Autor Tópico: Israel  (Lida 1071 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.898
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #25 Online: 25 de Abril de 2019, 00:05:55 »
Não, a direita cristã diz, "não matarás".

Não matarás quem lhe interessa.

Quanto ao resto...
Foto USGS

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #26 Online: 25 de Abril de 2019, 08:42:39 »
Não, a direita cristã diz, "não matarás".



Já vi uma explicação que diz mais ou menos isso:   " não matarás   ...    outros judeus  "

Veja bem, a proibição não seria para todos.  Basta lembrar dos eventos da conquista de Canaã.
« Última modificação: 25 de Abril de 2019, 08:45:29 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #27 Online: 01 de Maio de 2019, 16:59:33 »
O JJ tá certo. O mundo tem que ser assim: quem tiver o porrete que enfie a porrada.

O Direito reside na força.



Que direito internacional o que,  o negócio é o poder,  e o poder é fundamentalmente força.  E eles atualmente tem força superior. São burros se não utilizarem enquanto estão com a vantagem  da força superior.



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #28 Online: 05 de Maio de 2019, 09:36:28 »

Netanyahu ordena que Exército continue 'ataque maciço' contra militantes em Gaza



 © REUTERS / Ronen Zvulun
ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA


09:05 05.05.2019(atualizado 09:06 05.05.2019) URL curta1 0  0


O primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu disse que instruiu as Forças de Defesa de Israel (IDF) a continuarem os "ataques maciços" contra militantes palestinos que continuam a disparar foguetes a partir da Faixa de Gaza.

"Eu instruí [os militares] esta manhã para continuarem seus ataques maciços contra elementos terroristas na Faixa de Gaza", disse o premiê israelense no início de uma reunião do gabinete realizada neste domingo (5).


Netanyahu acrescentou que ordenou o reforço das tropas destacadas nas fronteiras do enclave com veículos blindados, artilharia e forças de infantaria.


Tanque israelense próximo à fronteira entre Israel e Faixa de Gaza, Israel
© AFP 2019 / JACK GUEZ


Israel envia brigada de tanques para fronteira com Gaza


Mais cedo, o Exército de Israel comunicou que estão deslocando uma brigada blindada para sul com a intenção de a envolver em operações ofensivas, se for necessário.
O porta-voz das Forças de Defesa de Israel, Jonathan Conricus, disse em um briefing que não sabia se as negociações de cessar-fogo, que no passado permitiram a restauração da trégua em um ou dois dias, estavam em andamento.

Em meio às hostilidades, grupos armados dispararam a partir da Faixa de Gaza cerca de 430 foguetes e granadas de morteiro, aos quais os israelenses responderam atingindo 220 alvos.


https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019050513812540-netanyahu-ordena-exercito-ataque-macico-contra-militantes-gaza/



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #29 Online: 05 de Maio de 2019, 09:41:24 »
Israel envia brigada de tanques para fronteira com Gaza


 © AFP 2019 / JACK GUEZ
ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA


06:25 05.05.2019URL curta420


O Exército israelense enviou para a fronteira com a Faixa de Gaza uma brigada de tanques que, se for necessário, será envolvida em operações ofensivas contra militantes palestinos que continuam bombardeando o Estado judeu.


Nas últimas 24 horas, os militares israelenses registraram lançamentos de cerca de 430 foguetes e granadas de morteiro e efetuaram ataques contra 220 alvos no território do enclave.


"Estamos no processo de implantação da 7ª Brigada Blindada que, se for necessário, será envolvida em operações ofensivas. A transferência não está sendo efetuada para fortalecer as linhas defensivas, lá há forças suficientes para isso", afirmou aos jornalistas um dos dirigentes do serviço de imprensa do Exército israelense, tenente-coronel Jonathan Conricus.


Mevlut Cavusoglu
© AP PHOTO / ANDREW HARNIK

Turquia pede ação da comunidade global contra Israel por ataques em Gaza


Normalmente os militares israelenses mantêm duas brigadas de dois mil efetivos cada perto das fronteiras da Faixa de Gaza, onde se calcula haver aproximadamente 40 mil militantes com 10 mil mísseis.


Ao mesmo tempo, Conricus comunicou que o Exército realizou uma convocação limitada de reservistas para a defesa antiaérea e inteligência, mas ainda não está planejada uma mobilização em grande escala. Ademais, ele acrescentou que não possui quaisquer informações sobre possíveis negociações de cessar-fogo entre as partes.


