Autor Tópico: Esquerda Caviar  (Lida 2094 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #50 Online: 18 de Junho de 2018, 16:56:31 »
Intelectuais chineses já sugerem que a China pode voltar para uma economia planejada (mista), superando totalmente a mão invisível do mercado:
[...]

Hahahaha.

Intelectuais sugerindo algo para satisfazer o partido.

Foda é que os caras planejam tão bem que existem quase dez cidades fantasmas construídas só para manter fábricas funcionando.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #51 Online: 18 de Junho de 2018, 17:31:28 »
Agora o JJ não é a favor só da manutenção de estatais, mas quer a estatização geral, comunismo a toda, porque a URSS foi na realidade um sucesso, é isso? :hein:


Não, eu só mostrei que a URSS não foi o desastre econômico  (durante as décadas de 50/60/70 e 80 até antes dos efeitos desastrosos da Perestroika e da Glasnost) que o Arcanjo pareceu acreditar que foi. Muito pelo contrário, a URSS teve um desempenho econômico e social melhor do que o de muitos países capitalistas do mundo (especialmente melhor do que muitos  capitalistas do 3° mundo).




« Última modificação: 18 de Junho de 2018, 17:38:40 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #52 Online: 18 de Junho de 2018, 17:38:45 »
Agora o JJ não é a favor só da manutenção de estatais, mas quer a estatização geral, comunismo a toda, porque a URSS foi na realidade um sucesso, é isso? :hein:


Não, eu só mostrei que a URSS não foi o desastre econômico  (durante as décadas de 50/60/70 e 80 até antes dos efeitos desastrosos da Perestroika e da Glasnost) que o Arcanjo pareceu acreditar que foi.




Foi u  desastre e a prova é que o dinheiro deles só valia dentro das próprias fronteiras, esse foi o tal desastre que vc cita.

Quando precisaram converter dinheiro do Banco Imobiliario da Estrela para dinheiro de outros países.

Mais ou menos como o dinheiro venezuelano do "Bolivar forte" que não vale nem o papel fora da Venezuela.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #53 Online: 18 de Junho de 2018, 17:42:54 »
Intelectuais chineses já sugerem que a China pode voltar para uma economia planejada (mista), superando totalmente a mão invisível do mercado:
[...]

Hahahaha.

Intelectuais sugerindo algo para satisfazer o partido.

Foda é que os caras planejam tão bem que existem quase dez cidades fantasmas construídas só para manter fábricas funcionando.



Bom  mesmo foram os  banqueiros do  mundão capitalista e suas criativas invenções financeiras, como por exemplo os deslumbrantes derivativos, e que  tiveram que ser ajudados pelo Estadão  malvadão em 2008 para não irem a lona.



Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #54 Online: 18 de Junho de 2018, 17:44:24 »


Conversa fiada, o povo russo tinha uma vida miserável onde faltava tudo, eu vi relatos de trabalhadores de minas de carvão afirmando que recebiam uma barra de sabão a cada três meses, dois rolos de papel higiênico,  pasta de dente era raro.




É  bastante  falso que :


"o povo russo tinha uma vida miserável onde faltava tudo"



O padrão de vida na Rússia de 60/70/80 era melhor do que em grande parte dos países do mundo. Inclusive era bem melhor do que no Brasil dos  periquitos verdes de 64 a 85 .

JJ, digamos que eu "concorde" com sua visão ideológica e suspenda meu conhecimento de que isso que você afirma é falso: minha única questão é se você está usando isso como "argumento" para defender que comunismo (ou "socialismo") é (o) bom ou (o) melhor. :?:

Porque não sei se vocês vão a fundo nas análises ou o quanto vão, mas uma falha lógica pode ser realizada com um resultado "correto" de premissas falsas. Mesmo que fosse verdade o que você diz, não significaria mais do que dizer que a URSS era uma falácia a céu aberto (embora muito encoberto por muito tempo).

Lembrando que o que é bom ou ruim é definido por critérios pessoais supostamente livres, como disse o Joãozinho 30: rico gosta de miséria e povo de luxo. Ou seja, para ele, rico não é povo. Comédia pura!
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #55 Online: 18 de Junho de 2018, 17:47:19 »
Agora o JJ não é a favor só da manutenção de estatais, mas quer a estatização geral, comunismo a toda, porque a URSS foi na realidade um sucesso, é isso? :hein:


Não, eu só mostrei que a URSS não foi o desastre econômico  (durante as décadas de 50/60/70 e 80 até antes dos efeitos desastrosos da Perestroika e da Glasnost) que o Arcanjo pareceu acreditar que foi.




