Autor Tópico: Bolsonaro  (Lida 53802 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.204
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #625 Online: 19 de Agosto de 2017, 11:30:44 »
A boa notícia é que o monstro morreu:


26/08/2015 13h34 - Atualizado em 26/08/2015 18h33

Suspeito de matar jornalistas durante transmissão ao vivo é preso nos EUA
Ele é ex-funcionário do canal onde trabalhavam Alison Parker e Adam Ward.

Suspeito atirou em si mesmo e estava ferido em estado crítico.

Do G1, em São Paulo
FACEBOOK
A Polícia do Estado da Virgínia informou ter prendido na tarde desta quarta-feira (26) o suspeito de ter matado a tiros os jornalistas Alison Parker e Adam Ward, funcionários de uma TV afiliada à rede norte-americana CBS. Eles foram mortos durante uma transmissão ao vivo.
 

MORTES AO VIVO
Jornalistas foram mortos nos EUA.
vídeo mostra disparo
perfil da repórter
morte do atirador


(ATUALIZAÇÃO: por volta das 15h, a polícia da Virgínia informou que o suspeito morreu no hospital. Leia mais: Suspeito de matar jornalistas nos EUA morre em hospital.)


O suspeito havia atirado em si mesmo enquanto era perseguido e foi transportado para o hospital em uma ambulância. O atirador foi apontado como Vester Lee Flanagan, um ex-empregado da emissora que utilizava na mídia o nome de Bryce Williams.

A repórter Alison Parker, de 24 anos, e o cinegrafista, Adam Ward, de 27 anos, do canal WDBJ-TV, foram atingidos na cidade de Moneta por volta das 6h45 (no horário local).

Flanagan registrou o disparo e postou o vídeo em sua conta no Twitter (veja o vídeo acima).

Ele escreveu também que Alison Parker havia feito comentários racistas e que Adam Ward fez uma reclamação contra ele no setor de recursos humanos do canal.

Foto de perfil do jornalista Bryce Williams no Twitter (Foto: Reprodução/Twitter/brycewilliams7)

Foto de perfil do jornalista Vester Lee Flanigan no

Twitter (Foto: Reprodução/Twitter/brycewilliams7)

Suspeito fugiu em carro

Segundo nota da Polícia do Estado da Virgínia, o veículo de Flanigan saiu da pista e bateu durante a fuga. "Os policiais abordaram o carro e encontraram o motorista com um ferimento de bala", afirma a polícia.

Também foi ferida no tiroteio a entrevistada Vicki Gardner, integrante da Câmera de Comércio da região. Ela conversava com a repórter no momento do crime. Ela foi atingida nas costas, passou por cirurgia e está em condição estável, segundo disse um porta-voz do hospital citada por um jornal local. Não havia detalhes sobre o estado de saúde dela.


O programa “Entertainment Tonight”,  da rede CBS, publicou no Twitter uma nota divulgada pela família da jornalista Alison Parker: “Isso é sem sentido e nossa família está destruída”, afirma o texto, que descreve Parker como “vivaz, ambiciosa, esperta, engajada, hilária, bonita e imensamente talentosa”.


Atirador havia sido demitido

Em transmissão ao vivo sobre a repercussão do assassinato de seus dois funcionários, o gerente geral da emissora WDBJ7, Jeff Marks, esclareceu que Vester Flanigan, usando profissionalmente o nome Bryce Williams, trabalhou na empresa e foi demitido há dois anos por problemas relacionados a sua raiva no ambiente de trabalho.


“Depois de muitos incidentes em que ele reagiu com muita raiva, nós o demitimos. Ele não aceitou bem [a demissão], nós tivemos que chamar a polícia para escoltá-lo para fora do prédio”, afirmou Marks no ar.



http://g1.globo.com/mundo/noticia/2015/08/suspeito-de-assassinar-reporteres-ao-vivo-e-preso.html

« Última modificação: 19 de Agosto de 2017, 11:36:47 por JJ »

Offline Vithor

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 159
Re:Bolsonaro
« Resposta #626 Online: 19 de Agosto de 2017, 14:33:20 »
Citação de: vithor
Hoje estamos saturando de jogos, filmes, séries , etc que acabam por criar uma cultura armamentista.

