Autor Tópico: Governo Bolsonaro  (Lida 43838 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.989
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2750 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 14:56:57 »


Pode ser assim:    :conversa:



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.989
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2751 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 14:57:49 »


Não precisa ser assim:


 :lasergun:

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2752 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:39:15 »
O que era mesmo que o petistas falavam a respeito do Bozo? Que ele acabaria com os gays, com os direitos trabalhistas, com as férias e décimo terceiro salário , com o Bolsa Família...

Como era mesmo a propaganda do PT com a comida sumindo da mesa dos pobres se o Dilmão não fosse reeleito?



Isso não é fake news, esse medo é fato compartilhado pormuita gente,  e a imensa maioria passa longe.do PT.

Isto é fake news, assim como o Lula e a Dilma cometeram estelionato partidário e eleitoral, respectivamente, em 2002 e em 2014.

A sim, o cara passa a vida falando contra direitos trabalhistas, direitos humanos, contra gays, etc, etc, etc, etc, e é fake news de quem acredita nele... Esse é o exemplo mais acabado da deficiência cognitiva programada dos bolsominions.

Objetivamente pergunto:

Quais direitos trabalhistas e humanos foram extintos ou restringidos até o momento?

Quais ações contra gays e feministas foram implementadas até o momento?
Com um mês de desgoverno já tem um montão de projetos para isso. Matar sobre "medo, stress ou forte emoção" te diz alguma coisa?

Quando um destes 'projetos' for aprovado e ele contiver algum trecho que explicitamente viole direitos fundamentais, conversaremos.
Foto USGS

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.657
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2753 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:40:06 »
Sai da bolha rapaziada...

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.657
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2754 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:51:42 »
O que era mesmo que o petistas falavam a respeito do Bozo? Que ele acabaria com os gays, com os direitos trabalhistas, com as férias e décimo terceiro salário , com o Bolsa Família...

Como era mesmo a propaganda do PT com a comida sumindo da mesa dos pobres se o Dilmão não fosse reeleito?



Isso não é fake news, esse medo é fato compartilhado pormuita gente,  e a imensa maioria passa longe.do PT.

Isto é fake news, assim como o Lula e a Dilma cometeram estelionato partidário e eleitoral, respectivamente, em 2002 e em 2014.

A sim, o cara passa a vida falando contra direitos trabalhistas, direitos humanos, contra gays, etc, etc, etc, etc, e é fake news de quem acredita nele... Esse é o exemplo mais acabado da deficiência cognitiva programada dos bolsominions.

Objetivamente pergunto:

Quais direitos trabalhistas e humanos foram extintos ou restringidos até o momento?

Quais ações contra gays e feministas foram implementadas até o momento?
Com um mês de desgoverno já tem um montão de projetos para isso. Matar sobre "medo, stress ou forte emoção" te diz alguma coisa?

Quando um destes 'projetos' for aprovado e ele contiver algum trecho que explicitamente viole direitos fundamentais, conversaremos.


Aff, então vamos esperar eles violarem todos os direitos que conseguirem pra depois discutir. Ok.

Offline Cinzu

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 988
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2755 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:55:24 »
Sim, diz que aquela velha de 70 anos que estava com a neta em casa e pegou a arma do marido falecido para meter uma bala em um invasor que tinha diversas passagens pela polícia não seria acusada de homicídio como foi.

Ou o cunhado da Ana Rickman não seria acusado de homicídio depois de matar um sujeito que disparou uma arma contra a cabeça da mulher dele.

Na verdade seria.

Ela não respondeu processo por homicídio, o ato foi considerado legítima defesa. Entretanto, a arma não estava registrada, e ela teve de responder processo por porte ilegal de arma.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Cinzu

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 988
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2756 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:57:27 »
Citar
Bolsonaro falou novamente que tem de aplicar critério regional para a idade mínima da reforma da previdência. Com o argumento de que uma idade de 65 anos para se aposentar não é compatível com a expectativa do Piauí, que é de 69 anos (https://www.valor.com.br/politica/6112191/bolsonaro-defende-criterio-regional-para-idade-minima)

