Autor Tópico: Navegadores  (Lida 22297 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.325
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Navegadores
« Online: 03 de Maio de 2006, 10:38:29 »
Como já existem vários tópicos sobre diferentes navegadores, achei interessante postar uma comparação feita entre eles.

--------------------------

Escolha o browser certo para navegar na internet

Publicada em 26 de abril de 2006 às 08h00

São Paulo – O IDG Now! avaliou o Internet Explorer, Firefox, Opera, Netscape e Safari, além da versão beta do Flock. Confira.

Internet Explorer, Firefox, Opera, Netscape ou Safari? Com quais destes navegadores de internet eu vou acessar a internet?

O IDG Now! testou todos e aponta os pontos fortes e fracos de cada um. Além disso, avaliamos o Flock, um browser ainda em versão beta, mas que incorpora os recursos da chamada Web 2.0.
Descrevemos também os principais recursos que você vai encontrar nas próximas versões do Internet Explorer, Firefox e Opera.

Segundo pesquisa da NetApplications, de março de 2006, o Internet Explorer tem 84,7% de participação do mercado. O Firefox chegou a 10,05%. O terceiro colocado é o Safari, da Apple, com 3,79%, seguido pelo Netscape (1,05%) e pelo Opera (0,54%).

Nossa avaliação não elegeu o melhor ou o pior browser, mas destacou os pontos positivos e negativos de cada um deles para que você, leitor do IDG Now!, possa fazer sua escolha.

http://idgnow.uol.com.br/internet/2006/04/26/idgnoticia.2006-04-25.9489672527/IDGNoticia_view

-----------------------------

Firefox 1.5 : o calcanhar de Aquiles do IE

São Paulo – O mercado de internet estava enfadonho até que o Firefox sacudiu a Microsoft. Saiba por que ele preocupa a gigante de software.

Ainda que não seja das tarefas mais fáceis virar um jogo em que o primeiro colocado tinha, inicialmente, mais de 90% do mercado, o Firefox vai muito bem na sua lenta jornada contra o Internet Explorer.

O sucesso da raposa flamejante, que, em menos de 18 meses, tomou pouco mais de 10% do mercado mundial de navegadores, passa pela comunidade entusiasta que suporta o projeto a ponto de fazer comerciais para o navegador, mas tem nas qualidades do navegador seu principal pilar.

O Firefox 1.0 foi o primeiro navegador de “massa” a trazer a navegação por abas, presente atualmente em todos os aplicativos e extremamente essencial a usuários mais ágeis.

Foi o navegador da Fundação Mozilla, nascido do código-fonte do outrora famoso Netscape, que também introduziu ferramentas integradas que antes precisavam ser baixadas separadamente, como barras de buscas e bloqueador de pop-ups.

Com o mínimo de treino, as funções se complementam muito bem, a ponto de fazer com que o usuário desacostume em visitar os sites de buscas, em função da onipresença da barra no canto superior direito.

Esta mudança na maneira como o usuário navega pode ser apontada como o principal mérito do Firefox, já que até mesmo a Microsoft sinalizou que o Internet Explorer 7, cuja previsão de lançamento é o começo de 2007, deve ter funções parecidas.

Outras funções propõem mudanças menores, mas igualmente práticas. O campo de buscas utiliza um sistema parecido ao software multimídia iTunes, da Apple, para procurar o termo na página à medida que o usuário digita as letras.

A interação entre os Favoritos e os canais RSS também facilita o acesso do usuário às notícias de seus sites preferidos.

Como tem seu código aberto, o Firefox apresenta duas vantagens frente ao Internet Explorer: tanto as atualizações de segurança como plug-ins são freqüentes e melhoram a navegação ao serem instalados.

O usuário também encontra mais facilidade por definir seu nível de segurança no Firefox pelas pontuais opções nas Propriedades do navegador. Com um clique, é possível limpar os próprios rastros online, processo bem mais trabalhoso nos concorrentes.

Uma das principais queixas do Firefox ganhou ajustes em sua versão 1.5. A velocidade do navegador foi melhorada, embora ainda deixe a desejar quando o usuário abre muitas abas por um longo período.

Pontos Fortes – Navegação por abas com comandos simples, ótimo nível de segurança e fácil personalização e ferramentas práticas integradas à interface.

Pontos Fracos – O navegador se torna muito lento se tiver muitas abas abertas, boa compatibilidade com a maioria dos sites, mas mesmo assim muitos aplicativos online não funcionam com o navegador.

------------------

Flock 0.5: o navegador da Web 2.0

São Paulo – Se você quer aproveitar a interação da nova era da internet, o Flock é o browser certo. Pena que ainda seja apenas uma versão beta.
Entre os navegadores mais populares disponíveis na web, o Flock poderia ser considerado “café-com-leite”, pois ainda não chegou à sua primeira versão.

Ele está em beta, na versão 0.5 e tem características que nenhum dos seus concorrentes, até agora, apostaram: a interação.

A chamada Web 2.0, conceito que prega a organização e compartilhamento dos documentos online, é o grande atrativo do Flock, que traz ferramentas integradas com serviços online, como o Flickr, Technorati e Del.icio.us.

