Autor Tópico: CRIMES SEM SOLUÇÃO  (Lida 344 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Brienne of Tarth

  • Nível 33
  • *
  • Mensagens: 2.433
  • Sexo: Feminino
  • Ave, Entropia, morituri te salutant
Re:CRIMES SEM SOLUÇÃO
« Resposta #25 Online: 05 de Agosto de 2019, 16:46:37 »
A CABANA 28

"Em 12 de abril de 1981, na cabana nº 28 do Keddie Resort em Keddie, Condado de Plumas, Califórnia, os corpos de três indivíduos foram descobertos.

Glenna Sue Sharp (36 anos) vivia nessa cabana desde Novembro de 1980, juntamente com seus cinco filhos. Na noite de 11 de abril de 1981, Sue estava com a filha, Tina (12 anos), os dois filhos mais jovens e um amigo deles, Justin Smartt. A eles juntaram-se, mais tarde, o outro filho de Sue, John Sharp (15 anos) e o seu amigo de 17 anos de idade Dana Wingate, que foram vistos pegando carona à noite nas proximidades de Quincy. Na manhã seguinte, a filha de 14 anos de Sue, Sheila, que tinha passado a noite com um amigo em uma cabana vizinha, encontrou os corpos de sua mãe, irmão e do amigo do irmão deitados na sala de estar. Todos haviam sido amarrados com fio eléctrico e fita adesiva médica[4], foram espancados e esfaqueados. Tina Sharp estava desaparecida.

A natureza selvagem do crime era inegável: as paredes foram cobertas com cortes de faca e alguns móveis foram quebrados. O caso logo foi esquecido e o bizarro desaparecimento de Tina Sharp não foi resolvido assim como os assassinatos. A cidade de Keddie começou a perder seus visitantes e o resort virou uma cidade fantasma. Três anos após o crime, em 1984, a cabeça decepada de Tina Sharp foi descoberta perto de Feather Falls, há cerca de 32 milhas da cabine.

Um facto curioso sobre o assassinato foi que Sheila havia encontrado os seus irmãos mais novos junto com o amigo Justin, dentro da casa, totalmente ilesos e sem nenhum sinal de violência. Enquanto que os irmãos mais novos relataram não terem acordado nem ouvido nada, o relato de Justin foi muito confuso, pois dizia ter visto os assassinos mas não sabia dizer se havia sido apenas um sonho. A policia começou a desconfiar que Justin havia acordado, tocado em alguns dos corpos e voltado ao quarto, pois havia sangue na maçaneta do quarto onde estava. A investigação da policia chegou a três suspeitos: os pais de Justin e um amigo deles. Eles foram interrogados incansavelmente mas no final foram absolvidos por falta de prova.

Especialistas dizem que o despreparo da policia local comprometeu totalmente o caso. Muitos anos depois do crime, o terapeuta que tratava do pai de Justin, fez uma revelação bombástica: o terapeuta disse que o pai de Justin havia confessado ter matado Sue por vingança, por ela encorajar a sua esposa a pedir o divórcio. Curiosamente, a mãe de Justin deixou o marido no dia seguinte aos assassinatos. Sobre as outras vitimas, o pai de Justin nunca confessou nada mas a polícia desconfia de que John Sharp havia passado parte da noite do crime com o pai de Justin. Sobre os outros assassinatos, nada foi desvendado até hoje.

https://pm1.narvii.com/6873/bf1b53e42c8c16d318ee2127a8868a27a2f34d41r1-259-194v2_hq.jpg

https://pm1.narvii.com/6873/6b23602ad9943d23ee6238317ce27ef62ccc2a99r1-259-194v2_hq.jpg

https://pm1.narvii.com/6873/66b6382b9aab9315d16bdab23de2982eb7e856e5r1-630-427v2_hq.jpg
GNOSE

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.209
  • Sexo: Masculino
Re:CRIMES SEM SOLUÇÃO
« Resposta #26 Online: 05 de Agosto de 2019, 17:56:44 »
Talvez não haja um crime, mas é sem solução:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Caso_Taman_Shud

Eu li que uma suposta "neta" dele estaria tentando um exame de DNA para comprovar o parentesco, mas a polícia está criando entraves...

https://www.abc.net.au/news/2018-12-01/will-the-mystery-of-the-somerton-man-ever-be-solved/10420794

Talvez ela saiba que é neta, mas a identidade do avô continuaria um mistério...  :duvida:



A wikipédia diz que o embalsamamento inviabiliza o teste de ADN.

