Autor Tópico: A segurança do voto na urna brasileira  (Lida 39721 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #225 Online: 06 de Outubro de 2012, 09:39:38 »
Muito interessante o sistema da Argentina, descrito lá pelos 20 min do video!
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #226 Online: 06 de Outubro de 2012, 11:44:09 »
Não votei nas eleições de 2010, pois justifiquei. Quando vocês votaram, tinha revista? Lembra se conseguiram votar com o celular? Talvez essa seja a melhor maneira pra coibir essas vendas, além de claro, campanhas né.

Ninguém me revistou ou perguntou se eu estava com celular, mas não deixaram minha filha de oito anos me acompanhar até a urna. Vamos ver amanhã como vai ser, depois eu posto aqui.
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #227 Online: 06 de Outubro de 2012, 12:46:07 »
Nas recomendações para as operações que faremos amanhã (eu hoje a partir das 23h), tem recomendações sobre como coibir os crimes mais comuns e alertas sobre formas que estão sendo usadas para compra de voto, além do celular, alguns candidatos disseminaram entre as pessoas (imagino que sejam idosos e pessoas de menor nível educacional) a quem forneceram favores (dinheiro, produtos, material de construção, etc) que a urna irá fornecer um comprovante escrito após a votação e que para ter o benefício prometido, devem levar esse comprovante.

Safadeza não tem limites...
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #228 Online: 06 de Outubro de 2012, 15:49:21 »
Urna fornecendo comprovante escrito? :hein: Isso ta muito errado!

Tem candidato comprando voto e pra isso pedindo número do título, zona e seção do "vendedor". O que eles fazem com isso exatamente, eu não sei. Me disseram que é pra saber que na seção X vai ter N votos, mas pra isso não precisa do número do título, então estranhei.
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline EuSouOqueSou

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 1.991
  • Sexo: Masculino
  • Question not thy god, for thy god doth not respond
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #229 Online: 07 de Outubro de 2012, 20:44:25 »
Nas recomendações para as operações que faremos amanhã (eu hoje a partir das 23h), tem recomendações sobre como coibir os crimes mais comuns e alertas sobre formas que estão sendo usadas para compra de voto, além do celular, alguns candidatos disseminaram entre as pessoas (imagino que sejam idosos e pessoas de menor nível educacional) a quem forneceram favores (dinheiro, produtos, material de construção, etc) que a urna irá fornecer um comprovante escrito após a votação e que para ter o benefício prometido, devem levar esse comprovante.

Safadeza não tem limites...

Não entendi. A urna não emite nenhum comprovante. Aliás, acho que eles dizem isso só pra dar a desculpa de negar o benefício pq nao mostrarão o comprovante, é isso?
Qualquer sistema de pensamento pode ser racional, pois basta que as suas conclusões não contrariem as suas premissas.

Mas isto não significa que este sistema de pensamento tenha correspondência com a realidade objetiva, sendo este o motivo pelo qual o conhecimento científico ser reconhecido como a única forma do homem estudar, explicar e compreender a Natureza.

Offline Diegojaf

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 24.204
  • Sexo: Masculino
  • Bu...
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #230 Online: 07 de Outubro de 2012, 20:52:41 »
Nas recomendações para as operações que faremos amanhã (eu hoje a partir das 23h), tem recomendações sobre como coibir os crimes mais comuns e alertas sobre formas que estão sendo usadas para compra de voto, além do celular, alguns candidatos disseminaram entre as pessoas (imagino que sejam idosos e pessoas de menor nível educacional) a quem forneceram favores (dinheiro, produtos, material de construção, etc) que a urna irá fornecer um comprovante escrito após a votação e que para ter o benefício prometido, devem levar esse comprovante.

Safadeza não tem limites...

Não entendi. A urna não emite nenhum comprovante. Aliás, acho que eles dizem isso só pra dar a desculpa de negar o benefício pq nao mostrarão o comprovante, é isso?
Funciona como uma forma de intimidação. O velhinho vota por pressão como combinado na venda do voto.
"De tanto ver triunfar as nulidades; de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça. De tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar-se da virtude, a rir-se da honra e a ter vergonha de ser honesto." - Rui Barbosa

http://umzumbipordia.blogspot.com - Porque a natureza te odeia e a epidemia zumbi é só a cereja no topo do delicioso sundae de horror que é a vida.