Contudo, ele comete dois grandes erros nesse discurso:
1) Ele deveria analisar a expectativa de sobrevida após os 65 anos, que inclusive não apresenta discrepâncias tão grandes entre as regiões
2) Como podem ver na imagem, idade média dos aposentados via INSS é bem menor em estados ricos (57 anos em Santa Catarina), enquanto o mesmo Piauí aparece com uma idade média de quase 63 anos. Ou seja, caso a reforma coloque uma idade mínima de 65 anos, são os estados mais ricos que sentirão mais impactos (e vale reiterar, esse cenário está bem errado), não os mais pobres



"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.657
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2757 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 15:59:00 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.035
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2758 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:00:48 »
A arma era do finado marido, com risco real de ser assassinada por um invasor e a justiça queria que ela pegasse o quê? Um vaso de flores para oferecer para mãe dele?

Uma velha de 70 anos contra um vagabundo armado?


Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2759 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:00:54 »
O que era mesmo que o petistas falavam a respeito do Bozo? Que ele acabaria com os gays, com os direitos trabalhistas, com as férias e décimo terceiro salário , com o Bolsa Família...

Como era mesmo a propaganda do PT com a comida sumindo da mesa dos pobres se o Dilmão não fosse reeleito?



Isso não é fake news, esse medo é fato compartilhado pormuita gente,  e a imensa maioria passa longe.do PT.

Isto é fake news, assim como o Lula e a Dilma cometeram estelionato partidário e eleitoral, respectivamente, em 2002 e em 2014.

A sim, o cara passa a vida falando contra direitos trabalhistas, direitos humanos, contra gays, etc, etc, etc, etc, e é fake news de quem acredita nele... Esse é o exemplo mais acabado da deficiência cognitiva programada dos bolsominions.

Objetivamente pergunto:

Quais direitos trabalhistas e humanos foram extintos ou restringidos até o momento?

Quais ações contra gays e feministas foram implementadas até o momento?
Com um mês de desgoverno já tem um montão de projetos para isso. Matar sobre "medo, stress ou forte emoção" te diz alguma coisa?
Quando um destes 'projetos' for aprovado e ele contiver algum trecho que explicitamente viole direitos fundamentais, conversaremos.
Aff, então vamos esperar eles violarem todos os direitos que conseguirem pra depois discutir. Ok.

Você deve estar com sua capacidade de análise e julgamento prejudicada pelo calor.

Nos governos petistas foram feitos e ou assentidos movimentos concretos que prejudicaram pessoas. Cito o exemplo criminoso do MST, violando o direito à propriedade. Não lembro de te-lo visto condenando os atos de tal grupo ilegal.

Pelo contrário, você não somente elogiou como concordou com os atos de violência daqueles vagabundos.

Cadê a pessoa defensora dos direitos fundamentais que constam na Constituição, incluindo o de propriedade, conforme o artigo 5o, no seu inciso XXII, a despeito de ter um inciso que a restringe (XXIII), a ridícula e abjeta "a propriedade atenderá a sua função social".
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2760 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:01:43 »
Sim, diz que aquela velha de 70 anos que estava com a neta em casa e pegou a arma do marido falecido para meter uma bala em um invasor que tinha diversas passagens pela polícia não seria acusada de homicídio como foi.

Ou o cunhado da Ana Rickman não seria acusado de homicídio depois de matar um sujeito que disparou uma arma contra a cabeça da mulher dele.

Na verdade seria.

Ela não respondeu processo por homicídio, o ato foi considerado legítima defesa. Entretanto, a arma não estava registrada, e ela teve de responder processo por porte ilegal de arma.

Porte? Certamente, não.

Posse ilegal, talvez.
Foto USGS

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2761 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:09:57 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.
https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

Opinião e bunda todos tem.

E a deste desembargador já mostra a que veio, neste excerto:

Citação de: Alfredo Attié Junior
[...]
O Estado não se deve distanciar da sociedade. O Ministério da Justiça e da Segurança não se deve isolar da justiça e da segurança, que se perfazem em acolher e criar uma sociedade solidária e coesa, em torno de deveres e direitos humanos.
[...]

