Autor Tópico: A mulher mais inteligente que já vi...  (Lida 618 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
A mulher mais inteligente que já vi...
« Online: 11 de Janeiro de 2017, 12:27:31 »
A vida, afinal, não é uma bunda. :/

Herdamos nossa inteligência da mãe, revela pesquisa

Pessoas que são mais inteligentes do que a média deveriam agradecer a uma pessoa em especial: suas mães. E, como vários estudos têm destacado, são as mães que transmitem para os filhos a maior parte da carga genética relacionada com as habilidades cognitivas.

Isso desmente muitos dos preconceitos de gênero que continuam enraizados em nossa sociedade e que, por séculos, acompanham cruelmente as mulheres. De acordo com estas informações, a inteligência do progenitor não é relevante ao definir a inteligência dos filhos.

Genes condicionados, a chave de tudo

A base científica deste caso reside justamente na existência de “genes condicionados”. Estes componentes genéticos, como descrito por biólogos que estudam o assunto a fundo, se comportam de forma distinta de acordo com sua origem, seja em um corpo masculino ou feminino.

Aparentemente, estes genes contêm uma espécie de “etiqueta” bioquímica que fornece informações sobre a sua origem e que, inclusive, nos revela se os genes estão ativos ou não nas células da criança. Especificamente, alguns genes condicionados só se ativam se procederem da mãe. Se este mesmo gene for herdado através do pai, não será ativado. Como esperado, existem outros genes que funcionam no sentido inverso: ou seja, apenas se ativam se vierem do pai.

Cromossomo X, essencial para o desenvolvimento do potencial cognitivo

Diferentes estudos mostram que as crianças são mais propensas a herdar a inteligência da mãe porque as habilidades cognitivas dos genes estão relacionados com as capacidades cognitivas que estão localizados no cromossomo X .

Em 1984, um estudo da Universidade de Cambridge já identificava esta tendência. Uma equipe de estudiosos analisaram certos componentes bioquímicos e genéticos do cérebro e chegaram a conclusão de que os genes da mãe fornecem mais informações para o desenvolvimento de estruturas cerebrais associadas com o pensamento e as operações mentais.

Para chegar a esta conclusão surpreendente, os pesquisadores trabalharam com embriões de camundongos modificando-os para reproduzir apenas os genes da mãe ou do pai. No entanto, quando os cientistas transferiram os embriões para o útero de um rato fêmea para continuarem se desenvolvendo, eles morreram.

Assim, os pesquisadores perceberam que existem genes condicionados que se ativam apenas quando são herdados por vias maternas e que estes são imprescindíveis para o desenvolvimento e a sobrevivência do embrião. Com os embriões que eram cópias genéticas dos pais ocorria algo distinto: seus genes eram cruciais para o crescimento dos tecidos da placenta, mas estes também morreram.

A hipótese era clara: se esses genes em particular foram tão essenciais para o desenvolvimento (e sobrevivência) do embrião, seria razoável pensar que genes com grandes responsabilidades no funcionamento orgânico dos animais e dos seres humanos talvez guardariam uma relação forte com certas funções cerebrais. Uma hipótese que, depois de sucessivos estudos, foi validada.

Ratos com cabeças surpreendentemente grandes

Os ratos que tiveram uma maior proporção de genes maternos desenvolveram um cérebro anormalmente grande e seus corpos eram muito menores. Em contraste com isso, os ratos com genes paternos tinham uma pequena cabeça e um corpo superdesenvolvido.

A medida que os cientistas foram detectando quais genes eram da mãe e quais eram do pai, identificavam várias células que estavam apenas nos genes maternos ou paternos em diferentes áreas do cérebro que regulavam diferentes funções e processos cognitivos, como a inteligência ou a memória.

Os cientistas não encontraram nenhuma célula paterna no córtex cerebral, onde as estruturas nos permitem usar funções cognitivas mais complexas como a inteligência, a tomada de decisões, a linguagem e outras habilidades.

Novas pesquisas e evidências

Um dos pesquisadores mais renomados no campo da inteligência, Robert Lehrke, revelou que a maior parte da capacidade intelectual das crianças é gerada no cromossomo X, o que indica que as mulheres tem o dobro de probabilidade de herdar as características ligadas à inteligência, por terem duas vezes esse mesmo cromossomo “X”.