Além de funções corriqueiras nos browsers atuais, o navegador permite a distribuição de fotos, publicação de textos em blogs, classificação de páginas online com “tags” e compartilhamento de seus links preferidos, tudo a partir do próprio aplicativo.

Quer replicar um texto interessante encontrado na web em seu blog? Selecione o trecho e clique na opção “Blog This” no menu disponível após o clique com o botão direito do mouse. Ainda que não prime pela sofisticação, o editor para blogs é simples de configurar e permite até mesmo a definição de “tags” para seu post.

O mesmo sistema de classificação por palavras-chave pode ser encontrado no sistema de Favoritos do navegador. O Flock, porém, apresenta uma diferença substancial: em vez de guardar os endereços no PC do usuário, o browser pode publicá-los em serviços de bookmarks, como o Del.icio.us.

Um campo entre a barra de endereços e a janela, chamado de “Flock Faves” apresenta as funções de interação – o que facilita publicações no blog ou visualização de fotos do Flickr.

A inspiração no navegador Firefox, com comandos e interface praticamente idênticos, deve facilitar a migração de usuários mais entusiastas para o Flock. A navegação por abas é um pouco mais rápida que o navegador da Fundação Mozilla, mas a interface sem qualquer variação de cores pode confundir usuários mais distraídos.

Pontos Fortes – Navegador rápido, semelhança com o Firefox, ferramentas para interação que, domadas, se tornam extremamente úteis.

Pontos Fracos – Sofre ainda com falhas por ser um beta, interface pobre e com funções que podem parecer confusas

-----------------

Internet Explorer 6: simples e eficiente

São Paulo – O IE não acompanhou a evolução dos navegadores de internet, mas ganha pontos pela sua simplicidade e eficiência.
Detentor supremo do trono entre os navegadores, o Internet Explorer ganhou um empurrãozinho da Microsoft pelo grande investimento da empresa no setor e por ser integrado ao sistema operacional Windows (fato este que rendeu um longo processo antitruste nos Estados Unidos).

Tecnicamente, o IE é simples. Tem os comandos que qualquer usuário consegue usar e funções que agradam a fatia daqueles que não se importam em buscar uma nova opção para explorar a internet.

Apesar disso, o IE envelheceu, não acompanhando a evolução dos navegadores de internet. A versão 6, ainda a mais recente, foi lançada em agosto de 2001. De lá até hoje passou por dois pacotes de atualizações. Mas só agora, com IE 7, que deve ser lançado em 2007, é que a Microsoft vai, de novo, investir no browser.

Por esse motivo, você não encontra no IE recursos que são comuns na maioria dos navegadores, com um barra de buscas mais acessível e navegação por abas  – duas características já corrigidas na versão 7 do navegador.

O acúmulo de janelas abertas compromete o desempenho do computador pelo acúmulo de funções pouco usadas pelo usuário, como a Discussão e a Edição da página visualizada.

Como é extremamente popular – está na máquina de oito em cada 10 pessoas, em média – o IE é mais suscetível a ameaças online e é alvo preferencial de crackers, que encontram falhas e, em alguns casos, publicam os códigos para explorá-las na internet.

Apesar disso, as ferramentas de segurança do IE funcionam bem. Elas têm na simplicidade seu principal mérito, com seus perfis facilmente encontrados na aba “Segurança” nas “Opções de Internet” e o bloqueador de pop-ups, que restringe a abertura das janelas indesejadas.

Em razão da sua popularidade, o IE consegue exibir a maioria das páginas e aplicações multimídia online normalmente, ao contrário de outros navegadores que ainda sofrem com visualizações quebradas por falta de formatações específicas.

Pontos Fortes – Simples e intuitivo, exibição padrão da grande maioria das páginas, funções de segurança competentes e fáceis de serem escolhidas.

Pontos Fracos – Funções avançadas complicadas, ausência de recursos comuns na maioria dos browsers, como as abas, alvo preferencial de crackers.

----------------------

Opera 8.5: tudo de bom do Firefox, IE e Safari

São Paulo – Pouco conhecido, o Opera reúne as qualidades de seus concorrentes e promete corrigir seus defeitos na próxima versão.
Navegar com o Opera é encontrar um apanhado de surpresas, principalmente quando se tem seus concorrentes como comparação. O navegador norueguês, ainda que com sua tímida participação no mercado, mistura muitas das funções do Firefox, com a alta compatibilidade do Internet Explorer e o apuro visual do Safari.

A navegação por abas do aplicativo é rápida e, entre os escassos botões da interface, traz ferramentas úteis para o usuário. Basta digitar o endereço para que apareça a lista com os favoritos e os endereços mais visitados. O usuário aperta a tecla “Enter” e a lista desaparece.

Sua interface não é fruto apenas do visual refinado, mas do ótimo posicionamento de seus botões e barras, que não restringem em nada a janela para que o usuário aproveite a navegação. O Opera é também o único navegador a oferecer navegação realmente de tela cheia – aperte o botão F11 e você verá apenas a página aberta à sua frente.

