Autor Tópico: Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.  (Lida 10229 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Tirn Aill

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
  • Sexo: Masculino
Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Online: 19 de Novembro de 2016, 01:09:11 »
1. Há fases do desenvolvimento da vida humana, essas são:

A. Embrião/Feto.
B. Bebe.
C. Criança.
D. Adolescente.
E. Adulto(a).
F. Velho(a).

2. B, C, D, E e F são dependentes e precisam da existência do A para existirem.
3. O aborto remove o A.
4. Por causa disso o aborto também remove o B, C, D, E, F.
5. Mas remover a vida de B, C, D, E ou F é homicídio.
6. Portanto, o aborto é homicídio.

Como é homicídio não pode ser legalizado já que isso seria relativizar o homicídio.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #1 Online: 19 de Novembro de 2016, 01:25:11 »
Antes do A, vem o espermatozóide e o óvulo, que não foram incluídos na questão. Deve-se também proibir contraceptivos e masturbação?

Não sou favorável ao aborto, mas estou me adiantando aqui ao que será dito.



Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Tirn Aill

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #2 Online: 19 de Novembro de 2016, 01:32:52 »
Espermatozoide e óvulo sozinhos não fazem parte do desenvolvimento humano, eles são seres separados e sem potencialidade, e por isso B, C, D e etc não dependem deles, ao contrario do embrião.
« Última modificação: 19 de Novembro de 2016, 01:40:57 por Tirn Aill »

Offline El Elyon

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 689
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #3 Online: 19 de Novembro de 2016, 01:55:01 »
Citar
Como é homicídio não pode ser legalizado já que isso seria relativizar o homicídio.

Homicídio já é relativizado - você pode matar alguém se for em legítima defesa sua ou de terceiros ou no exercício de seu dever como um agente de segurança, e quase certamente esses atos não serão vistos como homicídio, tanto do ponto de vista legal quanto ético. Obviamente pode-se clamar que nesse caso a pessoa estava lidando com um conflito de interesses em que uma das partes já estava disposta a colocar a vida de outrem em risco, o que torna a comparação não adequada com o aborto.

Citar
Espermatozoide e óvulo sozinhos não fazem parte do desenvolvimento humano, eles são seres separados e sem potencialidade, e por isso B, C, D e etc não dependem deles, ao contrario do embrião.

Isso também é válido para o aborto espontâneo, tornando alguns tipos dele como crime culposos? Afinal, certas escolhes maternas/paternas podem expor o embrião/feto a riscos a sua existência, e se há um possível ato causal entre eles, pode-se considerar que tem ela/ele possue certa responsabilidade/culpabilidade pelo evento.

"As long as the Colossus stands, Rome will stand, when the Colossus falls, Rome will also fall, when Rome falls, so falls the world."

São Beda.

Offline Tirn Aill

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 97
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #4 Online: 19 de Novembro de 2016, 02:06:19 »
Citar
Isso também é válido para o aborto espontâneo, tornando alguns tipos dele como crime culposos? Afinal, certas escolhes maternas/paternas podem expor o embrião/feto a riscos a sua existência, e se há um possível ato causal entre eles, pode-se considerar que tem ela/ele possue certa responsabilidade/culpabilidade pelo evento.

Acredito que sim, deveriam investigar se o embrião/feto morreu por negligencia, se for os envolvidos deveriam ser penalizados.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #5 Online: 19 de Novembro de 2016, 07:27:55 »
1. Há fases do desenvolvimento da vida humana, essas são:

A. Embrião/Feto.
B. Bebe.
C. Criança.
D. Adolescente.
E. Adulto(a).
F. Velho(a).

2. B, C, D, E e F são dependentes e precisam da existência do A para existirem.
3. O aborto remove o A.
4. Por causa disso o aborto também remove o B, C, D, E, F.
5. Mas remover a vida de B, C, D, E ou F é homicídio.
6. Portanto, o aborto é homicídio.

Como é homicídio não pode ser legalizado já que isso seria relativizar o homicídio.

