Autor Tópico: Olavão é astrólogo!  (Lida 6681 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

rizk

  • Visitante
Olavão é astrólogo!
« Online: 22 de Abril de 2005, 20:29:48 »
A Amnésia moderna
Entrevista com Olavo de Carvalho
Roberta Tótora - Editora da Porto do Céu


Não há como ficar inerte e não parar para pensar diante de um texto de Olavo de Carvalho. Autor de livros polêmicos como O Imbecil Coletivo, o filósofo tem sacudido os meios universitário e cultural do país, com sua análise crua e profunda da intelectualidade nacional. Mais do que criticar personalidades em grandes veículos de comunicação e criar inimizades, Olavo diz lutar contra uma postura "imbecilizante" do pensamento, buscando retomar os valores da verdadeira Filosofia, esquecida por uma modernidade arrogante e sem memória. Poucas pessoas sabem que o filósofo é também astrólogo e que considera a Astrologia um estudo obrigatório para aqueles que procuram saber sobre Filosofia e Cultura, não só como uma mera curiosidade histórica, mas como um sistema de pensamento sobre o qual nossa sociedade está estruturada até hoje. Olavo de Carvalho falou com exclusividade à Porto do Céu sobre a importância do estudo astrológico e os problemas da sua utilização nos dias de hoje.


Porto do Céu - Como a Astrologia contribuiu para a sua formação?

Olavo de Carvalho - Muito. Não existe possibilidade alguma de entendimento de qualquer civilização antiga sem o conhecimento da Astrologia. O modelo de visão do mundo baseado nos ciclos planetários e nas esferas esteve em vigor durante milênios e isto continua a estar, de certo modo, no "inconsciente" das pessoas. Apesar de algumas deficiências no modelo astrológico, foi ele quem estruturou a humanidade pelo menos a partir do império egípcio-babilônico, o que significa, no mínimo, cinco mil anos de história. A Astrologia é um elemento obrigatório, por isto quem não a estudou, não estudou nada, é um analfabeto, um estúpido. O trabalho mais vigoroso nas ciências humanas do século XX, por exemplo, só aconteceu depois da existência do Instituto Warburg, fundado em Londres por um milionário judeu fugido da Alemanha, que juntou, durante 20 anos, as melhores cabeças do século em torno de uma coleção de manuscritos astrológicos e alquímicos. Sem este estudo, a comunidade acadêmica nunca teria qualquer possibilidade de compreensão real das civilizações antigas.


Porto do Céu - Quais as conseqüências da perda deste conhecimento em nosso tempo?

Olavo de Carvalho - A conseqüência é simplesmente não entender mais o passado. Se alguém não entende as civilizações antigas, não sabe mais onde está. É uma amnésia.


Porto do Céu - Como foi que o Sr. entrou em contato com a Astrologia?

Olavo de Carvalho - Foi uma casualidade. O Dr. Müller contratou-me na época em que eu trabalhava no Jornal da Tarde para redigir um curso de psicologia baseado em astrologia, já que era argentino e não dominava muito bem o português. Depois destas aulas, um mundo sem limites se abriu para mim.


Porto do Céu - Qual é a sua relação com a Astrologia hoje?

Olavo de Carvalho - O meu acerto de contas com a astrologia foi o curso "Astrocaracterologia", uma espécie de conclusão que tirei dos meus vinte anos de estudo e que fechou a minha contribuição para o assunto. Eu equacionei a Astrocaracterologia de tal modo que, para avançar de onde parei, só mesmo a pesquisa experimental. Para se formar uma ciência, é preciso levantar uma série de conceitos; destes conceitos, tirar hipóteses; das hipóteses, um método e dos métodos, as pesquisas. A parte teórica eu pude concluir, mas daí para frente, a Astrocaracterologia deixou de ser problema teórico para ser de investigação científica. Eu não tenho condições de dar continuidade a estas pesquisas porque precisaria de tempo, gente e dinheiro. Voltar a mexer neste assunto só me deixaria desesperado, porque eu não poderia realizar as investigações necessárias para responder as questões que levantei.


