Enquete

Qual sistema de governo você prefere para o Brasil?

Parlamentarismo
10 (76.9%)
Presidencialismo
1 (7.7%)
Semipresidencialismo
2 (15.4%)

Votos Totais: 12

Autor Tópico: Parlamentarismo X Presidencialismo  (Lida 943 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Parlamentarismo X Presidencialismo
« Online: 22 de Maio de 2016, 10:22:53 »
Resumindo as opções:


Parlamentarismo: o presidente não exerce o poder executivo, apenas funções protocolares, cerimoniais e, em circunstâncias excepcionais, poder moderador (dissolver o parlamento e convocar novas eleições).

Presidencialismo: o poder executivo está inteiramente nas mãos do presidente, sem responsabilidade perante o parlamento.

Semipresidencialismo: há várias configurações possíveis, mas o caso geral é o exercício conjunto do poder executivo pelo presidente e o parlamento, com divisão de tarefas por área ou exercício concorrente do poder (necessitando acordo e consenso entre ambos).


Pra quem for monarquista, parlamentarismo é a opção mais próxima.

Pra quem for comunista ou 'bolivariano', o presidencialismo é o sistema que dá mais meios para buscar o autoritarismo necessário.



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #1 Online: 22 de Maio de 2016, 10:30:51 »
Parlamentarismo,  porque se o 1° ministro perder a confiança do parlamento ele cai, sem que seja necessário tanta firula jurídica. Pelo menos é o que me parece. Ou tem outra alternativa melhor para o caso de termos um péssimo governante, como foi o caso agora da Dilma ?





« Última modificação: 22 de Maio de 2016, 10:33:41 por JJ »

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #2 Online: 22 de Maio de 2016, 10:32:51 »
Curiosidade:  Os únicos países avançados presidencialistas são os EUA e a Coréia do Sul. Os demais países avançados são parlamentaristas, com uma minoria semipresidencialista (França e Portugal).
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #3 Online: 22 de Maio de 2016, 10:39:08 »
O sistema alemão tem uma regra criada para evitar períodos excessivamente longos de instabilidade política (erro aprendido com o fracasso da República de Weimar), a "moção construtiva de desconfiança", ou seja, o primeiro-ministro só pode ser afastado se já houver uma coalizão (com o apoio da maioria) pronta para assumir.

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Skorpios

  • Visitante
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #4 Online: 22 de Maio de 2016, 15:07:18 »
Parlamentarismo. Tem um artigo interessante sobre o assunto da representatividade do eleitor aqui , se bem que não é diretamente sobre o assunto da enquete.
De qualquer modo, já seria um avanço.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #5 Online: 22 de Maio de 2016, 22:41:29 »
Talvez um Parlamentarismo ao molde alemão. Ou outro melhor estruturado à realidade brasileira. Mas o melhor para o Brasil atualmente seria um semipresidencialismo como o da França. Fico com o  semipresidencialismo.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #6 Online: 22 de Maio de 2016, 22:52:11 »
Sem entender o suficiente da coisa, esse semi-presidencialismo me parece meio "bagunçado". Uma espécie de uncanny valley de organização hierárquica.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #7 Online: 23 de Maio de 2016, 14:40:39 »
Sem entender o suficiente da coisa, esse semi-presidencialismo me parece meio "bagunçado". Uma espécie de uncanny valley de organização hierárquica.

Acho que seria um choque para o brasileiro mudar imediatamente para o parlamentarismo, mesmo sendo a melhor forma para mim. O semipresidencialismo talvez pudesse ser utilizado como um meio transicional para o parlamentarismo, para tentar mudar culturalmente a cabeça do brasileiro em geral para entender melhor o sistema parlamentar.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline João da Ega

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 774
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #8 Online: 23 de Maio de 2016, 18:26:36 »
Edit: Era uma pergunta que já obtive a resposta em pesquisa que fiz, por isso apaguei.
« Última modificação: 23 de Maio de 2016, 20:06:10 por João da Ega »
"Nunca devemos admitir como causa daquilo que não compreendemos algo que entendemos menos ainda." Marquês de Sade

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.816
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #9 Online: 02 de Maio de 2019, 10:49:20 »

“Aí acaba aquela tese de conspiradores”, diz deputado que defende parlamentarismo no Brasil


Brasil  02.05.19 08:30



O líder do Podemos na Câmara, José Nelto, confirmou a O Antagonista que vai incentivar os colegas a discutir o projeto de José Serra para implementar o parlamentarismo no Brasil, como registramos ontem.


Ele acredita que “este é o momento ideal para que o parlamentarismo vire uma realidade”.


O deputado goiano argumenta que “a democracia está ameaçada” e que, com o novo regime de governo, “você vai acabar com a velha política, com o toma lá, dá, cá” e “vai ter estabilidade, não permitindo mais golpes”.