Mesmo que não seja igual ao do Internet Explorer, a compatibilidade do Opera com aplicativos multimídia, como o Quicktime, da Apple, e o Windows Media Player, da Microsoft, é excelente, embora alguns serviços, como rádios online, rodem dificilmente da maneira correta.

Na leitura de linguagens online, como Flash e Java, o Opera é prejudicado, principalmente em menus animados.

A diferença entre os comandos usados no Opera e em seus concorrentes, um possível problema que pode dificultar a adoção, foi corrigido no beta da versão 9 do navegador, que copia agora muitas das combinações de teclas do Firefox.

Se alguns problemas com compatibilidade são notados no Opera, não é possível dizer o mesmo sobre a acessibilidade. Além da ótima visualização das páginas, o aplicativo apresenta tanto uma ferramenta que lê textos (apenas em inglês) com um sistema de zooms que facilita a vida de usuários com problemas visuais ou com problemas para ler.

A principal vantagem do Opera é equilibrar um grande número de funções úteis em pouco espaço. O arquivo de instalação tem menos de 4 MB, o que justifica sua rapidez. Não por coincidência, o Opera começa a ganhar mais espaço entre os equipamentos móveis do que em notebooks e desktops.

Pontos Fortes – Muito rápido e leve, ótima visualização, boa acessibilidade, alta segurança.

Pontos Fracos – Problemas com protocolos online e comandos no teclado complicados.

---------------------------

Netscape 8.1: em busca do antigo glamour

São Paulo – O Netscape tem ótimas funções de segurança, mas peca por uma interface confusa que dificulta a navegação.
Outrora tão glamoroso, o navegador Netscape vive hoje das migalhas da guerra entre a Microsoft e a Fundação Mozilla, muito longe de quando ocupava o posto de browser mais popular da internet, na segunda metade de década de 90, levado pelos investimentos que a Microsoft fez no setor a partir do Internet Explorer 4.

A Netscape, depois comprada pela AOL, tem participação maior nesta briga de navegadores de internet, do que a marca de 1,05 % registrada pela NetApliccations em pesquisa referente a 2005. Foi ela quem criou a Fundação Mozilla e, a partir do código-fonte do navegador, começou a desenvolvedor o Firefox.

As boas idéias, porém, parecem ter ficado com o navegador de código aberto. Durante o uso da sua versão 8.1, o Netscape dá sinais de que não acompanhou a evolução dos browsers após o baque, a começar por sua instalação: são 40 minutos até que o programa seja baixado e instalado no PC, mesmo com conexão de banda larga.

O Netscape está cheio de novidades frente a seus concorrentes, mas todas esbarram no mesmo problema: a praticidade. A barra de ferramentas personalizada, com definição de conteúdos como notícias, links pessoais ou informações locais, como CEP e temperatura, se torna confusa pela estranha disposição dos botões e ícones.

A função ajuda também a poluir a interface do navegador, na contramão dos aplicativos que dominam os notebooks e desktops atualmente.
 
A navegação também é confusa. Ao abrir novas abas, ele sempre as posiciona no meio (caso você tenha várias abertas) em vez do final, como seria previsível. A função, dificulta a alternância entre as abas e a navegação.

Principal destaque do navegador, o Security Center apresenta novidades relativas à segurança que estarão disponíveis apenas nas próximas versões do Firefox e do Internet Explorer.

Além de permitir que o usuário defina em quais páginas confia, o Security Center usa um banco de dados para checar se o site é seguro – a parceria com a Verisign é outro ponto positivo do navegador.

A ferramenta de segurança do Netscape 8.1 também bloqueia pop-ups e spywares e protege dados confidenciais do usuário.

Pontos Fortes – Ótimas ferramentas de segurança, usuário pode escolher modo de exibição, que pode ser igual ao IE ou ao Firefox; boa personalização, com criação de diferentes perfis.

Pontos Fracos – Demora na instalação e para carregar; interface poluída, ainda que sejam boas idéias, e as barras personalizadas confundem o usuário.

------------------

Safari 2.0: sem brilho próprio

São Paulo – Com recursos simples, o Safari não se destaca em nenhum ponto e tem funções básicas.
Conhecida pela sua capacidade de inovação, a Apple arriscou pouco no mundo dos navegadores. O Safari, browser que roda exclusivamente em computadores da empresa, era simples e de poucos recursos.

Foi só com a chegada da versão para Mac, do Firefox, é que a Apple resolveu atualizar o seu navegador, incluindo recursos de segurança e de navegação em abas.

Um dos principais problemas para os usuários Mac, que usam o Safari, são os problemas de compatibilidade. A maioria dos sites, quando são desenvolvidos, não são projetados para o navegador da Apple.

O resultado disso é que os usuários do Safari vêem as páginas desconfiguradas, muitas vezes com sérias dificuldades de navegação.

O sistema de RSS guarda semelhança com o Opera pela ótima visualização e acesso aos canais de notícias. Basta que o usuário salve o endereço específico do feed entre seus Favoritos para ler suas notícias sem ter que apelar para um leitor específico de RSS.

Mesmo simples na navegação, o Safari apresenta boas ferramentas para manter a privacidade do usuário. A opção Private Browsing codifica os endereços visitados e não deixar rastros das páginas navegadas.