Há alguns meses atrás, outro estudo da Universidade alemã de Ulm descobriu que o material genético implicado no dano cerebral está intimamente ligado ao cromossomo X. Observou também que uma das evidências disso é o fato de que as deficiências mentais e intelectuais são 30% mais comuns nos homens.

Preditor de QI

Todos os estudos anteriores são muito interessantes e específicos sobre a relação que há entre os genes da mãe e a inteligência. No entanto, um dos estudos mais reveladores é a análise longitudinal do Medical Research Council Social and Public Health Sciences Unit dos EUA.

Durante um longo período de tempo, 12.000 jovens entre 13 e 22 anos foram entrevistados anualmente. Ao analisar diferentes variáveis sobre os indivíduos, como a cor da pele ou o nível sociocultural e econômico, eles descobriram que o indicador que melhor preveu a inteligência de cada sujeito foi o QI da mãe .

Além da genética

Mas não é só a genética que nos oferece informações sobre esta questão. Há outras pesquisas que mostram que as mães desempenham um papel fundamental no desenvolvimento intelectual e cognitivo das crianças, através de estímulos diários. Vários estudos sugerem que o apego, esse vínculo de confiança com a mãe está intimamente relacionado com a futura inteligência da criança.

O apego e a sua importância para o desenvolvimento da inteligência

Várias pesquisas na Universidade da Carolina do Norte, entre muitas outras, confirmaram que as crianças que desenvolvem um apego seguro com suas mães são capazes de realizar o jogo simbólico de forma muito mais complexa. Além disso, elas são mais consistentes e mais tolerantes às frustrações.

Parece que o apego seguro fornece uma base para que as crianças cresçam confiando em seu potencial, enfrentando desafios para resolver os problemas diários de suas vidas. Também destacam que, as mães que oferecem esse apego seguro aos filhos, são as que estimulam mais para que eles avancem em seu desenvolvimento cognitivo.

Qual é a porcentagem de inteligência herdada?

Mas será que realmente a inteligência é herdada? Em que proporção? Costuma-se falar que entre 45 e 55% da inteligência vem escrita nos genes, isto é, uma parte significativa (cerca de metade) se desenvolve sem as condições familiares, sociais e pessoais.

Devemos lembrar que a inteligência nada mais é que a capacidade que os seres humanos têm para resolver problemas. Não há uma área específica no cérebro responsável por resolver problemas, mas, o cérebro como um todo trabalha para enfrentar qualquer tarefa que exija esforço das nossas habilidades cognitivas. Nós utilizamos o pensamento racional para estes fins, assim como o pensamento heurístico, a intuição e as emoções, que, muitas vezes, estão mais relacionadas com a herança genética do pai.

Estimule a inteligência da criança

Não há necessidade de prestar atenção excessiva ao QI de uma criança. A inteligência é uma construção extremamente complexa que se desenvolve se a mente da criança for devidamente estimulada com desafios e tarefas, isso, aos poucos, vai a obrigando a escalar as suas próprias etapas de desenvolvimento cognitivo.

Como pais, devemos compreender que podemos contribuir muito para que os nossos filhos amadureçam e desenvolvam habilidades cognitivas mais complexas, e isso deve ser feito considerando as necessidades emocionais e de lazer da criança. Tudo ajuda.

Fonte

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #1 Online: 11 de Janeiro de 2017, 12:58:48 »
Citar
identificavam várias células que estavam apenas nos genes maternos ou paternos em diferentes áreas do cérebro

Suponho que tenha sido quisto dizer "células EM que estavam apenas nos os genes maternos ou paternos".

Acho que estão tirando conclusões um pouco tortas das evidências.

Para começar, é um ponto de vista androcêntrico, já que uma mulher herdará um dos seus cromossomos X do pai. Então valeria apenas para os homens herdarem da mãe, no que quer que dependa especificamente dos cromossomos X e Y, que não será tudo. E efeitos similares de capenguices por coisas faltando no cromossomo Y devem acontecer com praticamente toda característica que dependa desses cromossomos.

Ainda haverá alguma ifluência não-biológica na herança do QI da mãe, por criação.


Mas, dando continuidade ao tópico:




Laura Shields, QI 158.




Danica McKellar, QI 154


Kate Beckinsale, QI 152



Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #2 Online: 11 de Janeiro de 2017, 13:07:50 »
Buckaroo!!! :clap: :clap: :clap:  Buckaroo!!! :clap: :clap: :clap:

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #3 Online: 11 de Janeiro de 2017, 13:21:15 »
Minha contribuição.



