Autor Tópico: A falácia do "imposto igual para todos"  (Lida 173 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.005
A falácia do "imposto igual para todos"
« Online: 18 de Novembro de 2018, 11:03:54 »
Excetuando a parte da propaganda libertária e da leve defesa do poll tax, esse vídeo é excelente. Raphael Lima trucida, uma por uma, as falácias envolvidas em declarar que alíquota única de imposto deveria existir para que houvesse princípio de isonomia jurídica e não-distribuição coercitiva de renda:


Milton Friedman foi um dos difundidores dessa falácia com a defesa do flat tax que ele fez na sua obra Capitalismo e Liberdade.
« Última modificação: 18 de Novembro de 2018, 12:18:06 por -Huxley- »

Offline Entropia

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 690
  • Sexo: Masculino
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #1 Online: 18 de Novembro de 2018, 13:08:33 »
Mas qual é a intencao, o "point" o "Case"? Nao é possível ter imposto igual para todos, logo....

A única solucao pra isso seria entao, imposto é roubo, entao tira imposto (e tá errado?)

Existem N benefícios para a reforma tributária no Brasil, simplificar já seria um ganho enorme pra evitar pessoas enlouquecendo e gastando dinheiro apenas pra calcular quanto tem que pagar de imposto.

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.005
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #2 Online: 18 de Novembro de 2018, 16:42:40 »
Mas qual é a intencao, o "point" o "Case"? Nao é possível ter imposto igual para todos, logo....

A única solucao pra isso seria entao, imposto é roubo, entao tira imposto (e tá errado?)

Existem N benefícios para a reforma tributária no Brasil, simplificar já seria um ganho enorme pra evitar pessoas enlouquecendo e gastando dinheiro apenas pra calcular quanto tem que pagar de imposto.

Simplificação tributária e adoção de uma única alíquota não faz com que todos paguem proporcionalmente a mesma coisa em impostos. Existe gente auto-intitulada liberal que argumenta que sobretaxar os mais ricos fere o princípio de isonomia jurídica, mas o que seria "não sobretaxar os mais ricos"? Ainda pior seria dizer que "não devemos sobretaxar os mais ricos, mas também não devemos sobretaxar os mais pobres". Pelos motivos que o Raphael Lima expôs, isonomia tributária é impossível.

Offline Entropia

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 690
  • Sexo: Masculino
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #3 Online: 18 de Novembro de 2018, 17:52:36 »
Simplificação tributária e adoção de uma única alíquota não faz com que todos paguem proporcionalmente a mesma coisa em impostos. Existe gente auto-intitulada liberal que argumenta que sobretaxar os mais ricos fere o princípio de isonomia jurídica, mas o que seria "não sobretaxar os mais ricos"? Ainda pior seria dizer que "não devemos sobretaxar os mais ricos, mas também não devemos sobretaxar os mais pobres". Pelos motivos que o Raphael Lima expôs, isonomia tributária é impossível.

Eu entendi isso, a minha pergunta é: Já que isonomia tributária é impossível, o que devemos fazer é: ?
.
Adicionando, por mais que isonomia tributária seja impossível, há ainda sim sistemas tributários desproporcionalmente desiguais.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #4 Online: 18 de Novembro de 2018, 18:33:07 »
Imposto não é roubo. Mas oras, como não é roubo, se eu não assinei nenhum pacto?

 Oras você também deve obediência a seus pais ainda que não tenha assinado nenhum pacto. Você acata leis mesmo não tendo assinado nenhum acordo. Se submete à Lei da gravidade, por que ela é irresistível, então "imposto é roubo" não faz sentido.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #5 Online: 18 de Novembro de 2018, 18:38:45 »
Por que com uma alíquota única o rico paga mais? Essa é muito fácil, por que dinheiro é poder e grandes poderes geram grandes responsabilidades e como ricos tem mais poder, tem mais responsabilidades.

Numa analogia com a formação e sustentação de um lago, um rio volumoso é maior tributário tendo grande influência na formação do lago, já rios menores representam bem menor relevância.
« Última modificação: 18 de Novembro de 2018, 19:17:04 por Sergiomgbr »

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.005
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #6 Online: 18 de Novembro de 2018, 19:04:55 »
Simplificação tributária e adoção de uma única alíquota não faz com que todos paguem proporcionalmente a mesma coisa em impostos. Existe gente auto-intitulada liberal que argumenta que sobretaxar os mais ricos fere o princípio de isonomia jurídica, mas o que seria "não sobretaxar os mais ricos"? Ainda pior seria dizer que "não devemos sobretaxar os mais ricos, mas também não devemos sobretaxar os mais pobres". Pelos motivos que o Raphael Lima expôs, isonomia tributária é impossível.

Eu entendi isso, a minha pergunta é: Já que isonomia tributária é impossível, o que devemos fazer é: ?
.
Adicionando, por mais que isonomia tributária seja impossível, há ainda sim sistemas tributários desproporcionalmente desiguais.

O que devemos fazer no Brasil é... Só para começar:

1- Deixar de sobretaxar os mais pobres.

2- Diminuir o tamanho do custo que incorremos ao cobrar impostos.

Soluções mais específicas podem ser discutidas, mas essa é uma questão empírica complicada. Nós sabemos mais do que não funciona do que o que funciona. E além do problema da dificuldade de sabermos o que funciona, tem a dificílima questão de saber como devemos intervir positivamente.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.494
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:A falácia do "imposto igual para todos"
« Resposta #7 Online: 18 de Novembro de 2018, 19:38:17 »
E de modo algum, a classificação de "pobre" é arbitrária, objetivamente, pobre é todo aquele que tem déficit em gerar ou manter riqueza. Tudo isso é de muito simples compreensão.

Apenas é que definir conceitos cruamente e por em prática certas soluções em economia  fere muitas "susceptibilidades". No final é só política.

A ideia de Tributo Único não e falaciosa, já que não existe igualdade. Aliás, igualdade é coisa de comuna. Pessoas são diferentes.

"Imposto é roubo", aí está a falácia.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!