Se o estado não deve se distanciar da sociedade, então o governo do Bozo está fazendo o certo, pois a maioria clamou por estas medidas.

E discutir segurança pública com base em um wishiful thinking ("sociedade solidária e coesa", sic) é ótimo como tese acadêmica e como manifestação populista, geralmente feita por pessoas que não 'vivem no dia-a-dia' aqui no mundo real, e sim encasteladas em suas salas com ar-condicionado e recebendo salários e benesses pagos pelas mesmas pessoas que vivem na insegurança. De fato o estado deveria priorizar a segurança da parte da sociedade não-bandida.
Foto USGS

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.256
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2762 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:18:54 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...

Blog do Fred, Reinaldo Azevedo.

Anotado.

PS: só para não deixar passar: petista falando em bolha ::)
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.657
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2763 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 16:24:38 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...

Blog do Fred, Reinaldo Azevedo.

Anotado.

PS: só para não deixar passar: petista falando em bolha ::)

Ué, vc não falou que ue tirei do 247?????????????

Tem direitista de carteirinha que sabe que o projeto é uma bosta que só piora a merda da violência. Devia ser "óbvio" para você.
« Última modificação: 11 de Fevereiro de 2019, 16:26:55 por _Juca_ »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2764 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 17:24:31 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...

Blog do Fred, Reinaldo Azevedo.

Anotado.

PS: só para não deixar passar: petista falando em bolha ::)

Ué, vc não falou que ue tirei do 247?????????????

Tem direitista de carteirinha que sabe que o projeto é uma bosta que só piora a merda da violência. Devia ser "óbvio" para você.

Pode piorar? Sim!

O mesmo ocorreu com a aprovação do estatuto do desarmamento (contra o desejo da maioria da população, diga-se de passagem). No último ano antes do estatuto foram 38 mil (ou 43 mil, não lembro!) mortes por ano. Desde então, só aumentou o número de homicídios, chegando a mais de 63 mil (ou algo assim) no ano passado.

E aí?
Foto USGS

Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.657
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2765 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 17:37:35 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...

Blog do Fred, Reinaldo Azevedo.

Anotado.

PS: só para não deixar passar: petista falando em bolha ::)

Ué, vc não falou que ue tirei do 247?????????????

Tem direitista de carteirinha que sabe que o projeto é uma bosta que só piora a merda da violência. Devia ser "óbvio" para você.

Pode piorar? Sim!

O mesmo ocorreu com a aprovação do estatuto do desarmamento (contra o desejo da maioria da população, diga-se de passagem). No último ano antes do estatuto foram 38 mil (ou 43 mil, não lembro!) mortes por ano. Desde então, só aumentou o número de homicídios, chegando a mais de 63 mil (ou algo assim) no ano passado.

E aí?

E aí? Depende do seu prisma. Existe uma falta de lógica em achar que a armando a população os homicídios vão diminuir, além do que não existe um estudo que demonstre isso. Por outro lado se não houvesse estatuto será que não estaríamos passando dos 100000 homicídios hoje?

https://tribunaonline.com.br/ritmo-de-crescimento-de-assassinatos-desacelerou-apos-desarmamento

Após o estatudo o ritmo diminuiu o que demonstra que se a política continuasse a reprimir o uso de armas de fogo com a mesma força após esses anos mais provável que os números seriam bem melhores hoje. Pode por na conta do governo do PT essa frouxidão homicida.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.147
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2766 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 18:16:42 »
O aumento da violência com mortes por armas de fogo em si não é algo negativo, se morrerem bandidos em vez de
pessoas de bem. Bandido morto não comete mais crime e ainda tem o bônus de não onerar o bolso do contribuinte no caso de estarem cumprindo pena.

Offline Entropia

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 723
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2767 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 19:42:47 »
E aí? Depende do seu prisma. Existe uma falta de lógica em achar que a armando a população os homicídios vão diminuir, além do que não existe um estudo que demonstre isso. Por outro lado se não houvesse estatuto será que não estaríamos passando dos 100000 homicídios hoje?

https://tribunaonline.com.br/ritmo-de-crescimento-de-assassinatos-desacelerou-apos-desarmamento

Após o estatudo o ritmo diminuiu o que demonstra que se a política continuasse a reprimir o uso de armas de fogo com a mesma força após esses anos mais provável que os números seriam bem melhores hoje. Pode por na conta do governo do PT essa frouxidão homicida.