Marilyn vos Savant, QI 228


Offline Spencer

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 833
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #4 Online: 11 de Janeiro de 2017, 18:42:17 »
Nunca me convenci de que os genes possam influenciar, além de fenótipos e genótipos, em qualquer dos atributos emocionais, intelectuais, morais, e que tais.
Para mim é absolutamente teórico e especulativo, imaginar que um conjunto de aminoácidos possa fazer alguém ser mais ou menos inteligente, a não ser quando interfira nas funções normais do organismo... um cérebro deformado, etc.

Interessante que o debate histórico e ao mesmo tempo nostálgico, sobre o animismo e o vitalismo dos biologistas do passado jamais chegou a uma conclusão que atendesse às duas partes.

PS. Lamento não saber como contribuir, apresentando alguns anjos pictóricos como os acima.
« Última modificação: 11 de Janeiro de 2017, 18:44:26 por Spencer »

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #5 Online: 11 de Janeiro de 2017, 18:52:59 »
Os cérebros, assim como o resto do corpo, são produzidos pelos genes. As diferenças nos genes produzem "todas" as diferenças que você pode ver no fenótipo das pessoas, como a própria fisionomia diferente. Da mesma forma que as pessoas terão rostos um pouco diferentes, terão cérebros um pouco diferentes, tanto em forma como fisiologia. Essas diferenças irão calhar em funcionamento também um pouco diferente.

Não existe qualquer diferença conceitual entre isso e diferenças genéticas afetando algo "mais" físico (é na verdade tão físico quanto), como a performance atlética.

E mesmo diferenças em outras partes podem acabar causando diferenças cerebrais indiretamente, como diferenças em níveis hormonais -- endocrinologia comportamental.

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #6 Online: 11 de Janeiro de 2017, 19:24:56 »
Nunca me convenci de que os genes possam influenciar, além de fenótipos e genótipos, em qualquer dos atributos emocionais, intelectuais, morais, e que tais.
Para mim é absolutamente teórico e especulativo, imaginar que um conjunto de aminoácidos possa fazer alguém ser mais ou menos inteligente, a não ser quando interfira nas funções normais do organismo... um cérebro deformado, etc.

Interessante que o debate histórico e ao mesmo tempo nostálgico, sobre o animismo e o vitalismo dos biologistas do passado jamais chegou a uma conclusão que atendesse às duas partes.

PS. Lamento não saber como contribuir, apresentando alguns anjos pictóricos como os acima.

Mas quão embasado em conhecimento é sua opinião? Nem estou me referindo ao tema do tópico, trouxe justamente para ser questionado, debatido, por opiniões mais embasadas, corroborado ou refutado por estudos mais recentes ou mais sérios, porque meu conhecimento é limitado (e aproveitei para fazer uma graça em referência ao tópico das gostosas), mas de uma forma geral. Quanto sua intuição pesa nas suas convicções? Pergunto isso porque o conhecimento com frequência contradiz as minhas intuições e convicções, às vezes, de forma um tanto incômoda, mas enfim, esse é o preço que se paga por preferir saber em vez de acreditar.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 32.425
  • Sexo: Masculino
  • ...
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #7 Online: 11 de Janeiro de 2017, 19:40:42 »
Se o cérebro é só uma "antena" do espírito, então teoricamente diferenças cerebrais não poderiam afetar o comportamento ou faculdades mentais, a menos em caso de grave dano, que afetasse muito a recepção do sinal almal.

Mas o que ocorre é que essas diferenças sutis de anatomia e fisiologia são na verdade como diferenças sutis de sintonia com os sinais das almas, também. Logo, o que os cientistas poderiam inferir ser uma diferença fisiológica ou genética relacionada a, digamos, impulsividade, seria na verdade apenas algo relacionado à recepção do sinal de auto-controle da alma.  ::)

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.358
  • Love it or Hate it
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #8 Online: 11 de Janeiro de 2017, 21:33:24 »
Postar híbridos extraterrestres não vale.


Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.358
  • Love it or Hate it
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #10 Online: 11 de Janeiro de 2017, 23:40:26 »
Com esse QI e com esse nome só pode ser pré-fabricada em laboratório. Savant deve ser a marca.