Foi u  desastre e a prova é que o dinheiro deles só valia dentro das próprias fronteiras, esse foi o tal desastre que vc cita.

Quando precisaram converter dinheiro do Banco Imobiliario da Estrela para dinheiro de outros países.

Mais ou menos como o dinheiro venezuelano do "Bolivar forte" que não vale nem o papel fora da Venezuela.



Pelo visto você  quer insistir na tese furada de que a URSS não teve desenvolvimento econômico e social nas décadas de 50/60/70 e metade de 80 (antes da crise causada em boa parte pela desastrosa Perestroika e Glasnost).

Muitos dados estão nos artigos que eu indiquei, e mostram o contrário do que você quer crer. Mas, ok , você pode escolhe acreditar na sua imaginação anti URSS.


Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #56 Online: 18 de Junho de 2018, 17:47:38 »
Agora se vc acha que a vida na URSS era melhor que no Brasil, mesmo tendo direito de comprar uma barra da sabão a cada dois meses é só questão de opinião.

Os cartões de racionamento foram usados até o começo dos anos 90, então isso coloca por terra o comentários de que as pessoas tinham acesso a tudo na URSS.

Mostrei que não tinham.

Arcanjo Lúcifer, a julgar pela "prova" apresentada pelo Buckaroo Banzai nesse tópico:

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28644.msg967311#msg967311

havia até empresas privadas na URSS. :!: Logo estamos errados e "a URSS era um lugar normal como outro qualquer, só que... melhor". :stunned:
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #57 Online: 18 de Junho de 2018, 17:51:46 »
Agora o JJ não é a favor só da manutenção de estatais, mas quer a estatização geral, comunismo a toda, porque a URSS foi na realidade um sucesso, é isso? :hein:


Não, eu só mostrei que a URSS não foi o desastre econômico  (durante as décadas de 50/60/70 e 80 até antes dos efeitos desastrosos da Perestroika e da Glasnost) que o Arcanjo pareceu acreditar que foi.




Foi u  desastre e a prova é que o dinheiro deles só valia dentro das próprias fronteiras, esse foi o tal desastre que vc cita.

Quando precisaram converter dinheiro do Banco Imobiliario da Estrela para dinheiro de outros países.

Mais ou menos como o dinheiro venezuelano do "Bolivar forte" que não vale nem o papel fora da Venezuela.



Pelo visto você  quer insistir na tese furada de que a URSS não teve desenvolvimento econômico e social nas décadas de 50/60/70 e metade de 80 (antes da crise causada em boa parte pela desastrosa Perestroika e Glasnost).

Muitos dados estão nos artigos que eu indiquei, e mostram o contrário do que você quer crer. Mas, ok , você pode escolhe acreditar na sua imaginação anti URSS.


Agora o JJ não é a favor só da manutenção de estatais, mas quer a estatização geral, comunismo a toda, porque a URSS foi na realidade um sucesso, é isso? :hein:


Não, eu só mostrei que a URSS não foi o desastre econômico  (durante as décadas de 50/60/70 e 80 até antes dos efeitos desastrosos da Perestroika e da Glasnost) que o Arcanjo pareceu acreditar que foi.




Foi u  desastre e a prova é que o dinheiro deles só valia dentro das próprias fronteiras, esse foi o tal desastre que vc cita.

Quando precisaram converter dinheiro do Banco Imobiliario da Estrela para dinheiro de outros países.

Mais ou menos como o dinheiro venezuelano do "Bolivar forte" que não vale nem o papel fora da Venezuela.



Pelo visto você  quer insistir na tese furada de que a URSS não teve desenvolvimento econômico e social nas décadas de 50/60/70 e metade de 80 (antes da crise causada em boa parte pela desastrosa Perestroika e Glasnost).

Muitos dados estão nos artigos que eu indiquei, e mostram o contrário do que você quer crer. Mas, ok , você pode escolhe acreditar na sua imaginação anti URSS.



Imaginação? Nega que existia racionamento de alimentos nos anos 50, 60, 70, 80 até o começo dos anos 90 quando provei a vc que o cartão de compras ainda era usado?

É imaginação?

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #58 Online: 18 de Junho de 2018, 17:54:45 »
Agora se vc acha que a vida na URSS era melhor que no Brasil, mesmo tendo direito de comprar uma barra da sabão a cada dois meses é só questão de opinião.

Os cartões de racionamento foram usados até o começo dos anos 90, então isso coloca por terra o comentários de que as pessoas tinham acesso a tudo na URSS.

Mostrei que não tinham.

