo que a mentalidade das pessoas, dentro de seu tempo (zeitgeist), podem compreender de uma ideia. Socialismo é um conceito que se modificou com o tempo. Liberalismo também. O mesmo ocorreu com “esquerda” e “direita”. Nos tempos de Bastiat era natural um liberal pender mais à esquerda; ele compreendia com razão que, na época, ser da esquerda era lutar contra o establishment, era questionar o status quo daquele tempo. Num momento pós-revolução francesa nada seria mais natural para um liberal. Já no século XX esta situação se alterou. A esquerda passou a adotar posturas muito mais voltadas ao pensamento pró-Estado. Nesta situação, ser liberal acabou significando um afastamento da esquerda. Foi aí que liberais incorreram no erro de se associar com linhas mais conservadoras.

No século passado, liberais e conservadores andaram de mãos dadas em muitas ocasiões. Neste contexto, ficou claro para nossos adversários que éramos “iguais” aos reacionários. Não tardou para que usassem isso contra nós. E não os culpo. Como oportunistas políticos que se tornaram, esquerdistas em geral precisam deste tipo de falácia para se sustentar. É natural que seja assim. Mas não há como não culpar a nós mesmos por isso. Enquanto liberais, pecamos feio em tentar guinar ao conservadorismo.

Entretanto, parece que como todo o restante da humanidade, não aprendemos com a história. No presente, vejo liberais caindo no mesmo erro. Alguns vivem no século XX e querem pertencer à direita. Outros vivem no início do século XIX, e estes querem pertencer à esquerda. Ambos incorrem exatamente no mesmo erro. Os “liberais de direita” criaram o conservadorismo liberal, uma ideologia que namora com o liberalismo e com o conservadorismo, mas acaba não sendo nenhuma das duas coisas. É uma aberração. E o motivo para que se tenha caído em tão óbvia armadilha é simples: conservadores em geral defendem liberdades econômicas. Mas, parece não ocorrer aos tais liberais que eles não defendem as liberdades civis, tão importantes quanto. E parece não lhes ocorrer, também, que os grandes pensadores de nossa ideologia já deixaram bastante claro que é impossível a liberdade ser plena se ela tiver restrições. Não há como ter liberdade econômica sem as liberdades civis.

Do outro lado do espectro, temos os modernos libertários de esquerda, mais conhecidos pela alcunha de “left-libs”. Estes tentam timidamente abraçar a esquerda e se aproximar da new left. O motivo de isto acontecer é também muito simples: eles caíram no engodo de acreditar que a esquerda de hoje luta por liberdades civis. Compraram o discurso feminista e anti-racista ou pró direitos homossexuais da esquerda de hoje. Ironicamente eles não notam que este discurso foi usurpado de nós mesmos. Nós, liberais, sempre defendemos a liberdade individual e a equidade para mulheres, negros, brancos, gays, ou o que quer que as pessoas sejam. E além de terem usurpado o nosso próprio discurso, vale ressaltar que a new left o usa de maneira torpe e trapaceira. O que estes libertários de esquerda não veem é que os socialistas de hoje não querem liberdades civis de verdade, eles querem apenas que o Estado regulamente estas liberdades. Nós falamos em liberação das drogas, eles falam de legalizá-las. Nós falamos em liberdades iguais, eles falam em direitos sociais e leis de privilégio. Sem contar que, quando falamos em liberdade econômica todos eles têm parada cardíaca. Não é à toa que a própria esquerda ridicularize os libertários de esquerda, exatamente como muitos conservadores fazem com os liberais de direita ou liberais conservadores.

O que liberais precisam aprender é que conservadores e socialistas não nos representam. Não é por concordamos com algo que eles digam e defendam de forma pontual que precisamos entrar de cabeça e guinar para o lado deles. Pelo contrário. Ter concordâncias pontuais é até natural, dificilmente alguém discorda em tudo. Mas é mais que necessário reconhecer que em essência somos completamente distintos. E isso era, inclusive, o que o próprio Bastiat defendia. Por isso me é tão entristecedor quando vejo libertários citando o bastião francês da liberdade enquanto tentam justificar sua inclinação espectral para a esquerda. Acho igualmente triste ver os liberais conservadores tentando justificar sua posição citando o trabalho de Reagan ou Tatcher, que foram tão pouco liberais quanto tantos outros.