Nossa essa predição linear é a coisa mais estapafúrdia de todos os tempos, até pra extrapolação é demais. Nao há como fazer esse tipo de previsão, existem diversas mudancas que ocorrem em um país de maneira que homicídios nao crescem linearmente. Esse já é o primeiro problema

O segundo é.. que está errado. O ritmo de crescimento de homícidios global caiu, porém, se você analisar por ESTADO, vai ver que apenas na regiao SUDESTE, mais especificamente, em SAO PAULO, ocorreu uma diminuicao significativa dos homicídios. Porém, na regiao NORDESTE, os homicídios EXPLODIRAM, em praticamente todos os estados.

Mas como sao paulo e rio sao estados muito populosos, o efeito deles no global é muito alto, daí o resultado.
Que tipo de estatuto é esse que só funciona em 2 estados? Nao foi pelo estatuto, e sim por reformas na seguranca pública.

Offline Cinzu

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 988
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2768 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 20:42:27 »
Depois de "prisão em segunda instância é inconstitucional", chegou o "projeto do Moro dá licença para matar".

Poderia ser facilmente confundido com um bot de resumos do Brasil247 e similares.

https://blogdofred.blogfolha.uol.com.br/2019/02/07/projeto-anticrime-de-moro-ja-nasce-ultrapassado-afirma-desembargador/

https://www1.folha.uol.com.br/colunas/reinaldoazevedo/2019/02/plano-de-moro-estimula-a-violencia-em-vez-de-combate-la.shtml

Sai da bolha...

Blog do Fred, Reinaldo Azevedo.

Anotado.

PS: só para não deixar passar: petista falando em bolha ::)

Ué, vc não falou que ue tirei do 247?????????????

Tem direitista de carteirinha que sabe que o projeto é uma bosta que só piora a merda da violência. Devia ser "óbvio" para você.

Pode piorar? Sim!

O mesmo ocorreu com a aprovação do estatuto do desarmamento (contra o desejo da maioria da população, diga-se de passagem). No último ano antes do estatuto foram 38 mil (ou 43 mil, não lembro!) mortes por ano. Desde então, só aumentou o número de homicídios, chegando a mais de 63 mil (ou algo assim) no ano passado.

E aí?

A quantidade de n° de mortes é irrelevante, uma vez que com a população aumentando é natural que haja mais mortes. O correto é analisarmos em termos de taxas.



E neste quesito o Juca tem razão quando diz que desde o ano em que o estatuto entrou em vigor (2003) as taxas de homicídios que vinham crescendo, na verdade estagnaram. Independente disso, como bem pontuou Entropia, isso ainda não é suficiente pra afirmar que o estatuto evitou o aumento de mortes, uma vez que as taxas de homicídios dependem de centenas de outros fatores.

Apesar disso, a maioria dos estudos apontam que "mais armas = mais mortes", porém escondem quem exatamente está morrendo, já que criminosos e vítimas são colocados todos juntos na balança. Pois a partir do momento que a vítima está armada, a probabilidade de haver um confronto entre o assaltante e a vítima aumentam, e junto a isso, aumenta também as chances de ocorrer uma morte ali.

Este é o risco que o cidadão deve estar ciente que irá assumir a partir do momento que anda armado. O que a meu ver, é uma escolha individual.

O que não podemos fazer é ignorar os dados só pra defendermos nosso ponto de vista.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.698
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2769 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 22:05:33 »
Eu não ignorei nada, mesmo porquê conheço os números e a sua explicação.

O que me deixa furioso é a falácia-mor usada pelos defensores do estatuto do desarmamento (EA), e que você mencionou acima. Ou seja, de que a relação do EA com a diminuição na taxa de crescimento de homicídios é de causação e não de correlação.
Foto USGS

Offline Cinzu

  • Nível 23
  • *
  • Mensagens: 988
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2770 Online: 11 de Fevereiro de 2019, 22:36:16 »
Entendi. Ocorre que o outro lado também usa a falácia de que "o estatuto do desarmamento só aumentou nossa criminalidade". Neste caso estão duplamente errados, primeiro porque os homicídios não aumentaram em termos de índices no Brasil, e mesmo que fosse o caso, continuaria errado fazer qualquer relação de causa.

