Autor Tópico: Discussão sobre PEC 241  (Lida 11039 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #100 Online: 19 de Outubro de 2016, 13:17:05 »
Social Democratic: Denmark, Finland, Netherlands, Norway and Sweden

Pra vocês verem como o fascismo se espalhou pela Europa.

Mussolini está orgulhoso.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #101 Online: 19 de Outubro de 2016, 16:20:55 »
Não é bem o "fascismo" em sua totalidade, mas apenas o fascismo econômico, inerente a qualquer cobrança de impostos, que nada mais é do a ameaça de execução por um tiro na testa por se recusar a contribuir financeiramente com quaisquer que sejam os planos daqueles que se auto-conclamam autoridades sobre os demais. A ameaça onipresente de extermínio é a amarra que, acreditam os social-fascistas, une o povo em uma estrutura mais forte, mais poderosa, do que seriam os indivíduos deixados livres. Então por que todo esse medo da liberdade? Por que não uma união voluntária?

O irônico é que isso descreve na melhor das hipóteses um território comandado por senhores de guerra, a acusação geralmente imputada a anarquia, que, no entanto, convenientemente omite o Princípio de Não-Agressão.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #102 Online: 19 de Outubro de 2016, 16:48:31 »
Eu sou defensor de uma vertente anarco-capitalista que, além do princípio da não-agressão, incorpora também o princípio da solidariedade voluntária. Todos os cidadãos se reúnem voluntariamente e, na inexistência de tributos, garantem o acesso à alimentação, saúde e educação básica a todos que não podem pagar por isso, via ações filantrópicas.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #103 Online: 19 de Outubro de 2016, 17:34:08 »
Eu sou defensor de uma vertente anarco-capitalista que, além do princípio da não-agressão, incorpora também o princípio da solidariedade voluntária. Todos os cidadãos se reúnem voluntariamente e, na inexistência de tributos, garantem o acesso à alimentação, saúde e educação básica a todos que não podem pagar por isso, via ações filantrópicas.
Os ancaps já não defendem isso?
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #104 Online: 19 de Outubro de 2016, 17:44:57 »
Eu sou defensor de uma vertente anarco-capitalista que, além do princípio da não-agressão, incorpora também o princípio da solidariedade voluntária. Todos os cidadãos se reúnem voluntariamente e, na inexistência de tributos, garantem o acesso à alimentação, saúde e educação básica a todos que não podem pagar por isso, via ações filantrópicas.
Os ancaps já não defendem isso?

Garantir acesso universal a serviços básicos? Não.

No máximo dizem que nada impede alguém de fazer.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #105 Online: 19 de Outubro de 2016, 17:57:47 »
"Garantir" em vontade/missão declarada é fácil, garantir de verdade, são outros quinhentos, completamente.

No comércio-livre do bem-estar-social indivíduos que não tenham vontade de aderir aos modelos de ações filantrópicas propostos e não se engajarem em nenhuma alternativa credenciada ficam fora da rede de cobertura de ajuda emergencial e são boicotados de diversas formas. Seus serviços/produtos/ofertas são colocados atrás de concorrentes participantes da rede de solidariedade voluntária, e as ofertas feitas a eles (também sendo clientes preferenciais) são acrescidas de uma taxa punitiva justificada pelo caroneirismo inerente a esse comportamento.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.735
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #106 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:07:21 »
"Garantir" em vontade/missão declarada é fácil, garantir de verdade, são outros quinhentos, completamente.

No comércio-livre do bem-estar-social indivíduos que não tenham vontade de aderir aos modelos de ações filantrópicas propostos e não se engajarem em nenhuma alternativa credenciada ficam fora da rede de cobertura de ajuda emergencial e são boicotados de diversas formas. Seus serviços/produtos/ofertas são colocados atrás de concorrentes participantes da rede de solidariedade voluntária, e as ofertas feitas a eles (também sendo clientes preferenciais) são acrescidas de uma taxa punitiva justificada pelo caroneirismo inerente a esse comportamento.

Isso tudo parece coisa de outro mundo, mas temos inúmeras instituições ajudando os mais pobres de diversas formas e de maneiras mais eficientes que o Estado.

Temos os grandes bilionários como Bill Gates financiando pesquisas na cura de doenças tropicais. Temos as igrejas (que ajudam muito mais do que os ateus imaginam). Temos o Rotary, Lions e similares. Santa casas, médicos sem fronteiras, etc.

Não precisamos nos esforçar muito para imaginar como seria o mundo sem o Estado porque em muitas regiões do Brasil o estado não existe e essas instituições tem um papel fundamental para prestar assistência aos mais carentes.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #107 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:25:10 »
Mais eficientes e talvez com menor incentivo para mantê-los dependentes. Não acho que poderia existir tanto o nicho comercial de populismo assistencialista. No máximo "propaganda enganosa", inflada de ações filantrópicas, mas deve ser algo que concorrentes denunciariam e/ou tentariam fazer melhor. Numa concorrência mais "viva", não uma alternância de monopólios com financiamento forçado praticamente garantido.