Falso. Impedir que a vida humana se forme é diferente de matar alguém que, por definição, precisa estar vivo (que seria a definição de homicídio).

Citação de: Código Penal
Homicídio simples
Art 121. Matar alguem:
Pena - reclusão, de seis a vinte anos.

Seu argumento é similar a dizer que impedir uma pessoa de comprar um relógio é furto. Não se tira algo de alguém antes que ele o tenha.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #6 Online: 19 de Novembro de 2016, 07:38:36 »
Isso também é válido para o aborto espontâneo, tornando alguns tipos dele como crime culposos? Afinal, certas escolhes maternas/paternas podem expor o embrião/feto a riscos a sua existência, e se há um possível ato causal entre eles, pode-se considerar que tem ela/ele possue certa responsabilidade/culpabilidade pelo evento.

Considerando que entre 30% e 40% do total de gestações termina em abortamento espontâneo, milhões de mulheres teriam que responder por homicídio culposo todos os anos.
« Última modificação: 19 de Novembro de 2016, 08:39:59 por Lakatos »

Offline Pedro Reis

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.861
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #7 Online: 19 de Novembro de 2016, 08:28:00 »
Antes do A, vem o espermatozóide e o óvulo, que não foram incluídos na questão. Deve-se também proibir contraceptivos e masturbação?

Não sou favorável ao aborto, mas estou me adiantando aqui ao que será dito.





Também não sou favorável ao aborto e a eutanásia. E não sou contra tampouco.

Não sei qual a solução para estes problemas, talvez sejam daqueles problemas sem solução.

O criador do tópico se refere ao perigo de relativizar o homicídio, mas o problema mesmo está em se relativizar o valor da vida humana.

Muitos acham que todos que se posicionam contra aborto e eutanásia o fazem por considerações de natureza religiosa. Não entendem porque alguém, se não crê em Deus e em alma, pode querer obrigar um doente terminal a um cruel sofrimento inútil. Ou pode pensar que um mero aglomerado de células que nem formaram neurônios ainda, pode ter o mesmo valor de um ser humano consciente e plenamente saudável.

Parece absurdo.

No entanto, na verdade, os juristas precisam decidir sobre estas questões analisando à luz da experiência histórica.

Todos nós já nascemos na era da Carta Universal dos Direitos Humanos, que em seus artigos VI e VII declara:

Artigo VI
Todo ser humano tem o direito de ser, em
todos os lugares, reconhecido como pessoa
perante a lei.

Artigo VII
Todos são iguais perante a lei e têm direito,
sem qualquer distinção, a igual proteção da
lei. Todos têm direito a igual proteção contra
qualquer discriminação que viole a presente
Declaração e contra qualquer incitamento a
tal discriminação.

Esse documento, implicitamente, declara que a vida do homem é um valor absoluto. E que a vida de nenhum ser humano pode valer menos que a de outro.

Mas nem sempre foi assim...

De fato este é um conceito muito novo na História. Desde que sabemos, em todas as épocas, em todos os lugares, essa ideia nunca fez o menor sentido para os povos.

A escravidão só foi abolida há pouco mais de cem anos. Plebeus sempre foram menos humanos que nobres, mulheres menos que homens, crianças menos que adultos. A vida do estrangeiro não tinha o mesmo valor, muitas religiões praticaram sacrifícios humanos, os judeus se julgaram superiores aos gentios, assim como quase todos os outros povos também pensavam.

Há muito pouco tempo, na década de 30 do século passado, o racismo se apoiava em teorias cientificistas, e ninguém se envergonharia de expressar opiniões racistas publicamente. Eugenia era algo levado muito a sério, mais até nos Estados Unidos e na Inglaterra que na própria Alemanha nazista.

Henry Ford, o mais notório empresário do mundo, escrevia ( e assinava ) artigos anti-semitas.