Cuja impacto em violência relacionado a armas de fogo é na pior das hipóteses, nulo. 

Caso contrário, veríamos uma explosão de violência relacionada a armas de fogo (incluindo ou não violência auto-inflingida, vulgo, suicídio) - que não é visto, uso o "usual suspect", nos Estados Unidos.
Não se considerarmos que os EUA tem a maior taxa de homicídios de Países Desenvolvidos..

Offline Muad'Dib

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.530
Re:Bolsonaro
« Resposta #627 Online: 19 de Agosto de 2017, 14:42:05 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #628 Online: 19 de Agosto de 2017, 15:18:43 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

Depende da cultura. Os desenhos japoneses são violentos desde décadas e a violência lá é baixa, comparando com os EUA. Nos EUA parece que o culto da violência é influenciável, as pessoas parecem que não sabem assistir algo sem ter que fazer aquilo no mundo real.





Offline Vithor

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 159
Re:Bolsonaro
« Resposta #629 Online: 19 de Agosto de 2017, 18:48:55 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

Depende da cultura. Os desenhos japoneses são violentos desde décadas e a violência lá é baixa, comparando com os EUA. Nos EUA parece que o culto da violência é influenciável, as pessoas parecem que não sabem assistir algo sem ter que fazer aquilo no mundo real.
Exatamente, você entendeu o ponto... Mas eu sou um Fã de desenhos japoneses e posso dizer que maioria deles podem ser violentos mas não usam armas para isso, é mais um Gore sem armas  de fogo, mais armas brancas como espadas...   
Mas que há um cultura Armamentista  nos EUA não dá pra negar...
é como se dizem, lá ensinam na creche como atirar..

Fora que na suiça é muito menos do que há nos EUA de programas violentos...

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Bolsonaro
« Resposta #630 Online: 19 de Agosto de 2017, 19:39:56 »
Com o direito de dirigir facilitados, me preocupo com barbeiros.
E com o "cidadão de bem" com síndrome de Ayrotn Senna porque agora, afinal de contas, tem um carro.
E com o "cidadão de bem" no qual dei uma batida no trânsito e está valente por estar armado.
E com o "cidadão de bem" que me confundiu com um bandido.
E com o "cidadão de bem" que saiu atirando em um bandido, real ou imaginário, e me acertou no processo.
E com o "cidadão de bem" que nunca deu um tiro mas acha que pode  reagir prontamente, como num filme, a qualquer ameaça.
E com o "cidadão de bem" que está bêbado, drogado, e armado.
E com o "cidadão de bem" que tem a idade mental de 12 anos e está armado.

E assim por diante. A lista é interminável. Espero que no Brasil o porte de armas nunca seja facilitado. Ter em casa, ainda acho menos mal.
Então o Brasil era um pandemônio antes do nobre Estatuto do Desarmamento.

Mas Devemos considerar que naquele tempo não havia uma cultura grande ao redor das armas...
Hoje estamos saturando de jogos, filmes, séries , etc que acabam por criar uma cultura armamentista.
HAHAHAHAHAH

Os desarmamentistas e seus malabarismos retóricos corriqueiros.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #631 Online: 19 de Agosto de 2017, 20:13:14 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #632 Online: 19 de Agosto de 2017, 21:18:17 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.

A influência cultural já não é. Se se tá num país com cultura do malandro e do bandido exaltado isso pesa muito. Isso não parece ser o caso do Japão, mas no Brasil sim.




Offline Euler1707

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 925
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:Bolsonaro
« Resposta #633 Online: 19 de Agosto de 2017, 21:54:00 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.

A influência cultural já não é. Se se tá num país com cultura do malandro e do bandido exaltado isso pesa muito. Isso não parece ser o caso do Japão, mas no Brasil sim.
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?

Ou será que pensas que, ao liberarem o porte de armas, haverá um aumento no número de roubos, assaltos, entre outros crimes com o possível uso de armas de fogo? 

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Bolsonaro
« Resposta #634 Online: 19 de Agosto de 2017, 22:05:39 »
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?

Ou será que pensas que, ao liberarem o porte de armas, haverá um aumento no número de roubos, assaltos, entre outros crimes com o possível uso de armas de fogo?