Arcanjo Lúcifer, a julgar pela "prova" apresentada pelo Buckaroo Banzai nesse tópico:

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28644.msg967311#msg967311

havia até empresas privadas na URSS. :!: Logo estamos errados e "a URSS era um lugar normal como outro qualquer, só que... melhor". :stunned:

Era ótima para viver, por isso a saída era proibida.

Era tão boa que de vez em quando algum atleta aproveitava para fugir no meio de um evento internacional mesmo sendo vigiado 24 horas por dia.

Offline Peter Joseph

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.222
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #59 Online: 18 de Junho de 2018, 17:57:03 »
Citar
No final dos anos 80 o bloco soviético já estava em colapso total, você queria o que? Por exemplo, pra você ter ideia, tem geladeira lá na Russia da década de 60/70 que ainda funciona normalmente até hoje sem quase reparo nenhum.
Qualquer produto nacional dos anos 60 e 70 duravam muito, a coisa desandou com a concorrência da porcariada chinesa.

Tenho ferramentas que comprei em 1983 ainda em uso.
Amigo, isto não tem nada a ver com concorrência chinesa, mas com Obsolescência Planejada, necessária para manter o sistema capitalista de pé por mais tempo.

É mesmo?

Então porquê usei o meu Astra por mais de 9 anos sem ter um só problema grave?


Nove anos?! Estou falando de coisas que duram dua ou três décadas sem quase manutenção nenhuma. E você fala de carro, que é considerado um bem DURÁVEL. Ou seja, por princípio ele deve durar mais do que eletrodomésticos que a maioria hoje em dia duram no máximo cinco anos, sem poder ser reaproveitado. Mas não duvido nada que os "brilhantes" capitalistas daqui um tempo comecem a desenvolver carros descartáveis em nome da lucratividade e durabilidade do sistema :)


Citar
E os carros da Lada eram novos na época, mas mesmo assim bem inferiores aos nacionais.
Como disse, nos final dos anos 80 a URSS já estava em frangalhos, não tem como você querer que eles produzissem coisa que presta na época.

Eles NUNCA produziram nenhum bem de consumo de qualidade.

De novo...

Citar
Segundo o colecionador, muitos cidadãos soviéticos tinham boas lembranças de seus aparelhos. Eles muitas vezes compraram depois de planejar por muitos anos.

"Algumas pessoas esperaram por uma geladeira por seis meses, algumas ganharam na loteria ou a receberam depois de vencer uma competição, as pessoas tinham histórias, lindas lembranças ligadas a essas coisas, todas elas emanam cordialidade", disse Borisov.


Todos os itens da coleção de Ivan ainda estão em boas condições, incluindo um aspirador de pó e uma geladeira que foram fabricados em 1945. Ele explicou que o mais importante é instalá-los adequadamente e, em seguida, eles funcionarão sem falhas.

"Artigos técnicos soviéticos quase nunca falham", disse Ivan.

Ele acrescentou que os motores a vácuo podem operar por até 40 anos. Manual diz que as escovas de carvão deve ser substituído a cada 300 horas de operação, mas se você abrir uma unidade pode ver que não foram esgotados e mais, pode operar por um período muito mais prolongado observado.

https://mundo.sputniknews.com/sociedad/201609171063527236-electrodomesticos-sovieticos-sirven-muchos-anos/

Se não acredita no Sputnik, basta fazer mais pesquisas no google, principalmente em inglês e espanhol que vc acha outras fontes.
« Última modificação: 18 de Junho de 2018, 17:59:29 por Peter Joseph »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.222
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #60 Online: 18 de Junho de 2018, 18:02:02 »
Intelectuais chineses já sugerem que a China pode voltar para uma economia planejada (mista), superando totalmente a mão invisível do mercado:
[...]

Hahahaha.

Intelectuais sugerindo algo para satisfazer o partido.

Então discorra aí pra nós seus gigantescos conhecimentos sobre Big Data e IA, pontuando os motivos técnicos que tornam isto mera propaganda ou "babação".
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #61 Online: 18 de Junho de 2018, 18:14:41 »
Olá, Saint-Martin! :ok:

Ainda que a tecnologia exista há muito tempo, bem antes da dualidade capitalismo x socialismo/comunismo, o fato é que a incorporação de avanços tecnológicos contínuos é uma característica do capitalismo.
A incorporação de avanços tecnológicos contínuos é uma combinação de interesses e condições propícias. O capitalismo visa o lucro e a acumulação de propriedade, o que pode até mesmo ir contra a racionalidade e os interesses do próprio desenvolvimento humano. Se dependesse de corporativistas da vela, a lâmpada seria sabotada.

