Autor Tópico: CLTA, Empregos de merda, Corbyn...  (Lida 7149 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.169
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #350 Online: 08 de Julho de 2018, 08:55:59 »
Pelo pouco que já vi de Peter Joseph (do original), se mantém esse mesmo problema do forista que o homenageia; em vez de algo mais claro e delineado, há esse discurso de apocalipse capitalista, e de que precisa ser mudada a forma das pessoas pensarem e tudo mais, e que teoricamente seria possível com os recursos atuais, se redistribuí-los de forma que todos vivessem em abundância. Embora em alguns casos também mencione elementos meio favoráveis a um malthusianismo, como a limitação de recursos e desperdícios.
Redistribuir é tomar de quem tem para dar a quem não tem? À força?

Quem não tem vai passar a ter? Ou vai desperdiçar e voltar a ficar sem nada?

Quem tem vai continuar gerando riqueza quando perceber que o fruto de seu trabalho lhe será confiscado?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #351 Online: 08 de Julho de 2018, 09:05:44 »
Pelo pouco que já vi de Peter Joseph (do original), se mantém esse mesmo problema do forista que o homenageia; em vez de algo mais claro e delineado, há esse discurso de apocalipse capitalista, e de que precisa ser mudada a forma das pessoas pensarem e tudo mais, e que teoricamente seria possível com os recursos atuais, se redistribuí-los de forma que todos vivessem em abundância. Embora em alguns casos também mencione elementos meio favoráveis a um malthusianismo, como a limitação de recursos e desperdícios.
Redistribuir é tomar de quem tem para dar a quem não tem? À força?





Não vi nenhuma proposta do Peter do tipo:   "tomar de quem tem para dar a quem não tem. À força."



Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.169
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #352 Online: 08 de Julho de 2018, 09:38:23 »
Redistribuir é tomar de quem tem para dar a quem não tem? À força?
Não vi nenhuma proposta do Peter do tipo:   "tomar de quem tem para dar a quem não tem. À força."
E como ele espera que a redistribuição aconteça?

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.583
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #353 Online: 08 de Julho de 2018, 09:45:07 »
Redistribuir é tomar de quem tem para dar a quem não tem? À força?
Não vi nenhuma proposta do Peter do tipo:   "tomar de quem tem para dar a quem não tem. À força."
E como ele espera que a redistribuição aconteça?



Qual   re distribuição ?   O que seria e como seria exatamente essa suposta       re  distribuição    ?


O que  essa suposta  re  distribuição  teria a ver  com   uma   abundância   e com uma enorme quantidade de automação na produção de uma enorme quantidade de bens  (a tal abundância)  ?



São boas perguntas.





Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.899
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #354 Online: 08 de Julho de 2018, 13:09:23 »
A pergunta do Fernando é pertinente se não for esclarecido qual seria o tempo necessário para se instalar a sociedade propalada pelo forista Peter Joseph.
Foto USGS

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.171
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #355 Online: 08 de Julho de 2018, 15:39:48 »
Pelo pouco que já vi de Peter Joseph (do original), se mantém esse mesmo problema do forista que o homenageia; em vez de algo mais claro e delineado, há esse discurso de apocalipse capitalista, e de que precisa ser mudada a forma das pessoas pensarem e tudo mais, e que teoricamente seria possível com os recursos atuais, se redistribuí-los de forma que todos vivessem em abundância. Embora em alguns casos também mencione elementos meio favoráveis a um malthusianismo, como a limitação de recursos e desperdícios.
Redistribuir é tomar de quem tem para dar a quem não tem? À força?

Do pouco que vi, não era exatamente tocado questão de "uso de força" para alcançar isso. O ponto principal era que a humanidade já disporia de recursos abundantes o suficientes para dar a todos uma qualidade de vida muito melhor, que não faz sentido se forçadamente privar as pessoas do necessário para uma vida digna.


Citar
Quem não tem vai passar a ter? Ou vai desperdiçar e voltar a ficar sem nada?

Quem tem vai continuar gerando riqueza quando perceber que o fruto de seu trabalho lhe será confiscado?

