Autor Tópico: Guerra - Armas  (Lida 1222 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Guerra - Armas
« Online: 28 de Novembro de 2017, 11:31:09 »

Abrindo o tópico aqui em Laicismo, Política e Economia,  pois  como disse muito bem Clausewitz:  "A guerra é a continuação da política por outros meios".  E as armas de guerra são fundamentais nesta atividade.



« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 13:05:01 por JJ »

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #1 Online: 28 de Novembro de 2017, 11:32:39 »
Como arma a laser começa a sair da ficção científica para ser usada militarmente
24 setembro 2016



Sistema de laser em embarcação americana  Direito de imagemREUTERS

Disparo de arma baseada em laser é mais barato que mísseis e munições tradicionais

O governo britânico está finalizando um acordo de 30 milhões de libras (R$ 127 milhões) com uma empresa fabricante de armamentos para desenvolver o protótipo de uma arma a laser - que deve ser chamada de "Dragonfire" (fogo de dragão, em tradução livre).


O conceito de se usar um raio concentrado de laser para atacar inimigos é comum na ficção científica, especialmente em franquias como Star Wars e Star Trek, mas só nos últimos anos ele começou a dar origem a armas reais.


Muito países já desenvolvem a ideia há anos, em busca de uma nova geração de armamentos. Porém, as pistolas ou fuzis que disparam raios coloridos no cinema parecem ainda estar um pouco distantes da realidade.


Boa parte da pesquisa militar sobre o tema que já veio público se concentra em criar armas laser de grande porte para o uso em navios de guerra. O objetivo delas é destruir mísseis e foguetes que ameacem a embarcação e também usar seu sistema ótico para identificar possíveis alvos a distância.


Em 2014, os Estados Unidos anunciaram ter equipado ao menos um de seus navios de guerra - o USS Ponce - com um protótipo de sistema de arma a laser. Ele é uma espécie de canhão que dispara um feixe de laser invisível. A função da arma é complementar sistemas de defesa do navio de guerra, que são projetados para destruir mísseis já próximos da embarcação.


Durante testes, a arma provou ser efetiva também para desabilitar ou destruir drones e pequenas embarcações hostis. Os militares americanos dizem que os aviões não tripulados e pequenas lanchas podem ser usados contra seus navios por inimigos mais fracos nas chamadas "guerras assimétricas" (quando um Estado luta contra grupos extremistas ou guerrilheiros, por exemplo).


Mira e identificação de alvos


Mas por que desenvolver a tecnologia de armas laser?


O laser já tem aplicações militares conhecidas, especialmente quando se fala em sistemas de mira e identificação de alvos. Ele também chegou a ser usado para cegar inimigos, mas esse tipo de utilização foi banido em tratados internacionais por ser excessivamente cruel.


A pesquisa atual é sobre a utilização do laser como uma espécide de "munição" - substuindo mísseis e projéteis.

Uma das maiores vantagens desse novo tipo de arma seria a redução dos custos. Armas navais convencionais exigem o uso de munições e mísseis que custam milhares de dólares e ocupam muito espaço nas embarcações militares.

Já um disparo de laser custava à Marinha americana à época dos testes apenas cerca de US$ 1. O custo baixo se explica porque ele depende basicamente da geração de energia do navio. Além disso, a nova "munição" não necessitava de grandes locais de armazenamento e o navio não precisava ser reabastecido de munição a laser.

Tecnologia britânica

Militar americano opera sistema de laserDireito de imagemREUTERS


A tecnologia a laser reduz os custos de armamentos em embarcações


A empresa responsável pelo desenvolvimento do equipamento para o Ministério da Defesa da Grã-Bretanha será a fabricante de mísseis MBDA UK Ltd.
Pelo contrato, a empresa terá que criar uma arma de energia laser dirigida (LDEW, na sigla em inglês) que seja capaz de fazer uma demonstração efetiva entre os anos de 2018 e 2019.


Para cumprir a tarefa, a MBDA trabalhará com outras empresas desenvolvedoras de tecnologia militar.


O sistema de armas laser deverá ser capaz de identificar alvos a distância em qualquer tipo de clima ou terreno "com precisão suficiente para permitir um combate seguro e efetivo".