Offline Dodo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.304
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #231 Online: 12 de Dezembro de 2012, 10:48:31 »
Citar
Não é a urna, é o sistema: hacker mostra como mudar resultado da eleição, e diz que mudou em 2012

Parte da comunidade de informática brasileira interessada em eleições e voto eletrônico passou anos tentando mostrar ao TSE, autoridade eleitoral nacional, que havia uma [isso, uma] coisa errada no sistema eleitoral brasileiro e que esta “coisa” era o sistema como um todo, e não somente a urna eletrônica brasileira.
um comitê multidisciplinar independente enfrentou o problema ao analisar o sistema eleitoral brasileiro e concluiu, em 2009, que… 1. além do sistema de apuração rápida, que oferece aos brasileiros, o TSE deveria propiciar uma sistema eleitoral de apuração conferível pela sociedade civil; 2. há exagerada concentração de poderes no processo eleitoral brasileiro e 3. no atual sistema eleitoral brasileiro é impossível para os representantes da sociedade conferir e auditar o resultado da apuração eletrônica dos votos.
o comitê recomendou que se tomasse providências para 1. Propiciar separação mais clara de responsabilidades nas tarefas de normatizar, administrar e auditar o processo eleitoral brasileiro, deixando à Justiça Eleitoral apenas a tarefa de julgar o contencioso; 2. Possibilitar auditoria dos resultados eleitorais de forma totalmente independente das pessoas envolvidas na sua administração, e 3. Regulamentar detalhadamente o Princípio de Independência do Software em Sistemas Eleitorais, expresso na Lei 12.034/09, definindo claramente as regras de auditoria com o Voto Impresso Conferível pelo Eleitor. detalhes e mais links sobre o assunto neste link.
de 2009 pra cá, como antes das recomendações do comitê, nada de significativo foi feito para mudar o processo eleitoral. o mantra repetido pelo TSE, que confia na sua informática, é que as eleições brasileiras estão acima de qualquer suspeita.
antes das últimas eleições, um grupo de pesquisadores liderado por diego aranha, da UnB, descobriu como quebrar o sigilo da urna. para minimizar o problema, o TSE afirmou que nada havia sido “quebrado” e que era apenas mais um aspecto da urna que deveria ser melhorado. para o presidente do TSE, a quebra do sigilo da urna… “Foi dentro de um ambiente controlado. Isto numa situação real seria absolutamente impossível porque ele não teria acesso à fonte”.
em outubro passado, o blog fez uma só pergunta diego aranha: quais são suas principais críticas à segurança da urna eletrônica do TSE? e a resposta que ele nos enviou por emeio e publicada na íntegra, em outubro, é repetida a seguir em itálico, com negritos nossos.
Os principais problemas de segurança da urna eletrônica estão exatamente ligados aos dois requisitos fundamentais para a lisura das  eleições: sigilo e integridade dos votos. Durante os testes de segurança, encontramos uma vulnerabilidade que nos permitiu derrotar o único mecanismo de segurança implementado na software da urna para proteção do sigilo do voto. Utilizando essa vulnerabilidade, minha equipe conseguiu recuperar a lista ordenada dos votos em eleições simuladas com até 475 eleitores a partir unicamente de informação pública, com impacto potencial até em eleições passadas. Além disso, detectamos outras fragilidades que abrem a possibilidade de adulteração ou substituição do software de votação por uma versão que conta os votos de forma desonesta. Todas as urnas eletrônicas do país compartilham uma mesma chave criptográfica que protege os seus dados mais críticos e esta chave está ainda disponível na porção desprotegida dos cartões de memória. Mesmo que corrigidas pontualmente, este conjunto de vulnerabilidades denuncia um processo de projeto e desenvolvimento de software defeituoso, incapaz de detectar trechos de código inseguros inseridos no software por acidente ou sabotagem e que descarta  completamente a possibilidade de fraude promovida por agentes internos.