Para controlar conteúdo acessado por crianças, o navegador também traz um filtro no qual os pais podem definir endereços bloqueados para acessos. Ainda que seja restrita, é útil para monitorar as crianças.

Com funções básicas, o Safari pode ser equiparado aos outros navegadores nas funções básicas, mas não se destaque em nenhum ponto.

Pontos Fortes – Controles de privacidade avançados, boa leitura de RSS; comandos simples e interface limpa

Pontos Fracos – Não brilha em nenhuma categoria, carece de funções mais avançadas.

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.325
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Navegadores
« Resposta #1 Online: 03 de Maio de 2006, 10:49:58 »
Saiba como serão as novas versões de:

-----------------------------

Firefox 2 Alpha: o esperado retorno da raposa

São Paulo – Voltada para desenvolvedores, versão Alpha do Firefox 2 adianta novidades que estarão na versão final do navegador de código aberto, programada para agosto.
Após sua estréia triunfante no final de 2004, é impossível não dizer que o Firefox 2.0 é o navegador mais esperado entre os novos aplicativos do setor.

Ainda que não seja classificado nem como uma versão beta do navegador, o Bom Echo, codinome para uma versão simplificada do Firefox 2.0 distribuída a desenvolvedores, serviu para aplacar um pouco a ânsia da comunidade entusiasta.

Feito para adiantar melhorias no browser para profissionais técnicos, o Bon Echo não apresenta estabilidade suficiente para ser usado em computadores pessoais, além de ter bugs como a incapacidade de salvar endereços entre seus Favoritos.

Mesmo assim, é possível sentir o gostinho do que está por vir. A navegação por abas, popularizada pelo Firefox, ganhou melhorias, como a presença de botões de fechamento em cada uma delas.

A velocidade do navegador, principal motivo de reclamação dos usuários nas versões anteriores, parece ter melhorado um bocado.

A Fundação Mozilla afirma que a versão final do navegador, programada para agosto de 2006, terá também novidades no cadastramento e leitura de feeds RSS, além de um visual repaginado.

----------------------

Internet Explorer 7: correndo atrás do prejuízo

São Paulo – Novo navegador da Microsoft se esforça em emular novidades dos concorrentes para não continuar perdendo mercado.

Ao ser questionado sobre uma defasagem do Internet Explorer graças à demora entre suas versões, Bill Gates admitiu recentemente que foi um erro a Microsoft esperar tanto tempo para lançar uma nova versão do navegador após o Internet Explorer 6, revelado em 2001.

Atualmente, a Microsoft corre atrás do prejuízo e o Beta 2 do Internet Explorer 7 confirma este esforço para não ser soterrado pela avalanche de novidades de seus novos concorrentes, principalmente o Firefox.

A principal novidade experimentada pelos usuários do Internet Explorer 7 é a navegação por abas. A função, porém, apresenta leves alterações frente ao sistema usado pelo Firefox.

Outras semelhanças com o navegador da raposa flamejante passam pelo zoom para melhor visualização das páginas, pela capacidade de assinar feeds RSS sem o uso de softwares específicos e pela inclusão de um campo de buscas, com a irônica semelhança de também estar posicionado no canto superior direito da interface do navegador.

A única grande modificação que não tem relações com o Firefox vem de uma aliança entre os principais navegadores do mercado. O sistema para identificação e classificação de sites que hospedem phishing parece funcionar bem, embora esteja pleno somente após a versão final da próxima geração de todos os browsers.

--------------------

Opera 9: um navegador, muitos aplicativos

São Paulo – Próxima versão do Opera mantém tendência de assimilar aplicativos ao navegador com a integração de um leitor de BitTorrent e de Widgets.

O beta da nona versão do Opera, divulgada há menos de uma semana, mantém as características que levantam dúvidas sobre sua baixa penetração entre os usuários. Não bastasse as ótimas ferramentas para leitura de páginas e reconhecimento de sites maliciosos, o beta do Opera 9 introduz duas boas novidades: a presença de um aplicativo de BitTorrent e outro de Widgets.

As novidades fazem parte da tendência dos navegadores atualmente em integrar dentro dos navegadores aplicativos usados originalmente separados dos browsers. Já foi assim com o campo de buscas, o bloqueador de pop-ups e o leitor de feeds RSS.

Com a novidade, usuários do Opera 9 poderão utilizar as redes BitTorrent, populares entre os que baixam músicas e vídeos online, para fazer o download direto do navegador.

Os Widgets, anunciados como padrão no sistema Windows Vista, da Microsoft, e que são apoiados atualmente pelo portal Yahoo com o programa Konfabulator, poderão ser instalados em uma pasta do Opera 9. Uma pequena aba na parte superior do navegador congregará os pequenos aplicativos, que poderão ser escondidos com um clique de mouse.

Outra novidade muito bem-vinda para usuários experientes é a harmonização dos controles do Opera com os do Firefox. Ao invés da complicada combinação Ctrl+Shift+N, a nova versão do Opera cria nova abas pela combinação entre Ctrl e T, da mesma maneira que o navegador da Fundação Mozilla.