Mas, é fato: precisamos ter foco. O que hoje aparece como hegemônico no espectro político é a esquerda e ela deve ser nosso alvo principal, sem dúvidas. Mesmo por que a direita atual tem muito menor relevância. E precisamos olhar o passado e reconhecer, ainda que tardiamente, que hoje a new left só possui tanta influência por causa dos nossos erros. Reconhecer isto é essencial para evitarmos o mesmo equívoco daqui para frente. Precisamos recuperar nossa pureza. E antes tarde do que nunca!

Acrescento, ainda, que é muito mais importante nos preocuparmos com o conteúdo e com a forma de nossas ideias do que em nos identificarmos como “isto” ou “aquilo”. Nós devemos fazer concessões somente se e quando houver legitimidade e um aparelhamento dentro daquilo que nós já defendemos, e não o contrário. A história já fez sua parte em nos mostrar os erros de nossos ídolos. Alguns tiveram a chance de morrer como heróis, mas outros viveram o bastante para tornarem-se “vilões”. Nós podemos traçar um novo caminho, levando o liberalismo adiante da forma como ele deve ser de verdade. Para isto, basta uma mudança de postura. Misture-se, portanto, ideias puras com um discurso flexível. Esta é a fórmula correta para adequar-se ao nosso tempo.
https://www.institutoliberal.org.br/blog/liberalismo-de-esquerda-ou-de-direita/

5) Existência e divulgação da operação Lava Jato e consequente revelação de esquemas corruptos em que vários partidos  (inclusive o partido do messias) fizeram parte;

Não subestime a capacidade da cegueira ideológica caro JJ, o partido do Bolsonaro foi afetado com isso, da mesma forma que partidos de esquerda foram, mesmo assim há quem ainda os defenda, apesar de acusações diretas, com nome do envolvido, ainda há os que defendem a liberdade do Brasilsilsil e da democracia verdadeira!!!!!

Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1129 Online: 08 de Julho de 2018, 10:13:49 »
É notável sua tentativa de mostrar que o crescimento da bancada BBB se deve muito às ideias e ideais direitistas, entretanto como ressaltei acima, houve também um crescimento (ou decréscimo :?:) de parte da esquerda, no qual ela em tentativas de se dar bem e crescer acabou por dar-se um "tiro no pé".

Ao menos a bancada BBB pode agradecer a esquerda (ou parte dela) por ter dado uma forcinha para eles crescerem, mesmo que de forma involuntária.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1130 Online: 08 de Julho de 2018, 10:57:35 »
O PT é o Lex Luthor do Brasil.

Alguém pode me dizer alguma coisa de nefasta no nosso país que não tenha sido culpa dos petralhas?

Faça-me o favor, o PT foi a pior coisa que poderia ter acontecido na década passada e início desta, mas o Brasil já era uma merda completa, cheia de oportunistas psicopatas e hipócritas religiosos desde sua descoberta.

Como diz o Luiz Gê, o povo brasileiro descende de três raças: o idiota, o debilmental e o filha da puta.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1131 Online: 08 de Julho de 2018, 11:05:07 »
Da mesma forma que a Bancada BBB pode agradecer os esquerdinhas por ter dado armas suficientes para ela poder se pintar como solução, na década de 90 os direitinhas do PFL, PP, PMDB entre outros, deram armas suficientes para o PT se pintar como incorruptível e solução dos problemas para a nação.

Hoje, os idiotas de direita estão se mostrando tão jegues, e claramente tão corruptos e oportunistas, que daqui a quatro anos não será surpresa se um líder "socialista" não surgir capitalizando em cima desses jegues.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1132 Online: 08 de Julho de 2018, 11:07:10 »
Um dos braços direitos do Bozonaro é o Alexandre Frota. Outro apoiador do mito é o Nando Moura.

Ao invés de Chauí, temos Olavo de Carvalho e Lobão.


Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1133 Online: 08 de Julho de 2018, 11:10:31 »
Da mesma forma que a Bancada BBB pode agradecer os esquerdinhas por ter dado armas suficientes para ela poder se pintar como solução, na década de 90 os direitinhas do PFL, PP, PMDB entre outros, deram armas suficientes para o PT se pintar como incorruptível e solução dos problemas para a nação.

Hoje, os idiotas de direita estão se mostrando tão jegues, e claramente tão corruptos e oportunistas, que daqui a quatro anos não será surpresa se um líder "socialista" não surgir capitalizando em cima desses jegues.

Agora os papéis se invertem. E em alguns anos, como você bem disse, é bem provável que haja outro a explorar os analfabetos políticos/massas.

Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1134 Online: 08 de Julho de 2018, 11:11:47 »
Um dos braços direitos do Bozonaro é o Alexandre Frota. Outro apoiador do mito é o Nando Moura.

Ao invés de Chauí, temos Olavo de Carvalho e Lobão.

Em ambos os lados, não há motivos para se animar. O que resta é escolher o menos pior, se há algum que possa ser considerado assim.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.345
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1135 Online: 08 de Julho de 2018, 11:12:31 »
Um dos braços direitos do Bozonaro é o Alexandre Frota. Outro apoiador do mito é o Nando Moura.

Ao invés de Chauí, temos Olavo de Carvalho e Lobão.



Ainda seria um avanço.

Qualquer merda acima do fundo do poço já é uma melhora.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1136 Online: 08 de Julho de 2018, 11:16:55 »
Da mesma forma que a Bancada BBB pode agradecer os esquerdinhas por ter dado armas suficientes para ela poder se pintar como solução, na década de 90 os direitinhas do PFL, PP, PMDB entre outros, deram armas suficientes para o PT se pintar como incorruptível e solução dos problemas para a nação.

Hoje, os idiotas de direita estão se mostrando tão jegues, e claramente tão corruptos e oportunistas, que daqui a quatro anos não será surpresa se um líder "socialista" não surgir capitalizando em cima desses jegues.

Agora os papéis se invertem. E em alguns anos, como você bem disse, é bem provável que haja outro a explorar os analfabetos políticos/massas.

Analfabetos políticos/massas estão sendo explorados hoje pela "direita" da mesma forma como foram explorados pela "esquerda" desde 2002. Antes disso eram explorados por políticos como Sarney, Collor, Ciro Gomes, Toninho Malvadeza...

O PT não inventou a roda, só deixou a coisa mais polarizada. A "nova safra" de políticos está agindo da mesmíssima forma que a petralhada. A diferença é que, ao invés de defender o pobre, estão defendendo a família.

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1137 Online: 08 de Julho de 2018, 11:26:19 »
E você não está levando em consideração o fato dessa guinada para a direita extremista é um fenômeno global, desde Duterte nas Filipinas até o Trump nos EUA. É culpa do PT também? O que quer que tenha acontecido no mundo para esse movimento não é explicado pela ascensão da esquerda no Brasil.

Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1138 Online: 08 de Julho de 2018, 11:55:38 »
E você não está levando em consideração o fato dessa guinada para a direita extremista é um fenômeno global, desde Duterte nas Filipinas até o Trump nos EUA. É culpa do PT também? O que quer que tenha acontecido no mundo para esse movimento não é explicado pela ascensão da esquerda no Brasil.

Hmmm, onde eu citei que tudo é culpa do PT?  :hein:

Um partido político estar no poder não significa que somente ele faça as coisas, mas que pode contribuir e facilitar para que ocorram.

E você não está levando em consideração o fato dessa guinada para a direita extremista é um fenômeno global, desde Duterte nas Filipinas até o Trump nos EUA. É culpa do PT também? O que quer que tenha acontecido no mundo para esse movimento não é explicado pela ascensão da esquerda no Brasil.

Falei em contexto de Brasil, mas como quer tratar do assunto globalmente não o deixarei a ver navios  :P

Você considera que essa mudança se deve por modismo ou por desconformidade com as práticas e visões políticas e econômicas de muitos países?