É certo que sistemas de votação puramente eletrônicos, como o adotado no Brasil, permitem apuração rápida, mas criam simultaneamente um cenário ideal para fraudes indetectáveis em larga escala. A velocidade de apuração nunca deve ter prioridade sobre a integridade do que é apurado. Para mitigar esse perigo, sugere-se aumentar a transparência atualmente insuficiente do nosso sistema por meio da reintrodução do voto impresso conferível pelo eleitor. Esse recurso consiste em apresentar uma versão materializada do voto para conferência dentro da cabine de votação e depósito automático em urna convencional. Assim, uma contagem manual posterior dos votos conferidos pode determinar se a contagem eletrônica foi feita corretamente, sem no entanto fornecer um comprovante que possa ser utilizado para violar o caráter secreto do voto. Além da verificação independente de resultados, é possível ainda realizar auditoria externa por fiscais eleitorais e recontagem de votos para resolver disputas. O Brasil é o único país do mundo que permanece utilizando significativamente sistemas de votação eletrônica que não fornecem um nível desejável de transparência.
o grupo de diego foi um dos que testou a urna, que é só uma parte do sistema.
qual foi uma das constatações do comitê independente? de que no atual sistema eleitoral brasileiro é impossível para os representantes da sociedade conferir e auditar o resultado da apuração eletrônica dos votos. sistema, e não só urna.
em um sistema opaco, sem auditoria independente, que se tornou parte essencial dos mecanismos de poder da nação e, com o passar do tempo, com cada vez mais gente sabendo cada vez mais sobre as mais variadas partes dos métodos, processos e do software que as implementam, e com muita gente, em eleições cada vez mais caras, interessadas em obter votos de forma mais, digamos, “efetiva”, era questão de tempo rolar um evento eu-não-disse, como parece que acaba de acontecer.
leia: um hacker, através de acesso ilegal e privilegiado à intranet da Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro… interceptou os dados alimentadores do sistema de totalização e, após o retardo do envio desses dados aos computadores da Justiça Eleitoral, modificou resultados beneficiando candidatos em detrimento de outros – sem nada ser oficialmente detectado.
o texto em itálico vermelho acima é do site do PDT, sobre seminário realizado no dia 10/12 pelos institutos de estudos políticos do PR e PDT do rio de janeiro.
a notícia continua, citando o hacker, que estaria sob proteção policial: “A gente entra na rede da Justiça Eleitoral quando os resultados estão sendo transmitidos para a totalização e, depois que 50% dos dados já foram transmitidos, atuamos. Modificamos resultados mesmo quando a totalização está prestes a ser fechada”. um ataque, portanto, à integridade do voto. você votou em X? o voto será de Y.
o “gente” poderia ser um só, na fala do dia a dia. mas o “modificamos”… preocupa. o “gente” são quantos, vindos de onde, que adquiriram conhecimento de quem e como, que atuaram em que eleições em 2012 [foram mais de 5.500 eleições…] e fizeram o que, a soldo de quem, com que resultado? se tiveram sucesso, quantos “eleitos”, diplomados pelos TREs, tiveram votos vitaminados pela “gente” amiga do hacker? mais: em um sistema em que é impossível para os representantes da sociedade conferir e auditar o resultado da apuração eletrônica dos votos, se o TSE nos disser que que não houve nenhuma fraude, vamos acreditar? agora que parece que temos um agente confessando que perpetrou uma, e das graves?…
segundo o hacker do rio, a atuação da “gente” era em prol de clientes da região dos lagos, lá. só isso já merece ampla e profunda investigação, que deveria ocorrer da forma mais aberta e transparente possível. estamos chegando a um ponto em que não dá mais para sustentar que um sistema do porte e importância do que elege os brasileiros que vão nos representar e administrar o país esteja sob qualquer tipo de suspeita. e também já não dá mais para sustentar, na base da crença e discursos, que o sistema não tem furos, é à prova da “gente” lá do hacker, os do rio ou outros, talvez mais contidos, que estão escondidos pelo brasil afora.
o sistema eleitoral brasileiro, todo ele, das regras e atribuições dos agentes até os componentes de hardware, software, logística, segurança… precisa de uma real e urgente revisão, com toda transparência do mundo, para que se ache as falhas que for possível achar e as corrijamos pela raiz. ou para que, todos juntos e ao mesmo tempo, em um processo aberto a todos, comemoremos que verdadeiramente não há falhas. e que este menino do rio não passa de um calor que provoca arrepio. no verão, na praia. e não na democracia brasileira.