No meu ponto de vista os conservadores deveriam deixar de justificar a liberação do porte de armas com esse tipo de argumentação. Isso só dá mais munição pra esquerda contrariá-los. Eu vejo muito mais como uma questão de liberdade individual do que de segurança pública.

Sabemos muito bem quais são as principais ações que efetivamente diminuem a criminalidade, e a liberação ou restrição do porte não está entre elas. Basta pegarmos o exemplo da Suíça e Japão, ambos no topo de países com menores índices de homicídios, sendo que em um deles as armas são restringidas, e no outro, não.
"Não é possível convencer um crente de coisa alguma, pois suas crenças não se baseiam em evidências; baseiam-se numa profunda necessidade de acreditar"

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.989
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2771 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 11:14:16 »
“Se houvesse o marxismo cultural, uma pessoa como Bolsonaro não teria sido eleita”


Especialista reage a publicação do presidente Bolsonaro que afirma que a doutrinação ideológica nas instituições de ensino forma militantes políticos e não cidadãos com bom senso


ANA LUIZA BASILIO 8 de fevereiro de 2019
 

Em tweet, Bolsonaro afirmou: "a doutrinação ideológica forma militantes políticos e não cidadãos com bom senso "Créditos: EBC
Em um tweet publicado em seu perfil na tarde da quarta-feira 6, o presidente Jair Bolsonaro voltou a falar sobre a suposta doutrinação ideológica praticada nas instituições de ensino.



O presidente veiculou um vídeo, aparentemente gravado em uma festa de formatura de Direito, onde aparecem dois jovens, dançando ao som de “Ele Não” e segurando uma faixa com os dizeres: “Fascistas, racistas, machistas e homofóbicos não passarão”.

Logo após a imagem, editada, há a aparição do filósofo Olavo de Carvalho atrelando a cena a uma possível interferência do pensamento de Gramsci nas escolas e reiterando a ideia de um socialismo que precisa ser combatido.

Leia Também:
Três ideias sobre doutrinação e “ideologia de gênero” na escola que são falsas

“Você precisa tomar os órgãos de cultura, as escolas, os jornais, para que antes de você anunciar que vai implantar um regime socialista, todo mundo seja socialista sem nem saber”, declara Carvalho.

O vídeo foi postado pelo presidente com o seguinte texto: “A doutrinação ideológica nas instituições de ensino forma militantes políticos e não cidadãos com bom senso e preparados para o mercado de trabalho”

A doutrinação ideológica nas instituições de ensino forma militantes políticos e não cidadãos com bom senso e preparados para o mercado de trabalho. É preciso quebrar essa espinha para o futuro saudável do Brasil. Tire suas conclusões: pic.twitter.com/LYY3DUSzoH

— Jair M. Bolsonaro (@jairbolsonaro) 6 de fevereiro de 2019

Para a socióloga, professora da Universidade de Brasília (UNB) e youtuber do canal Tese Onze, Sabrina Fernandes, a publicação do presidente apresenta uma distorção do conceito de cidadania.

“Acho impressionante como a concepção de cidadania do atual presidente vai além e contra aquela que temos em nossa própria Constituição, que tem a ver com vários direitos, inclusive o de expressão e de se organizar politicamente. Isso mostra que, pra ele, cidadania está muito mais relacionada àquela ideia moral e não política do cidadão de bem, que fica calado e respeita a ordem da forma que lhe foi imposta”, observa a especialista.

Para ela, a publicação também atrela uma suposta radicalidade marxista a agendas muitas vezes básicas e enxergadas como reivindicações comuns no resto do mundo, até mesmo liberais.

“Em vários outros lugares isso seria colocado como uma reivindicação extremamente justa para que a sociedade avançasse para um novo patamar de evolução social, mas o Brasil ainda se encontra em uma posição muito arcaica, com a ideia de moralidade, uma ideia de política muito atrasada”, diz se referindo à manifestação dos jovens a favor dos direitos humanos.

