Autor Tópico: Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?  (Lida 482 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.673
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #50 Online: 10 de Junho de 2019, 22:19:31 »
Muito interessante também quando Jesus fala em igreja. O significado que retorna em consultas a dicionários no Google para "igreja" é o de templo para reunião de cristãos, ou coisa assemelhada, quando no tempo em que o evangelho foi escrito nem haviam cristãos. No original em grego o significado para igreja, "ekklesia",  era bem diferente disso. Sugere-se algo relacionado a "chamado", e serviria para traduzir algum termo hebráico se referindo "a uma assembléia de um povo em específico".
« Última modificação: 11 de Junho de 2019, 11:13:36 por Sergiomgbr »

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #51 Online: 11 de Junho de 2019, 10:15:55 »
Penso que existiu alguém que realmente causou alguma grande revolução que foi de suma importância naquela época. Mas o sistema político e religioso da época mitaram ele atribuindo milagres e poderes conhecido como divinos aquele  povo.
Não há registro de tal grande revolução. O Jesus histórico, se existiu, foi mais um obscuro candidato a messias que não chamou a atenção de nenhum historiador de sua própria época. Mais tarde, seus discípulos lhe atribuíram poderes, milagres, ressurreição etc.
Nesse caso os livros de Flávio Josefo não são fonte segura?
Há uma suposta menção a Jesus no livro de Flávio Josefo, mas é apenas um parágrafo e tudo indica que foi acrescentado no século III, já que, antes disto, o autor era criticado por não ter falado nada sobre ele. Além disto, esse parágrafo só aparece nas cópias feitas por cristãos e conflita com o pensamento dele no resto do livro.

Sem falar em que Flávio Josefo nasceu décadas depois da morte de Cristo, portanto não foi testemunha de nada. Os historiadores que viveram na época de Jesus e até na mesma região não falam nada.

As cópias mais antiga que temos dos evangelhos são todas do terceiro século?

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #52 Online: 11 de Junho de 2019, 10:22:21 »
Jesus era tao eminente religioso vindo tanto pra não mudar, nas pra cumprir a lei, que nem a religião da época nem as posteriores baseadas no que interpretaram do que dizia encerraram de fato a essência do que dizia.

Verdade. A religiosidade desse personagem está muito além do que os poderes de sua época promulgavam.

Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.673
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #53 Online: 11 de Junho de 2019, 10:28:06 »
Na verdade não há religiosidade em Jesus e sim sabedoria.

Offline montalvão

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 599
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #54 Online: 11 de Junho de 2019, 10:55:47 »
Jesus era tao eminente religioso vindo tanto pra não mudar, nas pra cumprir a lei, que nem a religião da época nem as posteriores baseadas no que interpretaram do que dizia encerraram de fato a essência do que dizia.

Correto, uma coisa é o que Jesus supostamente disse, outra coisa o que fizeram com o que foi dito...

Offline montalvão

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 599
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #55 Online: 11 de Junho de 2019, 11:09:28 »
Todos nós somos "fantasmas", apenas em graus variados de materialização (isso não é postulado meu, mas conhecimento canônico do espiritismo, apresentado inclusive numa palestra cujo vídeo foi uma vez publicado nesse fórum). O que os vampiros fazem, conforme argumentei, é apenas alternar deliberadamente o grau e forma de sua materialização.

No meu modo de ver e de encarar, os vampiros estão mais para uma espécie de walking dead que propriamente de espírito habilitado a variar seu nível de materialização. Inclusive há uma teoria disseminada de que esses seres são entidades vazias, ou seja, sem alma...
.
Pena que os vampiros, à semelhança dos espíritos, não se oferecem para a investigação. Desse modo tudo o que deles se diz se situa no campo especulativo...

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #56 Online: 11 de Junho de 2019, 11:24:57 »

Jesus era tao eminente religioso vindo tanto pra não mudar, nas pra cumprir a lei, que nem a religião da época nem as posteriores baseadas no que interpretaram do que dizia encerraram de fato a essência do que dizia.
Jesus era um judeu que frequentava a sinagoga e defendia a Lei de Moisés e os profetas. Daí veio Paulo (os Paulos, na verdade), e, no esforço de criar uma religião aceitável pelos gentios, acabaram rejeitando Moisés e expulsando os judeus.