Porto do Céu - É possível resgatar a Astrologia tradicional nos dias de hoje?

Olavo de Carvalho - Não sei. Isto é um tremendo abacaxi. Primeiro: não existe uma só astrologia tradicional, mas milhares. Quando falamos "tradicional", estamos nos reportando a certas épocas, onde esta Astrologia estava integrada completamente nas civilizações. Se a pergunta é "nas condições da nossa sociedade, é possível produzir uma astrologia tradicional?", a resposta é "não". Precisamos retomar o estudo astrológico de um outro plano, para estruturar uma ciência. Só que não fizemos nem uma coisa nem a outra. Os astrólogos não fizeram porque têm preguiça e os outros, porque têm preconceito. Só quem se interessou realmente pela Astrologia foram historiadores e filólogos, cuja função não é desenvolver a Astrologia, mas estudar o que ela foi e qual o lugar dela nas civilizações antigas. Estes fizeram a sua parte e levaram a coisa a sério.


Porto do Céu - O trabalho dos astrólogos, então, seria pesquisar junto aos textos antigos e desenvolver a astrologia enquanto ciência, já que é impossível o resgate da astrologia tradicional?

Olavo de Carvalho - Eu não diria que esta é a única possibilidade. Você não imagina como esta sua pergunta é difícil. A resposta é: não sei (risos). Não sei.


Porto do Céu - O Sr. afirma no seu livro "Astros e Símbolos" que não é possível a compreensão da Astrologia sem a prática de um esoterismo vivente, só alcançado através de um compromisso com um exoterismo ortodoxo. É neste sentido que é impossível a compreensão desta e de outras ciências tradicionais em nosso tempo?

Olavo de Carvalho - A própria descrição de esoterismo e exoterismo, que levei a sério por muito tempo, eu não aceito mais. Ela não é suficiente, é muito pobre, apesar de poder ser válida. Esoterismo e exoterismo são conceitos que só se aplicam tal e qual no conceito islâmico, onde existe uma fronteira, uma lei exotérica clara que funciona para todo mundo, e organizações esotéricas, que são para os que estão interessados. Esta fronteira, tão clara no mundo islâmico, não existe no mundo cristão e em outras tradições. Como é que podemos falar em esoterismo e exoterismo no contexto budista, por exemplo? Na obra de René Guenon, ele aplica este conceito a todas as tradições, mas isto é uma espécie de "islamização" das religiões e o próprio Guenon estava consciente disso.


Porto do Céu - A Astrologia, então, pode ser resgatada num contexto cultural, mas não a astrologia tradicional?

Olavo de Carvalho - A Astrologia esteve integrada de algum modo às tradições, mas hoje em dia não temos mais tradição espiritual nenhuma. Temos, sim, uma devastação. Como é que podemos recuperar somente a Astrologia, se ela é apenas um pedaço do equipamento? Só podemos no sentido de estudo histórico, de compreensão do passado ou então sob uma forma de ciência, do modo como as ciências hoje são compreendidas.


Porto do Céu - Esta visão que o Sr. tem hoje é diferente da apresentada nos seus livros sobre Astrologia.

Olavo de Carvalho - Os três livros que escrevi sobre Astrologia foram redigidos para um grupo de pessoas que estavam metidas até a goela no esoterismo islâmico. Para entender-se o que está escrito, é preciso saber para quem foi escrito. Nada do que está ali pode ser transposto para um público geral sem que sejam feitas as devidas conversões. Se eu fosse reeditar estes livros, no lugar de uma página, teria que escrever trinta. Com estas perguntas, você não tem idéia da complicação que me arrumou (risos). A maior parte das coisas que está me perguntando, eu terei que responder "não sei". São talvez as questões mais espinhosas da nossa civilização e, no entanto, tem gente que dá palpites sobre elas a torto e a direito.