Offline Pedro Reis

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.899
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #11 Online: 12 de Janeiro de 2017, 00:01:59 »

Herdamos nossa inteligência da mãe, revela pesquisa

Pessoas que são mais inteligentes do que a média deveriam agradecer a uma pessoa em especial: suas mães.


Não quero ser ingrato com a minha mãe mas isso parece uma meia verdade.

Meninas são XX.

Meninos são XY.

Se o cromossomo X desempenha um papel fundamental na transmissão das potencialidades cognitivas devemos notar que as meninas recebem um X da mãe e outro X do pai.

Meninos recebem apenas o X da mãe? Sim, mas devemos perceber que um dos cromossomos X da mãe veio justamente do... seu pai.

Então tanto homens quanto mulheres estão contribuindo para os atributos cognitivos de suas descendências, no que toca a parte destes atributos que foi influenciada pela herança genética.

 É acreditado que inteligência é um atributo importante para mulheres na escolha de parceiros, o que sugere aí a existência de um mecanismo de seleção sexual dos atributos intelectuais dos homens.

Online Enjolras

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.656
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #12 Online: 12 de Janeiro de 2017, 00:32:29 »

Herdamos nossa inteligência da mãe, revela pesquisa

Pessoas que são mais inteligentes do que a média deveriam agradecer a uma pessoa em especial: suas mães.


Não quero ser ingrato com a minha mãe mas isso parece uma meia verdade.

Meninas são XX.

Meninos são XY.

Se o cromossomo X desempenha um papel fundamental na transmissão das potencialidades cognitivas devemos notar que as meninas recebem um X da mãe e outro X do pai.

Meninos recebem apenas o X da mãe? Sim, mas devemos perceber que um dos cromossomos X da mãe veio justamente do... seu pai.

Então tanto homens quanto mulheres estão contribuindo para os atributos cognitivos de suas descendências, no que toca a parte destes atributos que foi influenciada pela herança genética.

 É acreditado que inteligência é um atributo importante para mulheres na escolha de parceiros, o que sugere aí a existência de um mecanismo de seleção sexual dos atributos intelectuais dos homens.

Er... e o cromossomo X do pai vem da...
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #13 Online: 12 de Janeiro de 2017, 00:39:19 »
AQUI tem uma explicação melhor, mais detalhada. Não me parece algo conclusivo, pelo que entendi, mas é só o que me atrevo a opinar.

Offline Gigaview

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.358
  • Love it or Hate it
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #14 Online: 12 de Janeiro de 2017, 00:45:55 »
Só faltou um consenso sobre "inteligência". Que inteligência é essa que é supostamente herdada?

Offline Pedro Reis

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.899
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #15 Online: 12 de Janeiro de 2017, 01:15:58 »
Er... e o cromossomo X do pai vem da...

Ué, vem da mãe que pode ter herdado do PAI, cujo X veio da mãe, mãe esta que pode ter herdado do PAI... e assim sucessivamente você vai bater lá no ancestral comum entre homens e macacos.

Eu só chamei atenção para o fato de que o TÍTULO da notícia passa a falsa impressão de que o pai ( o homem ) não tem como transmitir genes que influenciem no desenvolvimento das capacidades cognitivas.

Por outro lado, nós podemos também pensar da seguinte forma:

1 -  Inteligência é um dos atributos importantes para uma mulher escolher o pai dos seus filhos. Então homens inteligentes estão sendo levemente favorecidos a transmitir sua herança genética.

2 - Homens preferem as louras burras. Mulheres inteligentes como Rose Marie Muraro não são tão cobiçadas quanto às siliconadas do Pânico.

Logo, devem ser os homens inteligentes que estão contribuindo mais, ao longo das gerações, para evitar a idiotização da humanidade.


Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #16 Online: 12 de Janeiro de 2017, 01:27:59 »
Só faltou um consenso sobre "inteligência". Que inteligência é essa que é supostamente herdada?

Er... e o cromossomo X do pai vem da...

Ué, vem da mãe que pode ter herdado do PAI, cujo X veio da mãe, mãe esta que pode ter herdado do PAI... e assim sucessivamente você vai bater lá no ancestral comum entre homens e macacos.

Eu só chamei atenção para o fato de que o TÍTULO da notícia passa a falsa impressão de que o pai ( o homem ) não tem como transmitir genes que influenciem no desenvolvimento das capacidades cognitivas.

