Autor Tópico: Outros deuses astronautas?  (Lida 1728 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Euzébio

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.311
  • Sexo: Masculino
  • Eu acredito em Saci!
    • A Hipótese AA Revisitada
Outros deuses astronautas?
« Online: 23 de Março de 2005, 10:13:45 »
Outros deuses astronautas?
Queimadas no Acre revelam formas geométricas gigantes, obra de povos amazônicos pré-históricos
Peter Moon e Alan Rodrigues - Rio Branco (AC)



Saindo de Rio Branco, pega-se a BR 317 em direção a Boca do Acre (AM). O asfalto, todo remendado, desaparece depois de alguns quilômetros, dando lugar a um retão de chão vermelho batido que, com a passagem do automóvel, desprende uma poeira densa, obrigando o motorista a ligar os faróis mesmo à luz do dia. À direita e à esquerda da estrada o que se vê são vastas áreas abertas pelo fogo para dar lugar a um pasto que abriga milhares de cabeças. Ao fundo, a mais de um quilômetro de distância, termina o pasto e começa a mata, cerrada, exuberante e milenar – exatamente como se espera que a floresta amazônica o seja. Visto da estrada, o sítio do “Seu” Jacó poderia se confundir com dezenas de outros espalhados por esse fim de mundo brasileiro. É preciso descer do carro, atravessar a porteira e andar uns 100 metros, rapidinho, bem no meio de dezenas de nelores com olhar desconfiado, para subir uma lombada de terra de uns dois metros de altura e entender por que o sítio do Seu Jacó é um lugar especial.
Diante de uma lombada há uma valeta de três metros de profundidade e diante dela uma nova lombada. Quem está no alto de alguma das duas observa os arredores em posição privilegiada. Quem desce a valeta se sente no fundo de um poço. Essa formação lombada-valeta-lombada estende-se em linha reta por uns 80 metros, quando quebra num ângulo reto para, 80 metros depois, completar o segundo braço de um quadrilátero imenso. Em seu interior, um círculo perfeito de 70 metros de diâmetro. Observada de um avião, voando a 500 metros do solo, a formação não dá uma idéia da enorme quantidade de terra deslocada durante a sua construção. Mas impressiona pela beleza de suas linhas. Parecem ter sido traçadas por um projetista gigante, dono de um esquadro monumental, tamanha a precisão com que suas arestas se encontram. Mas, como gigantes não existem, quem foi o povo responsável pela construção daquelas estruturas encravadas bem no meio da floresta? Que técnicas usaram para erigir formas tão perfeitas?

Däniken – A primeira imagem que vem à mente é a dos animais esculpidos no solo do deserto de Nazca, no Peru. Descobertos em 1927, eles teriam sido feitos há 3000 anos. Vistos do solo, as figuras peruanas parecem linhas sem-fim que se perdem no horizonte. Só de bem alto, a 1.500 metros de altura, suas formas começam a fazer sentido. Compõem um beija-flor, uma abelha e um macaco. Tais figuras ficaram famosas nos anos 70, quando o escritor suíço Erich von Daniken publicou o livro (vendeu milhões de exemplares), mais tarde transformado em filme documentário, Eram os deuses astronautas? Ele defendia a teoria de que certas civilizações, como a dos astecas, teriam sido visitadas por alguma forma de vida extraterrestre inteligente. Daí a justificativa de figuras que só fazem sentido quando vistas de muito alto. Contam os antropólogos, porém, que a intenção dos índios autores daquelas obras de arte milenares era enternecer os deuses, convencendo-os a fazer chover. Há 700 quilômetros de distância, no sítio do Seu Jacó, a chuva faz falta só mesmo nos meses de inverno, entre junho e agosto. Afinal, estamos na Amazônia acreana. No resto do ano chove e muito. Perguntado para que servem aquelas formas no solo do seu sítio, Jacó de Sá Queiroz, um cearense grisalho que não aparenta os 83 anos que tem, responde sem pestanejar: “É trincheira dos bolivianos do tempo da guerra.”