Fonte:http://terramagazine.terra.com.br/silviomeira/blog/2012/12/12/no-a-urna-o-sistema-hacker-mostra-como-mudar-resultado-da-eleio-e-diz-que-mudou-em-2012/
Você é único, assim como todos os outros.
Alfred E. Newman

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.308
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #232 Online: 12 de Dezembro de 2012, 11:38:27 »
Eu ainda vou dar muitas risadas sobre o tema "segurança e inviolabilidade da urna e do processo eleitoral brasileiro".

É mais um "castelo-de-cartas" que vai ruir...
Foto USGS

Offline Price

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.564
  • Manjo das putarias
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #233 Online: 12 de Dezembro de 2012, 11:42:16 »
Viu? Eu falei que quando houve aquele teste com os hackers o ambiente foi todo propício à falha de invasão...
Se você aceitar algumas colocações minhas...
A única e verdadeira razão de eu fazer este comentário em resposta é deixar absolutamente claro que NÃO ACEITO "colocações" suas nem de quem quer que seja.

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #234 Online: 12 de Dezembro de 2012, 19:39:27 »
Mais uma que o Lúcifer acertou, né pessoal?

Falei que urna eletrônica era uma merda, acreditam agora?

Offline Gaúcho

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 15.288
  • Sexo: Masculino
  • República Rio-Grandense
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #235 Online: 12 de Dezembro de 2012, 23:06:56 »
Agora que saiu uma reportagem no TerraMagazine, eu acredito. :P
"— A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes, mesmo quando estes buscam agir protegidos pelas sombras." Sérgio Moro

Offline SnowRaptor

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 17.962
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #236 Online: 12 de Dezembro de 2012, 23:50:03 »
Agora que saiu uma reportagem no TerraMagazine, eu acredito. :P

Saiu no meioBit também!
Elton Carvalho

Antes de me apresentar sua teoria científica revolucionária, clique AQUI

“Na fase inicial do processo [...] o cientista trabalha através da
imaginação, assim como o artista. Somente depois, quando testes
críticos e experimentação entram em jogo, é que a ciência diverge da
arte.”

-- François Jacob, 1997

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 38.491
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #237 Online: 13 de Dezembro de 2012, 00:17:45 »
Cara, imagino o escandalo que seria se os hackers fizessem o último colocado nas pesquisas ganhar no primeiro turno, ou ainda um candidato inexistente.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.422
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #238 Online: 30 de Julho de 2014, 11:30:52 »

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-07-30/para-justica-eleitoral-historias-fantasiosas-criam-suspeita-infundada-sobre-a-urna-eletronica.html
Citar
Justiça Eleitoral rebate ‘histórias fantasiosas’ sobre urna eletrônica

TSE descarta versões que circulam na web sobre a segurança do processo eleitoral brasileiro e nega possibilidade de fraudes

Às vésperas de comemorar sua maioridade, a urna eletrônica brasileira é alvo de críticas e teorias da conspiração que a colocam sob suspeita. O Tribunal Superior Eleitoral, entretanto, classifica a onda de ataques à reputação da urna como fruto de informações fantasiosas, não comprovadas e carentes de evidências que pudessem embasá-las. Neste ano, a urna eletrônica completará 18 anos de uso. Será a décima eleição em que ela será utilizada. Por quase uma hora, o iG confrontou o TSE acerca dos principais argumentos disseminados na internet para saber o que a Justiça Eleitoral tem a dizer sobre as críticas ao sistema.

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.422
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #239 Online: 30 de Julho de 2014, 11:32:28 »

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-07-30/seis-mitos-sobre-fraudes-na-urna-eletronica.html
Citar
Seis mitos sobre fraudes na urna eletrônica

Principais fantasias que circulam na internet sobre sistema brasileiro de votação desmistificadas pelo TSE

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #240 Online: 01 de Agosto de 2014, 12:57:45 »

http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2014-07-30/seis-mitos-sobre-fraudes-na-urna-eletronica.html
Citar
Seis mitos sobre fraudes na urna eletrônica

Principais fantasias que circulam na internet sobre sistema brasileiro de votação desmistificadas pelo TSE

E as dezenas de fraudes comprovadas? Inclusive as que são investigadas pelo Ministério Público e que postamos em vídeos aqui mesmo?


Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #241 Online: 01 de Agosto de 2014, 13:30:07 »
Eu não sei de que casos você está falando, mas queria apontar que investigado não quer dizer comprovado.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #242 Online: 01 de Agosto de 2014, 13:47:34 »
Eu não sei de que casos você está falando, mas queria apontar que investigado não quer dizer comprovado.

Barata, descobriram um monte de fraudes nessas urnas e as investigações começaram do ponto em que se comprovaram as fraudes.

Quando digo que o Ministério Público está investigando é só para tentar achar os responsáveis.

Veja aqui, fraude em Guarulhos comprovada com documentos:

<a href="https://www.youtube.com/v/XxntwtIjEV4" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/XxntwtIjEV4</a>

É muito fácil achar no Youtube ou em outra fonte qualquer, existem dezenas de fraudes sendo que em uma cidade de Alagoas havia 93% de urnas com irregularidades comprovadas.