Por outro lado, nós podemos também pensar da seguinte forma:

1 -  Inteligência é um dos atributos importantes para uma mulher escolher o pai dos seus filhos. Então homens inteligentes estão sendo levemente favorecidos a transmitir sua herança genética.

2 - Homens preferem as louras burras. Mulheres inteligentes como Rose Marie Muraro não são tão cobiçadas quanto às siliconadas do Pânico.

Logo, devem ser os homens inteligentes que estão contribuindo mais, ao longo das gerações, para evitar a idiotização da humanidade.



AQUI tem uma explicação melhor, mais detalhada.

Offline DDV

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.724
  • Sexo: Masculino
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #17 Online: 12 de Janeiro de 2017, 02:41:55 »
A vida, afinal, não é uma bunda. :/

Sim, é peitos também!

Não acredite em quem lhe disser que a verdade não existe.

"O maior vício do capitalismo é a distribuição desigual das benesses. A maior virtude do socialismo é a distribuição igual da miséria." (W. Churchill)

Offline Skorpios

  • Tesoureiro
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.909
  • Sexo: Masculino
  • Homenagem a mais um amigo morto.
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #18 Online: 12 de Janeiro de 2017, 07:34:06 »
A vida, afinal, não é uma bunda. :/

Sim, é peitos também!

E o que fica entre.
Se você agir sempre com dignidade pode não melhorar o mundo, mas uma coisa é certa: haverá na Terra um canalha a menos.

Millôr Fernandes

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #19 Online: 12 de Janeiro de 2017, 09:42:43 »
A vida, afinal, não é uma bunda. :/

Sim, é peitos também!

E o que fica entre.

Do que se conclui que a vida, afinal, não é uma bunda.  :)

Offline Spencer

  • Nível 22
  • *
  • Mensagens: 833
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #20 Online: 12 de Janeiro de 2017, 15:27:28 »
Citar
Mas quão embasado em conhecimento é sua opinião? Nem estou me referindo ao tema do tópico, trouxe justamente para ser questionado, debatido, por opiniões mais embasadas, corroborado ou refutado por estudos mais recentes ou mais sérios, porque meu conhecimento é limitado (e aproveitei para fazer uma graça em referência ao tópico das gostosas), mas de uma forma geral. Quanto sua intuição pesa nas suas convicções? Pergunto isso porque o conhecimento com frequência contradiz as minhas intuições e convicções, às vezes, de forma um tanto incômoda, mas enfim, esse é o preço que se paga por preferir saber em vez de acreditar. 

O grande problema é que pelo fato dos genes praticamente definirem nossa fisiologia, algumas compatibilidades de natureza orgânica (doadores órgãos, sangue...), aparência, etc. e além disso e talvez exclusivamente por isto somos mais ou menos felizes  e equilibrados perante a vida, então, não tendo outra escolha creditamos aos genes tudo o mais... ou seja, somos mais ou menos inteligentes graças aos nucleoprotídeos transcritos pela enzima w273e; ou com grande talento para as artes ou ciências... ou sociopatas, etc
Se a mãe e o pai forem apoucados de inteligência, então, com 100% de certeza sua prole estará condenada. Se a mãe não tem inteligência, não transmitirá o que não possui.

Citar
Se o cérebro é só uma "antena" do espírito, então teoricamente diferenças cerebrais não poderiam afetar o comportamento ou faculdades mentais, a menos em caso de grave dano, que afetasse muito a recepção do sinal almal.

Mas o que ocorre é que essas diferenças sutis de anatomia e fisiologia são na verdade como diferenças sutis de sintonia com os sinais das almas, também. Logo, o que os cientistas poderiam inferir ser uma diferença fisiológica ou genética relacionada a, digamos, impulsividade, seria na verdade apenas algo relacionado à recepção do sinal de auto-controle da alma.  ::)
 
Há um entendimento generalizado em certos meios de que o cérebro seria o hardware e a mente, o software.
Pode-se possuir um cérebro perfeito e no entanto disfuncional. Por exemplo: as epilepsias essenciais ocorrem em cérebros absolutamente normais.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.009
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #21 Online: 13 de Janeiro de 2017, 12:39:46 »
Embora por princípio eu deveria concordar com 100% do que foi escrito na matéria, vou ficar com as palavras finais do texto: " Embora o tema seja excitante, ainda é muito cedo para as mulheres começarem a celebrar o monopólio genético do bem-estar intelectual da espécie humana. "

Apenas um adendo: TODAS as minhas filhas têm talento para desenhar, uma é arquiteta, uma faz tatuagens e a outra (com 12 anos) desenha figuras tipo mangá, e quer se profissionalizar nisso; não tenho dúvidas que herdaram essa aptidão de mim, pois o pai mal desenha um boneco de palitinho.