Outra possibilidade da pesquisa, é que o laser seja usado no futuro para proteger tropas terrestres contra ataques de artilharia.


A pesquisa do Dragonfire faz parte de um fundo de inovação do Ministério da Defesa da Grã-Bretanha destinado a, entre outros objetivos, dar vantagem tecnológica para seus militares em combate, segundo o governo.


http://www.bbc.com/portuguese/internacional-37413537


« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 11:34:52 por JJ »

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.267
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #2 Online: 28 de Novembro de 2017, 18:32:56 »
Eu gosto do canhão magnético, achei uma ótima idéia.

<a href="https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M</a>

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #3 Online: 28 de Novembro de 2017, 18:41:25 »
Eu gosto do canhão magnético, achei uma ótima idéia.

<a href="https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M</a>

Precisa de uma estrutura que forneça energia elétrica que não compensa.

Você explode combustível para gerar eletricidade para alimentar os ímãs e impulsionar o projétil. Em teoria é sempre mais eficiente explodir o combustível para impulsionar o projétil, eliminando a etapa intermediária. Sei lá.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #4 Online: 28 de Novembro de 2017, 18:47:24 »
Precisa de uma estrutura que forneça energia elétrica que não compensa.

Você explode combustível para gerar eletricidade para alimentar os ímãs e impulsionar o projétil. Em teoria é sempre mais eficiente explodir o combustível para impulsionar o projétil, eliminando a etapa intermediária. Sei lá.


Se não me engano, a vantagem do canhão eletromagnético é a velocidade final do projétil que é  muito mais alta do que a de um canhão convencional. E é aí que as armas lasers deixarão todas as outras armas no chinelo, pois a velocidade do feixe de laser é a própria velocidade da luz.





« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 18:49:52 por JJ »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #5 Online: 28 de Novembro de 2017, 18:55:51 »
Precisa de uma estrutura que forneça energia elétrica que não compensa.

Você explode combustível para gerar eletricidade para alimentar os ímãs e impulsionar o projétil. Em teoria é sempre mais eficiente explodir o combustível para impulsionar o projétil, eliminando a etapa intermediária. Sei lá.


Se não me engano, a vantagem do canhão eletromagnético é a velocidade final do projétil que é  muito mais alta do que a de um canhão convencional. E é aí que as armas lasers deixarão todas as outras armas no chinelo, pois a velocidade do feixe de laser é a própria velocidade da luz.







Mas no caso do laser você precisa manter um contato contínuo do feixe com o alvo para causar dano, e isso não é tão fácil.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.267
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #6 Online: 28 de Novembro de 2017, 18:57:29 »
Eu gosto do canhão magnético, achei uma ótima idéia.

<a href="https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/Z7pf2XWzz5M</a>

Precisa de uma estrutura que forneça energia elétrica que não compensa.

Você explode combustível para gerar eletricidade para alimentar os ímãs e impulsionar o projétil. Em teoria é sempre mais eficiente explodir o combustível para impulsionar o projétil, eliminando a etapa intermediária. Sei lá.

Mas a ideia é essa mesma.

Foi desenvolvido como canhão naval para aproveitar a energia gerada pelo proprio navio e evitar o transporte de explosivos a bordo.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 21.267
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #7 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:01:22 »
<a href="https://youtube.com/v/bvLQLap3CNk" target="_blank" class="new_win">https://youtube.com/v/bvLQLap3CNk</a>

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #8 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:03:02 »
Mas no caso do laser você precisa manter um contato contínuo do feixe com o alvo para causar dano, e isso não é tão fácil.


Quanto mais potente for o laser, menor será esse tempo de "contato contínuo",  se for suficientemente potente esse tempo certamente será ínfimo, talvez tendendo a instantâneo.

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #9 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:10:11 »
Mas no caso do laser você precisa manter um contato contínuo do feixe com o alvo para causar dano, e isso não é tão fácil.


Quanto mais potente for o laser, menor será esse tempo de "contato contínuo",  se for suficientemente potente esse tempo certamente será ínfimo, talvez tendendo a instantâneo.

Ok, mas aí você precisa de uma estrutura gigante para portar esse laser, e um veículo muito grande vira um alvo mais fácil.

