Autor Tópico: Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB  (Lida 18966 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.193
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Online: 17 de Maio de 2017, 19:52:31 »
Citar
Dono da JBS grava Temer dando aval para compra de silêncio de Cunha
Joesley Batista e o seu irmão Wesley confirmaram a Fachin o que falaram a PGR

RIO — Na tarde de quarta-feira passada, Joesley Batista e o seu irmão Wesley entraram apressados no STF e seguiram direto para o gabinete do ministro Edson Fachin. Os donos da JBS, a maior produtora de proteína animal do planeta, estavam acompanhados de mais cinco pessoas, todas da empresa. Foram lá para o ato final de uma bomba atômica que explodirá sobre o país — a delação premiada que fizeram, com poder de destruição igual ou maior que a da Odebrecht. Diante de Fachin, a quem cabe homologar a delação, os sete presentes ao encontro confirmaram: tudo o que contaram à Procuradoria-Geral da República em abril foi por livre e espontânea vontade, sem coação.

É uma delação como jamais foi feita na Lava-Jato: Nela, o presidente Michel Temer foi gravado em um diálogo embaraçoso. Diante de Joesley, Temer indicou o deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) para resolver um assunto da J&F (holding que controla a JBS). Posteriormente, Rocha Loures foi filmado recebendo uma mala com R$ 500 mil enviados por Joesley. Temer também ouviu do empresário que estava dando a Eduardo Cunha e ao operador Lúcio Funaro uma mesada na prisão para ficarem calados. Diante da informação, Temer incentivou: "Tem que manter isso, viu?".

Aécio Neves foi gravado pedindo R$ 2 milhões a Joesley. O dinheiro foi entregue a um primo do presidente do PSDB, numa cena devidamente filmada pela Polícia Federal. A PF rastreou o caminho dos reais. Descobriu que eles foram depositados numa empresa do senador Zeze Perrella (PSDB-MG).

Joesley relatou também que Guido Mantega era o seu contato com o PT. Era com o ex-ministro da Fazenda de Lula e Dilma Rousseff que o dinheiro de propina era negociado para ser distribuído aos petistas e aliados. Mantega também operava os interesses da JBS no BNDES.

Joesley revelou também que pagou R$ 5 milhões para Eduardo Cunha após sua prisão, valor referente a um saldo de propina que o peemedebista tinha com ele. Disse ainda que devia R$ 20 milhões pela tramitação de lei sobre a desoneração tributária do setor de frango.

Pela primeira vez na Lava-Jato foram feitas "ações controladas", num total de sete. Ou seja, um meio de obtenção de prova em flagrante, mas em que a ação da polícia é adiada para o momento mais oportuno para a investigação. Significa que os diálogos e as entregas de malas (ou mochilas) com dinheiro foram filmadas pela PF. As cédulas tinham seus números de série informados aos procuradores. Como se fosse pouco, as malas ou mochilas estavam com chips para que se pudesse rastrear o caminho dos reais. Nessas ações controladas foram distribuídos cerca de R$ 3 milhões em propinas carimbadas durante todo o mês de abril.

Se a delação da Odebrecht foi negociada durante dez meses e a da OAS se arrasta por mais de um ano, a da JBS foi feita em tempo recorde. No final de março, se iniciaram as conversas. Os depoimentos começaram em abril e na primeira semana de maio já haviam terminado. As tratativas foram feitas pelo diretor jurídico da JBS, Francisco Assis e Silva. Num caso único, aliás, Assis e Silva acabou virando também delator. Nunca antes na história das colaborações um negociador virara delator.

A velocidade supersônica para que a PGR tenha topado a delação tem uma explicação cristalina. O que a turma da JBS (Joesley sobretudo) tinha nas mãos era algo nunca visto pelos procuradores: conversas comprometedoras gravadas pelo próprio Joesley com Temer e Aécio — além de todo um histórico de propinas distribuídas a políticos nos últimos dez anos. Em duas oportunidades em março, o dono da JBS conversou com o presidente e com o senador tucano levando um gravador escondido — arma que já se revelara certeira sob o bolso do paletó de Sérgio Machado, delator que inaugurou a leva de áudios comprometedores. Ressalte-se que essas conversas, delicadas em qualquer época, ocorreram no período mais agudo da Lava-Jato. Nem que fosse por medo, é de se perguntar: como alguém ainda tinha coragem de tratar desses assuntos de forma tão descarada?