Porto do Céu - Esta perda das tradições espirituais tem alguma coisa a ver com a era de Aquário?

Olavo de Carvalho - A era de Aquário é exatamente isto, a era da farsa, e já estamos nela. O Anticristo já está aí. Hoje, através dos meios de comunicação, é possível que dez pessoas mintam simultaneamente para bilhões e a farsa fica estabelecida.


Porto do Céu - Existe alguma espécie de compensação para os homens que estão vivendo na nossa época?

Olavo de Carvalho - Sim. As pessoas são julgadas com menos severidade. Deus, nesta época, suporta coisas que em outros tempos não suportaria. Nós estamos conversando sobre coisas aqui que, no passado, demoraríamos uns vinte anos para compreender, só depois de rezar muito. Hoje não precisamos passar por diversas práticas ou rituais de iniciação para compreendermos uma série de coisas. Esta é uma espécie de compensação natural ou sobrenatural, da mesma forma que o julgamento de Deus sobre as almas torna-se muito mais brando. Se você está no meio da confusão geral e ainda está tentando descobrir o que é o certo, no meio de pessoas que não sabem mais distinguir o bem do mal, então você já fez muito.


Porto do Céu - O Sr. não utiliza os planetas Urano, Netuno e Plutão em suas análises astrológicas. Acha impossível estabelecer um simbolismo correto para estes planetas?

Olavo de Carvalho - Não sei. Deixei este assunto de lado, porque achei que ele era mais um abacaxi. Se há alguém que não pode opinar sobre o assunto, este alguém sou eu. Não atendo para leitura de mapas há uns vinte anos, mas foi exatamente depois que deixei de trabalhar profissionalmente que comecei a estudar mesmo a astrologia. Se você está em dúvida a respeito de tudo e mexendo nos pilares de uma ciência, não tem como trabalhar com ela no campo da prática diária. Não dá para desmontar um carro e andar nele ao mesmo tempo. O questionamento teórico da Astrologia é muito profundo. Não utilizei Urano, Netuno e Plutão porque percebi que isto me colocava perguntas muito mais complicadas do que aquelas com que eu estava lidando, utilizando apenas os sete planetinhas.


Porto do Céu - O que o Sr. pensa das interpretações atribuídas a estes planetas descobertos nos últimos séculos?

Olavo de Carvalho - Urano, por exemplo, recebe uma interpretação já muito ligada ao próprio espírito moderno. Certas organizações esotéricas agem, ritualmente, no sentido da interpretação que elas próprias atribuíram ao planeta. Os ciclos destes astros começam a trabalhar mais neste sentido, porque são reforçados pela ação humana. Eu não acredito, realmente, que um planeta possa trazer a ideologia da revolução francesa. Agora, quando se quer realizar uma grande mudança no mundo, saber da existência de um novo planeta pode ser maravilhoso, já que possibilita a realização de toda uma reinterpretação da história, com base nos significados que você mesmo quis atribuir a ele. Acontece a mesma coisa com Netuno e Plutão, mas isto não quer dizer que estas interpretações não funcionem, porque parcialmente estes efeitos podem corresponder ao dos planetas, embora sejam apenas uma parte destacada do significado total daquele astro. Até o sétimo planeta, os astrólogos contavam com uma interpretação estável entre várias civilizações e não dá para justificar estas interpretações apenas como produto ideológico de tais civilizações. Mas nestes últimos, você tem interpretações específicas da astrologia ocidental, feita quase que totalmente por sociedades secretas. Essas interpretações não tem universalidade, apesar de poderem ser parcialmente válidas. Acho que somente lá perto do século XXV que será possível entender este problema. A gente pode perguntar tudo, mas não ter todas as respostas de uma vez.


Porto do Céu - A astrologia está, então, numa encruzilhada?

