Autor Tópico: Guerra na Síria  (Lida 18958 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #775 Online: Hoje às 07:00:10 »


Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 



Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.306
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #776 Online: Hoje às 10:00:57 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.306
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #777 Online: Hoje às 10:05:17 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos (como é o caso desta porcaria chamada de s(hit)putniknews) apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os ianques, mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #778 Online: Hoje às 10:32:00 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.



Vou repetir, com outras palavras, o que eu já digitei:



Algo não é verdadeiro ou falso  porque   o veículo   da informação é  A ou B ou C ou D,  algo é  verdadeiro ou falso caso esteja ou não de acordo com a realidade, e para chegar a  realidade  é necessário  fazer investigações  adequadas, com  métodos adequados, e com isso conseguir ou não conseguir boas evidências.   Isto vale para qualquer veículo de informação. 

Caso não seja possível fazer tais investigações  o que teremos é mera crença não fundamentada em boas evidências. 


Isto vale tanto para crença:


A) O Assad  ordenou o ataque químico:


Como para crença:


B) O  Assad   não   ordenou o ataque químico.







« Última modificação: Hoje às 10:43:49 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #779 Online: Hoje às 10:41:56 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos [...] apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os [...], mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.


Outras pessoas podem achar constrangedora a  atitude de acreditar e expor a crença de que  mídias dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas.  Apenas para camuflar a preferência pelo chefe.   Tudo isso travestido de um ceticismo geral. 


« Última modificação: Hoje às 10:44:57 por JJ »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.306
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #780 Online: Hoje às 10:50:39 »
Se eu disser que a Sputnik News é literalmente um órgão de propaganda russo e que não serve como fonte confiável de informações, eu estarei cometendo uma falácia de ataque à fonte?

É como pegar a 'China Jinhua News' como fonte para provar que as Spratly Islands são chinesas.

Ou a KCT para provar que a  Coreia do Norte é o melhor lugar para se viver e que o Supremo Líder é um cara bondoso.


Não é uma fonte independente.


É  óbvio que é uma falácia.  Pois,   as  proposições  em um texto   não são  são  verdadeiras  ou falsas  por  causa do veículo em que estão.  E sim por sua correspondência  ou  não  com a realidade.  E isto só pode ser  adequadamente afirmado  (se há ou não essa correspondência)  após uma investigação adequada.  Caso contrário o que se tem é mera crença ou descrença.

Isto é tão óbvio que é incrível que alguém que tenha o mínimo conhecimento sobre investigação da realidade  não entenda isso.

Por favor demonstre que a afirmação desta fonte

Citar
Rússia encontra provas do preparo de armas químicas em laboratório terrorista na Síria

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

10:49 20.04.2018(atualizado 10:56 20.04.2018) URL curta120

Os militares russos encontraram mais uma evidência da produção de substâncias venenosas pelos terroristas de Jaish al-Islam na cidade síria de Douma, onde em 7 de abril ocorreu um ataque falso, que foi usado como pretexto para os EUA e seus aliados acusarem o governo e bombardearem o país.

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018042011038528-militares-russos-prova-armas-quimicas/

é verdadeira.

Fico no aguardo.
Vou repetir, com outras palavras, o que eu já digitei:

Algo não é verdadeiro ou falso  porque   o veículo   da informação é  A ou B ou C ou D,  algo é  verdadeiro ou falso caso esteja ou não de acordo com a realidade, e para chegar a  realidade  é necessário  fazer investigações  adequadas, com  métodos adequados, e com isso conseguir ou não conseguir boas evidências.   Isto vale para qualquer veículo de informação. 

Caso não seja possível fazer tais investigações  o que teremos é mera crença não fundamentada em boas evidências. 

Isto vale tanto para crença:

A) O Assad  ordenou o ataque químico:

Como para crença:

B) O  Assad   não   ordenou o ataque químico.