Os nazistas não inventaram os campos de concentração e extermínio. Isso já havia existido na Ìndia britânica, na África do Sul, na União Soviética. Limpeza étnica não foi uma prática tão chocante. Esses extermínios comandados por um Estado ocorreram com índios na América do Norte, na América Espanhola, Portuguesa, em quase todo mundo colonial. No Congo Belga, em pleno séc. 20, o rei Leopoldo pode ter exterminado mais de 5 milhões de pessoas. Também existiu o holocausto ucraniano, o armênio...

Mas então veio a segunda guerra e deu no que deu. E com a descoberta das atrocidades dos nazistas a humanidade finalmente se deu conta do perigo que todos corremos ao se relativizar a vida humana.

Toda vida humana tem o mesmo valor, mesmo que isto seja uma mentira. Mesmo que seja uma fantasia pensar que um punhado de células menos complexa que uma samambaia é tão importante quanto você.

Porque quando se admite a ideia de que as vidas humanas podem ter pesos diferentes, então está aberta a discussão sobre onde pôr a linha divisória. Aí é que mora o perigo.

Se o embrião é menos humano, também talvez não o será um bebê com hidrocefalia? Mas se esse bebê é menos humano, talvez seja um pouco menos humano alguém com extrema deficiência mental. Ou com alguma deficiência mental. Ou o negro, ou o judeu, ou o índio, ou o homossexual, ou o... e aí vamos descendo a ladeira.

Até que um dia a ladeira pode chegar até você.

Offline Pedro Reis

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.861
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #8 Online: 19 de Novembro de 2016, 08:31:24 »
Com "descendo a ladeira" não quis dizer que exista realmente uma "ladeira", uma espécie de hierarquia classificando os diferentes tipos de pessoas. Foi uma expressão infeliz.

Pretendi dizer que existe o perigo de ideologias criarem estas hierarquias quando existe uma brecha para isso.

E aceitar a relativização da vida humana é a brecha.

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #9 Online: 19 de Novembro de 2016, 09:09:53 »
Para que nós possamos discutir aborto é necessário antes chegar a um consenso sobre a definição da palavra vida e fazer a devida diferenciação entre vida e vida humana.

Ainda estou para ver uma justificativa secular para posições antiaborto. Todas que eu vi tem um ranço, muitas vezes mal disfarçado, de ideais religiosos.

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #10 Online: 19 de Novembro de 2016, 09:12:37 »
Com "descendo a ladeira" não quis dizer que exista realmente uma "ladeira", uma espécie de hierarquia classificando os diferentes tipos de pessoas. Foi uma expressão infeliz.

Pretendi dizer que existe o perigo de ideologias criarem estas hierarquias quando existe uma brecha para isso.

E aceitar a relativização da vida humana é a brecha.

Soou como um declive escorregadio.

Offline Pedro Reis

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.861
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #11 Online: 19 de Novembro de 2016, 09:22:31 »
Com "descendo a ladeira" não quis dizer que exista realmente uma "ladeira", uma espécie de hierarquia classificando os diferentes tipos de pessoas. Foi uma expressão infeliz.

Pretendi dizer que existe o perigo de ideologias criarem estas hierarquias quando existe uma brecha para isso.

E aceitar a relativização da vida humana é a brecha.

Soou como um declive escorregadio.

É um declive escorregadio.

Mas não meu!

O que estou dizendo é que relativizar o valor da vida humana nos expõe ao perigo de ideologias se utilizarem de argumentos de certa forma semelhantes a um tipo de declive escorregadio.

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #12 Online: 19 de Novembro de 2016, 09:31:13 »
Com "descendo a ladeira" não quis dizer que exista realmente uma "ladeira", uma espécie de hierarquia classificando os diferentes tipos de pessoas. Foi uma expressão infeliz.

Pretendi dizer que existe o perigo de ideologias criarem estas hierarquias quando existe uma brecha para isso.

E aceitar a relativização da vida humana é a brecha.

Soou como um declive escorregadio.

É um declive escorregadio.

Mas não meu!

O que estou dizendo é que relativizar o valor da vida humana nos expõe ao perigo de ideologias se utilizarem de argumentos de certa forma semelhantes a um tipo de declive escorregadio.