"Elas podem estar decorrendo ou não, mas nós não sabemos nada sobre elas, isso não é uma prerrogativa nossa. A nossa tarefa é proteger a população civil de Israel e cobrar do Hamas e da Jihad Islâmica o preço por sua agressão ", disse o oficial superior.


A tensão na área aumentou neste sábado (4) após militares israelenses detectarem centenas de foguetes disparados da Faixa de Gaza. Como forma de retaliação, as Forças de Defesa de Israel (FDI) responderam com um ataque aéreo contra o Hamas e outros alvos.



https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019050513811232-israel-envia-brigada-tanques-faixa-gaza/






------------------------



Essa é a linguagem que os  terroristas  barbudinhos  entendem.   Mas, ainda é pouco,   Israel vai ficar tolerando essa gente até quando ?   Eles tem que darem um jeito definitivo nesses encrenqueiros.

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.985
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:Israel
« Resposta #30 Online: 07 de Maio de 2019, 00:57:31 »
Bicho, pra que essa ignorância, Israel sabe nem brincar  :biglol:

Citar
Israel impede ciberataque e explode prédio com hackers

As Forças de Defesa de Israel (IDF) afirmam que tiveram sucesso ao neutralizar uma tentativa de ciberataque contra o país. Após identificação de local, um prédio que abrigava hackers do Hamas na Faixa de Gaza foi explodido. Segundo a IDF, drones foram utilizados para uma ofensiva aérea.

Atualização: o texto foi alterado após atualização da IDF no Twitter
Todo o ataque via drone foi mostrado em um vídeo no Twitter, publicado pela própria IDF. As Forças de Israel afirmam que o prédio era usado pela força militar palestina Hamas e abrigava uma equipe de hackers voltada para desestabilizar o espaço cibernético de Israel.

O HamasCyberHQ.exe foi removido

“Nós frustramos uma tentativa de ataque cibernético do Hamas contra alvos israelenses. Após nossa operação de defesa bem-sucedida, atacamos um prédio onde os agentes do Hamas trabalham. O HamasCyberHQ.exe foi removido", escreveu a IDF no Twitter.

As tensões no local cresceram nos últimos dias, registrando 27 palestinos e 4 civis israelenses mortos, além de mais de 100 feridos. A IDF ainda disse que matou Hamed Ahmed Abed Khudri, homem que, segundo Israel, financiava os ataques de mísseis realizados pelo Hamas ao transferir dinheiro do Irã para grupos armados em Gaza.
https://www.tecmundo.com.br/seguranca/140964-israel-impede-ciberataque-explodindo-predio-hackers.htm
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.158
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #31 Online: 07 de Maio de 2019, 08:37:38 »
<a href="https://www.youtube.com/v/jdgg0uDhrOs" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/jdgg0uDhrOs</a>





Bicho, pra que essa ignorância, Israel sabe nem brincar  :biglol:

Citar
Israel impede ciberataque e explode prédio com hackers
https://www.tecmundo.com.br/seguranca/140964-israel-impede-ciberataque-explodindo-predio-hackers.htm

Será que os EUA vão adotar essa política quanto aos cyber-ataques russos? :hehe:

[/JJ / Peter Joseph]

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #32 Online: 15 de Maio de 2019, 10:56:23 »

Conheça Orin Julie a ex-artilheira da IDF agora modelo


 coisasjudaicas@gmail.com  2 years ago  coisas judaicas, Israel, modelos, Orin Julie


Conheça Orin Julie a ex-artilheira da IDF agora modelo O nome da moça é Orin Julie. Ela tem mais de 115 mil seguidores no Instagram e tem ganhado muitos fãs no Brasil.


Orin Julie serviu ao exército de Israel por três anos e, tendo trabalhado como artilheira, lutava contra o terrorismo. Após ter sido militar, passou a trabalhar como modelo. Sabe-se que suas fotos no Instagram começaram a bombar não apenas pelo corpo escultural, mas também por serem fotos nas quais ela aparecia fardada e, na maioria das vezes, segurando armas, fato que chamava a atenção de várias pessoas que passaram a segui-la.


Quando esteve no exército israelense aprendeu técnicas para combater ataques terroristas, tendo inclusive acompanhado momentos de tensão na Faixa de Gaza.