O visual do Opera, como padrão, continua bonito, com suas janelas translúcidas e seus belos efeitos para transição entre páginas. Nos testes com o beta, a velocidade de navegação manteve seu ótimo desempenho.

----------------------

Comparativo: Telas com os principais recursos

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #2 Online: 03 de Maio de 2006, 11:25:38 »
Sobre o IE7 que está por vir, muitas das melhorias correções esperadas pelos webdesigners não vão ser implementadas.

As únicas mudanças de programação que vão aparecer de fato no navegador são:
  • Transparência Alfa das imagens PNG
  • Protocolo nativo XMLHttpRequest, usado por aplicações Ajax
  • Adoção de determinados seletores de CSS
Ou seja, as mudanças radicais são restritas somente ao visual novo, as abinhas e ao uso de RSS.

Agora vejam o que o IE7 não vai poder fazer, mas que os concorrentes já podem:
  • Aceitar páginas XHTML com o mime-type correto. Ele lê páginas XHTML como HTML.
  • Usar devidamente o CSS 2.1, ou pelo menos usar devidamente o CSS 1.0, forçando muitas vezes a se fazer duas páginas diferentes.
  • Ele não aceita certos comandos de Javascript que os outros aceitam, forçando a se criar dois códigos diferentes.
  • A transparência alfa das imagens PNG é um remendo, e usá-las como fundo de um elemento com links em cima, faz os links não funcionar.
Como esses problemas se arrastam desde 2001, e ele tem a maior fatia do mercado de browsers, as páginas feitas por webmasters preguiçosos só são compatíveis com o Internet Explorer. Isso sem contar que o IE não respeita os erros e tenta corrigí-los mesmo quando não deve. Não é à toa que o artigo acima diz que os outros navegadores não lêem todas as páginas ou mostra algumas delas erradas.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #3 Online: 20 de Junho de 2006, 01:05:50 »
Sobe!

Eu li essa comparação hoje no IdgNow, e instalei o Flock pra ver como era (o único da lista que eu não conhecia)... Aparentemente ele é algum fork do FF.

Ele está na versão 0.7 agora.. A aparência dele lembra muito o tema "modern" do Mozilla (acho que o Netscape tem esse tema também). Achei ele bem bloatware, ao contrário do que a reportagem diz, demora tanto quanto o FF pra iniciar, e é meio pesadinho. Particularmente, todos os recursos novos que ele propôe são inúteis pra mim. :) Sendo que não tenho blog, nem flicker, nem del.icio.us e nem o caralho a quatro. Entre ele e o FF, fico com o FF.

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #4 Online: 20 de Junho de 2006, 01:11:49 »
Duas coisas que eles esqueceram de mencionar sobre o Opera: Mouse Gestures e que a versão 9 vai ter um AdBlocker embutido.

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Navegadores
« Resposta #5 Online: 20 de Junho de 2006, 13:07:58 »
Uso opera e nunca usei mouse gestures... isso presta?

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #6 Online: 20 de Junho de 2006, 15:03:24 »
Sim! Você faz movimentos com o mouse e fecha abas, carrega páginas, voltar, avançar, etc... Meu, eu sou tão viciado nisso, que toda hora tento fechar abas com o movimento do mouse em QUALQUER programa que tenha aba. :P

Offline Guinevere

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.861
  • Sexo: Feminino
Re: Navegadores
« Resposta #7 Online: 20 de Junho de 2006, 17:54:44 »
Vixi, tenho até medo de fazer isso sem querer, agora. Sou viciada em teclado. Vou fechar essa janela com control+f4

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #8 Online: 20 de Junho de 2006, 23:31:18 »
O Opera 9 acabou de ser lançado oficialmente. Baixem em http://opera.com/.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Floko

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 663
  • Sexo: Masculino
  • I'll be back!
Re: Navegadores
« Resposta #9 Online: 21 de Junho de 2006, 02:37:20 »
Baixei o Opera(vai ser minha primeira experiência com ele). Achei muito, muito ruim a tradução pro Português BR. Já começo com erro de concordância para aceitar o Contrato de uso. Instalei em inglês. Até agora ta indo bem, importou sosinho os favoritos do Firefox e parece bem prático.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #10 Online: 10 de Julho de 2006, 17:39:47 »
Acabei de baixar o Firefox 2 Beta 1. O visual não mudou muita coisa, mas possui muitas opções e melhorias novas. Ele pode salvar um Feed RSS direto no meu Thunderbird agora, por exemplo.

E ele está mostrando umas linhas vermelhas embaixo das palavras que estou digitando em caixas de texto, como esta da resposta rápida. Deve possuir suporte a corretor ortográfico. :)
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.325
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Navegadores
« Resposta #11 Online: 29 de Agosto de 2006, 17:57:15 »
Continuando as comparações

-----------------------------

Chega do IE e do Firefox: cinco opções de browsers alternativos

São Paulo - Avant Browser, Maxthon, Netcaptor, Slim Browser e iCab. Já ouviu falar deles? Escolha um browser alternativo para navegar na web.