Essa noção de que os pobres são pobres porque desperdiçam até a falência é algo mais tipicamente direitista e será na maior parte do tempo simplesmente ignorada pela esquerda, quando não estiverem apenas se lamentando dessa perspectiva como um preconceito classista.

Acho que, como implicitamente, no cenário geral, "quem" está gerando riquezas são mais diretamente ou trabalhadores ou "robôs", e não investidores, se imagina gradualmente substituir os últimos por inteligência artificial que trabalha a preço de custo, através de impostos e/ou estatização. Se o investimento é lucrativo/se há demanda real, e os recursos para ele existem, não seria necessário que isso fosse concretizado através de decisões individuais dos detentores legais de massivas quantidades de "tokens" de demanda.

Mas como talvez o "gradual" aí sugere, isso é mais um esforço pessoal meu de tentar imaginar a coisa de maneira mais plausível e menos revolucionária, enquanto que o forista que usa o nome de Peter Joseph questionava esse apego ao gradualismo.

De outras fontes, havia sugestões nas linhas de que, seria de interesse das próprias oligarquias criar esse estado do bem-estar-social, mesmo que a partir de livre e espontânea vontade da iniciativa privada ou de parcerias público-privadas, a fim de evitar uma eventual violência das massas. Foi feita analogia histórica com uma "automação" quase completa a partir de trabalho escravo no Império Romano, deixando pessoas desempregadas e suscitando as políticas de "pão e circo".

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #356 Online: 18 de Julho de 2018, 09:19:33 »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #357 Online: 20 de Julho de 2018, 18:36:50 »
Sobre o "Realismo Capitalista":

Citar
Ao alegar, como Badiou coloca, ter nos libertado de "abstrações fatais" inspiradas nas "ideologias do passado", o realismo capitalista se apresenta como um escudo que nos protege dos perigos colocados pela crença em si. A atitude de distância irônica adequado ao capitalismo pós-moderno é suposto imunizar-nos contra as seduções do fanatismo. Abaixando nossas expectativas, nos é dito, é um pequeno preço a pagar por ser protegido do terror e totalitarismo. 'Nós vivemos em uma contradição', Badiou tem observado: um estado de coisas brutal, profundamente desigual - onde toda existência é avaliada apenas em termos de dinheiro - é apresentada para nós como ideal. Para justificar seu conservadorismo, os partidários da ordem estabelecida não podem realmente chamá-la de ideal ou maravilhosa. Então, em vez disso, eles decidiram dizer que todo o resto é horrível. Claro, eles dizem, nós podemos não viver em uma condição de Bondade perfeita. Mas temos sorte de não vivermos em uma condição do mal. Nossa democracia não é perfeita. Mas é melhor do que as ditaduras sangrentas. O capitalismo é injusto. Mas não é criminoso como o stalinismo. Deixamos milhões de africanos morrerem de AIDS, mas não fazemos declarações nacionalistas racistas como Milosevic. Matamos iraquianos com nossos aviões, mas não cortamos suas gargantas com facões como fazem em Ruanda, etc.
O 'realismo' aqui é análogo à perspectiva de um depressivo que acredita que qualquer estado positivo, qualquer esperança, é uma
ilusão perigosa.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.169
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #358 Online: 21 de Julho de 2018, 07:05:39 »
Sobre o "Realismo Capitalista":

Citar
Ao alegar, como Badiou coloca, ter nos libertado de "abstrações fatais" inspiradas nas "ideologias do passado", o realismo capitalista se apresenta como um escudo que nos protege dos perigos colocados pela crença em si. A atitude de distância irônica adequado ao capitalismo pós-moderno é suposto imunizar-nos contra as seduções do fanatismo. Abaixando nossas expectativas, nos é dito, é um pequeno preço a pagar por ser protegido do terror e totalitarismo. 'Nós vivemos em uma contradição', Badiou tem observado: um estado de coisas brutal, profundamente desigual - onde toda existência é avaliada apenas em termos de dinheiro - é apresentada para nós como ideal. Para justificar seu conservadorismo, os partidários da ordem estabelecida não podem realmente chamá-la de ideal ou maravilhosa. Então, em vez disso, eles decidiram dizer que todo o resto é horrível. Claro, eles dizem, nós podemos não viver em uma condição de Bondade perfeita. Mas temos sorte de não vivermos em uma condição do mal. Nossa democracia não é perfeita. Mas é melhor do que as ditaduras sangrentas. O capitalismo é injusto. Mas não é criminoso como o stalinismo. Deixamos milhões de africanos morrerem de AIDS, mas não fazemos declarações nacionalistas racistas como Milosevic. Matamos iraquianos com nossos aviões, mas não cortamos suas gargantas com facões como fazem em Ruanda, etc.
O 'realismo' aqui é análogo à perspectiva de um depressivo que acredita que qualquer estado positivo, qualquer esperança, é uma
ilusão perigosa.
Essas coisas são resultado do capitalismo ou da natureza humana? Deixariam de acontecer num regime socialista ou comunista?