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.358
Re:Bolsonaro
« Resposta #1139 Online: 08 de Julho de 2018, 12:12:15 »
Eu acho que é muito mais complexo do que modismos ou esquerda versus direita. O que é considerado esquerda aqui é diferente do que é considerado esquerda nos EUA, Israel, Filipinas ou Europa.

Acho que você está individualizando o Brasil e focando só no PT, quando é claro que o fenômeno que está ocorrendo no Brasil tem semelhanças absurdas com o fenômeno que está ocorrendo no resto do mundo.

Eu culpo mais as echo chambers da internet do que o PT em si. O PT foi só a desculpa conveniente para que os extremistas justificassem a própria idiotice.


Offline Zero

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 237
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1140 Online: 08 de Julho de 2018, 14:46:25 »
Eu acho que é muito mais complexo do que modismos ou esquerda versus direita. O que é considerado esquerda aqui é diferente do que é considerado esquerda nos EUA, Israel, Filipinas ou Europa.

Concordo que há diferenças, entretanto ainda faltam-se algumas informações que considero importantes agregar minha visão política.
Algum texto de referência para eu saber mais sobre sua afirmação?

Acho que você está individualizando o Brasil e focando só no PT, quando é claro que o fenômeno que está ocorrendo no Brasil tem semelhanças absurdas com o fenômeno que está ocorrendo no resto do mundo.
Minha intenção primordial foi relatar da situação atual no Brasil, uma vasilha de água não transborda somente devido à última gota que resulta no transbordamento dela, mas também das gotas anteriores. Não sou extremista, posso ter minhas visões ideológicas, mas isso não faz com que eu jogue a culpa de todo um conjunto de fatos em uma única entidade, sei que a situação é devida a vários atos provindos de anos e mais anos de atitudes egoístas que visaram interesses pessoais ao invés de nacionais.

Eu culpo mais as echo chambers da internet do que o PT em si. O PT foi só a desculpa conveniente para que os extremistas justificassem a própria idiotice.

Gostaria que desse mais detalhes sobre a sua afirmação que por mim foi negritada.
« Última modificação: 08 de Julho de 2018, 14:51:12 por Zero »

Offline Cinzu

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 248
Re:Bolsonaro
« Resposta #1141 Online: 08 de Julho de 2018, 16:23:07 »
Bom, se considerar que a qualidade da educação durante o governo do PT diminuiu consideravelmente, é razoável admitir que isso contribuiu para uma população ignorante a ponto de achar que as tais bancadas BBB serão benéficas ao país.



Poderia apresentar boas pesquisas que mostrem que houve  diminuição  considerável  na qualidade da educação  na comparação entre os períodos 1998-2002  (2° governo FHC) e 2003-2007 (1° governo Lula) ? E supondo que realmente tenha havido, que também aponte de forma adequada que a causa tenha a ver realmente com alguma mudança específica adotada no período ?

Ou tudo não passa de mera especulação e mera suposição ?

Dados do Pisa comprovam isso.

https://g1.globo.com/educacao/noticia/brasil-cai-em-ranking-mundial-de-educacao-em-ciencias-leitura-e-matematica.ghtml

Apesar de termos tido nos últimos anos maior quantidade de pessoas alfabetizadas, matriculadas e que concluíram o ensino básico e médio, os indicadores mostram que o desempenho dos estudantes tem caído nos últimos anos.

Edit: De qualquer forma, assumo que esse não é um argumento que justifique o que mencionei anteriormente. Mas o segundo, sim.
« Última modificação: 08 de Julho de 2018, 16:34:01 por Cinzu »
O verdadeiro inferno está em nossas mentes. Cabe a nós libertá-lo ou não.

Offline Cinzu

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 248
Re:Bolsonaro
« Resposta #1142 Online: 08 de Julho de 2018, 16:31:24 »
Quanto às suas "causas", você ignorou as principais que têm contribuído para a disseminação de grupos conservadores:

- Revogação do Estatuto do Desarmamento + Aumento da criminalidade;

- Políticas ideológicas em instituições de ensino.
O verdadeiro inferno está em nossas mentes. Cabe a nós libertá-lo ou não.