Olavo de Carvalho - Sim, ela está em uma confusão miserável. Nunca um século foi tão difícil de ser entendido contemporaneamente como este. Nós estamos vivendo numa era verdadeiramente terrível. O número de coisas que dá para saber e utilizar como orientação é muito pequeno. A humanidade sempre soube mais ou menos o que estava acontecendo, as decisões de reis e príncipes não eram mistérios inimagináveis. Hoje são. As pessoas poderosas estão distantes, cercadas por muros e muros de segredos e mentiras. Os instrumentos de ocultação são monstruosos. Mais do que na era da informação, estamos na da ocultação.


Porto do Céu - Diante de todas estas confusões incorporadas à Astrologia nos dias de hoje, ainda vale a pena falar sobre o assunto?

Olavo de Carvalho - Se é para as pessoas entenderem o que está acontecendo, é claro que vale a pena. As discussões públicas sobre isto são muito problemáticas, e é preciso ter paciência para explicar tudo, o que numa entrevista é impossível. Vale mais é ensinar para aqueles que estão dispostos a estudar ao longo dos anos.

http://portodoceu.terra.com.br/filorelig/olavo.asp



Quem diria, seu Olavo... tá tuuudo fazendo sentido agora.

Offline Snake

  • Nível 31
  • *
  • Mensagens: 2.049
  • Sexo: Masculino
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #1 Online: 22 de Abril de 2005, 20:46:08 »
Pergunta:
- Por que a perseguição a Olavo de Carvalho?
Newton's Law of Gravitation:
What goes up must come down. But don't expect it to come down where you can find it. Murphy's Law applies to Newton's.

Offline Esperto

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.154
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #2 Online: 22 de Abril de 2005, 20:48:22 »
a gente já sabia disso, o aurélio faz questão de falar nisso sempre....
esse cara é uma mula!
(pior é que acho que estou rebaixando as mulas)
filosofia de um professor meu:
"A mente abre quando o cu aperta!"

Offline Esperto

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.154
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #3 Online: 22 de Abril de 2005, 20:50:28 »
Citação de: Snake
Pergunta:
- Por que a perseguição a Olavo de Carvalho?

pq é um cara extremamente sem vergonha, mentiroso, distorce as coisas pra conseguir provar um ponto, apioa a monfort, e além de tudo é muito do mal educado!
filosofia de um professor meu:
"A mente abre quando o cu aperta!"

Unbedeutend_F_Organisch

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #4 Online: 22 de Abril de 2005, 20:52:22 »
Principalmente pela falta de educação, parece até que é neto da Dercy Gonçalves

Flytronix

  • Visitante
Olavão é astrólogo!
« Resposta #5 Online: 22 de Abril de 2005, 23:34:44 »
Já leram isso? Se não, preparem-se para boas risadas.

CAPITALISMO E SOCIALISMO SEGUNDO A ASTROLOGIA

por Olavo de Carvalho

A evolução do conflito entre capitalismo e socialismo acompanha rigorosamente os movimentos de três planetas: as relações geométricas (em linguagem astrológica, "aspectos") entre Saturno e Urano assinalam acontecimentos importantes nos países capitalistas, e os pontos cruciais da história do comunismo fazem contraponto aos aspectos entre Saturno e Netuno.

Essa é a tese que o astrólogo Antonio Facciolo Neto vai apresentar no Congresso Brasileiro de Astrologia, a ser realizado nos próximos meses em São Paulo. Ela está exposta em Ciclos Cósmicos da História, que é um dos vários trabalhos que astrólogos de S. Paulo estão enviando para a Associação Brasileira de Astrologia, responsável pela organização do congresso. Facciolo estabeleceu um minucioso quadro comparativo dos movimentos dos três planetas e da evolução do capitalismo e do comunismo desde 1846 (quando Marx fundou a Liga dos Comunistas) até os dias de hoje, obtendo assim algumas fortes evidências em favor da doutrina astrológica segundo a qual o ciclo Saturno-Urano rege o capitalismo e o ciclo Saturno-Netuno rege o comunismo. Alguns estudos anteriores já indicavam claramente essa direção. Alguns anos atrás o economista norte-americano L. Peter Cogan, por exemplo, da Academia de Ciências de Nova York, demonstrou a uma platéia de estupefatos cientistas a correlação entre as conjunções e oposições Saturno-Urano e as fases de otimismo e pessimismo das bolsas de valores. Saturno e Urano, segundo a astrologia, regem o capitalismo.