Já o meu filho não desenha, mas tem uma excelente noção de estética, sabe se vestir bem e combinar as cores das roupas sem parecer muito enfeitado, enquanto se eu deixasse o pai usava camisa de bolinhas com gravata borboleta quadriculada (só um exemplo, tá?).

Enfim, acho (achismo puro) que depende de mais coisas além dos genes...
GNOSE

Offline Shadow

  • Nível 28
  • *
  • Mensagens: 1.445
  • "Alguns teóricos dos antigos astronautas...."
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #22 Online: 13 de Janeiro de 2017, 13:21:37 »
Embora por princípio eu deveria concordar com 100% do que foi escrito na matéria, vou ficar com as palavras finais do texto: " Embora o tema seja excitante, ainda é muito cedo para as mulheres começarem a celebrar o monopólio genético do bem-estar intelectual da espécie humana. "

Apenas um adendo: TODAS as minhas filhas têm talento para desenhar, uma é arquiteta, uma faz tatuagens e a outra (com 12 anos) desenha figuras tipo mangá, e quer se profissionalizar nisso; não tenho dúvidas que herdaram essa aptidão de mim, pois o pai mal desenha um boneco de palitinho.

Já o meu filho não desenha, mas tem uma excelente noção de estética, sabe se vestir bem e combinar as cores das roupas sem parecer muito enfeitado, enquanto se eu deixasse o pai usava camisa de bolinhas com gravata borboleta quadriculada (só um exemplo, tá?).

Enfim, acho (achismo puro) que depende de mais coisas além dos genes...

Minha filha de 8 anos é uma excelente desenhista, enquanto eu e minha esposa esquecemos esse talento quando descemos das árvores e aprendemos a andar eretos. Realmente capacidade zero. Com certeza depende de mais coisas que meros genes....rs
"Who knows what evil lurks in the hearts of men? The Shadow knows..."

Offline AlienígenA

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.907
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #23 Online: 13 de Janeiro de 2017, 17:22:25 »
Embora por princípio eu deveria concordar com 100% do que foi escrito na matéria, vou ficar com as palavras finais do texto: " Embora o tema seja excitante, ainda é muito cedo para as mulheres começarem a celebrar o monopólio genético do bem-estar intelectual da espécie humana. "

Apenas um adendo: TODAS as minhas filhas têm talento para desenhar, uma é arquiteta, uma faz tatuagens e a outra (com 12 anos) desenha figuras tipo mangá, e quer se profissionalizar nisso; não tenho dúvidas que herdaram essa aptidão de mim, pois o pai mal desenha um boneco de palitinho.

Já o meu filho não desenha, mas tem uma excelente noção de estética, sabe se vestir bem e combinar as cores das roupas sem parecer muito enfeitado, enquanto se eu deixasse o pai usava camisa de bolinhas com gravata borboleta quadriculada (só um exemplo, tá?).

Enfim, acho (achismo puro) que depende de mais coisas além dos genes...

Minha filha de 8 anos é uma excelente desenhista, enquanto eu e minha esposa esquecemos esse talento quando descemos das árvores e aprendemos a andar eretos. Realmente capacidade zero. Com certeza depende de mais coisas que meros genes....rs

A não ser que você e sua esposa tenham brotado do barro, meros genes não podem ser descartados como explicação, ACHO.

Meus pais não desenhavam. Nem meus avós, que eu saiba. Sei de uma prima e um tio materno que desenham. Paternos, desconheço. Eu desenho, minha irmã não. Minha filha não desenha (exceto desenho técnico), um dos meus dois sobrinhos sim.   

Offline Sdelareza

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 159
Re:A mulher mais inteligente que já vi...
« Resposta #24 Online: 13 de Janeiro de 2017, 19:55:03 »
Vi que nenhuma dessas mulheres com QI alto é loira. Nem mesmo Marie Curie era loira.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!