Offline Cinzu

  • Nível 12
  • *
  • Mensagens: 248
Re:Bolsonaro
« Resposta #1143 Online: 08 de Julho de 2018, 16:41:01 »
Da mesma forma que a Bancada BBB pode agradecer os esquerdinhas por ter dado armas suficientes para ela poder se pintar como solução, na década de 90 os direitinhas do PFL, PP, PMDB entre outros, deram armas suficientes para o PT se pintar como incorruptível e solução dos problemas para a nação.

Hoje, os idiotas de direita estão se mostrando tão jegues, e claramente tão corruptos e oportunistas, que daqui a quatro anos não será surpresa se um líder "socialista" não surgir capitalizando em cima desses jegues.

Parece ser um rodízio.

A vez da esquerda em fazer merda terminou. Agora vai ser a vez da direita.

A direita atual, tornou-se muito mais extremista que a esquerda. Eles sequer aceitam a opinião de alguém que não se auto-afirma totalmente de direita. Alguém com posicionamento de centro ou centro-direita é classificado como isentão e, consequentemente, esquerdista.
« Última modificação: 08 de Julho de 2018, 16:43:08 por Cinzu »
O verdadeiro inferno está em nossas mentes. Cabe a nós libertá-lo ou não.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.218
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1144 Online: 08 de Julho de 2018, 20:39:38 »
Bom, se considerar que a qualidade da educação durante o governo do PT diminuiu consideravelmente, é razoável admitir que isso contribuiu para uma população ignorante a ponto de achar que as tais bancadas BBB serão benéficas ao país.



Poderia apresentar boas pesquisas que mostrem que houve  diminuição  considerável  na qualidade da educação  na comparação entre os períodos 1998-2002  (2° governo FHC) e 2003-2007 (1° governo Lula) ? E supondo que realmente tenha havido, que também aponte de forma adequada que a causa tenha a ver realmente com alguma mudança específica adotada no período ?

Ou tudo não passa de mera especulação e mera suposição ?

Dados do Pisa comprovam isso.

https://g1.globo.com/educacao/noticia/brasil-cai-em-ranking-mundial-de-educacao-em-ciencias-leitura-e-matematica.ghtml

Apesar de termos tido nos últimos anos maior quantidade de pessoas alfabetizadas, matriculadas e que concluíram o ensino básico e médio, os indicadores mostram que o desempenho dos estudantes tem caído nos últimos anos.

Edit: De qualquer forma, assumo que esse não é um argumento que justifique o que mencionei anteriormente. Mas o segundo, sim.

O uma proporção maior da população em idade escolar tirando apenas "C" é melhor do que uma proporção maior dos alunos especificamente tirando notas melhores, com um total menor de alunos.

Isso não pode ser desculpa para um desempenho precário (e deve ter sido sempre aquém do ideal), mas é mais ou menos inevitável de ocorrer em algum grau na medida em que se aumenta o acesso à educação.

Desconfio de qualquer forma que o apoio ao "BBB" não seja tão associado à menor educação, mas principalmente a conservadorismo/religiosidade mesmo, talvez até com uma ligeira vantagem em educação, se comparado ao petismo.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.144
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1145 Online: 10 de Julho de 2018, 08:20:40 »
Bolsonaro tentou contratar marqueteiros de Trump, diz jornal

Brasil  21.01.18 11:01

Jair Bolsonaro sondou a empresa de marketing Cambridge Analytics, que fez a campanha de Donald Trump.

Levou um “não”, porque avaliaram que Bolsonaro tem uma imagem ruim, segundo o Estadão.

Bolsonaro disse ao jornal que a sondagem foi feita sem a sua autorização e que ele não teria dinheiro para contratar a Cambridge Analytics.


https://www.oantagonista.com/brasil/bolsonaro-tentou-contratar-marqueteiros-de-trump-diz-jornal/


Offline Agnoscetico

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.562
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1146 Online: 12 de Julho de 2018, 15:42:27 »
Um dos braços direitos do Bozonaro é o Alexandre Frota. Outro apoiador do mito é o Nando Moura.

Ao invés de Chauí, temos Olavo de Carvalho e Lobão.



Ainda seria um avanço.