Para que as conversas não vazassem, a PGR adotou um procedimento inusual. Joesley, por exemplo, entrava na garagem da sede da procuradoria dirigindo o próprio carro e subia para a sala de depoimentos sem ser identificado. Assim como os outros delatores.

Ao mesmo tempo em que delatava no Brasil, a JBS mandatou o escritório de advocacia Trench, Rossi e Watanabe para tentar um acordo de leniência com o Departamento de Justiça dos EUA (DoJ). Fechá-lo é fundamental para o futuro do grupo dos irmãos Batista. A JBS tem 56 fábricas nos EUA, onde lidera o mercado de suínos, frangos e o de bovinos. Precisa também fazer um IPO (abertura de capital) da JBS Foods na Bolsa de Nova York.

Pelo que foi homologado por Fachin, os sete delatores não serão presos e nem usarão tornozeleiras eletrônicas. Será paga uma multa de R$ 225 milhões para livrá-los das operações Greenfield e Lava-Jato que investigam a JBS há dois anos. Essa conta pode aumentar quando (e se) a leniência com o DoJ for assinada. (Colaborou Guilherme Amado)

https://oglobo.globo.com/brasil/2017/05/17/3046-dono-da-jbs-grava-temer-dando-aval-para-compra-de-silencio-cunha

Citar
Grampo revela que Aécio pediu R$ 2 milhões a dono da JBS
Gravação foi entregue por Joesley Batista à PGR. Entrega de dinheiro a primo do senador foi filmada

Joesley Batista entregou à PGR uma gravação que piora de forma descomunal a tempestade que já cai sobre a cabeça de Aécio Neves. No áudio, o presidente do PSDB surge pedindo nada menos que R$ 2 milhões ao empresário, sob a justificativa de que precisava da quantia para pagar despesas com sua defesa na Lava-Jato.

O diálogo gravado durou cerca de 30 minutos. Aécio e Joesley se encontraram no dia 24 de março no Hotel Unique, em São Paulo. Quando Aécio citou o nome de Alberto Toron, como o criminalista que o defenderia, não pegou o dono da JBS de surpresa. A menção ao advogado já havia sido feita pela irmã e braço-direito do senador, Andréa Neves. Foi ela a responsável pela primeira abordagem ao empresário, por telefone e via WhatsApp (as trocas de mensagens estão com os procuradores). As investigações, contudo, mostrariam para a PGR que esse não era o verdadeiro objetivo de Aécio.

O estranho pedido de ajuda foi aceito. O empresário quis saber, então, quem seria o responsável por pegar as malas. Deu-se, então, o seguinte diálogo, chocante pela desfaçatez com que Aécio trata o tema:

— Se for você a pegar em mãos, vou eu mesmo entregar. Mas, se você mandar alguém de sua confiança, mando alguém da minha confiança — propôs Joesley.

— Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do caralho — respondeu Aécio.

O presidente do PSDB indicou um primo, Frederico Pacheco de Medeiros, para receber o dinheiro. Fred, como é conhecido, foi diretor da Cemig, nomeado por Aécio, e um dos coordenadores de sua campanha a presidente em 2014. Tocava a área de logística.

Quem levou o dinheiro a Fred foi o diretor de Relações Institucionais da JBS, Ricardo Saud, um dos sete delatores. Foram quatro entregas de R$ 500 mil cada uma. A PF filmou uma delas.

No material que chegou às mãos de Fachin na semana passada, a PGR diz ter elementos para afirmar que o dinheiro não foi repassado a advogado algum. As filmagens da PF mostram que, após receber o dinheiro, Fred repassou, ainda em São Paulo, as malas para Mendherson Souza Lima, secretário parlamentar do senador Zeze Perrella (PMDB-MG).