Esquece Euler. Para quem tem uma ideia pré-definida, todos os artifícios falaciosos para manter sua visão é válida. É o clássico "Mover as traves do Gol".
« Última modificação: 19 de Agosto de 2017, 22:07:57 por Gauss »
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Vithor

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 159
Re:Bolsonaro
« Resposta #635 Online: 19 de Agosto de 2017, 22:45:46 »
Ok... Já que os Argumentos não foram bem Recebidos começamos um Novo Round...  1 x  0 Para os Armamentistas...

Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Então Tendo em Mente que é possível chegar a segurança plena sem  liberar/facilitar a compra de armas num país... Qual seria a real intenção de  liberar/facilitar a compra de armas? Seria apenas uma Paranoia Libertária?  Tipo essa?


Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Bolsonaro
« Resposta #636 Online: 19 de Agosto de 2017, 23:05:11 »
Ok... Já que os Argumentos não foram bem Recebidos começamos um Novo Round...  1 x  0 Para os Armamentistas...

Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Então Tendo em Mente que é possível chegar a segurança plena sem  liberar/facilitar a compra de armas num país... Qual seria a real intenção de  liberar/facilitar a compra de armas? Seria apenas uma Paranoia Libertária?  Tipo essa?


Primeiro: A causa da pequena taxa de homicídios no Japão não passa exclusivamente no porte de armas, visto que há diversas maneiras de cometer um  assassinato, como o uso de armas brancas (facas e objetos cortantes), por exemplo. É mais que comprovado que há diversos fatores que tornam um país mais ou menos violento, como o nível de educação da população, nível de emprego, desenvolvimento, cumprimento e rigidez de leis, liberdade econômica, cultura, tráfico de drogas, etc. Se a causa de homicídios passasse exclusivamente por desarmamento, a taxa de homicídios no Brasil  não daria esse salto desde 2004/2005.



Segundo: Armamento pesado é diferente de pistolas e revólveres. O direito de compra e porte de armas defendido pelos """armamentistas""" é apenas de armas leves, no máximo fuzis semi-automáticos. Armas de uso exclusivo das Forças Armadas continuariam tendo seu direito de porte controlado pelo Exército. Trazer como exemplo para discussão um devaneio que nem ao menos é defendido seriamente pelos defensores do direito de compra e porte de armas de fogo é um desvio que pode se caracterizar como uma Falácia do Espantalho.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.204
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #637 Online: 20 de Agosto de 2017, 10:37:46 »
Ok... Já que os Argumentos não foram bem Recebidos começamos um Novo Round...  1 x  0 Para os Armamentistas...

Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Então Tendo em Mente que é possível chegar a segurança plena sem  liberar/facilitar a compra de armas num país... Qual seria a real intenção de  liberar/facilitar a compra de armas? Seria apenas uma Paranoia Libertária?  Tipo essa?





Sugerir que a intenção de quem é a favor da liberdade de ter e de portar armas também é a de chegar a uma  uma posição extrema, que na verdade só é defendida por uma minoria de alucinados anarco capitalistas, caracteriza o uso da:


Falácia do Espantalho




Nota: O texto quotado teve a sua imagem retirada posteriormente pelo forista que a tinha postado,  para que este comentário  não fique tenha seu sentido prejudicado lembramos que a imagem retirada fazia referência a liberdade de ter tanques de guerra (e outros blindados em estado operacional  por qualquer pessoas que quisesse e tivesse recursos para isso ). Tal sandice é defendida por anarco capitalistas, mas não por liberais comuns que querem a liberdade de ter e portar armas como revólveres e pistolas e talvez fuzis.







« Última modificação: 21 de Agosto de 2017, 08:43:21 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.204
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #638 Online: 20 de Agosto de 2017, 10:43:36 »

Então Tendo em Mente que é possível chegar a segurança plena sem  liberar/facilitar a compra de armas num país... Qual seria a real intenção de  liberar/facilitar a compra de armas?


Importantíssimo deixar claro que não vejo (e outros também) a liberação do porte de armas (revólveres, pistolas, e semelhantes) como uma forma primordial  de  tentar reduzir índices de homicídios intencionais (de forma significativa, estatisticamente falando).   Pois, pessoas que pesquisam um mínimo necessário sobre o assunto sabem perfeitamente que existem países com baixos índices de homicídio intencionais, e que não tem liberdade de porte de armas (mas, cujas realidades políticas, jurídicas, educacionais, culturais, históricas, etc, são bem diferentes das nossas).