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #359 Online: 31 de Agosto de 2018, 17:12:24 »
Citar
Imaginários do Pós-Trabalho: Automação Completa, Renda Básica, Jornada de Trabalho e Ética do Emprego
Publicado em 30/08/2018 por O Minhocário


“O objetivo do futuro é o pleno desemprego, para que possamos aproveitar. É por isso que temos de destruir o atual sistema político-econômico”, Arthur C. Clark

https://ominhocario.wordpress.com/2018/08/30/imaginarios-do-pos-trabalho-automacao-completa-renda-basica-jornada-de-trabalho-e-etica-do-emprego/
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.171
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #360 Online: 01 de Setembro de 2018, 11:06:12 »
Sobre o "Realismo Capitalista":

Citar
Ao alegar, como Badiou coloca, ter nos libertado de "abstrações fatais" inspiradas nas "ideologias do passado", o realismo capitalista se apresenta como um escudo que nos protege dos perigos colocados pela crença em si. A atitude de distância irônica adequado ao capitalismo pós-moderno é suposto imunizar-nos contra as seduções do fanatismo. Abaixando nossas expectativas, nos é dito, é um pequeno preço a pagar por ser protegido do terror e totalitarismo. 'Nós vivemos em uma contradição', Badiou tem observado: um estado de coisas brutal, profundamente desigual - onde toda existência é avaliada apenas em termos de dinheiro - é apresentada para nós como ideal. Para justificar seu conservadorismo, os partidários da ordem estabelecida não podem realmente chamá-la de ideal ou maravilhosa. Então, em vez disso, eles decidiram dizer que todo o resto é horrível. Claro, eles dizem, nós podemos não viver em uma condição de Bondade perfeita. Mas temos sorte de não vivermos em uma condição do mal. Nossa democracia não é perfeita. Mas é melhor do que as ditaduras sangrentas. O capitalismo é injusto. Mas não é criminoso como o stalinismo. Deixamos milhões de africanos morrerem de AIDS, mas não fazemos declarações nacionalistas racistas como Milosevic. Matamos iraquianos com nossos aviões, mas não cortamos suas gargantas com facões como fazem em Ruanda, etc.
O 'realismo' aqui é análogo à perspectiva de um depressivo que acredita que qualquer estado positivo, qualquer esperança, é uma
ilusão perigosa.

Isso é uma espécie de falácia de apelo à piedade, misturada a umas vilanizações aleatórias.

As pessoas são livres para, voluntariamente, ir viver de qualquer maneira não-capitalista que imaginarem ser positiva, que lhes der esperança, conforme for o consenso entre elas, e não desrespeitando direitos umas das outras. São pouquíssimas as que fazem algo assim.

Em vez disso, na maior parte do tempo ficam em confabulações sobre uma realidade perfeita, preservada num estado platônico distante da realidade, ocorrendo numa escala impossível de ser posta em prática num estalar de dedos, com qualquer tentativa de aproximação disso requerendo uma violenta tomada do poder. Se perspectivas mais limitadas pela realidade são algo análogo a perspectiva de um depressivo, isso é análogo a devaneio potencialmente disfuncional.


Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #361 Online: 31 de Outubro de 2018, 19:35:16 »
Viva Corbyn!!  :biglol:

Citar
The left-wing politician leading Jeremy Corbyn’s drive to sack moderate MPs has called on Labour supporters to ‘rise up’ and start a ‘luxury Communism revolution’ in Britain.

