Autor Tópico: Reforma da Previdência  (Lida 13558 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.898
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #500 Online: 29 de Maio de 2019, 11:18:10 »
Impostos em países nordicos são, na realidade, altos para todo mundo. A maior alíquota de imposto de renda já se aplica quando a renda é apenas 1.5 vezes a renda média do país.

Pegando a Dinamarca como exemplo, a maior alíquota de IR de lá é 60%. Porém ela já entra quando a renda da pessoa é 1.2 vezes a renda média do país.

Se a renda da média da Dinamarca for US$ 5000,00 por mês, significa que pessoas que ganham USS$ 6000,00 já pagariam 60% de IR

Usando o mesmo raciocínio com o Brasil:

Renda média braisleira: R$2000,00 . Aplicando a alíquota Dinamarquesa nos brasileiros. Quem ganha 2400,00 por mês ou mais já pagaria uma alíquota Marginal de 60%

É bem evidente que uma coisa dessas não funcionaria aqui. Países nórdicos parecem ser mais o caso de "O país tem altos impostos porque é rico" ao invés de : "O país é rico, pois tem altos impostos".

Fonte: https://taxfoundation.org/how-scandinavian-countries-pay-their-government-spending/

Sem considerar o elevado padrão ético da população refletida nos seus homens públicos.

Quem por aqui gostaria de deixar 60% dos seus rendimentos para pessoas como Lula, Aécio, Ciro, Dirceu, Maria do Rosário e outros?
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.158
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #501 Online: 29 de Maio de 2019, 11:25:44 »

É uma grande piada neo liberáloide  achar que diminuindo a renda dos mais pobres haverá mais crescimento econômico. 


Coisa de loucos mesmo.  Patético.


 :biglol:
 



O racional em termos liberais é atacar as causas dos maiores custos internos, ao invés  de aumentar tributos sobre a importação de produtos de outro país.





Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.158
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #502 Online: 29 de Maio de 2019, 11:35:38 »
Impostos em países nordicos são, na realidade, altos para todo mundo. A maior alíquota de imposto de renda já se aplica quando a renda é apenas 1.5 vezes a renda média do país.

Pegando a Dinamarca como exemplo, a maior alíquota de IR de lá é 60%. Porém ela já entra quando a renda da pessoa é 1.2 vezes a renda média do país.

Se a renda da média da Dinamarca for US$ 5000,00 por mês, significa que pessoas que ganham USS$ 6000,00 já pagariam 60% de IR

Usando o mesmo raciocínio com o Brasil:

Renda média braisleira: R$2000,00 . Aplicando a alíquota Dinamarquesa nos brasileiros. Quem ganha 2400,00 por mês ou mais já pagaria uma alíquota Marginal de 60%

É bem evidente que uma coisa dessas não funcionaria aqui. Países nórdicos parecem ser mais o caso de "O país tem altos impostos porque é rico" ao invés de : "O país é rico, pois tem altos impostos".

Fonte: https://taxfoundation.org/how-scandinavian-countries-pay-their-government-spending/

Acho que é mais complicado que isso, e tendo sim um pouco de "é rico (ou, há menos pobreza/desigualdade), pois tem altos impostos":



https://www.cbpp.org/us-poverty-rate-is-high-after-taxes-and-transfers-compared-to-similarly-wealthy-countries
https://www.cbpp.org/blog/taking-stock-of-the-safety-net-part-6-it-works-but-it-doesnt-do-enough


Lembrando que a redução da pobreza/desigualdade não se limita ao matematicamente inerente em políticas redistributivas/assistencialistas, mas também na redução de externalidades negativas da pobreza, como desvalorização de propriedade.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.693
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #503 Online: 29 de Maio de 2019, 13:13:50 »
Os quatro tigres asiáticos e o Chile reduziram a pobreza absoluta de forma muito mais rápida do que todos os países desenvolvidos de industrialização antiga. Todos eles, com exceção da Coreia do Sul, tiveram e ainda têm carga tributária irrisória comparado à do Brasil atual.
« Última modificação: 29 de Maio de 2019, 19:03:42 por -Huxley- »

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.693
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #504 Online: 29 de Maio de 2019, 13:42:07 »
Tem gente que parece acreditar que desidratação do ajuste fiscal não tem efeitos multiplicativos sobre o próprio ajuste fiscal, e consequentemente, sobre a própria capacidade da economia gerar empregos.

As pessoas se esquecem que o "neoliberal" FHC fez um ajuste fiscal a partir de 1999 que também afetou quem estava na faixa de salário de emprego formal entre 1,1 e 2 salários mínimos. Naquela época, já existia engessamento significativo do orçamento da União. E ele salvou o Brasil de uma crise maior com os superávits primários que gerou.

Mais de 90% do orçamento da União é de gasto que não se pode cortar. Mas tem gente que acha que Paulo Guedes tem sadismo em ver pobre sofrer.

Offline Entropia

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #505 Online: 29 de Maio de 2019, 15:04:20 »
Acho que é mais complicado que isso, e tendo sim um pouco de "é rico (ou, há menos pobreza/desigualdade), pois tem altos impostos":



https://www.cbpp.org/us-poverty-rate-is-high-after-taxes-and-transfers-compared-to-similarly-wealthy-countries
https://www.cbpp.org/blog/taking-stock-of-the-safety-net-part-6-it-works-but-it-doesnt-do-enough


Lembrando que a redução da pobreza/desigualdade não se limita ao matematicamente inerente em políticas redistributivas/assistencialistas, mas também na redução de externalidades negativas da pobreza, como desvalorização de propriedade.

Mas o PIB ou PIB per capta dessas nações cresceu depois da aplicação dos impostos? Ou o cálculo considera o PIB constante? Caso seja, então o que acontece é uma redistribuição de riqueza que o sistema tributário faz. Ou seja, pelo sistema tributário nórdico, as pessoas de classe média em diante já tem dinheiro, o que torna possível uma tributação alta nesse caso. Você tem uma renda média já alta e as externalidades negativas causadas pelos altos impostos é pequena se considerado os benefícios.

Aqui no Brasil, taxar pesadamente quem ganha mais de 2400 não parece ser uma boa ideia, a renda média do país é muito baixa ainda. Perdas em virtude de diminuição de consumo, aumento de informalidade e redução de poupança não podem ser desprezados.

Mas o ponto principal era de que o sistema "social" nórdico é sustentado não pelos 1% mais ricos, mas sim em maior parte pela classe média. Que, em tese, via democracia, escolheu esse caminho.

E ainda faz menos sentido usar o modelo nórdico para previdência. Visto que a Suécia Possui sistema de Capitalização nocional e fez uma reforma da previdência para chegar neste modelo. E, se não me engano, a Dinamarca Noruega possui uma idade mínima de quase 70 anos.
« Última modificação: 29 de Maio de 2019, 15:08:41 por Entropia »

Offline Entropia

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 770
  • Sexo: Masculino
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #506 Online: Ontem às 09:10:23 »
Parece que a reforma original foi modificada e está sendo discutida uma nova no congresso. Algum heads up sobre as mudanças?

Offline Cinzu

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.230
Re:Reforma da Previdência
« Resposta #507 Online: Ontem às 09:43:03 »
Parece que a reforma original foi modificada e está sendo discutida uma nova no congresso. Algum heads up sobre as mudanças?

O maior impacto até agora ao que parece é que tiraram estados e municípios da proposta.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!