Offline Pedro Reis

  • Nível 39
  • *
  • Mensagens: 3.871
Re:CRIMES SEM SOLUÇÃO
« Resposta #27 Online: 05 de Agosto de 2019, 18:01:34 »
Aquele caso na Austrália é bem intrigante. Mas para especular a gente precisa saber qual o grau de confiança que se pode ter nestas informações de Wikipedia. Nas informações da internet, de um modo geral.

Pelo que foi citado tudo parece apontar para um caso típico de viajante do tempo. Um homem que morreu não devido a ingestão de substâncias tóxicas, mas por complicações de saúde que podem acometer organismos quando submetidos a translações espaço-temporais sem a observância dos devidos procedimentos de segurança. Ou por algum acidente ou falha do sistema.

Nunca saberemos o que realmente aconteceu, mas parece óbvio que a enfermeira era alguma antepassada do falecido. Talvez a mãe ou avó, e ele tinha motivos pessoais para procura-la. É claro que ela não poderia reconhece-lo pois não o conhecia: o morto que morreu ainda não havia nascido.

No entanto os indícios são inequívocos de que ele foi enviado deliberadamente para aquele tempo e lugar,  e para procurar esta mulher especificamente. As roupas foram confeccionadas com tecidos modernos, mas não tinham etiqueta porque foram feitas sob medida por um alfaiate, de acordo com modelos de vestimentas masculinas da década de 40. Um compartimento falso foi providenciado no bolso, ali ele poderia ocultar informação cifrada com as coordenadas geográficas necessárias ao teletransporte e possivelmente algumas pílulas que o viajante do tempo precisa ingerir para repor vitaminas e reequilibrar o sistema límbico após a jornada espaço-temporal. Esconder esse tipo de substância é imprescindível porque se o homem fosse pego  pelo pela polícia local tais pílulas poderiam ser confundidas com entorpecentes, uma vez que não poderiam ser identificadas como nenhum tipo de medicamento conhecido.

Só esta hipótese fornece explicação plausível para a foto ter rodado não só a Austrália, mas o mundo, sem que ninguém fosse capaz de reconhecer o misterioso homem. No entanto os mais atentos devem ter notado que não há nenhuma foto no artigo citado, ou em qualquer outro site. As famosas imagens do desconhecido encontrado morto em uma praia australiana, que rodaram o mundo e foram manchete em todos os jornais nos idos de 40, sumiram. Desapareceram tão enigmaticamente quanto o aparecimento daquele cadáver na praia.

A razão é tão simples quanto óbvia: foram apagadas, deletadas, subtraídas de todos os arquivos da polícia. Porque nenhuma pessoa daquela época poderia jamais reconhecer a vítima. No entanto muitas pessoas DA NOSSA época facilmente reconheceriam o temponauta.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.209
  • Sexo: Masculino
Re:CRIMES SEM SOLUÇÃO
« Resposta #28 Online: 05 de Agosto de 2019, 18:20:07 »
Na verdade há uma foto do rosto do cadáver:

https://pt.wikipedia.org/wiki/Caso_Taman_Shud#/media/Ficheiro:SomertonMan2.jpg

Mas não é possível saber se é legítima ou se foi alterada. Seja por ele mesmo, em viagem no tempo, por outras pessoas, viajantes no tempo ou não, ou por algum fenômeno de alteração do passado, como o efeito Mandela.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!