Ou seja, você não consegue demonstrar a veracidade da notícia (repare da NOTÍCIA!, não é da FONTE!) mas repete-a baseada em sua ideologia anti-ianque.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.306
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #781 Online: Hoje às 10:57:38 »
Esse uso reiterado da falácia de ataque a fonte  (que é uma forma de ad hominem, pois no final das contas é um ataque aos autores  e responsáveis pelo texto)  vira e mexe volta a aparecer no CC. 

E o uso de fontes reconhecidamente servis ao seus respectivos governos [...] apenas para camuflar a 'frustração e a revolta juvenil' contra os [...], mas travestida de "ceticismo", é constrangedor.
Outras pessoas podem achar constrangedora a  atitude de acreditar e expor a crença de que  mídias dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas.  Apenas para camuflar a preferência pelo chefe.   Tudo isso travestido de um ceticismo geral. 

Algumas não são "isentonas". Uma FoxNews jamais será considerada uma fonte isenta porque não tem um histórico de bom jornalismo. Mas o NYT e o Washington Post tem, embora não sejam isentos de erros.

Por outro lado, NÃO EXISTE UMA SÓ FONTE de informações na Rússia que seja confiável, porque praticamente todas são controladas pelo governo, assim como são submissos ao Executivo, os poderes Legislativo e Judiciário.

Mas se você acha que a qualidade e atuação das fontes, da imprensa e dos poderes legalmente constituídos do EUA e da Rússia são equivalentes, fique à vontade para continuar 'atacando os moinhos de vento' que estiverem ao seu alcance.
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #782 Online: Hoje às 10:58:01 »

Ou seja, você não consegue demonstrar a veracidade da notícia (repare da NOTÍCIA!, não é da FONTE!) mas repete-a [...].



E isto é  o normal  que se faz num fórum. Afinal de contas, quem é que tem  algo como 1,5 milhão de reais (ou mais) sobrando,  e mais os contatos políticos necessários,  para  fazer  um tipo adequado de investigação semelhante ?


« Última modificação: Hoje às 14:49:49 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #783 Online: Hoje às 16:13:44 »
Se Manoel acredita que o  Assad é um burro, que apesar de estar vencendo os terroristas com o uso de força convencional com a ajuda da Rússia,   quis dar uma bela oportunidade e justificativa para o chefão  jogar vários mísseis bonitos, novos e inteligentes sobre o seu território,  e assim fazer uma bela demonstração de força, ao mesmo tempo que mostrava a sua fraqueza (e ainda de lambuja punha o seu aliado "numa fria"), então Manoel deve acreditar que :

A) Assad é o responsável pelo suposto ataque químico;



Já se Antônio  não  acredita que o  Assad é um burro, que como estava vencendo os terroristas com o uso de força convencional com a ajuda da Rússia, e portanto não faria sentido  dar uma bela oportunidade e justificativa para o chefão  jogar vários mísseis bonitos, novos e inteligentes sobre o seu território,  e assim fazer uma bela demonstração de força, ao mesmo tempo que mostrava a sua fraqueza (e ainda de lambuja punha o seu aliado "numa fria"), então Antônio deve acreditar que :


B) Assad   não   é o responsável pelo suposto ataque químico.


« Última modificação: Hoje às 16:29:52 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #784 Online: Hoje às 16:14:09 »


Quem sabe, talvez o Assad seja um burrão.   


« Última modificação: Hoje às 16:59:25 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.875
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra na Síria
« Resposta #785 Online: Hoje às 16:21:35 »

Algumas não são "isentonas".



Alguns acreditam  que   algumas grandes mídias  (e talvez também algumas  médias e pequenas) dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas .


Outros   não   acreditam  que   algumas  (ou muitas, ou  quase todas, ou todas) grandes mídias  (e médias e pequenas)  dos  países amigos do chefe  e da mídia do próprio chefe sejam isentonas (e tampouco de outros países).
 

« Última modificação: Hoje às 16:26:14 por JJ »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!