E o que isso "argumenta"? Dependeu do que para não ser sabotada? Basta um Estado que proteja as iniciativas livres para que o melhor sempre triunfe. O Estado deve ser e basta que seja nada mais que um fator de pressão evolutiva para isso ser alcançado, não um "interventor diretor intencional da evolução", que ninguém nunca pode saber de antemão que caminho seguirá.




A ganância de uma minoria intenta constantes sabotagens contra iniciativas e livre-acesso dos indivíduos à produção.

Uma perfeita caracterização sintética de um Estado comunista ou de seu "preparo", o "socialismo".




O desenvolvimento "tecnológico" voltado para o mercado visa o constante lucro inescrupuloso. Indústria farmacêutica, midiática, bancos, corporativismo, todos olhando para seus próprios umbigos e conspirando contra o pleno desenvolvimento do potencial humano. Ninguém possui nada. As coisas existem para serem usadas e desfrutadas. Enquanto não superarmos o paradigma de posse e propriedade privada, viveremos a eterna guerra de todos contra todos.

Aqui tudo tratar-se-á de simples discordância entre suas ideologias e a realidade. Não me intrometo, embora eu concorde com a realidade.




Se for para seguir a "lógica" de que "comunistas não devem se beneficiar dos produtos capitalistas", ele serve para qualquer produto de qualquer empresa, seja da Apple, seja do Google, da Microsoft, da General Electric, da Boeing, da Toyota, etc.
Não sei que lógica é essa, sendo que o que um verdadeiro socialista deseja é justamente que todos tenham acesso às coisas, desfrutando e utilizando-as, ao invés do acesso restrito pela sociedade classista.

Você é "verdadeiro socialista"? Por favor, apresente-nos uma lista (e não invente nada errado nela! não omita nada!) de todos os seus bens para que possamos todos aqui escolher o que desejamos partilhar. :ok:

Já digo que escovas usadas de dentes eu passo, mas pode ser que alguém outro não, então inclua na lista assim mesmo! :ok:




Basta se isolar em algum rincão e passar a viver sem o uso de produtos de empresas privadas. E nem das de economia mista.
Pois é o corporativista privada que não conseguiria passar a viver sem uma massa de explorados alienados, sem proteção e privilégios do Estado e sem uma cultura burguesa que imbeciliza o povo, justificando ideologicamente que se conforme com sua posição social.

Já vi que você se contradiz logo abaixo quando diz:

"Correção - foram feitos por trabalhadores explorados, como todos os outros produtos, isso quando não os substituem por máquinas e automação, deixando de distribuir renda e ajudar famílias em nome da ganância irracional e antihumana."

Então os empreendedores são humanísticos demais por caridosamente distribuírem tantos empregos?





Mas, analisando melhor, você não deveria assistir televisão porque esta certamente foi feita por uma empresa capitalista.
Você não deve recorrer à Lei porque é estatal. Você não deve estudar em uma Universidade porque é Pública. Etc etc. Absolutamente irrelevante e sem sentido. O objetivo é justamente o acesso de todos.

Onde está a "igualdade" estatal=público=comunista? E qual fundamento objetivo e realista legitima o "acesso de todos"?




E espero que quando fizer uso deles, não seja nem por telefone e nem por computadores, porquê certamente estes foram feitos por empresas privadas.
Correção - foram feitos por trabalhadores explorados, como todos os outros produtos, isso quando não os substituem por máquinas e automação, deixando de distribuir renda e ajudar famílias em nome da ganância irracional e antihumana.

Sempre acreditei que essas coisas são feitas por inventores e desenvolvedores... Vivendo e aprendendo.




Sem dúvida que é um 'pecado grave' para um esquerdista ser rico, porque está em oposição ao que diz parte da liturgia da 'religião política' esquerdista.
Porque é muito liberal herdar uma fortuna, né? (ironia - os liberais clássicos criticavam a herança como ponto de partida desigual entre os indivíduos). Ou então o exemplo do empresário citado, que recebeu financiamento estatal e hoje paga de liberal na mídia. Ou então toda a economia capitalista, que depende da proteção e subsídio de um estado burguês, cuidadosamente regido por mídia e bancos para defender o interesse de classes privilegiadas.

Não entendi o que esse cenário de ambiente onde vigora princípios e fins comunistas está fazendo no seu "argumento". Fogo "amigo"?...




Faz todo o sentido que um rico, alguém com acesso e meios, que tenha um mínimo de consciência e humanitarismo, deseje que este acesso e meios se estendam ao resto da população.