Labour MP Chris Williamson said it was time to reward the ‘bloody hard work of ordinary working people’ by helping them grab more of the nation’s wealth.

https://www.dailymail.co.uk/news/article-6169995/Corbyn-ally-tells-British-workers-launch-luxury-Communist-revolution.html
« Última modificação: 31 de Outubro de 2018, 19:38:56 por Peter Joseph »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #362 Online: 31 de Outubro de 2018, 19:45:01 »
Uma pequena noção do nível já existente da automação completa de sistemas industriais:

Citar
Fully Automated Warehouse in Shanghai


Citar
JD.com (Nasdaq: JD) é o maior varejista na China, online ou offline. Com mais de 300 milhões de clientes, temos uma vasta rede de armazéns e estações de entrega e entregamos a maioria dos pedidos em menos de um dia.

Este é um vislumbre do primeiro centro de atendimento de comércio eletrônico totalmente automatizado do mundo, onde um sistema de máquinas automatizadas, robôs e veículos autônomos trabalham para selecionar e embalar pedidos.
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #363 Online: 09 de Novembro de 2018, 18:35:39 »
Citar
Momentum - UK

"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #364 Online: 12 de Novembro de 2018, 18:11:34 »
 :biglol: :hihi:

Citar
I'm Literally a Communist You Idiot

"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.675
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #365 Online: 12 de Novembro de 2018, 19:28:04 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.675
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #366 Online: 12 de Novembro de 2018, 19:35:38 »
Se toda a produção for automatizada, os operários ficarão livres dos patrões malvados.


A ideia é que patrões poderosos dominadores controladores deixem de existir.  Mas, parece que você gosta da ideia de poderosos controladores dominadores  submetendo pessoas.
Você vê que existe uma patrulha  ideológica esquerdista cascuda quando tentam rechaçar até um suposto sentido conotativo numa frase...

Offline Muad'Dib

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.632
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #367 Online: 12 de Novembro de 2018, 21:16:01 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Tá, suponha que eu tenha um pé de feijão mágico que cresce até o início do arco-íris onde eu encontro o lobo mau de mãos dadas com os três porquinhos e todo mundo viva cantando Obladiobladá... E então, o que faremos pelo resto da eternidade???

O seu exercício de abstração eu não sei se é mais absurdo ou mais insensível.

Nós temos 2 bilhões de pessoas no mundo? Não, temos mais de sete e aumentando. Tem alguma política educacional visando um controle da superpopulação que temos? Não, ninguém está nem ai.

Então, se você acha que o seu exercício de abstração non sense é um tédio, então temos que deixar as coisas como estão ou então brigar para deixar a merda fermentar no quintal?

Ora, porque não torcer por uma guerra mundial. Não vai ser de tédio que morreremos.

Ou eu entendi seu post errado? Qual é exatamente seu ponto? Tem um ponto ou é só futilidade?

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.675
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #368 Online: 12 de Novembro de 2018, 23:36:01 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Tá, suponha que eu tenha um pé de feijão mágico que cresce até o início do arco-íris onde eu encontro o lobo mau de mãos dadas com os três porquinhos e todo mundo viva cantando Obladiobladá... E então, o que faremos pelo resto da eternidade???

O seu exercício de abstração eu não sei se é mais absurdo ou mais insensível.

Nós temos 2 bilhões de pessoas no mundo? Não, temos mais de sete e aumentando. Tem alguma política educacional visando um controle da superpopulação que temos? Não, ninguém está nem ai.

Então, se você acha que o seu exercício de abstração non sense é um tédio, então temos que deixar as coisas como estão ou então brigar para deixar a merda fermentar no quintal?

Ora, porque não torcer por uma guerra mundial. Não vai ser de tédio que morreremos.

Ou eu entendi seu post errado? Qual é exatamente seu ponto? Tem um ponto ou é só futilidade?
Cahammm cahammnnn ... Bem, na verdade eu fiquei com um pudôzim de botar só um milhão ou dois de pessoas pra ninguém acusar eu de sociopata, mas beleza...