A intenção é simplesmente dar o poder  de que pessoas possam optar livremente  por ter e portar uma arma caso julguem adequado.  De modo que um cidadão, com adequado treinamento, possa ter uma alguma chance  de dissuadir  e/ou reagir em tempo hábil a um ataque que tenha sido adequadamente detectado.


Do jeito que está a legislação atual, mesmo que um cidadão (atento e com treinamento adequado)  consiga perceber a iminência de um ataque (um assalto, por exemplo),  ele  terá que se submeter ao  bandido canalha facínora,  pois estará sem a ferramenta necessária  e adequada para repelir o ataque.


Ao contrário, esperar que possamos construir e ter uma realidade semelhante à da Austrália, ou da Arábia Saudita, ou da China, e que assim possamos ter uma legislação que penalize o porte de armas (com prisão, já que é atualmente tipificado como crime), e ao mesmo tempo  ter um baixo número de homicídios intencionais, não é algo realista (e no caso dos exemplos da Arábia Saudita e da China também não é algo desejável).


« Última modificação: 20 de Agosto de 2017, 11:10:34 por JJ »

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #639 Online: 20 de Agosto de 2017, 13:50:13 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.

A influência cultural já não é. Se se tá num país com cultura do malandro e do bandido exaltado isso pesa muito. Isso não parece ser o caso do Japão, mas no Brasil sim.
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?

Ou será que pensas que, ao liberarem o porte de armas, haverá um aumento no número de roubos, assaltos, entre outros crimes com o possível uso de armas de fogo?

E você pensa antes de ler?

Malandro tem dificuldades pra conseguir armas? Em que realidade paralela você vive? Já postei várias notícias sobre bandidos roubarem armas de uso exclusivo da polícia e do exército? Se isso não for malandragem, não sei o que seria.

E ainda tem a questão de quem tiver porte legal de arma, vai ser pra armas que não chegam nem aos pés do que os bandidos usam.

Exemplos de vídeos, só pra relembrar caso já não souber ou esqueceu: 

<a href="https://www.youtube.com/v/Ei6wvEXfeEk" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/Ei6wvEXfeEk</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/foSv7REjbuM" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/foSv7REjbuM</a>

<a href="https://www.youtube.com/v/LhitodR3Gmc" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/LhitodR3Gmc</a>









Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #640 Online: 20 de Agosto de 2017, 13:52:39 »
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?

Ou será que pensas que, ao liberarem o porte de armas, haverá um aumento no número de roubos, assaltos, entre outros crimes com o possível uso de armas de fogo?

Esquece Euler. Para quem tem uma ideia pré-definida, todos os artifícios falaciosos para manter sua visão é válida. É o clássico "Mover as traves do Gol".

Idem!

Se pensa assim!

Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #641 Online: 20 de Agosto de 2017, 13:58:08 »
Ok... Já que os Argumentos não foram bem Recebidos começamos um Novo Round...  1 x  0 Para os Armamentistas...

Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Então Tendo em Mente que é possível chegar a segurança plena sem  liberar/facilitar a compra de armas num país... Qual seria a real intenção de  liberar/facilitar a compra de armas? Seria apenas uma Paranoia Libertária?  Tipo essa?


Primeiro: A causa da pequena taxa de homicídios no Japão não passa exclusivamente no porte de armas, visto que há diversas maneiras de cometer um  assassinato, como o uso de armas brancas (facas e objetos cortantes), por exemplo. É mais que comprovado que há diversos fatores que tornam um país mais ou menos violento, como o nível de educação da população, nível de emprego, desenvolvimento, cumprimento e rigidez de leis, liberdade econômica, cultura, tráfico de drogas, etc. Se a causa de homicídios passasse exclusivamente por desarmamento, a taxa de homicídios no Brasil  não daria esse salto desde 2004/2005.



Segundo: Armamento pesado é diferente de pistolas e revólveres. O direito de compra e porte de armas defendido pelos """armamentistas""" é apenas de armas leves, no máximo fuzis semi-automáticos. Armas de uso exclusivo das Forças Armadas continuariam tendo seu direito de porte controlado pelo Exército. Trazer como exemplo para discussão um devaneio que nem ao menos é defendido seriamente pelos defensores do direito de compra e porte de armas de fogo é um desvio que pode se caracterizar como uma Falácia do Espantalho.