Offline Geotecton

  • Moderadores Globais
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 28.308
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #243 Online: 01 de Agosto de 2014, 14:39:08 »
Eu não sei de que casos você está falando, mas queria apontar que investigado não quer dizer comprovado.

Exato.

E é este um dos motivos pelo qual um certo ex-governador de São Paulo, egrégio do período ditatorial, nunca foi preso no Brasil.

Porém, se ele 'tirar o pé' daqui...
« Última modificação: 01 de Agosto de 2014, 18:50:57 por Geotecton »
Foto USGS

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #244 Online: 01 de Agosto de 2014, 14:48:17 »
Eu não sei de que casos você está falando, mas queria apontar que investigado não quer dizer comprovado.

Barata, descobriram um monte de fraudes nessas urnas e as investigações começaram do ponto em que se comprovaram as fraudes.

Quando digo que o Ministério Público está investigando é só para tentar achar os responsáveis.

Veja aqui, fraude em Guarulhos comprovada com documentos:

<a href="https://www.youtube.com/v/XxntwtIjEV4" target="_blank" class="new_win">https://www.youtube.com/v/XxntwtIjEV4</a>

É muito fácil achar no Youtube ou em outra fonte qualquer, existem dezenas de fraudes sendo que em uma cidade de Alagoas havia 93% de urnas com irregularidades comprovadas.



Arcanjo, isso é uma alegação com alegados documentos, pra ser COMPROVADO não basta só acusar tem que pegar esses documentos se investigar os mesmos são reais, se quem denuncia não esta mentindo, etc. Pelo vídeo não da afirmar que a fraude foi COMPROVADA, só da pra dizer que foi feita uma denúncia. Pra se comprovar é necessário uma investigação e uma sentença.

Só pra esclarecer, não estou dizendo que acho que não aconteceu, eu acho que aconteceu, só estou explicando que um vídeo no youtube com denúncias não é comprovação.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #245 Online: 01 de Agosto de 2014, 15:04:13 »
OK, Barata.

Até entendo seu ponto mas o que vejo a todo momento são pessoas ligadas ao sistema eleitoral afirmando que essas urnas são fáceis de manipular.

São juízes eleitorais e técnicos em informática afirmando isso, não é conversa de Orkut, então não tenho motivos para duvidar.

http://www.brunazo.eng.br/voto-e/textos/dellandrea1.htm

Citar
       A preocupação com a vulnerabilidade da urna eletrônica é antiga. Pode ser acompanhada no site Voto Seguro, mantido por técnicos especializados, engenheiros, professores e advogados que defendem que a urna eletrônica virtual - que não registra em apartado o voto do eleitor e que será usada nas próximas eleições - admite uma vasta gama de possibilidades de invasões, sendo definitivamente insegura e vulnerável.


Citar
O livro detalha a adaptação criativa de fraudes anteriores, como o voto de cabresto e a compra de votos, e outros meios mais sofisticados, como clonagem e adulteração dos programas, o engravidamento da urna e outros. Além das fraudes na eleição, são possíveis fraudes na apuração e na totalização do votos.

       O livro demonstra que a zerésima - um neologismo para a listagem emitida pela urna antes da votação e na qual constam os nomes dos candidatos com o número zero ao lado, indicando que nenhum deles recebeu ainda votos, na qual repousa a garantia de invulnerabilidade defendida pelo TSE -, ela própria pode ser uma burla porque é possível se imprimir qualquer coisa, como o número zero ao lado do nome do candidato, e ainda assim haver votos guardados na memória do computador (página 27).

       O livro não lança acusações levianas. Explica como as fraudes podem ocorrer e ao mesmo tempo apresenta soluções, ao menos parciais, como o uso da Urna Eletrônica Real - que imprime e recolhe os votos dos eleitores em compartimento próprio - ao contrário da urna eminentemente virtual, que não deixa possibilidade de posterior conferência.

Citar
O mais instigante é que os autores e outros técnicos e professores protocolizaram no TSE pedidos para efetuar um teste de penetração visando demonstrar sua tese e isto lhes foi negado, apesar da fundamentação usada.

       O livro cita o Relatório Hursti, da ONG Black Box Voting, dos EUA, em que testes de penetração nas urnas-e TXs da Diebold demonstraram que é perfeitamente possível se adulterar os programas daqueles modelos de forma a desviar votos numa eleição normal (página 25).

       Pelo menos 375 mil das 426 mil urnas que serão utilizadas nas eleições de 2006 são fabricadas pela Diebold. Elas foram, por esses motivos, recusadas tantos nos EUA quanto no Canadá.

Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #246 Online: 01 de Agosto de 2014, 16:00:42 »
Ser fácil de manipular e afirmar que de fato foram manipuladas são coisas diferentes. Você pode afirmar que as urnas são fáceis de manipular, pode afirmar que existem denúncias e  investigações sobre manipulação, mas não pode afirmar que as manipulações são fatos comprovados.
He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #247 Online: 01 de Agosto de 2014, 16:31:36 »
Ser fácil de manipular e afirmar que de fato foram manipuladas são coisas diferentes. Você pode afirmar que as urnas são fáceis de manipular, pode afirmar que existem denúncias e  investigações sobre manipulação, mas não pode afirmar que as manipulações são fatos comprovados.

Se fossem seguras não fariam questão de impedir qualquer verificação como fazem.

E com sei lá quantas fontes mostrando fraudes nas eleições dá mesmo para acreditar que não aconteçam?

http://folhacentrosul.com.br/geral/2871/centenas-de-suspeitas-de-fraudes-em-urnas-eletronicas-usadas-no-brasil-poe-em-duvida-a-legitimidade-das-eleicoes

Citar
Centenas de suspeitas de fraudes em urnas eletrônicas usadas no Brasil põe em dúvida a legitimidade das eleições

Citar
Hacker Adolescente mostra como burlou urna eletrônica no Rio de Janeiro (MAIS DE 60 MIL CURTIDAS)
VEJA MAIS SOBRE ISSO
Acompanhado por um especialista em transmissão de dados, Reinaldo Mendonça, e de um delegado de polícia, Alexandre Neto, um jovem hacker de 19 anos, identificado apenas como Rangel por questões de segurança, mostrou como — através de acesso ilegal e privilegiado à intranet da Justiça Eleitoral no Rio de Janeiro, sob a responsabilidade técnica da empresa Oi – interceptou os dados alimentadores do sistema de totalização e, após o retardo do envio desses dados aos computadores da Justiça Eleitoral, modificou resultados beneficiando candidatos em detrimento de outros – sem nada ser oficialmente detectado.
Mas, como???
“A gente entra na rede da Justiça Eleitoral quando os resultados estão sendo transmitidos para a totalização e depois que 50% dos dados já foram transmitidos, atuamos. Modificamos resultados  mesmo quando a totalização está prestes a ser fechada”, explicou Rangel, ao detalhar em linhas gerais como atuava para fraudar resultados. (Fonte: Viomundo)

Citar
A Diebold, empresa responsável pela fabricação das urnas eletrônicas usadas no Brasil, 450 mil no total, uma das principais fornecedoras de equipamentos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) graças a seguidos aditivos contratuais, vai ser obrigada a pagar multa de quase US$ 50 milhões nos Estados Unidos, por determinação do Departamento de Justiça, por subornar funcionários na Rússia, na Indonésia e na China e fraudar programação das urnas eletrônicas e de caixas eletrônicos. A Diebold faturou US$ 3 bilhões ano passado e atua em mais de 90 paises

A empresa que fabrica urnas usadas no Brasil vai pagar uma multa nos EUA por suborno e fraude na programação das urnas que ela mesma vende.


Offline Arcanjo Lúcifer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 22.656
  • Sexo: Masculino
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #248 Online: 01 de Agosto de 2014, 16:40:06 »
Para não falarem que é mais uma "conspiração do Arcanjo":

http://www.folhapolitica.org/2013/12/eua-multam-diebold-fabricante-das-urnas.html

Citar
http://www.folhapolitica.org/2013/12/procurador-dos-eua-diz-que-fabricante.html

"Procurador dos EUA dia que fabricante das urnas brasileiras tem padrão mundial de conduta criminosa"

A tal empresa fraudou programas usados em urnas no exterior e caixas eletrônicos.


Offline Barata Tenno

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 16.283
  • Sexo: Masculino
  • Dura Lex Sed Lex !
Re:A segurança do voto na urna brasileira
« Resposta #249 Online: 01 de Agosto de 2014, 18:12:24 »
Vou ter que desenhar?

Não estou dizendo que não aconteçam, não estou dizendo que é conspiração, não estou dizendo que são seguras, o que estou dizendo é que não ha nada COMPROVADO. Voce sabe o que é comprovado né? Sabe o que são evidencias circunstanciais né? Sabe a diferença entre suspeita, investigação e comprovação?


He who fights with monsters should look to it that he himself does not become a monster. And when you gaze long into an abyss the abyss also gazes into you. Friedrich Nietzsche

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!