Agora pra abstração propriamente dita. Imagina que em algum momento  no decorrer dessa conjectura, a maioria da população viesse a parar de procriar, então só sobrando um número X de pessoas, e que essas pessoas tivessem a capacidade de se auto regenerar ou de clonaram-se a si mesmas fazendo upload de suas consciências para os clones, dessa forma se perpetuando infinitamente, ou ao menos indefinidamente. Imaginou? Então, abstraí pra você. Não tem de quê.

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #369 Online: 13 de Novembro de 2018, 07:19:05 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Bom, vamos lá desmontar seu espantalho  :biglol:

Primeiro, que Comunismo não é igual a Paraíso bíblico. Quem falou de Paraíso foi Jesuisss e os profetas e não  Marx. Tal mundo perfeito imaginado por vc é impossível de existir, até por que viola a segunda lei da termodinâmica. Sempre haverão problemas a serem resolvidos, sempre haverá o que fazer.
Mas mesmo não sendo o paraíso, se fosse beeeemmm melhor que agora ja seria ótimo, não? Ou pra substituir o capitalismo só vale se for o paraíso?  :hihi:

E da onde você tirou que precisa haver no máximo dois bilhões de pessoa para que o comunismo funcione? Com a tecnologia atual sendo usada em sua plenitude a favor da sustentabilidade e eficiência, acomodariamos confortavelmente mais de dez bilhões de pessoas no mundo.
« Última modificação: 13 de Novembro de 2018, 07:24:11 por Peter Joseph »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.899
  • Sexo: Masculino
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #370 Online: 13 de Novembro de 2018, 10:31:01 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Bom, vamos lá desmontar seu espantalho  :biglol:

Primeiro, que Comunismo não é igual a Paraíso bíblico. Quem falou de Paraíso foi Jesuisss e os profetas e não  Marx. Tal mundo perfeito imaginado por vc é impossível de existir, até por que viola a segunda lei da termodinâmica. Sempre haverão problemas a serem resolvidos, sempre haverá o que fazer.
Mas mesmo não sendo o paraíso, se fosse beeeemmm melhor que agora ja seria ótimo, não? Ou pra substituir o capitalismo só vale se for o paraíso?  :hihi:

E da onde você tirou que precisa haver no máximo dois bilhões de pessoa para que o comunismo funcione? Com a tecnologia atual sendo usada em sua plenitude a favor da sustentabilidade e eficiência, acomodariamos confortavelmente mais de dez bilhões de pessoas no mundo.

Os dois bilhões dele tem uma similaridade com os seus dez bilhões: achismo!
Foto USGS

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.675
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #371 Online: 13 de Novembro de 2018, 14:29:18 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Bom, vamos lá desmontar seu espantalho  :biglol:
Mas não é uma falácia, trata-se só de uma conjectura!

Primeiro, que Comunismo não é igual a Paraíso bíblico. Quem falou de Paraíso foi Jesuisss e os profetas e não  Marx.
Sim,  por que não substitui a ideia de paraíso bíblico por utopia então?

Tal mundo perfeito imaginado por vc é impossível de existir, até por que viola a segunda lei da termodinâmica. Sempre haverão problemas a serem resolvidos, sempre haverá o que fazer.
Mas mesmo não sendo o paraíso, se fosse beeeemmm melhor que agora ja seria ótimo, não? Ou pra substituir o capitalismo só vale se for o paraíso?  :hihi:
Se fosse bem melhor do que agora não seria o agora. Até por que certamente se houvesse uma receita já estaria sendo posta em prática, não acha? Cadê a receita? Não te parece só mais um messianismo piorado sem nem a ideia de um deus pra justificar? Se bem que a estupidez humana é tanta que já tem intentado fazer isso, e obviamente os resultados sendo sempre catastróficos ...

E da onde você tirou que precisa haver no máximo dois bilhões de pessoa para que o comunismo funcione? Com a tecnologia atual sendo usada em sua plenitude a favor da sustentabilidade e eficiência, acomodariamos confortavelmente mais de dez bilhões de pessoas no mundo.
Mas você acabou de dizer que não seria o paraíso na terra, nem nada que continuariam a haver problemas e tudo mais(e isso retoricamente pode ser pior que o inferno). Pareceria mais fácil realizar isso num mundo com dois bilhões de pessoas, mas você quer acomodar confortavelmente 10 bilhões.

