Autor Tópico: Eleição presidencial no Brasil em 2022  (Lida 833 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 37.158
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #50 Online: 20 de Maio de 2019, 12:31:06 »
Acho que tinha lido esse mito constitucional por aqui mesmo:

https://www.boatos.org/politica/mentira-se-dilma-sofrer-impeachment-antes-de-2-anos-o-vice-nao-assume.html

Ou seja, os lulopetistas podem ir tirando o cavalinho da chuva, não vai ter chance para o Lula concorrer à presidência de novo tão cedo.

Talvez de qualquer forma seja melhor esperar até 2022 mesmo:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/campanha-de-lula-para-2022-lulalivre

Offline -Huxley-

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.693
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #51 Online: 20 de Maio de 2019, 13:31:50 »
Novas eleições antes de 2022 somente se a chapa Bolsonaro-Mourão fosse cassada.
« Última modificação: 20 de Maio de 2019, 13:42:02 por -Huxley- »

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 27.898
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #52 Online: 20 de Maio de 2019, 14:19:23 »
Acho que tinha lido esse mito constitucional por aqui mesmo:

https://www.boatos.org/politica/mentira-se-dilma-sofrer-impeachment-antes-de-2-anos-o-vice-nao-assume.html

Ou seja, os lulopetistas podem ir tirando o cavalinho da chuva, não vai ter chance para o Lula concorrer à presidência de novo tão cedo.

Talvez de qualquer forma seja melhor esperar até 2022 mesmo:

https://www.vakinha.com.br/vaquinha/campanha-de-lula-para-2022-lulalivre

O que mais me impressionou foi o valor arrecadado em 70 dias:

R$ 0,00.

Hahahahaha.
Foto USGS

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.193
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #53 Online: 20 de Maio de 2019, 18:10:25 »
Nem a esquerda caviar doou?


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.193
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #55 Online: 20 de Maio de 2019, 20:31:41 »
Cara, estou curioso para saber qual será a reação da Rosemary quando souber (supondo que não sabia) que tinha uma terceira muié na parada.

O cara diz que conhecia a futura muié a muito tempo, resumindo, corneava a Dona Mudinha com a Rosemay e corneava a Rosemary com outra, só que a Rosemary agora sabe mas Dona Mudinha finou-se.

Como o velho Lúcifer sempre diz, não tem bicho mais vingativo que bandido traído, e ex mulher.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #56 Online: 22 de Maio de 2019, 10:19:06 »


“Bolsonaro precisa tirar da frente adversários muito fortes, que é o caso do Moro”


Brasil  20.05.19 06:21


Jair Bolsonaro antecipou a escolha de Sergio Moro para o STF a fim de eliminar o candidato mais popular em 2022.

É a tese de Cesar Maia, entrevistado pelo Estadão:



“Por que ele lança o ministro Sergio Moro como nomeado ao STF? Por uma razão muito simples: porque Moro é adversário do Bolsonaro como presidente da República. A maneira que ele encontrou de eliminar esse adversário foi nomeá-lo para o STF.”

O Estadão perguntou:

“Ele tirou uma carta do baralho?”

Cesar Maia respondeu:

“A principal, a única carta. Ele elimina o principal adversário, não tem dúvida nenhuma. Pode fazer a pesquisa que você quiser entre Moro e Bolsonaro, você vai ver o que vai dar. Mostra que o próprio presidente está preocupado com o desdobramento de tudo isso. Ele precisa tirar da frente aqueles que são adversários muito fortes, que é o caso do Moro.”


https://www.oantagonista.com/brasil/bolsonaro-precisa-tirar-da-frente-adversarios-muito-fortes-que-e-o-caso-do-moro/


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.673
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #57 Online: 22 de Maio de 2019, 10:27:45 »
E tome disse-me-disse maionésico das cuquinha esquerdola.Mas hein? Uma hora o Bolsonaro vai renunciar, outra hora quer tirar do governo quem mais traz credibilidade, como se ele fosse uma espécie de Smeagol zuando ele mesmo, noutra, é um auto golpista...
« Última modificação: 22 de Maio de 2019, 10:35:45 por Sergiomgbr »


Offline _Juca_

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 12.756
  • Sexo: Masculino
  • Quem vê cara, não vê coração, fígado, estômago...
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #59 Online: 22 de Maio de 2019, 11:58:35 »


“Bolsonaro precisa tirar da frente adversários muito fortes, que é o caso do Moro”


Brasil  20.05.19 06:21


Jair Bolsonaro antecipou a escolha de Sergio Moro para o STF a fim de eliminar o candidato mais popular em 2022.

É a tese de Cesar Maia, entrevistado pelo Estadão:



“Por que ele lança o ministro Sergio Moro como nomeado ao STF? Por uma razão muito simples: porque Moro é adversário do Bolsonaro como presidente da República. A maneira que ele encontrou de eliminar esse adversário foi nomeá-lo para o STF.”

O Estadão perguntou:

“Ele tirou uma carta do baralho?”