O cristianismo deveria se chamar paulinismo. A religião dos apóstolos era o ebionismo, que acabou extinto pelos cristãos.


Bom, "eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao pai se não por mim", "misericórdia quero, não sacrifício, ,"amai-vos uns aos outros como eu vos amei", e tantas outras mensagens não são nada de defender a lei e os profetas.

Sim, ele contradizia muito o entendimento sobre leis, profetas e Deus que o povo tinha naquela época.
Apesar de muitos pensarem que ele pedia para ser seguido, ele estava incitando as pessoas a tomarem posse de si mesma.
Pegando as mensagens descritas, acima é como ele estivesse dizendo: Você é o caminho a verdade e a vida, ninguém vai encontrar a verdade senão por si mesmo, tenha misericórdia,  ame uns aos outros como a si mesmo, pois o Reino de Deus já está no meio de vós.

O tempo todo ele fala da responsabilidade de se assumir perante a vida, de ser protagonista de si mesmo.

O semeador saiu a semear. Enquanto lançava a semente, parte dela caiu à beira do caminho; foi pisada, e as aves do céu a comeram. 6 Parte dela caiu sobre pedras e, quando germinou, as plantas secaram, porque não havia umidade. 7 Outra parte caiu entre espinhos, que cresceram com ela e sufocaram as plantas. 8 Outra ainda caiu em boa terra. Cresceu e deu boa colheita, a cem por um.

É como se ele estivesse dizendo: Vá corra atrás do que você quer, talvez não acerte na primeira, na segunda ou na terceira vez, mas pelo seu esforço vai encontrar o que quer(a verdade) porque depende mais de si mesmo.


Será também como um homem que
, tendo de viajar, reuniu seus servos e lhes confiou seus bens.
A um deu cinco talentos; a outro, dois; e a outro, um, segundo a capacidade de cada um. Depois partiu.
Logo em seguida, o que recebeu cinco talentos negociou com eles; fê-los produzir, e ganhou outros cinco.
Do mesmo modo, o que recebeu dois, ganhou outros dois.
Mas, o que recebeu apenas um, foi cavar a terra e escondeu o dinheiro de seu senhor.
Muito tempo depois, o senhor daqueles servos voltou e pediu-lhes contas.
O que recebeu cinco talentos, aproximou-se e apresentou outros cinco: - Senhor, disse-lhe, confiaste-me cinco talentos; eis aqui outros cinco que ganhei.'
Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.
O que recebeu dois talentos, adiantou-se também e disse: - Senhor, confiaste-me dois talentos; eis aqui os dois outros que lucrei.
Disse-lhe seu senhor: - Muito bem, servo bom e fiel; já que foste fiel no pouco, eu te confiarei muito. Vem regozijar-te com teu senhor.
Veio, por fim, o que recebeu só um talento: - Senhor, disse-lhe, sabia que és um homem duro, que colhes onde não semeaste e recolhes onde não espalhaste.
Por isso, tive medo e fui esconder teu talento na terra. Eis aqui, toma o que te pertence.
Respondeu-lhe seu senhor: - Servo mau e preguiçoso! Sabias que colho onde não semeei e que recolho onde não espalhei.
Devias, pois, levar meu dinheiro ao banco e, à minha volta, eu receberia com os juros o que é meu.
Tirai-lhe este talento e dai-o ao que tem dez.
Dar-se-á ao que tem e terá em abundância. Mas ao que não tem, tirar-se-á mesmo aquilo que julga ter.
E a esse servo inútil, jogai-o nas trevas exteriores; ali haverá choro e ranger de dentes.

É como se ele dissesse: Não importa se você tem pouco ou muito, aproveite a oportunidade e faça por onde, pois depende mais de você para chegar ou conseguir onde ou o que quer. Senão passarás necessidades por conta de ti mesmo.