Aborto e eutanásia são decisões pessoais, não políticas de estado.

E ambas são absolutamente traumáticas para os envolvidos. Com exceção de algumas idiotas --que acham que é simbolo de status político--, nenhuma mulher gosta de abortar. Aborto é a última alternativa.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #13 Online: 19 de Novembro de 2016, 10:22:05 »
Sobre o aborto há a questão de onde começa a vida. Mas por que ser contra a Eutanásia? Apessoa que sofre de uma doença terminal já vai morrer de qualquer jeito. Se ela quiser encurtar a própria e vida para não sofrer na hora da morte ela deveria ter todo o direito para isso.


Vocês consideram o zigoto vida?
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.


Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #15 Online: 19 de Novembro de 2016, 10:31:33 »
Zigoto é vida.

Seria vida por ser o primeiro estágio após a junção do óvulo com o espermatozoide?
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #16 Online: 19 de Novembro de 2016, 10:45:35 »
Aborto e eutanásia são decisões pessoais, não políticas de estado.

Esqueceu de acrescentar um "na minha opinião" no final da frase.

Mesmo a eutanásia, onde teoricamente o próprio doente pode decidir sobre sua vida, ainda assim deve haver uma regulamentação para evitar distorções, abusos e coisas horripilantes que poderiam acontecer aproveitando-se dessa 'brecha'.

(Não subestime a capacidade humana para a maldade e a má-fé).

O que percebo nas posições pró-aborto é uma tentativa disfarçada de "fugir" do debate, tentando bater o pé com convicção em cima de determinadas posições ou assertivas como se estas fossem verdades auto-evidentes e objetivamente verificáveis por todos.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #17 Online: 19 de Novembro de 2016, 10:47:35 »
Zigoto é vida.

Seria vida por ser o primeiro estágio após a junção do óvulo com o espermatozoide?

Ele quis dizer que é vida (óbvio), mas não uma vida com o mesmo status jurídico de uma vida humana.
Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.171
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #18 Online: 19 de Novembro de 2016, 10:59:30 »
Espermatozoide e óvulo sozinhos não fazem parte do desenvolvimento humano, eles são seres separados e sem potencialidade, e por isso B, C, D e etc não dependem deles, ao contrario do embrião.

Essa é uma classificação puramente arbitrária, e até errada sem sentido. "Sem potencialiade"? Se isso fosse verdade, fecundação seria impossível, e os embriões seriam originados por mágica em algum outro processo.

Não existe desenvolvimento humano sem o óvulo. Ele é uma fase absolutamente primordial do desenvolvimento humano.

O óvulo, antes de ser fecundado, não é "outra coisa" fundamentalmente diferente de um instante após ser fecundado. Antes "não havia" um "humano", em seguida, entra um espermatozóide sagrado, e agora há, a partir desse nano-instante.

É a mesma célula, a mesma vida, que apenas a partir da fecundação poderá sobreviver.









2 - se aborto é homicídio, aborto espontâneo é homicídio culposo.

Tentar engravidar comumente envolve uma série de homicídios culposos.

https://pt.wikipedia.org/wiki/Aborto_espont%C3%A2neo

Citar
Miscarriage is the most common complication of early pregnancy.[11] Among females who know they are pregnant, the miscarriage rate is roughly 10% to 20% while rates among all fertilisation is around 30% to 50%.[1][5] About 5% of females have two miscarriages in a row.[12] Some recommend not using the term "abortion" in discussions with those experiencing a miscarriage in an effort to decrease distress.[13]

É humanamente imprescindível se desenvolver tecnologia mais segura de fertilização viável, e impedir as pessoas de continuarem matando tantas crianças por negligência, em sua ânsia infantil por brincarem de papai e mamãe.







Não tenho mais paciência para essas repetições todas. Deixo só o link para o texto de Sagan e Druyan, "Aborto: é possível ser “pró-vida” e “pró-escolha” ao mesmo tempo?"