O estudo de Facciolo é bem mais abrangente que o de Cogan. Ele mostra, por exemplo, que aspectos "benéficos" entre Saturno e Urano acompanharam, entre inúmeros outros, os seguintes acontecimentos importantes para a formação e fortalecimento do capitalismo:

1851-52: a descoberta simultânea de minas de ouro na Austrália, na Califórnia e na Nova Zelândia dá um impulso, sem precedentes, no ritmo dos negócios nas principais bolsas de valores do mundo. 1857-58: as potências capitalistas européias ocupam a China e o Sudeste asiático. 1865-66: abolição da escravatura nos Estados Unidos e introdução da constituição democrática na Suécia. 1896-97: fundação do movimento sionista. 1905-06: formação da Entente Cordiale entre as potências européias. 1948-49: formação da OTAN. Inversamente, os ângulos "maléficos" assinalaram períodos de dificuldades para os países capitalistas: 1880-02: Guerra Civil Americana. 1873-75: crise econômica mundial. 1909-10: início das guerras européias. 1930-31: nova crise econômica mundial. 1950-51: o Irã nacionaliza o petróleo; a França é derrotada na Indochina; começa a guerra na Coréia. 1964-65: os Estados Unidos ingressam na Guerra do Vietnã. 1975-77: crise do petróleo.

No mundo comunista, as conjunções e aspectos benéficos entre Saturno e Netuno acompanharam, entre outros, os seguintes acontecimentos: 1846-47: fundação da Liga dos Comunistas. 1917-18: Revolução Russa. 1929-30: Plano Qüinqüenal. 1941-42: acordo com os EUA e a Inglaterra. 1952-55: morte de Stálin e início do novo ciclo histórico. 1959: sputniks. Os aspectos "maléficos" estavam presentes nos seguintes acontecimentos: 1868-69: dissolvida a seção francesa da Internacional Comunista. 1899-1900: cisão entre bolcheviques e mencheviques. 1926-27: surgimento da ditadura stalinista. 1937-38: Processos de Moscou. 1962-63: crise dos foguetes em Cuba e conflito entre Pequim e Moscou. 1971-72: aproximação entre Cuba e EUA.

Um novo ângulo maléfico entre Saturno e Netuno ocorrerá em 1979-80. Entre Saturno e Urano, em 1982. Em 1987-89, os três planetas entrarão simultaneamente em conjunção e, no fim do século, em quadratura. É lícito, portanto, segundo Facciolo, esperar um período de crise no mundo comunista, seguido de outro no mundo capitalista, em seguida uma aproximação entre os dois regimes e finalmente um período de crise geral.

Além de Ciclos Cósmicos na História, a associação já recebeu vários outros trabalhos para o congresso, entre os quais, A Lua e o Matrimônio, do psicólogo Juan Alfredo César Müller, ex-aluno de Jung e Szondi e estudioso da astrologia. Ele faz uma análise comparativa dos prognósticos matrimoniais e da posição da Lua nos temas astrológicos individuais, e propõe a introdução de novos métodos de previsão.

Pela tradição astrológica renascentista, as condições do matrimônio do indivíduo são estudadas pelo estado da sua 7ª casa astrológica. Sendo a parte mais ocidental do zodíaco oposta ao oriente, que representa o ego, a 7ª casa simboliza a relação entre os outros, os compromissos do indivíduo com a coletividade e, por extensão, o matrimônio.

Segundo Müller, essa doutrina surgiu numa época em que o casamento se definia essencialmente como um compromisso de ordem social, destinado a assegurar a procriação coercitiva (contrabalançando a mortalidade infantil, muito alta então) e o sustento dos filhos.