"Sentido" não sei se isso faz, ou faz para cada um um diferente, a critério. O que não pode ser tolerado é que esse "sentido" seja imposto numa ditadura.




Já quanto a capitalistas - me felicita lembrar que os capitalistas liberais são justamente os pobres de direita, os "capitalistas sem capital", porque capitalista de verdade - burguês na definição exata do termo - é justamente quem compra, patrocina e influencia o Estado, seu fiel protetor e cão de guarda de seus interesses.

Quem tem dinheiro pode comprar o que está à venda. Se o Estado está na vitrine, qual o problema em comprá-lo? :wink:
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline pehojof

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 547
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #62 Online: 18 de Junho de 2018, 18:24:26 »
Agora se vc acha que a vida na URSS era melhor que no Brasil, mesmo tendo direito de comprar uma barra da sabão a cada dois meses é só questão de opinião.

Os cartões de racionamento foram usados até o começo dos anos 90, então isso coloca por terra o comentários de que as pessoas tinham acesso a tudo na URSS.

Mostrei que não tinham.

Arcanjo Lúcifer, a julgar pela "prova" apresentada pelo Buckaroo Banzai nesse tópico:

http://clubecetico.org/forum/index.php?topic=28644.msg967311#msg967311

havia até empresas privadas na URSS. :!: Logo estamos errados e "a URSS era um lugar normal como outro qualquer, só que... melhor". :stunned:

Era ótima para viver, por isso a saída era proibida.

Era tão boa que de vez em quando algum atleta aproveitava para fugir no meio de um evento internacional mesmo sendo vigiado 24 horas por dia.

Lembro de ler numa revista dos anos 80 a história de um cara atleta da vida que fugiu de lá a pé, literalmente, acho que atravessando uma boa parte da Sibéria. Muitos devem ter morrido tentando e nunca se soube. É que tem coisas que são tão boas que alguns ficam com medo ou talvez vergonha por quem está sofrendo em outros lugares privilegiados e quer ir para lá expiar a culpa...
"Et quæ tanta fuit Romam tibi causa videndi?"
"Libertas, quæ sera tamen, respexit inertem,"

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #63 Online: 18 de Junho de 2018, 18:40:00 »
Imagine a choradeira se os atletas da seleção brasileira fossem vigiados por jagunços armados para evitar fugas.

Não,  acho que a Gleise teria orgasmos. :|


Offline Peter Joseph

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.222
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #64 Online: 18 de Junho de 2018, 19:05:13 »
Citar
Na URSS faltava bens de consumo, principalmente nas ultimas duas décadas de sua existência, não por que não tinha tecnologia ou meios eficiente de produção.

No começo dos anos 90 desembarcaram no Brasil alguns lotes de carros da Lada que eram ruins, mesmo comparados aos nacionais daquela época, carros nacionais que já eram bem atrasados em relação aos estrangeiros.

Cara, não sei se vc jarra adulto na época mas os carros russos tinham folgas entre as portas com espaço suficiente para enfiar a ponta dos dedos e mecânica do Fiat 147.



Gezuis, o carro já vinha torto da fábrica.

Olha só...

Citar
O teste de estrada relatado na revista Autocar comparou o desempenho do Lada, em termos de velocidade máxima, aceleração e consumo de combustível, com quatro carros contemporâneos fabricados no Reino Unido com capacidade de 1300 cc (Ford Escort 1300 XL, Hillman Avenger 1300 GL, Morris Marina 1.3 e Vauxhall Viva DL). Foi encontrado para ter a maior velocidade máxima dos quatro modelos testados, e foi classificado em terceiro lugar para economia de consumo de combustível. Sua taxa de aceleração foi menor do que a maioria dos modelos testados, mas não substancialmente menor para evitar que a Autocar classificasse o desempenho do Lada como "perfeitamente satisfatório".

O manuseio do carro foi descrito como 'tradicional' em vista do sistema de suspensão modificado ('reforçado') usado neste carro comparado com aquele usado no modelo de protótipo da Fiat. Esta modificação foi, sem dúvida, realizada para adaptar o carro para uso em condições de estrada soviéticas, uma vez que a Autocar observou que "em estradas lisas comuns o passeio é bom e bem amortecido, mas descobrimos que o Lada realmente se destacou em condições adversas". estradas desfeitas onde poderia lidar com quase qualquer coisa. Havia pouco arremesso ou rolo, e o Lada se sentia extraordinariamente estável. Este bom desempenho sob condições adversas, no entanto, foi obtido em detrimento da leveza do manuseio sob condições normais de estrada. O desempenho dos freios também foi considerado satisfatório, embora sua falta de sensibilidade para sentir ('sensação totalmente morta') foi considerada uma característica desvantajosa que poderia ter sido corrigida pelo ajuste de um servo de vácuo.