Conheça Orin Julie a ex-artilheira da IDF agora modelo Após o período de dureza no exército, a jovem passou a ser chamada para trabalhar como modelo, devido ao imenso sucesso que fez no Instagram, passou a ganhar patrocínio, além de ser chamada para fazer campanhas publicitárias internacionais.


O sucesso dela foi tão grande, que ficou conhecida no Brasil como “Musa #fitness Israelense”.


Nas fotos do Instagram, Orin exibe fotos ousadas, mostrando sensualidade, bem como músculos definidos ao lado de armas gigantes. Ela inclusive já fez propaganda com armas de fogo para empresas do seu país.


https://www.coisasjudaicas.com/2017/06/conheca-orin-julie-ex-artilheira-da-idf.html



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #33 Online: 15 de Maio de 2019, 10:57:14 »


'Rainha das armas': veterana israelense exibe corpaço e muita pontaria em VÍDEOS e FOTOS



 © Foto : Instagram

SOCIEDADE

05:20 15.05.2019(atualizado 05:23 15.05.2019) URL curta623

Orin Julie, além de ser dona de um corpo invejável, é extremamente habilidosa com as armas e faz questão de publicar sua paixão "armada" com seguidores no Instagram.

Também conhecida nas redes sociais como "rainha das armas", ela é uma veterana das Forças de Defesa de Israel (IDF), e acredita que os EUA têm as melhores leis de armas do mundo.

Em uma entrevista para o Daily Caller, a instagramer revelou seu amor pelas armas, além de afirmar que sente "inveja" das leis americanas referentes a armamentos.



"Eu tenho inveja", disse ela sobre as leis de armas dos Estados Unidos, que, para ela, são melhores do que as israelenses.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por QUEEN OF GUNS (@orin_julie) em 11 de Mai, 2019 às 10:15 PDT

Julie tem mais de 550 mil seguidores no Instagram, onde posta vários vídeos e fotos mostrando toda sua habilidade com armas de fogo e uma pontaria incrível.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por QUEEN OF GUNS (@orin_julie) em 10 de Mai, 2019 às 8:40 PDT

Segundo a edição, ela adora mostrar imagens de seus treinos e práticas de tiro e explica como a adrenalina a ajuda a ficar em forma.

Visualizar esta foto no Instagram.

Uma publicação compartilhada por QUEEN OF GUNS (@orin_julie) em 29 de Abr, 2019 às 9:34 PDT


Para Julie, em Israel é muito mais difícil obter uma arma, mesmo que você tenha servido no exército por três anos como ela fez.



https://br.sputniknews.com/sociedade/2019051513882434-rainha-das-armas-veterana-israelense-exibe-corpo-pontaria-videos-fotos/



« Última modificação: 15 de Maio de 2019, 11:09:26 por JJ »

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #34 Online: 27 de Maio de 2019, 12:42:08 »

Sem acordo, Netanyahu pode ter de convocar novas eleições em Israel

 © AP Photo / Gali Tibbon/Pool

ORIENTE MÉDIO E ÁFRICA

12:29 27.05.2019

Israel pode estar se dirigindo para outra eleição antecipada, já que o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu não conseguiu formar uma coalizão de direita na última tentativa, poucos dias antes do prazo final desta quarta-feira.

Mesmo que Netanyahu tenha conseguido superar a dura competição de centristas para conquistar seu histórico quinto mandato em abril, parece que suas dificuldades estão longe de terminar.

Embora os partidos de direita liderassem as eleições com 66-55 assentos — e quase todos disseram que recomendariam Netanyahu ao presidente Reuven Rivlin para formar o próximo governo de coalizão —, ele ainda precisa uni-los para consolidar seu papel como primeiro-ministro pela quinta vez.

Líder supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei
© AP PHOTO/ OFFICE OF THE IRANIAN SUPREME LEADER
Líder supremo do Irã diz que jovens verão morte dos 'degenerados' EUA e Israel
Para fazer isso, Netanyahu precisa do apoio de cinco forças direitistas, que vão desde grupos de ultra-ortodoxos Shas e Judaísmo da Torá ao antigo partido do ex-ministro da Defesa, Avigdor Lieberman, o Yisrael Beytenu — e até agora provaram ser muito menos prováveis aliados do que eles parecem ser.