Mendherson levou de carro a propina para Belo Horizonte. Fez três viagens — sempre seguido pela PF. As investigações revelaram que o dinheiro não era para advogado algum. O assessor negociou para que os recursos fosse parar na Tapera Participações Empreendimentos Agropecuários, de Gustavo Perrella, filho de Zeze Perrella.

Não há, portanto, nenhuma indicação de que o dinheiro tenha ido para Toron.

https://oglobo.globo.com/brasil/grampo-revela-que-aecio-pediu-2-milhoes-dono-da-jbs-21353924

Que notícias maravilhosas. É tão bom ver pessoas que sabemos que são extremamente corruptas serem jogadas na lama dessa forma. Adeus, Aécio. Adeus, Temer. Serão apenas um rodapé na história, lembrados como sendo da mesma turma de Lula e cia.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 26.902
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #1 Online: 17 de Maio de 2017, 20:31:34 »
Duvido que o PMDB e o PSDB acabem. A não ser que outras grandes figuras estejam envolvidas comprovadamente.

Hoje o partido mais próximo de ser liquidado é o PT.
Foto USGS

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.133
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #2 Online: 17 de Maio de 2017, 22:02:25 »
Não consigo nem mesmo imaginar quão constrangidos devem estar aqueles que votaram nessa chapa e colocaram a gente nessa situação... Se fosse comigo eu provavelmente subiria no topo de um prédio e pularia... ::)
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline André Luiz

  • Nível 38
  • *
  • Mensagens: 3.622
  • Sexo: Masculino
    • Forum base militar
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #3 Online: 17 de Maio de 2017, 22:09:07 »
Já tem maluco dizendo "intervencaum militá amanha "

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #4 Online: 17 de Maio de 2017, 22:14:12 »
Não sei se é o "timing" correto para jogar a culpa nos eleitores petistas, dado que a alternativa era, bem...

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 20.731
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #5 Online: 17 de Maio de 2017, 22:21:42 »
Por tabela detonaram o argumento dos petistas de que a Lava Jato é para prejudicar a candidatura do Lulla.

Foi filmado pela PF e agora é público.   :lol:

Lembram da notícia que postei? Abriram oito vagas em Curitiba, quer dizer que logo terão mais oito convidados.


Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.745
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #6 Online: 17 de Maio de 2017, 22:25:47 »
Curioso imaginar o hipotético cenário dessas coisas ocorrendo mais cedo, junto ao impeachment de Dilma, ou talvez precedendo um pouco (ainda que tal anacronismo não fosse fazer sentido sem severos ajustes). Possivelmente PT e PMDB ainda estariam juntos, firmes contra os "golpistas".

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #7 Online: 17 de Maio de 2017, 22:42:26 »
Ou talvez no cenário hipotético do Aécio presidente. A CUT já estaria jogando coquetéis molotov na residência oficial.

Offline Gauss

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.879
  • Sexo: Masculino
  • A Lua cheia não levanta-se a Noroeste
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #8 Online: 17 de Maio de 2017, 22:50:26 »
Ou talvez no cenário hipotético do Aécio presidente. A CUT já estaria jogando coquetéis molotov na residência oficial.

E continuariam defendendo seu bandido-chefe, por mais contraditório que seja a mesma investigação ser defendida e atacada para quando convém.
“A matemática é a rainha das ciências.”
Carl Friedrich Gauss.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #9 Online: 17 de Maio de 2017, 22:53:48 »
Ou talvez no cenário hipotético do Aécio presidente. A CUT já estaria jogando coquetéis molotov na residência oficial.

E continuariam defendendo seu bandido-chefe, por mais contraditório que seja a mesma investigação ser defendida e atacada para quando convém.

Pois é. Mas agora fica difícil também a tese do "não tive culpa, votei no Aécio".