Este modelo também foi elogiado pela maneira como o motor foi colocado sob o capô. Esse layout, combinado com o kit de ferramentas e o manual de manutenção fornecidos com o carro, asseguravam que o proprietário deveria ser capaz de cuidar do carro de maneira profissional, característica que reflete o maior grau de manutenção do proprietário que provavelmente será praticado na União Soviética.
As principais críticas do carro, para além das de direção pesada e travagem insensível acima referidas, visavam a falta de apoio do condutor proporcionado pelos bancos dianteiros e o fraco desempenho das lâmpadas fornecidas com o carro. Também foi notado que, embora o carro tenha apresentado um desempenho admirável sob condições adversas, a proteção inadequada da alavanca central do freio de mão fez com que os freios traseiros do carro de teste fossem travados ao viajar por estradas irregulares.

A revista concluiu seu teste de estrada com o comentário de que 'devemos felicitar os russos por alcançá-los tão rapidamente (embora com conselhos e assistência italianos) com o resto da indústria automobilística mundial. O Lada 1200 é um carro completamente sólido, com uma queda, talvez por meio de freios de direção e freios mortos. Mas essas são questões que podem ser corrigidas com um mínimo de custo ”. Relatórios semelhantes também foram recebidos para os modelos 1300 e 1600 produzidos posteriormente. Uma vez que esta faixa representou quase 50% da produção anual total de automóveis de passageiros soviéticos em 1975 24pode-se concluir que a indústria soviética de automóveis de passageiros, embora não esteja na vanguarda da tecnologia de design de automóveis de passageiros, tornou-se capaz de produzir uma grande produção de sua produção total para requisitos de design exigidos pelo mercado internacional de veículos de preço médio de 1,2- 1,5 litros de capacidade do motor. Este modelo foi posteriormente modificado externamente e internamente, com um leque mais amplo de opções introduzidas. Isso permitiu que o carro permanecesse competitivo dentro da faixa de preço em que está localizado.

https://nintil.com/2016/06/06/the-soviet-union-durable-goods/
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #65 Online: 18 de Junho de 2018, 19:08:21 »

Imaginação? Nega que existia racionamento de alimentos nos anos 50, 60, 70, 80 até o começo dos anos 90 quando provei a vc que o cartão de compras ainda era usado?

É imaginação?


O que já afirmei ser falso e mostrei com dois artigos  é a sua proposição de que a URSS, no período que vai do inicio da décadas de 50 até metade da década de 80 era uma miséria igual a atual Venezuela com o Maduro.

Você ainda insiste nessa proposição ?

E também insiste que não houve  significativo desenvolvimento econômico social e também científico tecnológico na URSS nas década de 50 até a metade da década de 80 ?

« Última modificação: 18 de Junho de 2018, 19:11:24 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #66 Online: 18 de Junho de 2018, 19:12:18 »
Gezuis, o freio trava e não tem nem hidrovácuo, nos anos 90 qualquer carro nacional tinha.

Algum comentário sobre o acabamento do carro ou convenientemente esqueceram?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #67 Online: 18 de Junho de 2018, 19:13:27 »
Citar
Na URSS faltava bens de consumo, principalmente nas ultimas duas décadas de sua existência, não por que não tinha tecnologia ou meios eficiente de produção.

No começo dos anos 90 desembarcaram no Brasil alguns lotes de carros da Lada que eram ruins, mesmo comparados aos nacionais daquela época, carros nacionais que já eram bem atrasados em relação aos estrangeiros.

Cara, não sei se vc jarra adulto na época mas os carros russos tinham folgas entre as portas com espaço suficiente para enfiar a ponta dos dedos e mecânica do Fiat 147.



Gezuis, o carro já vinha torto da fábrica.

Olha só...

Citar
O teste de estrada relatado na revista Autocar comparou o desempenho do Lada, em termos de velocidade máxima, aceleração e consumo de combustível, com quatro carros contemporâneos fabricados no Reino Unido com capacidade de 1300 cc (Ford Escort 1300 XL, Hillman Avenger 1300 GL, Morris Marina 1.3 e Vauxhall Viva DL). Foi encontrado para ter a maior velocidade máxima dos quatro modelos testados, e foi classificado em terceiro lugar para economia de consumo de combustível. Sua taxa de aceleração foi menor do que a maioria dos modelos testados, mas não substancialmente menor para evitar que a Autocar classificasse o desempenho do Lada como "perfeitamente satisfatório".