O partido nacionalista de Lieberman e os grupos ultra-ortodoxos particularmente se debruçaram sobre o principal obstáculo — um projeto de recrutamento contencioso, que exigiria que os estudantes do seminário judeu ortodoxo servissem nas Forças Armadas — algo que eles sempre resistiram. Em uma tentativa de chegar a um acordo, Netanyahu sugeriu tirar as metas de recrutamento da lei, deixando a questão para o governo decidir.

Embora a ideia aparentemente tenha acertado os partidos ultra-ortodoxos, que aprovaram o compromisso de Netanyahu, ela ainda não conseguiu persuadir Lieberman, que continua a defender categoricamente o recrutamento obrigatório para todos.

No sábado, o ex-ministro da Defesa disse que só entraria para a coalizão se suas exigências sobre a lei de recrutamento fossem atendidas. Ele também criticou Netanyahu dizendo que ser "de direita não é sobre um culto à personalidade, é sobre valores", aparentemente insinuando sua visão sobre o longo governo do primeiro-ministro.

O ultra-ortodoxo Partido Shas então acusou Lieberman de tentar "obstruir o estabelecimento de um governo". Alguns membros do Partido Likud de Netanyahu também compartilharam essa opinião, segundo a mídia israelense. Em face das críticas de seus possíveis aliados, Lieberman disse que seu partido repetidamente afirmou "alto e claro" que eles não "recomendariam a ninguém mais para o primeiro-ministro" além de Netanyahu.

No domingo, Netanyahu anunciou que faria um "último esforço para formar um governo de direita e evitar eleições desnecessárias", enquanto convidava todos os seus potenciais parceiros de coalizão para outra rodada de negociações. Mais tarde, o Likud confirmou que conseguiu chegar a um acordo com os grupos ultra-ortodoxos. Lieberman supostamente recusou-se a participar da reunião e foi o único líder do partido de direita a rejeitar o compromisso da lei de recrutamento de Netanyahu.

Faltando apenas três dias para o prazo de 42 dias previsto por lei para anunciar a expiração de um novo governo, a situação está se tornando cada vez menos clara — e aparentemente instável. O jornal Haaretz informou no domingo que Netanyahu suspeitou de Lieberman de estar tentando provocar novas eleições.


O presidente dos EUA, Donald Trump (E) e o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, falando com repórteres antes de sua reunião no Hotel King David, em Jerusalém, em 22 de maio de 2017

© REUTERS / JONATHAN ERNST

Por que Israel não quer guerra entre EUA e Irã?

"Eu não acho que precisamos arrastar o país através de uma eleição adicional, mas parece que há alguém que quer isso", comentou ele no início de uma reunião do gabinete, conforme citado pelo jornal. O veículo informou também que o Likud poderia apresentar um projeto de lei para dissolver o parlamento e anunciar outra votação antecipada nesta quarta-feira, caso não haja acordo.

Enquanto isso, a emissora israelense Arutz Sheva disse que o Likud pediu a todos os parlamentares que votem na dissolução do Parlamento já nesta segunda-feira à tarde, citando uma mensagem supostamente enviada aos membros da facção.

Essa incerteza pode eventualmente jogar nas mãos do principal rival eleitoral de Netanyahu — o líder do partido centrista Azul e Branco, o ex-chefe militar Benny Gantz, que poderia ser encarregado de formar uma coalizão se a direita falhar.



https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019052713959220-netanyahu-coalizao-israel/

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.158
  • Sexo: Masculino
Re:Israel
« Resposta #35 Online: 11 de Junho de 2019, 16:48:34 »
<a href="https://www.youtube.com/v/w6YD0n5z-MI" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/w6YD0n5z-MI</a>

Citar
https://www.haaretz.com/israel-news/netanyahu-absolves-hitler-of-guilt-1.5411578

Netanyahu: Hitler Didn't Want to Exterminate the Jews
Prime minister tells World Zionist Congress that Hitler only wanted to expel the Jews, but Jerusalem's Grand Mufti convinced him to exterminate them, a claim that was rejected by most accepted Holocaust scholars.

...

In a speech before the World Zionist Congress in Jerusalem, Netanyahu described a meeting between Husseini and Hitler in November, 1941: "Hitler didn't want to exterminate the Jews at the time, he wanted to expel the Jew. And Haj Amin al-Husseini went to Hitler and said, 'If you expel them, they'll all come here (to Palestine).' According to Netanyahu, Hitler then asked: "What should I do with them?" and the mufti replied: "Burn them."

...

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!