 
Citar
Cumprir a lei não é defender a lei. Apedrejar a adúltera era defender a lei, já cumprir a lei era apedrejar a mulher adultera mas só se isso fosse lícito(quem não tivesse pecado que atirasse a primeira pedra). Jesus não era sectário de nenhuma religião e sim um sábio acima da religião)

Com toda certeza esse personagem ainda se encontra acima das Religiões.



« Última modificação: 11 de Junho de 2019, 11:29:51 por Andre Goes »

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #57 Online: 11 de Junho de 2019, 11:26:34 »
Na verdade não há religiosidade em Jesus e sim sabedoria.

Verdade :ok:

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #58 Online: 11 de Junho de 2019, 11:28:57 »
Jesus era tao eminente religioso vindo tanto pra não mudar, nas pra cumprir a lei, que nem a religião da época nem as posteriores baseadas no que interpretaram do que dizia encerraram de fato a essência do que dizia.

Correto, uma coisa é o que Jesus supostamente disse, outra coisa o que fizeram com o que foi dito...

Bem colocado! :ok:

Offline Andre Goes

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 32
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #59 Online: 11 de Junho de 2019, 11:35:42 »
  A minha curiosidade em saber se Jesus foi um egípcio vai além dos escritos de Flávio Josefo e o versículo de Atos. Esses últimos me chamaram a atenção para o que tenho percebido a algum tempo.
 Quando comecei a ler a bíblia sem sentimentalismo religioso, percebi que o povo egípcio citado no antigo testamento era totalmente diferente daquele povo opressor que do qual eu havia criado um conceito. Percebi que os egípcios eram muito inteligentes, organizados e que isso fazia com que o povo Hebreu sempre fosse buscar ajuda a eles em momento de dificuldades. Primeiro foi Abraão e depois muitos outros. E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo. 
« Última modificação: 11 de Junho de 2019, 11:48:28 por Andre Goes »

Offline montalvão

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 599
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #60 Online: 11 de Junho de 2019, 11:54:40 »
Citação de: Gigaview
O Buck  está provavelmente se referindo aos vampiros da linhagem Bhoot , especialmente os naturais do Punjabii, que normalmente assumem a forma de qualquer coisa e possuem o poder da materialização bidirecional instantânea.

https://en.wikipedia.org/wiki/Bhoot_(ghost)
.
Citação de: Montalvão
Os bhoots não são vampiros... são fantasmas, dos tipos bem esquisitos, mas fantasmas...
.
Citação de: Buckaroo Banzai
Todos nós somos "fantasmas", apenas em graus variados de materialização (isso não é postulado meu, mas conhecimento canônico do espiritismo, apresentado inclusive numa palestra cujo vídeo foi uma vez publicado nesse fórum). O que os vampiros fazem, conforme argumentei, é apenas alternar deliberadamente o grau e forma de sua materialização.
.
O bhoots são tipo almas penadas, que vagam ao léu por motivos vários. Não são corpos concretos - quais os nossos -, são espectros que assombram os infelizes que têm a desdita de topar com eles. Poderiam ser, se fosse o caso, velhos habitantes dos corpos agora transformados em vampiros. Considere que para ser vampiro necessário morrer e quando se morre a alma sai e vai não-sei-pra-onde. Se assumir-se que vampiros despertam desalmados, quer dizer, despojados da essência espiritual (por isso precisam de sangue para sobreviver, pois, como diz a Bíblia, a vida está no sangue), dentro deles não poderia estar a alma do falecido defunto.
.
Afirmar, conforme afirmou que “todos nós somos ‘fantasmas’, apenas em graus variados de materialização” dá a entender que o ente humano é feito de uma única substância, sendo esta material. Nesta idealização o humano teria uma “casca grossa” que, quando da morte,   se reincorporaria a natureza, e a “casca fina” (a essência, o constituinte sutil), que se diluiria no “todo”, qual um gás que estivera aprisionado... mas seria tudo matéria, conforme propõe o espiritismo, traindo, sem perceber, sua índole materialista...
.
Nesta concepção, do mesmo modo que a casa grossa se dispersa no solo, a casca fina se dispersaria no éter, impossibilitando a recuperação, nos mesmos moldes de quando em vida, da individualidade que se desinvidualizou. A solução seria recorrer ao poder supremo, capaz de remontar qualquer coisa quebrada, por meio de consulta aos registros akhasicos, que conservam a planta estrutural de cada vivente que já viveu e que viverá!
.
Por outro turno, Descartes, que sabia das coisas, postulara que somos constituídos de duas substâncias, a res extensa (matéria) e res cogitans (espírito). Nesta idealização, o espírito retém em si a informação necessária para a reconstrução, o que parece facilitar as coisas, assim me parece, pois...