Revolta – O conflito a que ele se refere não é a Segunda Guerra Mundial, aquela mesma que o fez sair de Sobral em 1943 para se alistar entre os 80 mil “soldados da borracha” que invadiram os seringais do Acre para reviver de forma fugaz o ciclo da borracha. Seu Jacó fala da revolta do Acre, travada entre 1902 e 1903, que resultou na compra daquele Estado à Bolívia pelo governo brasileiro, um ano depois. O antigo seringueiro conta que tem aquele sítio desde 1955, quando toda a área era mata fechada. “Tirei tronco, queimei, limpei o mato, fiz tudo sozinho. Foi aí que descobri as trincheiras”, diz. Além do enorme quadrado, o sítio também possui um quadrilátero maior, de 150 metros de lado. “E no sítio do meu vizinho, o Chiquinho, tem outro”, diz o velhinho.



Segundo o arqueólogo Marcos Vinicius Neves, do Museu da Borracha em Rio Branco, o nome destas formações é geoglifo. Cerca de 20 deles foram descobertos no leste do Acre desde 1977, quando uma expedição escavou os primeiros dez, encontrando neles cacos de cerâmica branca e machados de pedra. Os geoglifos se espalham pelos vales dos rios Acre, Iquiri e Abunã, entre Rio Branco e Xapuri. Todos são geométricos, têm entre 50 metros e 350 metros de diâmetro e são muito, muito antigos: entre 800 e 2.500 anos de idade. No Brasil, só há um local com estruturas semelhantes: o vale do rio Juruá, no oeste do Amazonas. Lá existe uma aldeia cercada por valas de terra onde se planta ananás, um tipo de abacaxi com folhas espinhentas e cortantes, que se transformam numa barreira defensiva.

No caso do Acre, onde ainda existem tribos isoladas da civilização, não se conhece população indígena que construa estruturas como os geoglifos do sítio do Seu Jacó. Até o momento que a vegetação que os cobria foi – por sorte ou por azar – queimada, os geoglifos encontravam-se esquecidos. Como 90% do Acre continua floresta intocada, quantos outros geoglifos ainda não há por descobrir? Indo além: a floresta foi derrubada para a sua construção (e depois, voltou a crescer), ou os geoglifos são anteriores à floresta?

“Há que se perguntar se a floresta estava aqui quando as estruturas foram feitas”, pondera o paleontólogo Alceu Ranzi, da Universidade Federal do Acre, que participou da expedição original. Sabe-se que a floresta amazônica é jovem, formou-se há 13 mil anos com o fim da chamada última idade do gelo. Antes disso, toda a região era composta por savanas, uma vegetação baixa e aberta onde viviam preguiças, camelos, tartarugas, mastodontes e jacarés, todos gigantes. Quem sabe a savana tenha resistido por mais tempo em algumas regiões como aqui no Acre, facilitando o trabalho dos índios pré-históricos?


 Fonte: IstoÉ on line
"A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque acredita em alguma coisa."

Offline Zibs

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 727
Re.: Outros deuses astronautas?
« Resposta #1 Online: 23 de Março de 2005, 10:28:09 »
Me diz uma coisa, Euzebio: se voce mesmo admite que os crop circles, em sua grande maioria, sao falsificacoes grosseiras, e que nao há o menor sentido em ETS os realizarem, por que insiste nestes posts?

Adoro seus posts, ja que trazem polemica e, como bem disse outro membro do forum, carne aos ceticos,  mas sinceramente prefiro aqueles com fotos/filmagens de ovnis e tal, ja que os acho mais legal :mrgreen: .

Minha opinao é que esta segunda imagem foi propaganda da rede globo se aproveitando dos pobres alienigenas,  :D ...

Beijocas
A verdade, em sua essencia, se manifesta sob diferentes roupagens.Sabedoria é comunica-la usando-se da veste do seu interlocutor.