“Se o governo é fraco, cai o governo e novas eleições são convocadas. Aí, sim, acaba aquela tese dos conspiradores, daqueles que ficam conspirando contra as democracias”, emendou.


https://www.oantagonista.com/brasil/ai-acaba-aquela-tese-de-conspiradores-diz-deputado-que-defende-parlamentarismo-no-brasil/



Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #10 Online: 02 de Maio de 2019, 13:36:47 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.888
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #11 Online: 02 de Maio de 2019, 13:48:46 »
Acho que seria melhor mesmo mais autonomia estadual e municipal.
« Última modificação: 02 de Maio de 2019, 21:42:24 por Sergiomgbr »

Offline JungF

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 546
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #12 Online: 03 de Maio de 2019, 14:42:27 »
Supondo-se um parlamento corporativista, qual seria a solução?

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.820
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #13 Online: 03 de Maio de 2019, 15:54:08 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Com o parlamentarismo quem seria o primeiro ministro hoje? Rodrigo Maia. E no passado quem poderia ter sido? Temer, Cunha, Renan, Jader Barbalho, Severino Cavalcante, etc... Não vejo nenhuma mudança significativa de um regime para o outro, mas sem dúvida estaríamos milhões de anos luz melhor do que com Bolsonaro...

Pensando bem, no curto prazo não estaríamos nessa chicana olavete sulrrealista da atualidade. Só teríamos que nos preocupar se os canalhas estariam roubando ou não, as maluquices não existiriam nessa quantidade absurda.
« Última modificação: 03 de Maio de 2019, 15:59:06 por _Juca_ »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.007
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #14 Online: 03 de Maio de 2019, 17:19:36 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Com o parlamentarismo quem seria o primeiro ministro hoje? Rodrigo Maia. E no passado quem poderia ter sido? Temer, Cunha, Renan, Jader Barbalho, Severino Cavalcante, etc... Não vejo nenhuma mudança significativa de um regime para o outro, mas sem dúvida estaríamos milhões de anos luz melhor do que com Bolsonaro...

Melhor?

Sério?

Com o Renan e o Barbalho?

Uau...


Pensando bem, no curto prazo não estaríamos nessa chicana olavete sulrrealista da atualidade. Só teríamos que nos preocupar se os canalhas estariam roubando ou não, as maluquices não existiriam nessa quantidade absurda.

Sei...
Foto USGS

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.820
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #15 Online: 03 de Maio de 2019, 17:55:03 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Com o parlamentarismo quem seria o primeiro ministro hoje? Rodrigo Maia. E no passado quem poderia ter sido? Temer, Cunha, Renan, Jader Barbalho, Severino Cavalcante, etc... Não vejo nenhuma mudança significativa de um regime para o outro, mas sem dúvida estaríamos milhões de anos luz melhor do que com Bolsonaro...

Melhor?

Sério?

Com o Renan e o Barbalho?

Uau...




Com certeza absoluta. Gatunos como Bolsonaro, com a vantagem de não serem completos incapazes e paranóicos.


Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.007
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #16 Online: 03 de Maio de 2019, 18:06:40 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Com o parlamentarismo quem seria o primeiro ministro hoje? Rodrigo Maia. E no passado quem poderia ter sido? Temer, Cunha, Renan, Jader Barbalho, Severino Cavalcante, etc... Não vejo nenhuma mudança significativa de um regime para o outro, mas sem dúvida estaríamos milhões de anos luz melhor do que com Bolsonaro...
Melhor?

Sério?

Com o Renan e o Barbalho?

Uau...
Com certeza absoluta. Gatunos como Bolsonaro, com a vantagem de não serem completos incapazes e paranóicos.

Gatunos como o Bozo?

Você não está confundindo ele com o líder da seita?

Quais são as acusações de enriquecimento ilícito contra o Bozo, com um mínimo de evidências?
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #17 Online: 03 de Maio de 2019, 18:27:59 »
No mínimo tem os laranjas e o nepotismo, ainda que o nepotismo em parte tivesse sido legal.











Pra quem for monarquista, parlamentarismo é a opção mais próxima.

Pra quem for comunista ou 'bolivariano', o presidencialismo é o sistema que dá mais meios para buscar o autoritarismo necessário.


Para quem for "monarquista parlamentar," não é? Desconfio que a ala olavete monarquista do governo atual tenda preferir um presidencialismo, não podendo ter uma monarquia absoluta ou algo mais intermediário.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.888
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #18 Online: 03 de Maio de 2019, 18:42:55 »
Poxa se o Olavalo for mesmo um eficiente influenciador na política, talvez seja mesmo o caso de cooptá-lo pela causa monarquista.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #19 Online: 05 de Maio de 2019, 21:58:21 »
O parlamentarismo seria menos suscetível a populismo de "salvadores da pátria" que o presidencialismo?

Seria mais vulnerável a corporativismo?

Com o parlamentarismo quem seria o primeiro ministro hoje? Rodrigo Maia. E no passado quem poderia ter sido? Temer, Cunha, Renan, Jader Barbalho, Severino Cavalcante, etc... Não vejo nenhuma mudança significativa de um regime para o outro, mas sem dúvida estaríamos milhões de anos luz melhor do que com Bolsonaro...