“Isso deveria ser uma situação comum, mas esse governo tem uma perspectiva atrasada que coloca questões básicas da dignidade humana como extremamente extremamente revolucionárias e relacionadas a um marxismo”, avalia.

Sabrina também retoma a teoria de Gramsci frequentemente atacado por membros do novo governo. “Gramsci tinha um foco muito interessante em uma formulação ao redor de intelectuais orgânicos, que falava da necessidade de formar os trabalhadores para que pudessem pensar por si próprios, para além do senso comum, para influenciar uma perspectiva de pensamento crítico, assim como fazia Paulo Freire, outro autor bastante demonizado por esse governo”.

Leia Também:
Viúva de Paulo Freire lança a obra Pedagogia do Compromisso

Ela explica que, o intelectual orgânico, fazendo a ponte com a pedagogia crítica, é ensinar a pessoa a questionar sua realidade “Não é uma doutrinação, muito pelo contrário, é ensinar as pessoas a responderem criticamente as tentativas de doutrinação e de silenciamento, como a própria colocação de Bolsonaro que diz que ou você participa politicamente ou você realmente é um cidadão brasileiro”, analisa.

Sabrina entende que esse movimento de cercear a liberdade do ensino não é recente, mas vê a sua institucionalização por projetos como o Escola sem Partido, que tem ajudado a sustentar a “teoria da da infiltração do marxismo cultural”.

“O que está por trás é claramente o capitalismo e a gente vê uma tendência global relacionada a isso, tem gente estudando e pesquisando o processo de Bologna na Europa. Você olha para o processo e acha que ele vai facilitar o trânsito de conhecimento científico e acadêmico entre  as várias universidades da Europa, mas o que está sendo facilitado são matérias, disciplinas e cursos específicos voltados para habilidades práticas que servem diretamente ao mercado de trabalho industrial ou de serviços. Muitas questões relacionadas às humanidades, por exemplo, acabam se perdendo porque elas não possuem o mesmo valor econômico de extração de ganhos nas grandes empresas”, avalia a especialista, reconhecendo que o movimento é bastante comum em universidades.

“Agora, quando você pega isso e leva diretamente para o Ensino Fundamental e Médio você rouba de crianças e jovens uma base extremamente ampla e diversa para que, a partir dela, eles possam escolher o seu caminho profissional. Rouba o caráter da educação que é o de trazer conhecimento para reduzí-lo a um treinamento, que é o que Paulo Freire já denunciava como a educação bancária, busca apenas  trabalhadores ideais aos olhos do mercado.

A especialista fala sobre a falsa ideia de que as escolas e universidades praticam doutrinação. “O que se pode afirmar é que se houvesse realmente uma doutrinação nas escolas e universidades públicas do Brasil em relação a esse marxismo cultural, uma pessoa como Bolsonaro não teria sido eleita”.



http://www.cartaeducacao.com.br/reportagens/se-houvesse-o-marxismo-cultural-uma-pessoa-como-bolsonaro-nao-teria-sido-eleita/


Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 13.989
  • Sexo: Masculino
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2772 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 11:16:44 »


Bolsominions  =  Cavaleiros templários  que lutarão  bravamente contra o marxismo cultural.   


 :histeria:



Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.147
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2773 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 12:08:04 »
Esta incisividade esquerdopata insistente em tentar desmontar todas as assertivas que a expõem e a denunciam são como aquela desculpa da vadia pega no flagra com o Ricardão em pleno ato na cama pelo marido que chegou mais cedo em casa, e vem com a famosa,   "não, amor, não é nada disso que você está pensando"
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2019, 12:10:31 por Sergiomgbr »

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.147
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Governo Bolsonaro
« Resposta #2774 Online: 12 de Fevereiro de 2019, 12:09:29 »
Tudo que a gente está vendo de forma escancarada "nao é bem aquilo", tudo que aconteceu "foi obra da sua imaginação"... Esquerda lixo.
« Última modificação: 12 de Fevereiro de 2019, 12:14:33 por Sergiomgbr »

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!