Cesar Maia respondeu:

“A principal, a única carta. Ele elimina o principal adversário, não tem dúvida nenhuma. Pode fazer a pesquisa que você quiser entre Moro e Bolsonaro, você vai ver o que vai dar. Mostra que o próprio presidente está preocupado com o desdobramento de tudo isso. Ele precisa tirar da frente aqueles que são adversários muito fortes, que é o caso do Moro.”


https://www.oantagonista.com/brasil/bolsonaro-precisa-tirar-da-frente-adversarios-muito-fortes-que-e-o-caso-do-moro/



No caso inverso, seus "adversários" só precisam deixar Bolsonaro onde está para eliminá-lo, e se forem inteligentes, que não é o caso do Moro, é só fixarem uma distância segura do bolsonarismo para chegarem em 2022, ou antes até, com chances reais.

Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #60 Online: 04 de Junho de 2019, 17:20:41 »


ELE QUER SER A ALTERNATIVA A BOLSONARO EM 2022



Caro leitor,

João Doria é quem manda no PSDB agora.

E ele assumiu o controle do ninho tucano de olho em voos mais altos.

Em 2022, para ser mais exato.

Doria quer ser a alternativa a Jair Bolsonaro.

Confira o que informa reportagem que acaba de ser publicada:

“Enquanto Bolsonaro vacila em se entregar à agenda liberal do ministro da Economia, Paulo Guedes, hesita em fazer alianças partidárias, embarca em guerras ideológicas e refuta agenda com empresários, lá está Doria para fazer tudo ao contrário. O governador, por exemplo, estruturou um amplo programa de privatizações e concessões. Ele também montou um governo com espaço para a maioria dos partidos — Centrão, inclusive. Se Bolsonaro incentiva manifestações a seu favor, Doria as critica. Se há contingenciamento de recursos nas universidades federais, Doria diz que nas paulistas isso não ocorrerá. Se o presidente se irrita com o vice Hamilton Mourão, o governador se aproxima dele. E, enquanto Bolsonaro vive às turras com seu partido, o PSL, Doria passa a partir desta sexta-feira a ser o dono absoluto e inconteste de sua legenda, o PSDB. Para que o partido se adapte ao seu projeto presidencial, ele tentará virar a social-democracia tucana pelo avesso.”

A reportagem assinada por Caio Junqueira e Igor Gadelha destrincha todos os movimentos dos bastidores do tucanato.

A consolidação do poder interno de Doria não começou a ser construída agora.

Já vem de algum tempo, teve altos e baixos, desavenças, intrigas, mas acabou prevalecendo.

Até a chamada “velha guarda” tucana, que antes era composta praticamente só por desafetos de Doria, já começa a aceitar a nova realidade.

Confira no trecho a seguir:

“Fernando Henrique Cardoso, que sempre fez previsões pessimistas quanto à capacidade de ele ganhar uma eleição (Doria, ao contrário do previsto, ganhou duas, em sequência), hoje o apoia. Costumam trocar mensagens pelo WhatsApp. O senador José Serra se aproximou após o governador nomear seu aliado, Aloysio Nunes Ferreira, para um cargo no primeiro escalão do governo de São Paulo (ele teve de deixar o posto após ser envolvido na Lava Jato). Atualmente, conversam com frequência.”

As movimentações dentro do ninho tucano não dizem respeito apenas ao PSDB.

A ascensão de Doria como um postulante à sucessão de Bolsonaro é uma notícia das mais relevantes na política brasileira.

Isso pode embaralhar o jogo eleitoral de 2022 — especialmente mais à direita.

Doria conseguirá se firmar como uma real alternativa a Bolsonaro?



https://www.oantagonista.com/copy/ele-quer-ser-a-alternativa-a-bolsonaro-em-2022/?utm_source=oa-site&utm_medium=bnr&utm_campaign=dorianinhotucano&utm_term=pop-d&utm_content=010619



Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #61 Online: 04 de Junho de 2019, 17:24:50 »

No caso inverso, seus "adversários" só precisam deixar Bolsonaro onde está para eliminá-lo, e se forem inteligentes, que não é o caso do Moro, é só fixarem uma distância segura do bolsonarismo para chegarem em 2022, ou antes até, com chances reais.


Parece que o Doria  está sendo esperto.  Ele não é um mal jogador.  Mas, ainda tem que ver quem serão os outros jogadores. 




Offline JJ

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 14.576
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #63 Online: 04 de Junho de 2019, 20:31:42 »
Ele não é mal jogador, mas também não é bem jogador.


Ele não é um mau jogador.

Melhorou ?


Offline Adler

  • Nível 07
  • *
  • Mensagens: 75
  • Sexo: Masculino
Re:Eleição presidencial no Brasil em 2022
« Resposta #64 Online: 05 de Junho de 2019, 09:13:16 »
Ele não é mal jogador, mas também não é bem jogador.

 :hehe: :hehe: :hehe: :hehe:
Não devemos resisitir às tentações: elas podem não voltar.
Millor Fernades

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!