Qualquer merda acima do fundo do poço já é uma melhora.

Ter Olavo de Carvalho no meio é avanço? Só se for pra trás!
Um cara que critica vacinação com base em conspiracionismo? Não, obrigado! Até comunismo chinês deve ser melhor!


Offline Agnoscetico

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.562
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1147 Online: 12 de Julho de 2018, 15:43:57 »


<a href="https://www.youtube.com/v/H70FhskAaFE" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/H70FhskAaFE</a>



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.144
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1148 Online: 17 de Julho de 2018, 08:40:37 »

Jornalista que revelou plano terrorista de Bolsonaro no Rio disse que ele a ameaçou de morte. Por Kiko Nogueira



Publicado por Kiko Nogueira -  16 de julho de 2018


 

Tweet

inShare



O croqui do plano de Bolsonaro na matéria da Veja


A greve dos caminhoneiros não foi e não será o único movimento de desestabilização de um governo que envolve Jair Bolsonaro.


Em 1987, uma reportagem da Veja revelou que ele elaborou um plano terrorista para explodir bombas em quartéis e outros locais estratégicos no Rio de Janeiro.


Bolsonaro e outro militar, Fábio Passos, queria pressionar o comando.


“Sem o menor constrangimento, Bolsonaro deu uma detalhada explicação sobre como construir uma bomba-relógio”, escreveu a repórter Cássia Maria.


“O explosivo seria o trinitrotolueno, o TNT, a popular dinamite. O plano dos oficiais foi feito para que não houvesse vítimas. A intenção era demonstrar a insatisfação com os salários e criar problemas para o ministro Leônidas Pires Gonçalves. De acordo com Bolsonaro, se algum dia o ministro do Exército resolvesse articular um golpe militar, ‘ele é que acabaria golpeado por sua própria tropa, que se recusaria a obedecê-lo’”.


Leônidas tentou desmentir a história, mas a revista publicou desenhos feitos à mão pelo próprio Bolsonaro, mostrando a adutora de Guandu, que abastece o Rio, e o rabisco de uma carga de dinamite.


O ato grave de indisciplina culminou em 15 dias de cadeia para o então capitão. Documentos foram publicados pelo DCM com exclusividade.


O STM, por nove votos a quatro, considerou–o inocente, mesmo depois de uma comissão interna do Exército, chamada de Conselho de Justificação, tê-lo excluído do quadro da Escola Superior de Aperfeiçoamento de Oficiais (ESAO) e de suas explicações não terem sido consideradas satisfatórias.


Bolsonaro mentiu que não conhecia Cássia. E depois a ameaçou de morte.


Cássia afirma que, quando se preparava para depôr no caso, encontrou Bolsonaro.


Ele fez um gesto com as mãos, como se estivesse disparando uma arma contra ela. “Você vai se dar mal”, disse-lhe JB.


Cássia passou a precisar de proteção policial.


Trinta anos depois, esse sujeito é o segundo colocado nas pesquisas eleitorais, com basicamente os mesmos métodos.


https://www.diariodocentrodomundo.com.br/jornalista-que-revelou-plano-terrorista-de-bolsonaro-no-rio-disse-que-ele-a-ameacou-de-morte-por-kiko-nogueira/


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.144
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #1149 Online: 21 de Julho de 2018, 08:39:07 »


Bolsonaro quer mais dez ministros no STF – para indicar todos


Proposta praticamente dobraria o número de magistrados e elevaria os gastos com salários em R$ 4 milhões ao ano; ditadura militar teve iniciativa semelhante


Por Da Redação access_time 2 jul 2018, 22h08 - Publicado em 2 jul 2018, 20h56



Descontente com os rumos do Supremo Tribunal Federal (STF), o pré-candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro (PSL), já encontrou a solução para corrigir os problemas da Corte: aumentar de onze para 21 o número de ministros. Assim, afirma, “poderia colocar dez isentos”.


A declaração foi feita durante a participação do deputado federal no programa Cidade 190, da TV Cidade, no Ceará. Ele foi entrevistado pelo também parlamentar Vitor Valim (PROS-CE), que se divide entre a Câmara dos Deputados e o jornalístico, de cobertura policial.