Sei que tudo é muito legal, mas no meio de um combate, esses railguns e lasers seriam alvos fáceis. E seriam destruídos por bombas convencionais.
« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 19:18:10 por Lorentz »
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #10 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:14:03 »


Aqui nesse vídeo tem informações que já dão para dar uma ideia de quão revolucionárias deverão ser as armas lasers de grande potência:





"Será como lutar contra arcos e flechas!"



Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #11 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:20:43 »


Aqui nesse vídeo tem informações que já dão para dar uma ideia de quão revolucionárias deverão ser as armas lasers de grande potência:





"Será como lutar contra arcos e flechas!"




O laser tem que estar numa distância onde o veículo equipado com ele seja também um alvo. Um míssil, uma bomba ou um torpedo ainda são letais.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #12 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:22:09 »

Ok, mas aí você precisa de uma estrutura gigante para portar esse laser, e um veículo muito grande vira um algo mais fácil.

Sei que tudo é muito legal, mas no meio de um combate, esses railguns e lasers seriam alvos fáceis. E seriam destruídos por bombas convencionais.


Não chega a ser gigante,  os navios atuais são suficientes , mas eles já estão prevendo que será possível instalar até em estruturas menores como aviões.  E quanto a serem alvos fáceis, parece que  muito pelo contrário serão alvos muitíssimo difíceis. O que deverá ser alvo fácil são os meios aéreos que tentarem atacá-lo ou atacar algo que eles estejam protegendo.  Pois desde que a arma laser seja guiada por um adequado sistema que engaje o alvo,  bastará mirar e disparar, e numa fração extremamente pequena de tempo o alvo será atingido (para um alvo a 300 km de distância esse tempo seria de aproximadamente um milésimo de segundo).





« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 19:28:17 por JJ »

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #13 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:25:13 »
O laser tem que estar numa distância onde o veículo equipado com ele seja também um alvo. Um míssil, uma bomba ou um torpedo ainda são letais.


Mas qualquer projetil lançado pelo meio aéreo, que tente atingir o laser,  será facilmente  interceptado e atingido pelo laser.  Qualquer projetil aéreo atual não passa de uma tartaruga voadora comparada com a velocidade da luz.

A única coisa que poderia atingir a arma laser antes que o laser a atingisse seria outro feixe de laser lançado por um canhão laser adversário (e que tenha engajado o alvo antes do adversário).
« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 19:39:50 por JJ »

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #14 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:31:39 »
O laser tem que estar numa distância onde o veículo equipado com ele seja também um alvo. Um míssil, uma bomba ou um              torpedo               ainda são letais.


Com relação às armas aquáticas como torpedos, eu já não sei dizer, mas com relação às  armas aéreas (que não usem laser), eu acho que é o fim da linha para elas.
« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 19:34:08 por JJ »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #15 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:39:40 »
O laser tem que estar numa distância onde o veículo equipado com ele seja também um alvo. Um míssil, uma bomba ou um torpedo ainda são letais.


Mas qualquer projetil lançado pelo meio aéreo, que tente atingir o laser,  será facilmente  interceptado e atingido pelo laser.  Qualquer projetil aéreo atual não passa de uma tartaruga voadora comparada com a velocidade da luz.

A única coisa que poderia atingir a arma laser antes que o laser a atingisse seria outro feixe de laser lançado por um canhão laser adversário.

O laser tem a velocidade da luz, já o sistema de trava e mira que direciona o laser não.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #16 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:47:47 »
O laser tem a velocidade da luz, já o sistema de trava e mira que direciona o laser não.


E nem precisaria (apesar de que certamente é algo muito rápido), pois a grande necessidade de velocidade  advém da distância entre o  alvo e a arma de ataque e da velocidade do alvo. Para clarificar, pense que o grande pulo do gato dos mísseis é  precisamente  a alta velocidade que eles atingem, é a grande velocidade deles que os tornam alvos muito difíceis de serem interceptados. E é aí que entra a velocidade fenomenal da luz, a qual fará os mísseis parecerem  tartarugas anestesiadas.



Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #17 Online: 28 de Novembro de 2017, 19:56:01 »


A única forma de um meio aéreo escapar de ser atingido por uma arma  laser  será se ele não puder ser detectado e assim engajado, ou se ele atirar antes (de ser detectado e engajado) com uma arma laser,  caso contrário já era.


« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 19:58:38 por JJ »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #18 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:01:05 »



A única forma de um meio aéreo escapar de ser atingido por uma arma  laser  será se ela não puder ser detectada e assim engajada, ou se ela atirar antes (de ser detectada e engajada) com uma arma laser,  caso contrário já era.




Ou voar baixo o suficiente a ponto de prejudicar a mira, caso o equipamento esteja no solo apontando para o céu.

Se o foco for eficiente apenas a uma distância pequena, um avião inimigo pode atacar mais de longe.

O avião pode também ficar fazendo curvas para que evite ao máximo o contato com o feixe, e ainda que seja atingido pelo feixe, mudar constantemente de posição faz com que o feixe não fique esquentando um ponto único, demorando muito mais para danificar o avião. Talvez demore o suficiente para que o avião inimigo lance uma bomba a tempo.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #19 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:12:55 »

Ou voar baixo o suficiente a ponto de prejudicar a mira, caso o equipamento esteja no solo apontando para o céu.


Que entra na condição que eu coloquei de ser capaz de engajar o alvo. E contra alvos voando baixo, como mísseis de cruzeiro, basta ter lasers de defesa de área,  de forma análoga aos sistemas de mísseis de defesa de área que temos atualmente ou análogo a um sistema como o Phalanx CIWS.



Se o foco for eficiente apenas a uma distância pequena, um avião inimigo pode atacar mais de longe.

Feixes de lasers podem "viajar" a distância de centenas e até milhares de quilômetros (numa fração de segundo), a única exigência é que seja uma trajetória em linha reta.


O avião pode também ficar fazendo curvas para que evite ao máximo o contato com o feixe, e ainda que seja atingido pelo feixe, mudar constantemente de posição faz com que o feixe não fique esquentando um ponto único, demorando muito mais para danificar o avião. Talvez demore o suficiente para que o avião inimigo lance uma bomba a tempo.


Uma vez atingido por um laser de potência suficiente, a única coisa que irá sobrar são pedaços voando em diferentes direções.  E uma bomba ou míssil lançado  (se é que tivesse tido tempo para isso) teria o mesmo destino do pobre avião).


« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 20:17:33 por JJ »

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #20 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:36:36 »

Feixes de lasers podem "viajar" a distância de centenas e até milhares de quilômetros (numa fração de segundo), a única exigência é que seja uma trajetória em linha reta.

Em poucas dezenas de quilômetros o avião está protegido pela curvatura da Terra. Além disso, em milhares de quilômetros o feixe perde muita potência. Talvez seja inútil numa distância bem menor.

Outra maneira simples de defletir o laser é carregar um espelhinho na cabine. O piloto reflete o laser de volta e cabuuummm! Isso daria uma continuação de Top Gang.
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Offline Lorentz

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.726
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #21 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:37:42 »
Imagina um avião todo cromado! O laser nunca atingiria!!! mwahahahahah
"Amy, technology isn't intrinsically good or bad. It's all in how you use it, like the death ray." - Professor Hubert J. Farnsworth

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #22 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:42:45 »

Feixes de lasers podem "viajar" a distância de centenas e até milhares de quilômetros (numa fração de segundo), a única exigência é que seja uma trajetória em linha reta.

Em poucas dezenas de quilômetros o avião está protegido pela curvatura da Terra.



Mas em algum ponto o avião ou o míssil que ele lançar  estará  numa trajetória  retilínea  com  o  canhão laser,  e nesse momento  o míssil  ou o avião  será  destruído.



Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #23 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:45:36 »

 Além disso, em milhares de quilômetros o feixe perde muita potência. Talvez seja inútil numa distância bem menor.



Que eu saiba isto não é verdadeiro.  Que eu saiba a atmosfera  (mesmo centenas ou mesmo milhares de quilômetros de ar)  não  afetam de forma significativa a potência do feixe de laser.

« Última modificação: 28 de Novembro de 2017, 20:53:39 por JJ »

Online JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.909
  • Sexo: Masculino
Re:Guerra - Armas
« Resposta #24 Online: 28 de Novembro de 2017, 20:46:50 »
Imagina um avião todo cromado! O laser nunca atingiria!!! mwahahahahah


Vão sobrar pedaços cromados voando em várias direções.



 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!