Citar
[...]
https://espacosevolutivo.wordpress.com/2013/07/17/aborto/
A questão fora resolvida havia anos. Os tribunais decidiram o caminho do meio. Pensava-se que a luta havia acabado. Ao invés disso o que temos são ataques, bombas e intimidação, assassinato de trabalhadores em clínicas que fazem abortos, prisões, lobby intenso, drama legislativo, audiências públicas, decisões dos supremos tribunais, grandes partidos políticos quase se definindo inteiramente através desta questão, e religiosos ameaçando políticos à perdição. Militantes disparam acusações de hipocrisia e assassinato. A defesa da Constituição e a vontade de Deus são igualmente invocadas. Argumentos duvidosos são repetidos como certezas. As facções em disputa reivindicam a ciência para sustentar suas posições. Famílias se dividem, maridos e esposas decidem não discutir sobre o tema, amigos de longa data não mais se falam.

Políticos consultam as pesquisas de opinião para saber o que dizem suas consciências. No meio de tanta gritaria fica difícil para os adversários se escutarem. As opiniões se polarizam. As mentes de fecham.
É errado abortar uma gravidez? Sempre? Às vezes? Nunca? Como decidir? Escrevemos este artigo para melhor compreender que visões disputam tais questões e para ver se nós mesmos encontramos uma posição que nos satisfaça. Não haveria um caminho do meio? Foi preciso pesar os argumentos de ambos os lados em relação a sua consistência e propor exemplos-teste, alguns destes puramente hipotéticos. Se em alguns destes testes parecemos ir muito longe, pedimos aos leitores e leitoras que sejam pacientes conosco – estamos tentando forçar as várias posições até seu limite para ver sua fragilidade e onde falham. [...]

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #19 Online: 19 de Novembro de 2016, 11:05:48 »
Aborto e eutanásia são decisões pessoais, não políticas de estado.

Esqueceu de acrescentar um "na minha opinião" no final da frase.

Mesmo a eutanásia, onde teoricamente o próprio doente pode decidir sobre sua vida, ainda assim deve haver uma regulamentação para evitar distorções, abusos e coisas horripilantes que poderiam acontecer aproveitando-se dessa 'brecha'.

(Não subestime a capacidade humana para a maldade e a má-fé).

O que percebo nas posições pró-aborto é uma tentativa disfarçada de "fugir" do debate, tentando bater o pé com convicção em cima de determinadas posições ou assertivas como se estas fossem verdades auto-evidentes e objetivamente verificáveis por todos.

Muito estranha a forma como você está colocando a situação. Me parece que você está criando um espantalho de algo que eu nem sequer disse.

Por que "na minha opinião"?

É óbvio que não se pode duvidar  da capacidade humana para atrocidades. Isso não se discute. É óbvio que pode surgir um psicopata que convença as pessoas que gestações que resultarão em bebes não perfeitos e gestações que resultarão em bebes com pais que não consigam prover seus sustentos devem ser obrigatoriamente interrompidas, e chamar essa política de estado de aborto. Mas isso seria semântica.

O que se está em discussão aqui, e se está classificando como aborto, é o direito que a mulher possui em interromper a sua própria gestação antes que o embrião atinja um estágio X que seja óbvio que ele possua o MÍNIMO possível daquelas características que definem um ser humano.







Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.223
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #20 Online: 19 de Novembro de 2016, 11:27:10 »
[...]
O que percebo nas posições pró-aborto é uma tentativa disfarçada de "fugir" do debate, tentando bater o pé com convicção em cima de determinadas posições ou assertivas como se estas fossem verdades auto-evidentes e objetivamente verificáveis por todos.

O mesmo pode ser dito dos que são contrários ao aborto.
Foto USGS

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #21 Online: 19 de Novembro de 2016, 11:53:15 »
[...]
O que percebo nas posições pró-aborto é uma tentativa disfarçada de "fugir" do debate, tentando bater o pé com convicção em cima de determinadas posições ou assertivas como se estas fossem verdades auto-evidentes e objetivamente verificáveis por todos.