Offline Sergiomgbr

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.673
  • Sexo: Masculino
  • uê?!
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #61 Online: 11 de Junho de 2019, 12:03:31 »
  A minha curiosidade em saber se Jesus foi um egípcio vai além dos escritos de Flávio Josefo e o versículo de Atos. Esses últimos me chamaram a atenção para o que tenho percebido a algum tempo.
 Quando comecei a ler a bíblia sem sentimentalismo religioso, percebi que o povo egípcio citado no antigo testamento era totalmente diferente daquele povo opressor que do qual eu havia criado um conceito. Percebi que os egípcios eram muito inteligentes, organizados e que isso fazia com que o povo Hebreu sempre fosse buscar ajuda a eles em momento de dificuldades. Primeiro foi Abraão e depois muitos outros. E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo.
Toda aquela região de Israel e mesmo ao norte já fez parte do domínio do Egito mil e tantos anos AC.https://pt.m.wikipedia.org/wiki/Ficheiro:Egypt_NK_edit-pt.svg
« Última modificação: 11 de Junho de 2019, 12:23:07 por Sergiomgbr »

Offline montalvão

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 599
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #62 Online: 11 de Junho de 2019, 12:10:24 »
Jesus era tao eminente religioso vindo tanto pra não mudar, nas pra cumprir a lei, que nem a religião da época nem as posteriores baseadas no que interpretaram do que dizia encerraram de fato a essência do que dizia.
Jesus era um judeu que frequentava a sinagoga e defendia a Lei de Moisés e os profetas. Daí veio Paulo (os Paulos, na verdade), e, no esforço de criar uma religião aceitável pelos gentios, acabaram rejeitando Moisés e expulsando os judeus.

O cristianismo deveria se chamar paulinismo. A religião dos apóstolos era o ebionismo, que acabou extinto pelos cristãos.
Bom, "eu sou o caminho a verdade e a vida, ninguém vem ao pai se não por mim", "misericórdia quero, não sacrifício, ,"amai-vos uns aos outros como eu vos amei", e tantas outras mensagens não são nada de defender a lei e os profetas. Cumprir a lei não é defender a lei. Apedrejar a adúltera era defender a lei, já cumprir a lei era apedrejar a mulher adultera mas só se isso fosse lícito(quem não tivesse pecado que atirasse a primeira pedra). Jesus não era sectário de nenhuma religião e sim um sábio acima da religião)

O "cumprir a lei",  na visão de Jesus, transcendia aos meros "não faça isso, não faça aquilo". Jesus pretendia mostrar que havia algo além das restrições legais, que nelas estaria implícito mas não percebido pelos que diziam observar os mandamentos. Quando disse "misericórdia quero e não sacrifícios" repetia palavras do profeta Oséias (debaixo da lei, portanto).
.
Nesta visão, ele teria vindo, sim, cumprir a lei, mas numa amplitude e compreensão que escapava aos cléricos de sua época...
.
Isso fica claro quando doutores de lei o consultaram sobre qual seria o maior mandamento e a resposta foi bem diferente do que esperavam. O texto em Mateus cap. 22 ilustra:
.
-----------------------------------
34 Os fariseus, quando souberam, que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se todos;

35 e um deles, doutor da lei, para o experimentar, interrogou-o, dizendo:

36 Mestre, qual é o grande mandamento na lei?

37 Respondeu-lhe Jesus: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de todo o teu entendimento.

38 Este é o grande e primeiro mandamento.

39 E o segundo, semelhante a este, é: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo.

40 Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.