A diminuição da taxa de mortalidade infantil e o advento dos novos padrões de comportamento, na sociedade industrial urbana, amenizaram esse aspecto de coerção legal do matrimônio, ressaltando, ao inverso, seu aspecto de encontro interpessoal, seu lado afetivo e subjetivo.

Daí que, segundo Müller, o prognóstico matrimonial já não possa ser feito com base na 7ª casa, que tem um significado eminentemente social e coercitivo (contrato). O verdadeiro significador astrológico do matrimônio, hoje em dia, é a Lua, que representa tradicionalmente a subjetividade e as afeições.

Outros trabalhos já recebidos pela associação são: O Elo entre a Vida e a Matéria, por Antoine Daoud Philo, Urano e as Doenças Cardíacas, por Vera Facciolo, e A Mensagem da Astrologia, por Maria Ribeiro Franco.

A Associação Brasileira de Astrologia está convidando os astrólogos a participarem do congresso e a enviarem seus trabalhos. Ela pretende, também, paralelamente, formar um núcleo de estudos e pesquisas composto exclusivamente de pessoas de nível universitário, com vistas à formação eventual de um instituto superior de astrologia. Os interessados podem escrever para a associação (Rua Xavier de Toledo, 114, 3º andar, conj. 303, fone 239-0879, São Paulo-SP).

 >.<

Unbedeutend_F_Organisch

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #6 Online: 22 de Abril de 2005, 23:48:54 »
Doeu no estômago

Offline GMGall

  • Nível 21
  • *
  • Mensagens: 731
  • Sexo: Masculino
  • Se precisarem entrar em contato, usem o e-mail.
Olavão é astrólogo!
« Resposta #7 Online: 23 de Abril de 2005, 00:37:52 »
Citação de: Flytronix

A evolução do conflito entre capitalismo e socialismo acompanha rigorosamente os movimentos de três planetas: as relações geométricas (em linguagem astrológica, "aspectos") entre Saturno e Urano assinalam acontecimentos importantes nos países capitalistas, e os pontos cruciais da história do comunismo fazem contraponto aos aspectos entre Saturno e Netuno.


Depois de ler esse parágrafo eu parei de ler, perdi alguma coisa mais engraçada?

Offline Bruno Faria

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 195
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #8 Online: 23 de Abril de 2005, 00:50:45 »
Aliás, astrólogo é a única coisa que o Olaveco de fato é...
Antes ele foi copidesque da sucursal paulista d'O Globo.
Quod dixi, dixi.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #9 Online: 23 de Abril de 2005, 09:36:26 »
Olavo de Carvalho é um imbecil retardado mentecapto que se acha... Infelizmente, por alguma obra de Deus, ele está na mídia falando essas besteiras para todos no Brasil... :P
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Esperto

  • Nível 25
  • *
  • Mensagens: 1.154
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #10 Online: 23 de Abril de 2005, 13:22:31 »
Citação de: Mr.Hammond
Existe um debate histórico dele com o Allaor Café, na USP aonde este fala para ele, em tom de ironia:
-só falta o senhor dizer que a culpa de todos os problemas do Brasil é da esquerda..

olavinho se enraivece e começa a gritar:
-E É! E É!

:histeria:

realmente, depois de não sei quantos anos de direta ou centro-direta no poder, quem tem culpa do país tá na merda é da esquerda.... só faltava dizer que é culpa da venezuela
filosofia de um professor meu:
"A mente abre quando o cu aperta!"

rizk

  • Visitante
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #11 Online: 23 de Abril de 2005, 15:47:25 »
Citação de: Mr.Hammond
Existe um debate histórico dele com o Allaor Café, na USP aonde este fala para ele, em tom de ironia:
-só falta o senhor dizer que a culpa de todos os problemas do Brasil é da esquerda..

olavinho se enraivece e começa a gritar:
-E É! E É!