E esse "confortavelmente" seu ai, ainda mais com a sugestão de que seria algo pra superar em conforto, como você mesmo já havia dito  em postagens anteriores o que já é obtido hoje por pessoas mais abastadas me parece mais é a tal utopia que já te apressaste a negar logo acima. Sei não mas isso tá me cheirando a verborragia.
« Última modificação: 13 de Novembro de 2018, 15:30:47 por Sergiomgbr »

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #372 Online: 14 de Novembro de 2018, 15:23:34 »
Tá, suponha-se que exista um sistema funcionando plenamente e a população do planeta seja de apenas um, no máximo, dois bulhões de pessoas, todo mundo tem comida a vontade, fita crepe a vontade, parafusos à vontade, bolinhas de gude a vontade, filmes e séries infinitos pra assistir, uma máquina que nem as de ficção científica que cure tudo, não existe necessidade de nada, sendo só piscar que nem a Jeannie é um Gênio que tudo aparece em questão  de segundos, um mundo que até pra imaginar é um exercício formidável de abstração.  O que as pessoas vão fazer todos os dias, nesse mundo, do nascer de um sol ao outro nascer do sol, durante, talvez mais de 100 anos ou mesmo talvez na eternidade?

Bom, vamos lá desmontar seu espantalho  :biglol:

Primeiro, que Comunismo não é igual a Paraíso bíblico. Quem falou de Paraíso foi Jesuisss e os profetas e não  Marx. Tal mundo perfeito imaginado por vc é impossível de existir, até por que viola a segunda lei da termodinâmica. Sempre haverão problemas a serem resolvidos, sempre haverá o que fazer.
Mas mesmo não sendo o paraíso, se fosse beeeemmm melhor que agora ja seria ótimo, não? Ou pra substituir o capitalismo só vale se for o paraíso?  :hihi:

E da onde você tirou que precisa haver no máximo dois bilhões de pessoa para que o comunismo funcione? Com a tecnologia atual sendo usada em sua plenitude a favor da sustentabilidade e eficiência, acomodariamos confortavelmente mais de dez bilhões de pessoas no mundo.

Os dois bilhões dele tem uma similaridade com os seus dez bilhões: achismo!

 :biglol:

Citar
Com a tecnologia atual sendo usada em sua plenitude a favor da sustentabilidade e eficiência, acomodaríamos confortavelmente mais de dez bilhões de pessoas no mundo.

http://umanovaformadepensar.com.br/tendencias_pos_escassez_capacidade_e_eficiencia

http://umanovaformadepensar.com.br/eficiencia_de_mercado_vs_eficiencia_tecnica

http://blog.movimentozeitgeist.com.br/lidando-com-o-mito-da-superpopulacao-parte-1/

http://blog.movimentozeitgeist.com.br/lidando-com-o-mito-da-superpopulacao-parte-2/
« Última modificação: 14 de Novembro de 2018, 15:43:32 por Peter Joseph »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #373 Online: 14 de Novembro de 2018, 18:36:36 »
Nossa!! Pobres pagando de 100 a 200 mil por casas "populares" enquanto já existe tecnologia mais que suficiente para construir casas populares por 13000! O livre mercado capitalista é realmente rápido e eficiente!!! Temos "somente" 1 bilhão sem moradia decente no mundo, quando tivermos mais alguns bilhões acho que o capitalismo vai dar jeito.  :biglol: Se ainda existir alguma coisa até lá.

"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

Offline Peter Joseph

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.039
  • Sexo: Masculino
  • Ela, a Entropia!
Re:CLTA, Empregos de merda, Corbyn...
« Resposta #374 Online: 14 de Novembro de 2018, 18:51:36 »
"Não é sinal de saúde estar bem adaptado a uma sociedade doente." - Krishnamurti

"O progresso é a concretização de Utopias." – Oscar Wilde
O Minhocário - https://ominhocario.wordpress.com/

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!