Offline Euzébio

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.311
  • Sexo: Masculino
  • Eu acredito em Saci!
    • A Hipótese AA Revisitada
Re.: Outros deuses astronautas?
« Resposta #2 Online: 23 de Março de 2005, 10:43:32 »
Mais imagens:













"A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque acredita em alguma coisa."

Offline Euzébio

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.311
  • Sexo: Masculino
  • Eu acredito em Saci!
    • A Hipótese AA Revisitada
Re: Re.: Outros deuses astronautas?
« Resposta #3 Online: 23 de Março de 2005, 10:50:33 »
Citação de: Daniela
Me diz uma coisa, Euzebio: se voce mesmo admite que os crop circles, em sua grande maioria, sao falsificacoes grosseiras, e que nao há o menor sentido em ETS os realizarem, por que insiste nestes posts?


 :shock: Caramba! Eu disse isso?¿?

Eu devo ter dito que há muitas falsificações, o que implica dizer que há também os originais e misteriosos cropcircles.

(Céus, eu disse que nao há o menor sentido em ETS os realizarem?... Preciso de um médico!)

Citação de: Daniela
Adoro seus posts, ja que trazem polemica e, como bem disse outro membro do forum, carne aos ceticos,  mas sinceramente prefiro aqueles com fotos/filmagens de ovnis e tal, ja que os acho mais legal :mrgreen: .


 8) Ehn... arrã!

Muito obrigado, Dani. Sinceramente, eu também adoro os meus posts. São mesmo polêmicos e geniais - heheheh!

Citação de: Daniela
Minha opinao é que esta segunda imagem foi propaganda da rede globo se aproveitando dos pobres alienigenas,  :D ...


É mesmo, né? A Rede Bobo não estava lá, filmando a minissérie Merd Maria?  :roll:

Citação de: Daniela
Beijocas


 :oops: Oops...
"A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque acredita em alguma coisa."

Offline Osias

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 514
Re.: Outros deuses astronautas?
« Resposta #4 Online: 23 de Março de 2005, 11:01:38 »
Euzébio... voce, você... desisto!

Offline Zibs

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 727
Outros deuses astronautas?
« Resposta #5 Online: 23 de Março de 2005, 11:07:25 »
Citação de: Aurélio
Ah não Euzébio, de novo? Para. Isso está se tornando compulsivo

Estes círculos são grosseiros, os da Inglaterra feito por aqules fazendeiros bêbados divertidos são muito mais bem feitos.

Esse aqui então é muito mal feito:


Este aqui , da Inglaterra e que é bem feito:


Site dos caras que inventaram essa brincadeira:
http://www.circlemakers.org/




   

 
John LundbergThis site is designed and maintained by artist and circlemaker John Lundberg [pictured right].
 
Welcome to the 'circlemakers' website. Within this site you will find a wealth of information by and about England's crop circlemakers. You'll be able to learn how to become a circlemaker using our easy to follow 'Beginners Guide'. Read about the history of circlemaking, 'hear' a circle being made and learn about some of the weird experiences the circlemakers have encountered whilst out making formations and gain some insight into 'why' this tight band of individuals spend their summers out in the fields of England flattening cereal crops in various intricate patterns! There's loads of stuff hear, so stop loitering and explore the site. Don't forget to send us your thoughts before you leave... see you in the fields.
Photo Courtesy: John Robertson
 
About the site
By John Lundberg
 
The "circlemakers" web-site was conceived in the summer of 1995 by Geoff Gilbertson, Rod Dickinson and myself during the Glastonbury Crop Circle Cornference [sic]. As I remember it, Rod and I were deep in conversation with UFO Magazine editor Graham Birdsall and Reg (Troggs) Presley, as to whether an object photographed over a crop circle in Hampshire was a UFO or a bird caught in flight, when Geoff - who at the time none of us knew - appeared from nowhere and blurted out, "would you like a web site?" At first we tried to ignore him, but he was persistent... he explained that he was working on a web-site for recording artist Jamiroquai and that our site would be part of "J's Joint", which already hosted amongst others "hemp", a pro marijuana site and 'Reclaim the Streets', an anti-roads site. The Idea that Sony Music would be footing the bill for a site dedicated to crop circle making was both amusing and appealing. Geoff and I exchanged phone numbers and agreed to meet up in London. By September the first version of the site was online, hosted by the Hypermedia Research Center. The site moved to the 'head-space' project in 1996 and as of August 1999 the site is now hosted on its own server.
 