:histeria:

Eu NÃO SEI por que eu deixei de ir neste EVENTO, até hoje. Dizem que o Caffé levantou e foi embora em nome da tradição da gloriosa academia. Sério, a gente tinha que chamar o homem pra debater com a Zilda Iokoi. :D

Unbedeutend_F_Organisch

  • Visitante
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #12 Online: 23 de Abril de 2005, 18:29:05 »
Citação de: rizk
Citação de: Mr.Hammond
Existe um debate histórico dele com o Allaor Café, na USP aonde este fala para ele, em tom de ironia:
-só falta o senhor dizer que a culpa de todos os problemas do Brasil é da esquerda..

olavinho se enraivece e começa a gritar:
-E É! E É!

:histeria:

Eu NÃO SEI por que eu deixei de ir neste EVENTO, até hoje. Dizem que o Caffé levantou e foi embora em nome da tradição da gloriosa academia. Sério, a gente tinha que chamar o homem pra debater com a Zilda Iokoi. :D


Quem???

rizk

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #13 Online: 24 de Abril de 2005, 01:25:36 »
A Zilda é das poucas "marxistas fiéis" que sobraram na USP (leia-se: que sabe onde estão os limites e consegue trabalhar de modo sensato) e, melhor, ela quando fica puta é o MÁFIMO. Um monumento. Ame-a ou odeie-a; eu fico com a primeira, a mulher é fenomenal. Tive oportunidade de ter um semestre com ela, de viajar com ela, e de assistir uma palestra em que ela malhou animal um professor da pedagogia, que, naturalmente, não faz a mínima idéia do que é dar aula.

E eu tenho uma birra com o Olavão por conta do que ele escreveu sobre a greve de 2002, também. Confesso. Foi quando tive notícias da existência dele, e daí em diante só piorou. Por estes motivos, mesmo que a idéia da Zilda perdendo a PAFIÊNFIA e batendo nele me agrade deveras, nem penso em organizar nada; ele jamais pisaria em solo VERMELHO :D

Enfim, dá um google na Zilda (e não deixe de ler a matéria da Istoé do erro dos livros, "eu brigo com meus alunos porque eles trazem cerveja pra cá", desmoralizou-nos na grande mídia - e o "escreveu, não leu, o pau comeu" tá lá no teto até hoje, os calouros não entendem). Ok. Eu AMO, se me deixar eu faço bibliografia comentada, mas vai lá e vê.

Unbedeutend_F_Organisch

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #14 Online: 24 de Abril de 2005, 02:02:43 »
Hehehehe, agora entendo "escreveu, não leu, o pau comeu"

Mas discordo que deveriam botar a Zilda Iokoi pra debater com o O.C., tem botar logo um boneco inflável...


Iokoi dá aula do que?

rizk

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #15 Online: 24 de Abril de 2005, 02:06:00 »
Brasil Independente I, a gente estuda os movimentos populares do período regencial. Pelo menos no meu ano ela deu isso, este semestre ela está com história e fontes visuais.

Não entendi o boneco.

Unbedeutend_F_Organisch

  • Visitante
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #16 Online: 24 de Abril de 2005, 02:11:23 »
Na entrevista na IstoÉ, ela dá ênfase aos movimentos sociais.Já supunha um pouco

Bom ou mau debatedor, O.C. não merece nenhum deles...tendeu?

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #17 Online: 25 de Abril de 2005, 16:07:17 »
o pior não é nem o fato do olavo ser o que é, mas o fato de ter uma legião de seguidores.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #18 Online: 25 de Abril de 2005, 17:07:36 »
A Mônica agora é comunista?!! MWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!  :histeria:  :gira:  :rola:  X-D :nao:
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Bruno Faria

  • Nível 11
  • *
  • Mensagens: 195
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #19 Online: 25 de Abril de 2005, 23:30:53 »
Citação de: Alenônimo
A Mônica agora é comunista?!! MWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!  :histeria:  :gira:  :rola:  X-D :nao:


Você já deu uma olhada na comunidade orkut "Olavo de Carvalho nos Odeia" (http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=87091)?