O Japão serve pra mostrar pra aqueles que ainda crêem que ter mais armas pro "cidadão de bem" = menos violência. Não há essa correlação.

E novamente pela enésima vez, comparar faca (curto alcance; a não ser que se seja um exímio ninja disparador de facas ou pelo menos um bom atirador) com arma de fogo (longo alcance; letalidade maior pelo poder de penetração devido a velocidade de disparo) é forçar a barra.





Offline Agnoscetico

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 2.985
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #642 Online: 20 de Agosto de 2017, 14:02:26 »

E agora voltando ao Bolsonaro, parece que na tem jeito vu votar nulo por décadas.


'Qual partido não recebe?', diz Bolsonaro sobre propina a rádio

http://www1.folha.uol.com.br/poder/2017/05/1886798-qual-partido-nao-recebe-diz-bolsonaro-sobre-propina-a-radio.shtml


Offline Euler1707

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 925
  • Sexo: Masculino
  • não há texto pessoal
Re:Bolsonaro
« Resposta #643 Online: 20 de Agosto de 2017, 16:16:28 »
Eu até acredito que filmes e jogos possam causar um efeito dessensibilizador ou até estimular pessoas de cabeça mais fraca a perderem um pouco o senso de realidade, mas nem de longe podem responsabilizados --ou mesmo assumirem uma significativa da culpa-- pela violência. Suíça tem m monte de armas e o povo de lá vê os mesmos filmes e joga os mesmo jogos que o resto do mundo.

A causa da violência é multifatorial.

O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.

A influência cultural já não é. Se se tá num país com cultura do malandro e do bandido exaltado isso pesa muito. Isso não parece ser o caso do Japão, mas no Brasil sim.
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?

Ou será que pensas que, ao liberarem o porte de armas, haverá um aumento no número de roubos, assaltos, entre outros crimes com o possível uso de armas de fogo?

E você pensa antes de ler?
Cara, às vezes você é engraçado. Você é daqueles tipos que se refutam sozinho, não consegue entender o que eu escrevo, e, ainda por cima, usa como argumento vídeos da internet.

Vejamos:

Citar
Malandro tem dificuldades pra conseguir armas?

Falta de interpretação sua:
Citação de: Oilim
Você pensa antes de escrever, ou desconsideras mesmo que num país com "cultura de malandro", quem é malandro já não tem dificuldade alguma para conseguir armas?
Isto é, você me fez a mesma pergunta retórica que eu te fiz.

Citar
Em que realidade paralela você vive? Já postei várias notícias sobre bandidos roubarem armas de uso exclusivo da polícia e do exército? Se isso não for malandragem, não sei o que seria.
Okey. Analisemos o contexto:
Wowbagger diz que a causa da violência é multifatorial, e que, por si só, a cultura pop não pode ser considerada como uma responsável de grande peso para o problema da violência.
Então o Lorentz responde assim:
Citar
O Japão deveria ter um número significativo de mortes por katanas ou mechs, mas isso não ocorre. Então a influência é questionável.
E então respondes assim:
Citar
A influência cultural já não é. Se se tá num país com cultura do malandro e do bandido exaltado isso pesa muito. Isso não parece ser o caso do Japão, mas no Brasil sim.
Se analisarmos com cuidado, veremos o seguinte:

Disseste que, num contexto em que se estava tratando sobre a influência da cultura pop sobre a taxa de homicídios e da possível legalização do porte de armas, e em reposta ao comentário sarcástico do Lorentz (que não deveria ter sido respondido de maneira séria por ninguém), disseste (e isso deduzo eu, já que seu comentário está um tanto quanto confuso) que a influência cultural não pode ser ignorada e que, num país com cultura de malandro, a legalização do porte de armas poderia influenciar negativamente (suponho eu) a taxa de crimes violentos (ou outro tipo de crime que se estiver discutindo aqui). Outra interpretação do seu comentário seria dizer que "filmes, games e desenhos violentos podem influenciar a violência", mas dado como me respondeste, fico com a alternativa anterior à essa.