O mesmo pode ser dito dos que são contrários ao aborto.

Isso não é verdade.

Tirando aquele zé-povinho idiota esquerdista radical do qual não se pode esperar muita coisa, o que se vê nós defensores da legalização do aborto é um debate fortemente embasado em embriologia, neurologia, definições de vida e tenttivas de dissociação entre estado e religiões. E a replica que eles recebem dos antiaborto resume-se a "assassinos de bebes e postulantes a genocidas".

O DDV pegou a tática que os antiaborto usam e a colocou como sendo pŕopria dos defensores da legalização do aborto.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.171
  • Sexo: Masculino
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #22 Online: 19 de Novembro de 2016, 11:55:49 »
O que se está em discussão aqui, e se está classificando como aborto, é o direito que a mulher possui em interromper a sua própria gestação antes que o embrião atinja um estágio X que seja óbvio que ele possua o MÍNIMO possível daquelas características que definem um ser humano.

Não sei se "o mínimo" é uma boa forma de expressar isso. Pode ser irrelevante, mas fico com a impressão de ser algo mais vago e inferior a descrição do que o "fundamental". O "mínimo" talvez possa ser bem menor que o fundamental. Mas talvez eu não esteja dizendo nada com nada.

Mas, de qualquer forma, esse "semantiquês" foi desengatado por, por algum motivo, sua frase ter me lembrado de colocações de defensoras extremistas de aborto (e possivelmente infanticídio), dizendo coisas como "eu não considero o bebê como já sendo uma pessoa". Não estou tentando te imputar isso, só por algum motivo, me fez lembrar.

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.738
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #23 Online: 19 de Novembro de 2016, 12:13:09 »
O que se está em discussão aqui, e se está classificando como aborto, é o direito que a mulher possui em interromper a sua própria gestação antes que o embrião atinja um estágio X que seja óbvio que ele possua o MÍNIMO possível daquelas características que definem um ser humano.

Não sei se "o mínimo" é uma boa forma de expressar isso. Pode ser irrelevante, mas fico com a impressão de ser algo mais vago e inferior a descrição do que o "fundamental". O "mínimo" talvez possa ser bem menor que o fundamental. Mas talvez eu não esteja dizendo nada com nada.

Mas, de qualquer forma, esse "semantiquês" foi desengatado por, por algum motivo, sua frase ter me lembrado de colocações de defensoras extremistas de aborto (e possivelmente infanticídio), dizendo coisas como "eu não considero o bebê como já sendo uma pessoa". Não estou tentando te imputar isso, só por algum motivo, me fez lembrar.

Foi má formulação da frase.

Eu quis com aquilo dar uma maior margem de segurança para a definição de vida. O mínimo seria meio que o que já é consenso entre os defensores sérios do direito ao aborto, ou seja, gestações até 3 meses. Apos 3 meses o feto já possui um sistema nervoso em tal estado que deve ser considerado uma vida humana.

Offline Gauss

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.232
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Provando que o aborto é homicidio com um argumento lógico.
« Resposta #24 Online: 19 de Novembro de 2016, 13:13:58 »
Eu quis com aquilo dar uma maior margem de segurança para a definição de vida. O mínimo seria meio que o que já é consenso entre os defensores sérios do direito ao aborto, ou seja, gestações até 3 meses. Apos 3 meses o feto já possui um sistema nervoso em tal estado que deve ser considerado uma vida humana.

Também penso assim.
Citação de: Gauss
Bolsonaro é um falastrão conservador e ignorante. Atualmente teria 8% das intenções de votos, ou seja, é o Enéas 2.0. As possibilidades desse ser chegar a presidência são baixíssimas, ele só faz muito barulho mesmo, nada mais que isso. Não tem nenhum apoio popular forte, somente de adolescentes desinformados e velhos com memória curta que acham que a ditadura foi boa só porque "tinha menos crime". Teria que acontecer uma merda muito grande para ele chegar lá.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!