Tem alguns tópicos hilários. Alguém propõe: "Como o Olavo escreveria sobre tal tema..."
Aí o pessoal capricha nas viagens. O tópico da Turma da Mônica é ótimo. Nele eu tenho um debate paralelo com o Stein da STR e mais alguns outros sobre o papel do Horácio na mitologia comunista da Mônica...
Quod dixi, dixi.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #20 Online: 25 de Abril de 2005, 23:57:17 »
Citação de: Bruno Faria
Citação de: Alenônimo
A Mônica agora é comunista?!! MWAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!  :histeria:  :gira:  :rola:  X-D :nao:


Você já deu uma olhada na comunidade orkut "Olavo de Carvalho nos Odeia" (http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=87091)?

Tem alguns tópicos hilários. Alguém propõe: "Como o Olavo escreveria sobre tal tema..."
Aí o pessoal capricha nas viagens. O tópico da Turma da Mônica é ótimo. Nele eu tenho um debate paralelo com o Stein da STR e mais alguns outros sobre o papel do Horácio na mitologia comunista da Mônica...


talvez eu esteja fugindo um pouco do tema, mas vou fazer uma observação. sabe o que é interessante nessa história de extrema direita/extrema esquerda?
*pra turma do olavão a mônica é comunista. pra extrema esquerda, o pato donald e o mickey são ferramentas de dominação/alienação cultural norte-americana
*pra turma do olavão a mídia é esquerdista, faz parte da conspiração gramsciana. pra extrema esquerda, a "grande mídia" aliena e serve a interesses da elite. o engraçado no caso da mídia é que aqui falamos da mesma mídia!
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Nina

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.805
  • Sexo: Feminino
    • Biociência.org
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #21 Online: 26 de Abril de 2005, 18:36:15 »
Estes dias tive que ouvir que só acéfalos comem em McDonalds e que a marca é um instrumento de dominação POLÍTICA dos EUA.. :lol:
"A ciência é mais que um corpo de conhecimento, é uma forma de pensar, uma forma cética de interrogar o universo, com pleno conhecimento da falibilidade humana. Se não estamos aptos a fazer perguntas céticas para interrogar aqueles que nos afirmam que algo é verdade, e sermos céticos com aqueles que são autoridade, então estamos à mercê do próximo charlatão político ou religioso que aparecer." Carl Sagan.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #22 Online: 26 de Abril de 2005, 20:57:53 »
Citação de: Nina
Estes dias tive que ouvir que só acéfalos comem em McDonalds e que a marca é um instrumento de dominação POLÍTICA dos EUA.. :lol:


big mac tem gosto de isopor, mas o crispy chicken, hmmm....
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Nina

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 5.805
  • Sexo: Feminino
    • Biociência.org
Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #23 Online: 27 de Abril de 2005, 18:28:10 »
Também não gosto do Big... muito pão!  :roll:
"A ciência é mais que um corpo de conhecimento, é uma forma de pensar, uma forma cética de interrogar o universo, com pleno conhecimento da falibilidade humana. Se não estamos aptos a fazer perguntas céticas para interrogar aqueles que nos afirmam que algo é verdade, e sermos céticos com aqueles que são autoridade, então estamos à mercê do próximo charlatão político ou religioso que aparecer." Carl Sagan.

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Re.: Olavão é astrólogo!
« Resposta #24 Online: 27 de Abril de 2005, 21:51:49 »
Citação de: Nina
Também não gosto do Big... muito pão!  :roll:


o problema é que o gosto é manjado já... tem o mesmo gosto de cheeseburger, quarteirão, mcmax....
mas sério, podem dizer que não tenho gosto pra comida, eu continuo gostando do crispy chicken. não fui lobotomizado nem nada, e pagar 10 reais em uma combinaçãozinha nem sempre vale a pena, mas tem aquele gostinho de condimentado artificial padronizado todo delícia....  :P
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!