Você está cansado do Internet Explorer (IE), da Microsoft, ou mesmo do Firefox, navegador do código aberto da Fundação Mozilla? Acredite, há opções alternativas.

Não estamos falando do Opera, nem do saudoso Netscape. Muito menos do Safari ou do aguardado browser da Web 2.0, o Flock, que ainda está em versão beta. Esses são famosos demais para o que queremos lhe sugerir.

Os browsers alternativos são, de fato, alternativos, mas não deixam a desejar aos seus pares “famosos”.  Eles tentam combinar as inovações do Firefox e compatibilidade do IE.

Confira cinco opções que o IDG Now! testou e veja qual se adapta ao seu estilo. Se você quer ser diferente, aproveite nossas dicas:

***************

Avant Browser 10.2 Build 52: estabilidade é o ponto forte

São Paulo – Com muita rapidez e estabilidade, o Avant Browser é compatível com extensões do IE e pode ser personalizado.

Logo em sua instalação, o leve navegador Avant Browser, de apenas 1,61 MB , apresenta um passo a passo muito útil para a navegação e disposição das funções em sua interface: a capacidade de personalização.

Com isso, o usuário pode escolher se quer as abas (ah, ele tem abas, assim como o Firefox) acima ou abaixo da página de navegação. É possível também escolher o idioma do browser.

O browser é estável e rápido, além de possuir a navegação por abas. Sites pesados podem ser abertos simultaneamente sem que o navegador “quebre” ou perca alguma de suas funções.

As funções exercidas pelo IE também são totalmente acessíveis pelo Avant. A barra de favoritos usada no antigo browser é automaticamente importada.

Uma das maiores novidades que o Avant apresenta é a função de recuperar páginas. Se a conexão cair ou o navegador for fechado por algum motivo, ao reabri-lo é apresentada a opção de retornar a página antes navegada, da mesma maneira que estava antes.

O navegador ainda apresenta 20 opções diferentes de skins. É prático personalizar sua barra de ferramentas, seja por troca de “pele”, tamanho dos botões ou funções extras que usuário gostaria de manter na barra de ferramentas.

Assim como o IE e Firefox, o Avant também conta com um bloqueador efetivo de pop-ups, que barra também vídeos indesejados de determinados sites.

***************

Maxthon: muito parecido com o IE, mas mais rápido, prático e com abas

São Paulo – Leve e rápido, o Maxthon conta com serviços extras de segurança em seu pacote de instalação.

O Maxthon é baseado no Internet Explorer, incorporando automaticamente suas atividades e extensões, além de ser rápido e prático devido à navegação por abas. O browser libera várias funções de proteção de senha e conta velocidade na navegação.

As funções não estão muito bem distribuídas na interface. Por outro lado, a estabilidade é um ponto forte do navegador, que suporta muitas abas e opções de skins.

Além disso, o navegador possui um limpador de informações e cookies automático. Contém ainda um atualizador de página automático, que pode ser programado.

O que facilita a navegação pelo Maxthon são as atribuições dadas ao mouse. Com apenas um clique é possível abrir uma nova aba e com o botão do meio fecha-se outra, assim como no Firefox.

A barra de favoritos do IE é automaticamente importada para o Maxthon.

Para quem precisa de praticidade, o Maxthon é uma boa pedida, ainda mais por suportar as extensões do IE. No entanto, as novidades são poucas e os spams na instalação do navegador podem atrapalhar, além de ocupar mais memória.

***************

NetCaptor 7.5.2: a aposta nos downloads

São Paulo – O NetCaptor é recomendado para quem tem problemas em fazer downloads em suas máquinas, pois possui um tratamento especial para este tipo de arquivo.

O NetCaptor aposta na rapidez para conquistar os internautas. Embora não tenha uma interface muito chamativa, ele recupera automaticamente as páginas fechadas, mesmo com downloads perdidos e carrega com eficiência os sites pesados.

Para se diferenciar, o NetCaptor aposta em uma atividade que se chama “Gerenciador de Download”. Caso um download seja interrompido indesejavelmente, o browser armazena todas as informações da operação, permitindo saber a porcentagem já descarregada do arquivo, seu local de origem e o tempo restante.

O browser conta com as funções comuns de um browser avançado: navegação por abas, bloqueio de pop-ups e compatibilidade com o Internet Explorer e funções do Windows.

Outra atividade encontrada no NetCaptor é a possibilidade de editar a página para a impressão. O usuário é capaz de editar margens, tamanhos, escalar, cabeçalhos e rodapés das páginas que ele desejar imprimir pelo NetCaptor.

Apesar das inovações e praticidade, o browser é instável, travando em algumas páginas. Mesmo assim não deixou a desejar nas condições gerais de navegação, abrindo fotos e arquivos de música com rapidez.

Se você tem dores de cabeça com os downloads, o Netcaptor pode resover alguns de seus problemas. No entanto, cuidado pois a estabilidade não é o ponto forte deste navegador.

***************

Slim Browser: seu computador em um browser

São Paulo - Já pensou em poder acessar qualquer arquivo do seu computador pelo navegador? Esta á novidade do Slim Browser.