Offline Johnny Cash

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.934
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #10 Online: 17 de Maio de 2017, 23:01:05 »
A tese do "não tive culpa, votei no Aécio" ainda continua válida não pela legitimidade do Aécio, mas por demonstrar que não se contribuiu pra eleger a presidenta impinchada e o presidento golpisto. Não que se tivesse ganho o Aécinho a situação fosse limpa.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 35.745
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #11 Online: 17 de Maio de 2017, 23:24:54 »
A TESE QUE CAIU POR BAIXO É A DA "DEMOCRACIA", DO "ESTADINHOO DE DIREITO", OS DEMOCRATINHAS ESTÃO TODOS NUM MIMIMI QUE NÃO ACABA MAIS E SE VENDO NUM BECO SEM SAÍDA ONDE SE COLOCARAM DELIBERADAMENTE ATRAVÉS DE SEUS VOTINHOS BONITINHOS EM CIDADÃOZINHOS DE CARREIRINHA POLÍTICA. MAIS DO QUE NUNCA, GOLPE MILITAR CONSTITUCIONAL JÁÁÁÁ!!!!!!!!





Ótima oportunidade para implementar o anarco-capitalismo.

Offline Lakatos

  • Nível 35
  • *
  • Mensagens: 3.071
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #12 Online: 17 de Maio de 2017, 23:28:28 »
- Montesquieu
+ Rothbard

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.489
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #13 Online: 17 de Maio de 2017, 23:34:11 »
Aécio: "— Tem que ser um que a gente mata ele antes de fazer delação. Vai ser o Fred com um cara seu. Vamos combinar o Fred com um cara seu porque ele sai de lá e vai no cara. E você vai me dar uma ajuda do caralho".

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.193
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #14 Online: 18 de Maio de 2017, 00:45:00 »
Se o Temer não renunciar, fecha esse bodega. Acabou esse governo.
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Skorpios

  • Visitante
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #15 Online: 18 de Maio de 2017, 08:24:58 »
De vez em quando a JBS aparecia nos noticiários mas era sempre meio periférico. Dado o tamanho da empresa e o modo brasileiro de fazer "negócios" eu estava achando estranho que não tivesse maior envolvimento. Agora está explicado.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #16 Online: 18 de Maio de 2017, 08:38:11 »
Eu acho que esses tucanos e golpistas devem cair.

Gilmar Mendes presidente!  :hihi:
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Jurubeba

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.041
  • Sexo: Masculino
  • CHAMEM OS ANARQUISTAS!!!
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #17 Online: 18 de Maio de 2017, 09:22:50 »
Eu acho que esses tucanos e golpistas devem cair.

Gilmar Mendes presidente!  :hihi:
Será que ele vai afrouxar pro Aécio?  :biglol: :biglol: :biglol:

Saudações

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #18 Online: 18 de Maio de 2017, 09:24:58 »
Eu acho que esses tucanos e golpistas devem cair.

Gilmar Mendes presidente!  :hihi:
Será que ele vai afrouxar pro Aécio?  :biglol: :biglol: :biglol:

Saudações

Que absurdo! Gilmar é isento e age corretamente.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.193
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #19 Online: 18 de Maio de 2017, 10:36:25 »
O Antagonista concorda comigo.

Citar
FIM DO PSDB, PT E PMDB

O PSDB acabou, assim como o PT e o PMDB.

As viúvas podem chorar e espernear.

Se quiser ser presidente, João Doria tem de fundar um partido, assim como o francês Emmanuel Macron.

http://www.oantagonista.com/posts/fim-do-psdb-pt-e-pmdb
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #20 Online: 18 de Maio de 2017, 10:41:26 »
O Antagonista concorda comigo.

Citar
FIM DO PSDB, PT E PMDB

O PSDB acabou, assim como o PT e o PMDB.

As viúvas podem chorar e espernear.

Se quiser ser presidente, João Doria tem de fundar um partido, assim como o francês Emmanuel Macron.

http://www.oantagonista.com/posts/fim-do-psdb-pt-e-pmdb

O antagonista faz previsões fáceis. Diziam que Doria era fraco, que o PSDB já era ainda antes de 2016, e que Lula seria preso no segundo semestre de 2016.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.193
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #21 Online: 18 de Maio de 2017, 10:43:24 »
Citar
Fachin manda afastar Aécio do mandato de senador e decide enviar ao plenário do STF pedido de prisão
Relator da Lava Jato no STF também ordenou afastamento do deputado Rocha Loures (PMDB-PR) da Câmara. PF cumpre nesta quinta (18) mandados de busca e apreensão em endereços ligados a Aécio.

O ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), mandou afastar o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves (MG), do mandato de senador. O magistrado, no entanto, optou por não decretar monocraticamente o pedido apresentado pela Procuradoria Geral da República (PGR) para prender o parlamentar tucano.

No despacho, conforme apurou a TV Globo, Fachin decidiu submeter ao plenário do Supremo o pedido de prisão de Aécio solicitado pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Entenda o que está acontecendo nesta quinta:

A delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do frigorífico JBS, levantou suspeitas sobre políticos e um procurador da República.

Nesta quarta, "O Globo" informou que o dono da JBS gravou Temer dando aval para comprar o silêncio de Eduardo Cunha. O presidente disse que se reuniu com o empresário Joesley Batista, mas "jamais" tentou evitar a delação de Cunha.

Aécio é investigado por pedir R$ 2 milhões à JBS para pagar pela sua defesa na Lava Jato. O tucano nega.

Os depoimentos desencadearam decisões no STF e operações da Polícia Federal.

A Procuradoria Geral da República (PGR) pediu a prisão de Aécio Neves, mas o ministro Edson Fachin autorizou apenas o afastamento dele do Senado.

O STF também autorizou o afastamento do deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) . Ele teria sido indicado por Temer para receber propina.

O Congresso ainda não se pronunciou sobre as decisões do STF.

A PF faz buscas em endereços ligados a Aécio Neves no Rio, Brasília e em Minas Gerais.

A irmã do senador tucano, Andrea Neves, foi presa em Belo Horizonte.

O primo de Aécio, Frederico Pacheco de Medeiros, foi preso em Minas Gerais. Também foram detidos Menderson Souza Lima, assessor do senador Zezé Perrela, e uma irmã do doleiro Lucio Funaro.

Os gabinetes de Zezé Perrela e de Rocha Loures também são alvos de buscas.

A PF prendeu o procurador da República Ângelo Goulart Villela, do TSE. Ele é suspeito de favorecer uma empresa do grupo J&F.

Afastamento de Rocha Loures

O relator da Lava Jato determinou que o deputado federal Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seja afastado da Câmara. Fachin, a exemplo do que decidiu em relação a Aécio, também preferiu enviar ao plenário do tribunal o pedido da PGR para prender o deputado do PMDB.

Operação Patmos

Endereços ligados ao parlamentar tucano são alvo de mandados de busca e apreensão na manhã desta quinta-feira (18) no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e em Brasília. A operação que tem Aécio como um dos alvos foi batizada pela Polícia Federal como Patmos, em referência à ilha grega onde o apóstolo João teve visões do Apocalipse.

O acesso aos corredores dos gabinetes dos senadores Aécio Neves e do deputado Rodrigo Rocha Loutes (PMDB-PR) no Congresso Nacional foram bloqueados nesta manhã.

Os agentes da PF chegaram ao Congresso pela Chapelaria, o acesso principal às duas Casas legislativas. Eles carregavam malotes para apreender documentos e possíveis equipamentos eletrônicos.

No Rio, estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em três endereços: os apartamentos de Aécio e da irmã dele e o imóvel de Altair Alves Pinto, conhecido por ser braço direito de Cunha.

Fachin também expediu mandado de prisão contra o advogado Willer Tomaz, que é ligado a Eduardo Cunha.

Em São Paulo, há buscas em imóvel do coronel João Batista Lima Filho. O militar é amigo de Michel Temer.

Irmã de Aécio

Além de afastar o senador do PSDB, Fachin expediu um um mandado de prisão contra a irmã e assessora de Aécio, Andréa Neves. Ela foi presa pela PF em Minas Gerais.

Prisão de procurador

O procurador da República Ângelo Goulart Villela, que atua no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), foi preso nesta manhã pela Polícia Federal. Agentes da PF cumpriram mandados de busca e apreensão na sede da Corte eleitoral, em Brasília.

Por ordem da PGR, foram apreendidos o computador, um HD externo e documentos na mesa de trabalho de Villela.

A medida se dá em razão da atuação do procurador no âmbito da Procuradoria Regional da República da 1ª Região, instância do Ministério Público Federal que atua junto à Justiça Federal em Brasília.