Bolsonaro disse que pretende “enxugar a máquina”, reduzindo o número de ministérios da administração federal, mas que vai abrir uma exceção para expandir os gastos do Supremo. “Você pode falar que é um absurdo, mas é uma maneira de colocar dez isentos lá dentro. Porque, da forma como eles têm decidido as questões nacionais, nós não podemos sequer sonhar em mudar o Brasil”, afirmou o pré-candidato.


Em 2018, o orçamento do STF é de nada módicos 714 milhões de reais com os atuais ministros, sendo que cada um recebe salário mensal no teto do funcionalismo, de 33.763 reais por mês, somado a um abono de permanência, para os magistrados mais antigos, de 3.713 reais. Se considerado apenas o salário-base, sem férias, décimo-terceiro, assessores e outros auxílios, a proposta de Bolsonaro custaria pouco mais de 4 milhões de reais em um ano.


Para alcançar o objetivo, o parlamentar precisará enviar para o Congresso uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) e ficar na dependência de um apoio maciço do Legislativo para que seja aprovada — 308 deputados e 49 senadores. Há ainda o risco de que sejam apresentadas ações para questionar a constitucionalidade da medida, que pode ser interpretada como interferência na relação entre os Três Poderes.


Questionado por Valim, ele admitiu a possibilidade de indicar o juiz federal Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato no Paraná, para uma das vagas. Se for eleito, mas não conseguir expandir o STF, Bolsonaro poderá indicar ao menos dois ministros, os substitutos de Celso de Mello e Marco Aurélio Mello, que chegam aos 75 anos — idade da aposentadoria compulsória – antes do próximo pleito, em 2022.


Ditadura militar


Coincidência ou não, a estratégia de Bolsonaro repete algo feito nos primeiros anos da ditadura militar, há 43 anos. Em 1965, o Ato Institucional nº 2 (AI-2), decretado pelo primeiro presidente militar, Humberto Castello Branco, aumentou de onze para dezesseis o número de ministros do Supremo.



O objetivo era aumentar a influência do Executivo e evitar derrotas em pautas que tramitavam no STF, assim dando aparência de legalidade às medidas de exceção do regime, que, por causa dessa nova maioria, seriam aceitas pela Justiça. A formulação durou apenas quatro anos. Em 1969, o general Emílio Garrastazu Médici desfez as mudanças depois que cinco ministros deixaram a Corte após o Ato Institucional nº 5 (AI-5) — três aposentados compulsoriamente e dois que renunciaram.


Fila de propostas


Claro que o patrocínio do Poder Executivo, principalmente se Bolsonaro for eleito e tiver maioria parlamentar no Congresso, dará uma outra conotação à proposta. No entanto, uma eventual PEC seria mais uma em uma lista de dezenas que pretendem alterar a atual conformação do Supremo Tribunal Federal, segundo um levantamento do blog de VEJA Desvendados.


De todas elas, apenas uma propõe aumentar o número de magistrados. Ela foi apresentada em 2014 pelo então deputado federal Eduardo Cunha (MDB-RJ), hoje cassado e preso no âmbito das investigações da Lava Jato. Cunha defendia que o STF passasse a ter quinze ministros, com vagas divididas igualitariamente entre os Poderes: cinco decididas pelo presidente, cinco pelo Congresso e cinco pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).



https://veja.abril.com.br/politica/bolsonaro-quer-mais-dez-ministros-no-stf-para-indicar-todos/



Veja também


O pré-candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, durante sessão no Congresso Nacional, em Brasília (DF) - 25/04/2018
Política
Bolsonaro defendeu redução da licença maternidade
query_builder30 jun 2018 - 08h06

Política
O partido (nada) republicano: por que Bolsonaro e Alckmin querem seu apoio
query_builder29 jun 2018 - 17h06
Sessão do Supremo Tribunal Federal (STF), para julgamento sobre a restrição ao foro privilegiado de deputados e senadores - 02/05/2018
Política
Congresso tem mais de 30 propostas para mudar indicações ao STF
query_builder1 jun 2018 - 18h06


 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!