O Slim Browser, entre os navegadores testados, o que mais inovou. Ele armazena uma gama de funções dentro de sua barra de ferramentas e integra funções do desktop, possibilitando que o usuário acesse qualquer programa do computador pelo navegador.

Ao abrir qualquer pasta pelo Slim Browser, ela se torna automaticamente uma nova aba, sem que você precise minimizar ou maximizar uma nova janela. Ele também suporta as extensões do Windows, trabalha com RSS e JavaScript.

Embora seja um pouco mais pesado que os outros browsers testados, isso não altera a velocidade da navegação: ele tem boa estabilidade nos diversos acessos, mesmo com muitas abas em funcionamento.

Possui ainda, dentro da sua barra de ferramentas, duas ferramentas de tradução de páginas, uma pelo Google e outra pelo Babelfish.

A interface é convidativa e colorida, podendo ser customizada com as atividades que usuário desejar para uma navegação mais personalizada, assim como a posição das abas, acima ou abaixo da página. A barra de favoritos do IE é automaticante importada.

No entanto, as muitas atividades oferecidas pelo navegador podem trazer um pouco de complicação na hora de acessar a internet. Se o usuário procura um serviço que possa integrar muitas funções, o Slim Browser é o nome. Mas, se o usuário já está acostumado a fazer tudo pelo Windows, poderá integrar funções desnecessárias em seu browser.

***************

iCab: a nova opção para Mac

São Paulo – Com características parecidas com as do Firefox, o iCab é uma alternativa aos usuários de Mac.

A versão iCab 3.0 Beta também foi avaliada e é uma opção para quem utiliza Macintosh. Essa versão é muito semelhante ao Firefox, com navegação por abas.

A instalação leva um pouco de tempo, porém é muito simples. O browser carrega rapidamente as páginas, mas não é estável quando há muitos aquivos em vídeo ou música nos sites.

O mouse também ganhou uma configuração especial na utilização do browser. Agora o usuário é capaz de escolher qual vai ser o procedimento do mouse no uso da barra de ferramentas e abas.

Ele conta com bloqueador de pop-ups e também permite personalizar a interface, com as diferentes funções da barra de ferramentas, que é simples e de fácil uso, justamente o ponto forte do navegador.

Esta versão ainda precisa de alguns ajustes para alcançar o nível do Firefox (é bom lembrar, ainda está em fase de testes), mas já conseguiu avançar em relação à versão anterior.

------------------------

http://idgnow.uol.com.br/internet/2006/08/11/idgnoticia.2006-08-11.2183211030/IDGNoticia_view

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Shrek

  • Nível 06
  • *
  • Mensagens: 66
  • Sexo: Masculino
  • O ogro
Re: Navegadores
« Resposta #12 Online: 29 de Agosto de 2006, 22:43:41 »
Eu costumo usar o Opera, mas tenho instalado Opera e Firefox para Linux e IE (infelizmente) e Firefoxpara Windows. O Firefox é mais para usar o Orkut, com a Orkut toolbar. E eu mudei os arquivos da tradução do Opera para ficar melhorzinho.

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #13 Online: 29 de Agosto de 2006, 23:15:25 »
Opera rox.. :D

Offline Snake

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.049
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #14 Online: 29 de Agosto de 2006, 23:52:46 »
Cansei de discussões sobre navegadores, quem quiser que use por um tempo (não custa muito, afinal).
Newton's Law of Gravitation:
What goes up must come down. But don't expect it to come down where you can find it. Murphy's Law applies to Newton's.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #15 Online: 30 de Agosto de 2006, 00:43:07 »
Unknown, praticamente todos esses "browsers" na verdade são interfaces para se usar o Internet Explorer. Não são browsers de verdade.

É o mesmo que pegar um motor de Fusca e colocar na carcaça de um Vectra: fica mais bonito mas funciona igual.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Tonto

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 273
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #16 Online: 30 de Agosto de 2006, 10:21:32 »
Baixei o Opera(vai ser minha primeira experiência com ele). Achei muito, muito ruim a tradução pro Português BR. Já começo com erro de concordância para aceitar o Contrato de uso. Instalei em inglês. Até agora ta indo bem, importou sosinho os favoritos do Firefox e parece bem prático.
Achou ruim a tradução para o Portugues??? Tu tá "sosinho" nessa!
« Última modificação: 30 de Agosto de 2006, 10:28:33 por Tonto »
"Se quiser realizar seus sonhos primeiro você terá que acordar"

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.325
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Navegadores
« Resposta #17 Online: 30 de Agosto de 2006, 14:20:32 »
Unknown, praticamente todos esses "browsers" na verdade são interfaces para se usar o Internet Explorer. Não são browsers de verdade.

É o mesmo que pegar um motor de Fusca e colocar na carcaça de um Vectra: fica mais bonito mas funciona igual.
Quer dizer que se o Windows não tivesse o IE esses navegadores não funcionariam?

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #18 Online: 30 de Agosto de 2006, 14:48:53 »
Unknown, praticamente todos esses "browsers" na verdade são interfaces para se usar o Internet Explorer. Não são browsers de verdade.