E é aí que entra o meu comentário questionando o simples fato que "nesse país com cultura de malandro", independentemente da legalização do porte de armas, bandidos têm fácil acesso à armas, e se de fato, achas mesmo que se ao legalizarem o porte de armas, virá a ocorrer um aumento significativo no número de crimes com armas de fogo.

Eis que me respondes isso:

Citar
Malandro tem dificuldades pra conseguir armas? Em que realidade paralela você vive? Já postei várias notícias sobre bandidos roubarem armas de uso exclusivo da polícia e do exército? Se isso não for malandragem, não sei o que seria.
Me resta então perguntar a ti:
O querias dizer com esse comentário?
Porque postastes esses vídeos idiotas?
Achas mesmo que os bandidos precisam roubar suas armas da polícia militar e do exército, quando podem simplesmente contrabandarem essas armas, e outras armas ainda mais potentes, pelas fronteiras mal vigiadas de nossos país?
Ou será que as AK's 47 encontradas em nossas favelas em mãos desses bandidos são armas que são usadas por nosso exército?
Não?

E, por fim:
Citar
E ainda tem a questão de quem tiver porte legal de arma, vai ser pra armas que não chegam nem aos pés do que os bandidos usam.
Agnóstico, diga-nos, já que pareces entender tão bem do assunto, quão comum é as pessoas terem seus celulares e carteiras por bandido armados de fuzis?
Não tão comum?
Então a critica em seu "argumento" em relação a liberalização do porte de armas leves para auto-defesa é infundamentada em dados estatísticos, sendo, na verdade, mais um de seus espantalhos.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.209
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Bolsonaro
« Resposta #644 Online: 20 de Agosto de 2017, 20:06:37 »

O Japão serve pra mostrar pra aqueles que ainda crêem que ter mais armas pro "cidadão de bem" = menos violência. Não há essa correlação.

Foi o que eu deixei intrínseco no meu primeiro ponto.

Citar
E novamente pela enésima vez, comparar faca (curto alcance; a não ser que se seja um exímio ninja disparador de facas ou pelo menos um bom atirador) com arma de fogo (longo alcance; letalidade maior pelo poder de penetração devido a velocidade de disparo) é forçar a barra.
O uso de facas é relevante sim.

Dois estados brasileiros têm mais mortes por arma branca que por de fogo:
http://exame.abril.com.br/brasil/estados-mais-mortes-por-armas-branca-armas-de-fogo/

16% dos homicídios em São Paulo são causadas por armas brancas, e 10% por agressões, um número bastante relevante para descartar. A fonte é dos próprios pomposos do "Sou da Paz":
http://exame.abril.com.br/brasil/crimes-com-arma-branca-aumentaram-diz-pesquisa/
Citar
[...]Atualmente, as discussões são a razão principal dos homicídios – em 13% dos casos. Um dos dados preocupantes é que 19% das mortes têm indícios de execução, crimes normalmente premeditados e planejados.
Nos dias de hoje, aumentou a proporção de mulheres assassinadas (11,3%) e diminuiu a fatia dos que morrem por arma de fogo (61%). As facas (16%) e as agressões (10%) são mais recorrentes. Esses são alguns dos dados de estudo do Instituto Sou da Paz, que analisou 1.777 boletins de ocorrências de homicídios ocorridos em São Paulo entre 1.º de janeiro do ano passado e 30 de junho deste ano.[...]
Atualmente, são dois os principais motivos para os homicídios. No caso das discussões, em 48% dos casos a vítima morreu por arma branca. Nesses casos, além da elevada vitimização de mulheres, morrem pessoas mais velhas – mais da metade dos assassinados em São Paulo hoje tem mais de 30 anos.[...]
As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 687
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #645 Online: 20 de Agosto de 2017, 23:05:41 »
Citação de: vithor
Não se considerarmos que os EUA tem a maior taxa de homicídios de Países Desenvolvidos..

O que é irrelevante para o argumento utilizado - a mesma tendência recente de queda de homicídios intencionais é vista na maior parte dos países da União Europeia, Índia e países leste-asiáticos.

Aliás, para os que argumentam quanto a questão cultural - como vocês evidenciam isso? Como se mensura o grau de violência em uma cultura? Como se pode comparar isso entre diferentes culturas ou subculturas nacionais?