Delação da JBS

Reportagem publicada nesta quarta (17) no site do jornal "O Globo" revelou que o dono do frigorífico JBS Joesley Batista entregou à Procuradoria Geral da República uma gravação na qual Aécio pede ao empresário R$ 2 milhões.

No áudio gravado por Joesley, com duração de cerca de 30 minutos, o presidente nacional do PSDB justifica o pedido dizendo que precisava da quantia para pagar sua defesa na Lava Jato. O senador tucano é alvo de seis inquéritos no Supremo relacionados à Lava Jato.

O jornal também informou que o dono do frigorífico JBS entregou uma gravação feita em 7 de março deste ano em que o presidente da República, Michel Temer, indica Rocha Loures para resolver assuntos da holding J&F no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade).

Rocha Loures já foi chefe de Relações Institucionais da Presidência, quando Temer era vice-presidente. Após o impeachment de Dilma Rousseff, o parlamentar peemedebista atuou como assessor especial da Presidência. Ele assumiu uma cadeira na Câmara no momento em que o Osmar Serraglio (PMDB-PR) deixou o parlamento para assumir o comando do Ministério da Justiça.

A reportagem relata que o dono da JBS marcou um encontro com Rocha Loures em Brasília e contou o que precisava no Cade. Pelo serviço, segundo "O Globo", Joesley ofereceu propina de 5% e Rocha Lores deu o aval.

O que dizem os alvos da operação

O G1 ainda não conseguiu contato nesta quinta-feira com a assessoria de Aécio Neves. Na noite desta quarta, a assessoria de imprensa do parlamentar mineiro afirmou que ele "está absolutamente tranquilo quanto à correção de todos os seus atos".

A assessoria de Rocha Loures disse à TV Globo que o deputado do PMDB, que está nos Estados Unidos, irá retornar ao Brasil nesta quinta. Ainda de acordo com os assessores, somente quando desembarcar no país, nesta sexta (19), ele irá se pronunciar sobre as acusações.

Em vídeo públicado em sua página no Facebook, Zezé Perrella afirmou que "nunca" recebeu "um real sequer" da JBS. "Eu quero dizer para os que me conhecem e para os que não me conhecem que eu nunca falei com o dono da Friboi. Não conheço ninguém ligado a esse grupo. Nunca recebi de maneira oficial ou extra-oficial um real sequer dessa referida empresa", diz o senador no vídeo.

A assessoria do senador Zezé Perrela disse que continua valendo o esclarecimento de ontem à noite. Sobre os desdobramentos de hoje, vai esperar ter acesso aos autos pra se manifestar.

A defesa do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) disse que ainda está “tomando pé” da delação dos donos da J&F e da operação desta quinta-feira da PF.

O Senado informou à TV Globo que, até o momento, ainda não recebeu oficialmente o mandado do ministro do Supremo que mandar afastar Aécio do parlamento.

http://g1.globo.com/politica/noticia/fachin-manda-afastar-aecio-neves-do-mandato-de-senador.ghtml
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.360
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #22 Online: 18 de Maio de 2017, 10:53:28 »
Não consigo nem mesmo imaginar quão constrangidos devem estar aqueles que votaram nessa chapa e colocaram a gente nessa situação... Se fosse comigo eu provavelmente subiria no topo de um prédio e pularia... ::)

Tipo assim?


Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.704
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #23 Online: 18 de Maio de 2017, 10:56:12 »
Não consigo nem mesmo imaginar quão constrangidos devem estar aqueles que votaram nessa chapa e colocaram a gente nessa situação... Se fosse comigo eu provavelmente subiria no topo de um prédio e pularia... ::)

Tipo assim?



A sua com o nome do Temer deve estar bem escondida.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Luiz F.

  • Nível 30
  • *
  • Mensagens: 1.725
  • Sexo: Masculino
Re:Escândalo JBS - Início do fim de PMDB e PSDB
« Resposta #24 Online: 18 de Maio de 2017, 10:57:07 »
Senhores, todo mundo sabe que a culpa é de quem votou nulo/branco, então parem de brigar ::)
"Você realmente não entende algo se não consegue explicá-lo para sua avó."
Albert Einstein

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!