=========================

Offline montalvão

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 599
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #63 Online: 11 de Junho de 2019, 12:38:37 »
[...] Percebi que os egípcios eram muito inteligentes, organizados e que isso fazia com que o povo Hebreu sempre fosse buscar ajuda a eles em momento de dificuldades. Primeiro foi Abraão e depois muitos outros. E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo.

Uma das respostas à sua dúvida está no fato (histórico) de que o Egito se situa dentre as primeiras grandes  civilizações que se conhece. Durante muitos séculos o Egito foi a nação mais próspera e poderosa do mundo antigo. Não é de admirar que povos que viviam próximos (não só os hebreus) fossem lá procurar bens de consumo.

Offline Pedro Reis

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.548
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #64 Online: 11 de Junho de 2019, 19:03:37 »
E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo. 


Lá havia o rio Nilo.

Offline Fenrir

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.973
  • Sexo: Masculino
  • Cave Canem
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #65 Online: 11 de Junho de 2019, 20:23:07 »
E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo. 


Lá havia o rio Nilo.

E a esfinge e pirâmides e múmias e hieróglifos e deuses(as) com corpo humano e cara de animal.
Fora que vários famosos da antiguidade perambularam por lá (dizem): Platão, Pitágoras...
O egito é cool, cara!
Com esse pedigree todo não me espanta que alguem com imaginação fértil tenha pensado numa origem egípcia para ele.

Seria de se espantar se dissesem que ele era de uma randomicolândia sem-importância qualquer.
Ou não - a palestina era meio que isso nessa época ou não era?
"Heaven and Earth are not benevolent; They treat the myriad of creatures as straw dogs"
― Laozi

"No testimony is sufficient to establish a miracle, unless the testimony be of such a kind, that its falsehood would be more miraculous, than the fact, which it endeavors to establish"
― David Hume

“Never argue with an idiot. They will drag you down to their level and beat you with experience.”
― Mark Twain

Offline Pedro Reis

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.548
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #66 Online: 11 de Junho de 2019, 23:52:44 »
E minha pergunta é: Porque o Egito?
É como se lá já houvesse regime, ordens e leis que faziam com que o povo fosse produtivo. 


Lá havia o rio Nilo.

E a esfinge e pirâmides e múmias e hieróglifos e deuses(as) com corpo humano e cara de animal.
Fora que vários famosos da antiguidade perambularam por lá (dizem): Platão, Pitágoras...
O egito é cool, cara!
Com esse pedigree todo não me espanta que alguem com imaginação fértil tenha pensado numa origem egípcia para ele.

Seria de se espantar se dissesem que ele era de uma randomicolândia sem-importância qualquer.
Ou não - a palestina era meio que isso nessa época ou não era?


Sim, mas o meu comentário foi uma resposta à indagação do porquê o Egito ser tão produtivo.

Antes de chegar no Egito o rio Nilo atravessa a floresta tropical e traz com ele os sedimentos que fertilizam as terras egípcias. Todo ano o rio enche, e quando as águas baixam a terra está adubada e propícia para o plantio.

Este fenômeno fez surgir e sustentou a grande civilização egípcia.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.169
Re:Existe a probabilidade do personagem Jesus ser natural do Egito?
« Resposta #67 Online: 12 de Junho de 2019, 07:04:09 »
Há uma suposta menção a Jesus no livro de Flávio Josefo, mas é apenas um parágrafo e tudo indica que foi acrescentado no século III, já que, antes disto, o autor era criticado por não ter falado nada sobre ele. Além disto, esse parágrafo só aparece nas cópias feitas por cristãos e conflita com o pensamento dele no resto do livro.

Sem falar em que Flávio Josefo nasceu décadas depois da morte de Cristo, portanto não foi testemunha de nada. Os historiadores que viveram na época de Jesus e até na mesma região não falam nada.
As cópias mais antiga que temos dos evangelhos são todas do terceiro século?
O que mencionei acima foram cópias do livro "Antiguidades judaicas" de Flávio Josefo.

Quanto aos evangelhos, há pedaços do de Lucas datando do século II. O resto é posterior.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!