O manuseio do carro foi descrito como 'tradicional' em vista do sistema de suspensão modificado ('reforçado') usado neste carro comparado com aquele usado no modelo de protótipo da Fiat. Esta modificação foi, sem dúvida, realizada para adaptar o carro para uso em condições de estrada soviéticas, uma vez que a Autocar observou que "em estradas lisas comuns o passeio é bom e bem amortecido, mas descobrimos que o Lada realmente se destacou em condições adversas". estradas desfeitas onde poderia lidar com quase qualquer coisa. Havia pouco arremesso ou rolo, e o Lada se sentia extraordinariamente estável. Este bom desempenho sob condições adversas, no entanto, foi obtido em detrimento da leveza do manuseio sob condições normais de estrada. O desempenho dos freios também foi considerado satisfatório, embora sua falta de sensibilidade para sentir ('sensação totalmente morta') foi considerada uma característica desvantajosa que poderia ter sido corrigida pelo ajuste de um servo de vácuo.

Este modelo também foi elogiado pela maneira como o motor foi colocado sob o capô. Esse layout, combinado com o kit de ferramentas e o manual de manutenção fornecidos com o carro, asseguravam que o proprietário deveria ser capaz de cuidar do carro de maneira profissional, característica que reflete o maior grau de manutenção do proprietário que provavelmente será praticado na União Soviética.
As principais críticas do carro, para além das de direção pesada e travagem insensível acima referidas, visavam a falta de apoio do condutor proporcionado pelos bancos dianteiros e o fraco desempenho das lâmpadas fornecidas com o carro. Também foi notado que, embora o carro tenha apresentado um desempenho admirável sob condições adversas, a proteção inadequada da alavanca central do freio de mão fez com que os freios traseiros do carro de teste fossem travados ao viajar por estradas irregulares.

A revista concluiu seu teste de estrada com o comentário de que 'devemos felicitar os russos por alcançá-los tão rapidamente (embora com conselhos e assistência italianos) com o resto da indústria automobilística mundial. O Lada 1200 é um carro completamente sólido, com uma queda, talvez por meio de freios de direção e freios mortos. Mas essas são questões que podem ser corrigidas com um mínimo de custo ”. Relatórios semelhantes também foram recebidos para os modelos 1300 e 1600 produzidos posteriormente. Uma vez que esta faixa representou quase 50% da produção anual total de automóveis de passageiros soviéticos em 1975 24pode-se concluir que a indústria soviética de automóveis de passageiros, embora não esteja na vanguarda da tecnologia de design de automóveis de passageiros, tornou-se capaz de produzir uma grande produção de sua produção total para requisitos de design exigidos pelo mercado internacional de veículos de preço médio de 1,2- 1,5 litros de capacidade do motor. Este modelo foi posteriormente modificado externamente e internamente, com um leque mais amplo de opções introduzidas. Isso permitiu que o carro permanecesse competitivo dentro da faixa de preço em que está localizado.

https://nintil.com/2016/06/06/the-soviet-union-durable-goods/



Peter Joseph,


Na URSS tudo era ruim e horrível,  era uma miséria igual a atual Venezuela do Maduro.   Informe-se com o Olavo que você será iluminado.



Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #68 Online: 18 de Junho de 2018, 19:14:25 »

Imaginação? Nega que existia racionamento de alimentos nos anos 50, 60, 70, 80 até o começo dos anos 90 quando provei a vc que o cartão de compras ainda era usado?

É imaginação?


O que já afirmei ser falso e mostrei com dois artigos  é a sua proposição de que a URSS, no período que vai do inicio da décadas de 50 até metade da década de 80 era uma miséria igual a atual Venezuela com o Maduro.

Você ainda insiste nessa proposição ?

E também insiste que não houve  significativo desenvolvimento econômico social e também científico tecnológico na URSS nas década de 50 até a metade da década de 80 ?



Se não era a merda que eu sei que era não precisaria de um cartão de racionamento, concorda?

Ou será que comida racionada é algo louvável?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #69 Online: 18 de Junho de 2018, 19:17:36 »
Gezuis, o freio trava e não tem nem hidrovácuo, nos anos 90 qualquer carro nacional tinha.

Algum comentário sobre o acabamento do carro ou convenientemente esqueceram?



Mas tem algo muito errado, para ser igual a miséria da Venezuela do Maduro  eles não poderiam fabricar carros,   o carro e a fábrica Lada  são invenções de comunistas mentirosos.