Citação de: vithor
Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Algo não relacionado ao tópico e a discussão, mas que considero um detalhe curioso - uma das estatísticas de causas de morte é a taxa de violência intencional, que soma o índice de homicídio com o de suicídios. Nessa mensuração, o Japão e Coreia do Sul tem índices similares aos do Brasil (aqui devido ao número grande de homicídios, no Japão e Coreia do Sul, porque os índices de suicídio são imensos).
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.204
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #646 Online: 21 de Agosto de 2017, 08:47:18 »
Citação de: vithor
Não se considerarmos que os EUA tem a maior taxa de homicídios de Países Desenvolvidos..

O que é irrelevante para o argumento utilizado - a mesma tendência recente de queda de homicídios intencionais é vista na maior parte dos países da União Europeia, Índia e países leste-asiáticos.

Aliás, para os que argumentam quanto a questão cultural - como vocês evidenciam isso? Como se mensura o grau de violência em uma cultura? Como se pode comparar isso entre diferentes culturas ou subculturas nacionais?

Citação de: vithor
Começo com a pergunta, será que realmente vale a pena liberar/facilitar a compra de armas num país? Visto que por exemplo o  Japão possui o Menor número de armas por habitantes do Mundo, E também possuem uma das menores Quantidades  de homicídios no  mundo ( Apenas 5 homicídios em 1 ano... )

Algo não relacionado ao tópico e a discussão, mas que considero um detalhe curioso - uma das estatísticas de causas de morte é a taxa de violência intencional, que soma o índice de homicídio com o de suicídios. Nessa mensuração, o Japão e Coreia do Sul tem índices similares aos do Brasil (aqui devido ao número grande de homicídios, no Japão e Coreia do Sul, porque os índices de suicídio são imensos).



Eu considero que este é  um problema relevante que mostra haver algo bem ruim nessa sociedade. 



Offline Fabrício

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.123
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #647 Online: 21 de Agosto de 2017, 10:46:43 »
Citação de: Gauss
Então o Brasil era um pandemônio antes do nobre Estatuto do Desarmamento.

Não sei se era, não tenho estatísticas daquele tempo.

Mas eu não disse que o Brasil vai se tornar um "pandemônio", só acho claríssimo que as mortes por motivos fúteis vão aumentar, considerando a cultura da impunidade e a falta de preparo usual da população brasileira.

Além do mais, mesmo antes do estatuto do desarmamento, adquirir arma no Brasil nunca foi fácil, principalmente no passado, onde a renda da população era menor e as restrições existiam também, mesmo sem o estatuto. E hoje mais pessoas tem condições de adquirir armas, com o aumento da renda média da população.

Pode ser que eu esteja errado, que uma possível liberação (ou facilitação) do porte de armas não aumente os homicídios em geral, mas duvido bastante.
« Última modificação: 21 de Agosto de 2017, 10:52:10 por Fabrício »
"Deus prefere os ateus"

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #648 Online: 21 de Agosto de 2017, 11:17:34 »
Deveríamos parar de usar o argumento de que países com controle de armas são mais seguros, pois é possível falar o mesmo dos países sem tanto controle.

Na minha opinião, os EUA nunca devem ser usados como parâmetro pois são um ponto fora da curva em quase todas as estatísticas.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 687
  • Sexo: Masculino
Re:Bolsonaro
« Resposta #649 Online: 21 de Agosto de 2017, 19:06:13 »
Citação de: JJ
Eu considero que este é  um problema relevante que mostra haver algo bem ruim nessa sociedade. 

Estados Unidos, assim como Brasil, China e Índia não são apenas um país, mas o que efetivamente pode se chamar de Império - devido a sua grande extensão territorial, diversidade étnica, complexa história migratória, é difícil tomar o agregado de algumas informações chaves (PIB per capita, expectativa de vida, índice de homicídios, para citar alguns) e assumir que ele informa o mesmo que informaria em "nações menores e mais homogêneas" (como a maioria das do continente Europeu e diversas leste-asiáticas).

Vulgo, vide a afirmação do Lorentz: Na minha opinião, os EUA nunca devem ser usados como parâmetro pois são um ponto fora da curva em quase todas as estatísticas.
"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!