É o mesmo que pegar um motor de Fusca e colocar na carcaça de um Vectra: fica mais bonito mas funciona igual.
Quer dizer que se o Windows não tivesse o IE esses navegadores não funcionariam?

Exatamente. Esses navegadores (Avant, Maxtor, NetCaptor, etc) usam o IE por baixo do capô. Acrescentam funcionalidades mas não são navegadores.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Unknown

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 11.325
  • Sexo: Masculino
  • Sem humor para piada ruim, repetida ou previsível
Re: Navegadores
« Resposta #19 Online: 22 de Setembro de 2006, 19:42:38 »
Ativistas lançam browser que permite navegação anônima
 
Usuários da internet preocupados com a privacidade agora podem usar uma versão modificada do navegador Firefox que permite uma navegação anônima.
O navegador Torpark usa tecnologia que conta com o apoio do grupo de defesa dos direitos digitais Eletronic Frontier Foundation.

O Torpark usa sua própria rede de rotas na internet para garantir o anonimato do tráfego que as pessoas geram quando navegam pela rede.

O browser pode ser colocado em pendrives e os usuários podem transformar qualquer computador em um terminal anônimo.

Hackers

O Torpark foi criado pelo grupo Hacktivismo, uma coalizão internacional de hackers, ativistas defensores dos direitos humanos, advogados e artistas.

O navegador usa a rede Tor de rotas na internet estabelecida pela Electronic Frontier Foundation, que já conta com dezenas de milhares de usuários regulares.

O computador que se conecta à rede vai dividir livremente a informação a respeito do endereço que está usando. Por isso qualquer informação que pedir será enviada de volta para o lugar certo.

A rede Tor tenta evitar que esta informação seja dividida em mão dupla. Primeiro, a rede codifica o tráfego entre um computador e a rede Tor de rotas - com isso fica muito mais difícil espionar o tráfego de usuários e localizar quem está fazendo o quê.

Depois, a rede Tor muda regularmente o endereço de rede que aparece indicando de onde uma pessoa está navegando, novamente isto evita qualquer tentativa de apontar uma sessão de navegação em particular, de qualquer pessoa.

"Vivemos em uma época onde a aquisição de tecnologias é seletiva e combina cada aspecto de nossas vidas online", afirmou Osblood Ruffin, um dos fundadores do Hacktivismo, em uma declaração do anúncio do Torpark.

Ruffin alerta que as habilidades de fornecer anonimato do Torpark têm limitações. Informações viajando entre os sites examinados pelos usuários e a rede Tor não são codificadas e poderiam, possivelmente, identificar usuários se estes visitam páginas que não pode codificar sessões.

Os programas que fazem parte do Torpark são grátis e pequenos o bastante para caber em um memory stick o que permite que as pessoas transportem o navegador anônimo com elas.

O grupo Hacktivismo alerta também que os usuários do Torpark poderão ter a velocidade de navegação reduzida.

http://www.bbc.co.uk/portuguese/ciencia/story/2006/09/060920_navegadoranonimofn.shtml

Torpark
Eletronic Frontier Foundation
Hacktivismo

"That's what you like to do
To treat a man like a pig
And when I'm dead and gone
It's an award I've won"
(Russian Roulette - Accept)

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #20 Online: 22 de Setembro de 2006, 20:19:03 »
O Torpark é baseado no Firefox. Significa que é um Firefox modificado para ajudar a manter o usuário mais anônimo. De resto, tem tudo o que o Firefox tem.

Modificações do Firefox são bem comuns. Flock também é uma versão interessante, que possui integração com serviços como o Bloglines, del.icio.us, Wordpress, etc.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #21 Online: 22 de Setembro de 2006, 23:49:10 »
Essa é da série "notícias que me deixam feliz".

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Navegadores
« Resposta #22 Online: 23 de Setembro de 2006, 00:15:17 »
Essa é da série "notícias que me deixam feliz".

Por que? Está usando o Torpark agora? Eu nem consegui instalar pra ver como é.
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Dobrado

  • Nível 09
  • *
  • Mensagens: 95
  • Sexo: Masculino
  • Independente de estilo, estamos no mesmo caminho!
Re: Navegadores
« Resposta #23 Online: 23 de Setembro de 2006, 01:46:05 »
O Torpark é baseado no Firefox. Significa que é um Firefox modificado para ajudar a manter o usuário mais anônimo. De resto, tem tudo o que o Firefox tem.

Modificações do Firefox são bem comuns. Flock também é uma versão interessante, que possui integração com serviços como o Bloglines, del.icio.us, Wordpress, etc.

A vantagem do firefox é que ele pode ficar bem parecido com todos esses navegadores, se usarmos as extenções certas! =D
"Muita força pra encarar qualquer bagulho
Resistência sempre foi a nossa marca, meu orgulho" - MV Bill

Offline Oceanos

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.924
  • Sexo: Masculino
Re: Navegadores
« Resposta #24 Online: 23 de Setembro de 2006, 03:38:12 »
Essa é da série "notícias que me deixam feliz".

Por que? Está usando o Torpark agora? Eu nem consegui instalar pra ver como é.
Nada, mais por ter alguem ainda que pensa em privacidade e liberdade...

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!