Offline Peter Joseph

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.222
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #70 Online: 18 de Junho de 2018, 19:18:37 »
Gezuis, o freio trava e não tem nem hidrovácuo, nos anos 90 qualquer carro nacional tinha.

Algum comentário sobre o acabamento do carro ou convenientemente esqueceram?

Cara, eu negritei e coloquei gigante o ano do teste (1975) pra você não fingir que não viu. Mas mesmo assim você não viu ou fingiu que não :)

Claramente que em questões de acabamento e acesso, o problema se devia a problemas relativos exclusivamente ao sistema econômico utilizado (planejado). Certamente eles com o passar do tempo sentiam escassez, justamente pela ausência de uma alocação eficiente dos recursos e não por causa de falta de tecnologia. Problema gerado justamente pela falta do investimento e adesão massivo em TI e Cibernética, hoje muito mais eficiente ainda com o uso de Big Data e IA para este propósito, certamente sendo mais eficiente do que a "mão invisível do mercado".
« Última modificação: 18 de Junho de 2018, 19:21:28 por Peter Joseph »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.731
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #71 Online: 18 de Junho de 2018, 19:20:58 »

Imaginação? Nega que existia racionamento de alimentos nos anos 50, 60, 70, 80 até o começo dos anos 90 quando provei a vc que o cartão de compras ainda era usado?

É imaginação?


O que já afirmei ser falso e mostrei com dois artigos  é a sua proposição de que a URSS, no período que vai do inicio da décadas de 50 até metade da década de 80 era uma miséria igual a atual Venezuela com o Maduro.

Você ainda insiste nessa proposição ?

E também insiste que não houve  significativo desenvolvimento econômico social e também científico tecnológico na URSS nas década de 50 até a metade da década de 80 ?



Se não era a merda que eu sei que era não precisaria de um cartão de racionamento, concorda?

Ou será que comida racionada é algo louvável?



Mostre artigos de boas fontes que comprovem ter havido  escassez séria e generalizada de alimentos na URSS nas décadas de  50, 60 e 70.



Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #72 Online: 18 de Junho de 2018, 19:21:10 »
Gezuis, o freio trava e não tem nem hidrovácuo, nos anos 90 qualquer carro nacional tinha.

Algum comentário sobre o acabamento do carro ou convenientemente esqueceram?



Mas tem algo muito errado, para ser igual a miséria da Venezuela do Maduro  eles não poderiam fabricar carros,   o carro e a fábrica Lada  são invenções de comunistas mentirosos.




Digo para vc comparar os carros da Lada com os da indústria nacional da mesma época.

Carro brasileiro já era atrasado em relação ao aos europeus mas o Lada conseguia ser pior e mais mal acabado ainda.

Gezuis, na época a merda já tinha custo de manutenção tão cara quanto a dos nossos carros mais luxuosos como Opala e Santana.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.698
  • Sexo: Masculino
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #73 Online: 18 de Junho de 2018, 19:22:09 »

Imaginação? Nega que existia racionamento de alimentos nos anos 50, 60, 70, 80 até o começo dos anos 90 quando provei a vc que o cartão de compras ainda era usado?

É imaginação?


O que já afirmei ser falso e mostrei com dois artigos  é a sua proposição de que a URSS, no período que vai do inicio da décadas de 50 até metade da década de 80 era uma miséria igual a atual Venezuela com o Maduro.

Você ainda insiste nessa proposição ?

E também insiste que não houve  significativo desenvolvimento econômico social e também científico tecnológico na URSS nas década de 50 até a metade da década de 80 ?



Se não era a merda que eu sei que era não precisaria de um cartão de racionamento, concorda?

Ou será que comida racionada é algo louvável?



Mostre artigos de boas fontes que comprovem ter havido  escassez séria e generalizada de alimentos na URSS nas décadas de  50, 60 e 70.




Vc não viu a fila do racionamento na foto?

Offline Peter Joseph

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.222
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:Esquerda Caviar
« Resposta #74 Online: 18 de Junho de 2018, 19:25:50 »
O que o amigo Arcanjo não entende é que próximo de seu colapso, a coisa piorou de vez na URSS, e quer igualar este período específico dos anoss 80 com as décadas passadas. Sempre houve problemas periódicos de escassez e alocação sim (mas não como pintam os olavetes e CIA.), devido ao problema do cálculo econômico (já superado hoje em dia pela tecnologia), PORÉM, no final dos anos 80, com o colapso, tudo piorou bastante, obviamente, já que a estruturas sociais se dissolviam e perdia sustentabilidade.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!