Pensando bem, no curto prazo não estaríamos nessa chicana olavete sulrrealista da atualidade. Só teríamos que nos preocupar se os canalhas estariam roubando ou não, as maluquices não existiriam nessa quantidade absurda.
Com o parlamentarismo, Lula, FHC e etc. buscariam assentos no parlamento como líderes de sua facção política. Não acho que os citados por você chegariam ao posto de primeiro-ministro.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #20 Online: 06 de Maio de 2019, 13:04:08 »
Parece que eles cogitaram essa parceria.

Citar

Política Confunde Biografias do "Príncipe" FHC e do "Sapo" Lula
Escrito por Carlos Jurandir   

[...]

Os dois se encontraram até na campanha pelo parlamentarismo. “Se passasse” – conta Markun, “Lula seria o presidente e FH, o primeiro-ministro.

[...]

http://web.archive.org/web/20101028223222/http://www.brazil-brasil.com/content/view/216/78/

Realidade paralela curiosa, uma espécie de "homem do castelo alto" tupiniquim, ainda que com uma bifurcação temporal significativamente menos dramática.


Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.920
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #21 Online: 06 de Maio de 2019, 13:22:10 »
Faltou a opção "democracia direta socialista" na enquete.


Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.920
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #23 Online: 06 de Maio de 2019, 16:03:31 »
Além de monarquia cristã e democracia direta cristã do homem de bem.

A democracia burguesa dessa vertente ainda assim seria compatível com o presidencialismo burguês, o parlamentarismo burguês e o semipresidencialismo burguês.
« Última modificação: 06 de Maio de 2019, 16:05:48 por -Huxley- »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.522
  • Sexo: Masculino
Re:Parlamentarismo X Presidencialismo
« Resposta #24 Online: 06 de Maio de 2019, 16:06:56 »
A burguesia não é necessariamente cristã; muito da burguesia agora serve ao marxismo fabiano-gramsciano internacional e à religião biônica.

O próprio catolicismo já foi infiltrado pelo marxismo, como é mais do que nunca evidenciado pelo novo papa, comunista confesso. Adivinhe quem já alertava disso?



Civilização biônica
por Olavo de Carvalho em 16 de junho de 2007

© 2007 MidiaSemMascara.org


O abortismo, assim como os privilégios imperiais reivindicados pelo movimento gay ou a destruição sistemática de todas as tradições religiosas, é parte integrante do projeto do governo mundial, cuja formulação remonta ao século XIX e que é o objetivo permanente buscado pela oligarquia financeira internacional com a ajuda de movimentos esquerdistas generosamente subsidiados e inteligentemente monitorados.

Não é só um projeto político: é uma civilização mundial inteira criada em proveta, uma reforma radical da natureza humana concebida em moldes gnósticos, um “admirável mundo novo” implantado a toque de caixa, ante os olhos atônitos de uma humanidade inerme e sonsa que se deixa arrastar sem saber para onde.

A parte destrutiva do projeto exige desarraigar moral e psicologicamente as multidões mediante a supressão forçada de suas referências religiosas e culturais, criando um estado de anarquia mental e desespero que em seguida será remediado providencialmente pelo advento de uma nova religião mundial sincrética -- a parte reconstrutiva --, cujo desenho já está pronto nos seus mínimos detalhes. Se dúvida, veja a documentação reunida por Lee Pen em False Dawn , que já mencionei mais de uma vez em meus artigos.

A tentação de chamar isso de “teoria da conspiração” é grande, porque o programa é tremendamente parecido com o dos Protocolos dos Sábios de Sião , com uma diferença: os judeus não entram na história senão como bodes expiatórios e cobaias de um experimento mortífero.

Pode parecer coincidência, mas a diluição proposital do judaísmo por meio de agentes infiltrados e traidores bem pagos, tal como descrita pelo rabino Marvin Antelman em To Eliminate the Opiate (2 vols., Jerusalem, Zionist Book Club), foi o primeiro ensaio consistente da modernidade no sentido de transmutar uma religião no seu oposto, exatamente como se faria mais tarde com o protestantismo através do Conselho Mundial das Igrejas e com o catolicismo através da apropriação comunista do Concílio Vaticano II. O judaísmo foi a primeira baixa na guerra mundial contra as religiões. É uma ironia macabra, mas bem significativa, que a vítima fosse em seguida apontada como autora do crime.

A oligarquia financeira global tem existência histórica suficientemente contínua para se aventurar em projetos estratégicos de longuíssimo prazo, e a prova documental de seus esforços nesse sentido é hoje tão abundante que negar os fatos se torna cada vez mais difícil (V., por exemplo, Phil Kent, Foundations of Betrayal. How the Liberal Super-Rich Undermine America, Johnson City, TB, Zoe Publications, 2007).

É evidente que a subversão das religiões desde dentro não funcionaria se não viesse complementada por campanhas de desmoralização enormemente vastas, dispendiosas e bem sincronizadas, assim como por empreendimentos simultâneos destinados a introduzir mudanças de choque nos códigos morais da humanidade.

Abortismo e homossexualismo, repentinamente apresentados como valores éticos obrigatórios para as mesmas populações que até ontem os abominavam, são só dois itens de um vasto cardápio de mudanças traumáticas calculadas por engenheiros comportamentais para produzir um estado de estupor moral e induzir à obediência passiva.

Fonte

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!