O mais próximo de análogo a um incentivo a manter a pobreza seria em teoricamente esta ser também a fonte de mão de obra barata, mas, tirando escravidão, ou analogias muito próximas, não acho que fosse ser viável uma conspiração para manter o preço da mão de obra baixo. Na verdade, mais provável parece ser as tentativas governamentais de impedir isso fazerem-no.

O excesso de regulação trabalhista

Não tanto "entre pessoas", mas acho que conta:

Citar


While East Asia has embraced large numbers of sweatshops, sub-Saharan Africa has not. This graph shows that the percentage of the population living on less than $1 per day (adjusted for inflation) has fallen substantially in East Asia, while remaining relatively unchanged in sub-Saharan Africa. The graph shows the 1981–2001 period. Data source: "How Have the World's Poorest Fared Since the Early 1980s?" by Shaohua Chen and Martin Ravallion.[35] Table 3, p. 28

https://en.wikipedia.org/wiki/Sweatshop#Criticisms_of_anti-globalization



Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #108 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:26:48 »
Isso tudo parece coisa de outro mundo, mas temos inúmeras instituições ajudando os mais pobres de diversas formas e de maneiras mais eficientes que o Estado.

Temos os grandes bilionários como Bill Gates financiando pesquisas na cura de doenças tropicais. Temos as igrejas (que ajudam muito mais do que os ateus imaginam). Temos o Rotary, Lions e similares. Santa casas, médicos sem fronteiras, etc.

Não precisamos nos esforçar muito para imaginar como seria o mundo sem o Estado porque em muitas regiões do Brasil o estado não existe e essas instituições tem um papel fundamental para prestar assistência aos mais carentes.

As instituições filantrópicas já fizeram muito mais pelas pessoas necessitadas do que qualquer estado. E as igrejas têm um bom papel nisso, sim. Minha mãe é católica e doadora de um lar para idosos vinculado a ICAR. Garanto que o dinheiro que ela doa por mês para esse lar é mais bem aplicado pela administração em prol dos idosos do que os impostos que ela paga é aplicado pelo Estado em benefícios públicos.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #109 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:30:50 »
Mas então fica a pergunta: por que a bolsa-família, e não a filantropia privada, foi a maior responsável pela redução efetiva da miséria nos últimos tempos?

Mesmo que a filantropia privada possa ser mais eficiente por dinheiro investido/benefício a carentes, raramente atingirá as mesmas proporções que pode alcançar uma ação estatal, mesmo que menos eficiente em investimento/benefício.


Talvez haja propostas de libertarianismo paternalista na linha do "nudge"/empurrãozinho, em que as pessoas por default fariam alguma contribuição a alguma instituição de caridade que escolhessem, mas desse um pouco mais de trabalho não fazer tal contribuição automática a nenhuma.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #110 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:34:33 »
Mas então fica a pergunta: por que a bolsa-família, e não a filantropia privada, foi a maior responsável pela redução efetiva da miséria nos últimos tempos?

Mesmo que a filantropia privada possa ser mais eficiente por dinheiro investido/benefício a carentes, raramente atingirá as mesmas proporções que pode alcançar uma ação estatal, mesmo que menos eficiente em investimento/ajuda.
Acho que isso depende da eficiência de cada Estado. Por exemplo, os Médicos sem Fronteiras já fizeram mais pela saúde de muitos países africanos do que muitos governos de lá. Eles também fizeram e fazem muito mais pelos civis sírios do que o ditador.


Citar
Talvez haja propostas de libertarianismo paternalista na linha do "nudge"/empurrãozinho, em que as pessoas por default fariam alguma contribuição a alguma instituição de caridade que escolhessem, mas desse um pouco mais de trabalho não fazer tal contribuição automática a nenhuma.
https://pt.wikipedia.org/wiki/Libertarianismo_Bleeding-Heart

Ideologia do Livres do PSL.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #111 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:38:41 »
Mas então fica a pergunta: por que a bolsa-família, e não a filantropia privada, foi a maior responsável pela redução efetiva da miséria nos últimos tempos?

Mesmo que a filantropia privada possa ser mais eficiente por dinheiro investido/benefício a carentes, raramente atingirá as mesmas proporções que pode alcançar uma ação estatal, mesmo que menos eficiente em investimento/ajuda.
Acho que isso depende da eficiência de cada Estado. Por exemplo, os Médicos sem Fronteiras já fizeram mais pela saúde de muitos países africanos do que muitos governos de lá.

O que me lembra:

06/07/2005
"Pelo amor de Deus, parem de ajudar a África!", afirma economista do Quênia
Especialista explica que a ajuda internacional alimenta a corrupção e impede que a economia se desenvolva, o que destrói a produção agrícola e causa desemprego, mais miséria e mais dependência

Thilo Thielke
Em Hamburgo

O especialista em economia James Shikwati, 35, do Quênia, diz que a ajuda à África é mais prejudicial que benéfica. O entusiástico defensor da globalização falou com a SPIEGEL sobre os efeitos desastrosos da política de desenvolvimento ocidental na África, sobre governantes corruptos e a tendência a exagerar o problema da Aids.[...]

fonte


Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #112 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:42:03 »
Os Estados do Ocidente estão fomentando a corrupção na África, é isso? Detalhe para o ceticismo da AIDS do cidadão.
« Última modificação: 19 de Outubro de 2016, 18:46:02 por Gauss »
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.


Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #114 Online: 19 de Outubro de 2016, 18:46:26 »
Não exatamente, a ajuda filantrópica dada a governos corruptos alimenta a própria corrupção e a perpetua.

Ajuda da ONU pelo que o cara falou.

O MSF têm um portal de transparência:
http://www.msf.org.br/quem-somos/transparencia-e-prestacao-de-contas
« Última modificação: 19 de Outubro de 2016, 18:49:42 por Gauss »
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #115 Online: 19 de Outubro de 2016, 19:12:25 »
PS.: acho que ele não é "cético" quanto a AIDS, apenas denuncia que é usada para criar alarmismo e angariar ajuda, que acaba beneficiando a políticos corruptos. Ele compara com malária, problema de proporções similares, mas que não é tão bom como marketing.

Citar
DS - Mas essa ajuda geralmente se destina a objetivos específicos.

Shikwati - Isso não muda nada. Milhões de dólares destinados ao combate à Aids ainda estão guardados em contas bancárias no Quênia e não foram gastos. Nossos políticos ficaram repletos de dinheiro, e tentam desviar o máximo possível. O falecido tirano da República Centro Africana, Jean Bedel Bokassa, resumiu cinicamente tudo isso dizendo: "O governo francês paga por tudo em nosso país. Nós pedimos dinheiro aos franceses, o recebemos e então o gastamos".

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #116 Online: 19 de Outubro de 2016, 22:35:53 »
Isso não tem nada a ver com o MSF. O MSF não dá dinheiro para governos, é um órgão filantrópico. Quem suporta esses governos é a ONU.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.071
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #117 Online: 20 de Outubro de 2016, 11:44:34 »
Como tocaram no assunto, achei esse vídeo interessante:


Além de ser uma lindinha  :hihi:

Saudações

Rhyan

  • Visitante
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #118 Online: 21 de Outubro de 2016, 22:55:17 »
Tão fracos demais os espantalhos sobre libertários em laranja...

Vocês acreditam mesmo que os graves problemas na saúde e educação públicas é gerado pela falta de recursos? Quanto % do PIB um país pobre como o Brasil deveria gastar nesses setores? Lembrando que nenhum país pobre tem esse nível absurdo de carga tributária que já temos e nem assim pagamos a conta primária (sem contar os juros).

Claro que sou contra o estado nesses setores. Acho um desperdício jogar dinheiro no ralo do SUS pra ver gente morrendo em fila de hospital novo, ou ver a molecada sair da escola falando em "identidade de gênero" mas sem capacidade de interpretar um texto, fazer contas básicas, e muito menos tendo uma noção básica de ciência. Mas parece que o assistencialismo nessas áreas é uma fé inabalável do brasileiro, até dentro da "nova direita neoliberal".

Talvez isso devesse ser privado, mas fato é que somos um Estado de Bem-Estar Social, segundo a Constituição. Sendo assim, precisamos tributar muito para oferecer todos os serviços. Para mudar isso, somente uma nova Constituição, ou por meio de revolução ou por consenso geral.


Bem, a escassez está acima da constituição. Ou colocando de outra forma: a realidade das leis econômicas está acima da fantasia assistencialista da constituição de 88.


Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #120 Online: 25 de Outubro de 2016, 21:32:27 »
Pro desespero de alguns.
Citar
Câmara aprova em segundo turno a PEC do teto, que vai ao Senado
http://veja.abril.com.br/economia/camara-aprova-em-segundo-turno-a-pec-do-teto-que-vai-ao-senado/
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline MarceliNNNN

  • Nível 16
  • *
  • Mensagens: 436
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #121 Online: 26 de Outubro de 2016, 00:38:53 »
Mas então fica a pergunta: por que a bolsa-família, e não a filantropia privada, foi a maior responsável pela redução efetiva da miséria nos últimos tempos?
Talvez seja por que o Estado obriga as pessoas a darem dinheiro para ele? Querendo ou não, impostos diminuem e muito a filantropia privada.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #122 Online: 26 de Outubro de 2016, 06:15:34 »
Mas então fica a pergunta: por que a bolsa-família, e não a filantropia privada, foi a maior responsável pela redução efetiva da miséria nos últimos tempos?
Talvez seja por que o Estado obriga as pessoas a darem dinheiro para ele? Querendo ou não, impostos diminuem e muito a filantropia privada.

Se cobrassem menos impostos não precisariam um bolsa miséria

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.288
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #123 Online: 26 de Outubro de 2016, 10:19:55 »
Se o empregador não precisasse pagar o valor de dois funcionários por um, o desemprego cairia rapidamente.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.486
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:Discussão sobre PEC 241
« Resposta #124 Online: 26 de Outubro de 2016, 11:18:27 »
Ou ainda, se o trabalhador pudesse escolher em qual fundo aplicar seus rendimentos, ao invés de sujeitar-se ao FGTS, fonte de maracutaias e apropriações indevidas.
GNOSE

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!