Autor Tópico: Por que o Neandertal é considerado outra espécie?  (Lida 446 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline MisesBr

  • Nível 01
  • *
  • Mensagens: 16
Por que o Neandertal é considerado outra espécie?
« Online: 01 de Agosto de 2016, 14:53:05 »
 Há estudos que dizem ter ocorrido uma ''hibridização'' entre o homo-sapiens e o Neandertal , e que há pessoas com vestígios de seu DNA atualmente.

Só que até onde eu sei, hibridizações não provocam uma prole fértil, no máximo, por algumas gerações, e em muito raros casos, essa fertilidade permanece e uma ''nova espécie'' surge por esse meio diferente (ocorre com algumas plantas).
 Como eu não entendo muito de Cladística, e as duas ''espécies'' tiveram prole fértil, não é muito maior a probabilidade de que o Neandertal não era uma outra espécie? Sendo a ''distância evolutiva'' entre ambos muito pequena para ser chamado de ''espécie'' nova..

Há casos de animais que tiveram essa separação a pouco tempo(em escada geológica), e não são capazes de se reproduzir, outros, são capazes, mas geram hibridos inférteis (a Mula e o Ligre por exemplo).


Acho que o problema ai está mais na definição de quando algo se torna ''outra espécie''.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.775
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Por que o Neandertal é considerado outra espécie?
« Resposta #1 Online: 01 de Agosto de 2016, 17:30:39 »
O problema é inerente a tentar traçar uma delimitação precisa em algo que é inerentemente gradual. Existem também outros "sub-conceitos" de espécie; o mais abrangente, e de distinção inerentemente mais turva, bio-espécie ou cenoespécie, e eco-espécie. No primeiro a distinção seria mesmo a de fertilidade, e no segundo, pode ser apenas comportamental, reprodução mais comum na natureza, com a compatibilidade fisiológica podendo ser total. Há ainda as "paleo espécies" que trazem uma camada adicional de dificuldade de classificações, bem como de se tentar inferir em qual dessas categorias se encaixaria. Acho que geralmente tendem a fazer a suposição mais "conservadora", isso é, paleo-espécies como bio-espécies, tendendo mais a gễnero do que a eco-espécie.

Neandertais calham de serem uns dos primeiros (se não forem absolutamente os primeiros) objetos de estudo da "paleogenética", que possibilita se tentar inferir algo mais preciso do que se tem com paleo-espécies sem vestígios genéticos diretos. Acho que a totalidade dos indícios aponta para alguma diferenciação já maior do que apenas eco-espécie, com coisas como diferentes ritmos de desenvolvimento, e mesmo a essa aparentemente raridade dos seus alelos entre os humanos atuais (embora em Homo sapiens modernos mais antigos, como a múmia natural "Otzi", haja maior quantidade desses alelos; não sei para que lado isso pesa), que talvez seja sugestiva de fertilidade reduzida entre os híbridos, em nível biológico mesmo.

Me parece que há uma série de estudos que afirmam ter conseguido até praticamente quantificar quantos "episódios de hibridação" (o que por sua vez eu não tenho noção do que representa "quantitativamente", mesmo numa unidade; se literalmente uma hibridação, ou algo como a mesclagem entre duas populações) teria havido, bem como especulações sobre poder ser o caso da herança "neandertal" não ser realmente neandertal, mas ancestral a ambos. Deve ainda haver contudo quem também tente sustentar o contrário, que sapiens e neandertais eram apenas variações menores da mesma espécie.



PS.: Acho que não existe isso de híbridos férteis "apenas por algumas gerações". Seria um mecanismo muito curioso, e suponho, também bem raro para isso... acho que o mais esperado, seja com hibridação dos híbridos com alguma das espécies oridinais, ou mesmo entre híbridos, será sempre fertilidade cada vez mais restabelecida. Em ambos os casos, as combinações mais compatíveis de alelos vão se reproduzir mais. No caso de cruzamento de volta com uma das espécies originais isso deve ajudar muito já que se reduzem os genes que poderiam causar incompatibilidade. Só nesse sentido que acho que poderia se entender que as hibridações férteis "só existem por algumas gerações", não porque depois de N gerações de repente são mais inférteis do que antes, mas por terem gradualmente se tornado "menos híbridas".

Offline André Luiz

  • Nível 36
  • *
  • Mensagens: 3.312
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Por que o Neandertal é considerado outra espécie?
« Resposta #2 Online: 10 de Agosto de 2016, 13:28:32 »
Aquele papo que os europeus mais antigos, tipo bascos, etruscos etc carregam dna Neandertal é verdade?

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 33.775
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:Por que o Neandertal é considerado outra espécie?
« Resposta #3 Online: 10 de Agosto de 2016, 14:54:30 »
Todo mundo não-africano-subsaariano puro carrega DNA neandertal. Em média algo como 2-4% por indivíduo, mas variando de região em região (segundo algumas estimativas, seria mais comum na Ásia, nativo-americanos, e sul da Europa). Mas são "porcentos" diferentes; se você pegar os trechos de DNA neandertal de cada um pode haver algo como até uns 20% de DNA neandertal por aí.

E por extensão, alguns indivíduos que calhem de ser consideravelmente mais neandertais que outros, por "retrocruzamento" acidental. Mas raramente/nunca chegando a esse "total".

Offline Gauss

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.566
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Por que o Neandertal é considerado outra espécie?
« Resposta #4 Online: 11 de Agosto de 2016, 11:16:00 »
Uma vez lí que os europeus, os árabes(e os povos do Oriente Médio e Norte da África em geral) e os indianos tinham DNA  Neandertal(em baixa taxa obviamente), mas os  asiáticos do Extremo Oriente e índios americanos tinham DNA do Homem-de-Denisova. Procede?
« Última modificação: 11 de Agosto de 2016, 11:19:10 por Gauss »
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.


 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!