Since its inception the site has continued to grow and mutate. It's been re-designed twice and has received favorable reviews from: The Times, .net, Internet, Time Out, Fortean Times, The Guardian, Internet Works and Meridian TV's cyber.cafe show amongst others. As well as winning numerous awards over the years such as a 'Yell UK Web Award' for best personal site and The Guardian newspaper's site of the year award amongst many others...
 
Special thanks To: Geoff, Felix and Jason at <HEAD>, JermQ at the HRC, Rod, Wil, Rob, Steve and all those who have contributed to the site over the years.

"if there is artifice on the way into the mind, there can be artifice on the way out." Jim Schnabel

"One summers evening in 1978 after several pints in the Percy Hobbs Doug Bower and Dave Chorley were taking the air on a bridle path on the Longwood Estate, near Cheesefoot Head. They were talking about UFOs. Bower (who used to live in Melbourne, Australia) recalled a case in Queensland, where a UFO had reportedly ascended from a swirled nest of marsh-grass. 'What do you think would happen if we put a nest over there?' Bower joked to Chorley, pointing to a nearby wheatfield. 'People would think a flying saucer had landed." Jim Schnabel - Round in Circles
 
"The nocturnal pastime of circle making was made popular by the work of two Hampshire-based artists, Doug Bower and Dave Chorley. For over 12 years their simple circle sets attracted the interest of scientists world-wide. During this time other artists began



Conclusão: Brasileiro quando copia faz mal feito, muito mal feito!

 :histeria:  :histeria:  :histeria:  :histeria:  :histeria:  :histeria:  :bebum:  :bebum:  :bebum:  :bebum:  :bebum:  :bebum:  :alien:  :lol:  :lol:


 :D  :D  :D  :D  :D  :D  :D  :D .Voce quer o que, este legal ai foi feito com calculos avancados em computador, alem de tecnologia "terrestre" de ultima geracao, agora o que dizer dos pobres brasileiros?Acho que fizeram com uma enxada mesmo, por isso que nem o circulo ficou bem feito :lol:  :lol:  :lol: .


Mas claro, é alienigena, sei sei...Sera que os mesmos nao podiam fazer um curso de desenho para competir com os crop circles feitos por humanos, Euzebio?Porque pelo visto estamos dando literalmente um banho na tecnologia alienigena...Hummmm, nao lhe parece contradicao???Tem tecnologia para vir aqui mas nao tem para fazer um circulo direito? :lol:  :lol:
A verdade, em sua essencia, se manifesta sob diferentes roupagens.Sabedoria é comunica-la usando-se da veste do seu interlocutor.

Offline Osias

  • Nível 18
  • *
  • Mensagens: 514
Re.: Outros deuses astronautas?
« Resposta #6 Online: 23 de Março de 2005, 11:27:05 »
Parece que pro Brasil só vem ETs de terceiro mundo...

Offline Euzébio

  • Nível 27
  • *
  • Mensagens: 1.311
  • Sexo: Masculino
  • Eu acredito em Saci!
    • A Hipótese AA Revisitada
Outros deuses astronautas?
« Resposta #7 Online: 23 de Março de 2005, 12:09:03 »
:shock: Pera lá, gente boa! Quem está comparando estes círculos com os cropcircles não fui eu, fui?

Podemos comparar estas figuras acreanas com as figuras de Nazca, no Peru.
"A fé é a força da vida. Se o homem vive é porque acredita em alguma coisa."

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!