Autor Tópico: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.  (Lida 126755 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #25 Online: 14 de Dezembro de 2005, 12:25:37 »
Citação de: Tarcísio
Por que vocês não dão tanta atenção aos argumentos muçulmanos quanto aos cristãos?

Até hoje nenhum muçulmano bateu a minha porta aos domingos, nem bateu o pé quanto a minha posição religiosa.

Offline n/a

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.699
Re.: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #26 Online: 14 de Dezembro de 2005, 15:13:15 »
Por que estamos em um país cristão, talvez. Se estivessemos em um país muçulmano, poderiamos refutar mais esse, antes de cortarem as nossas cabeças, claro.

Offline Marcelo Terra

  • Nível 32
  • *
  • Mensagens: 2.126
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #27 Online: 14 de Dezembro de 2005, 15:24:20 »
Citação de: Fernando
Citação de: Tarcísio
Por que vocês não dão tanta atenção aos argumentos muçulmanos quanto aos cristãos?

Até hoje nenhum muçulmano bateu a minha porta aos domingos, nem bateu o pé quanto a minha posição religiosa.


Exatamente.

Offline Südenbauer

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 10.297
  • Sexo: Masculino
Re: Re.: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #28 Online: 14 de Dezembro de 2005, 17:58:32 »
Citação de: Ricardo M
Por que estamos em um país cristão, talvez. Se estivessemos em um país muçulmano, poderiamos refutar mais esse, antes de cortarem as nossas cabeças, claro.

Exatamente, e é por isso que não ocorrem as coisas que citei acima.

Offline Mr. P

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 39
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #29 Online: 05 de Março de 2006, 10:32:16 »
Nao podemos falar das ideias muçulmanas se nenhum muçulmano vem defende-las. :o
Um homem so se revela enquanto tal, quando duvida.

Offline Alenônimo

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.545
  • Sexo: Masculino
    • Alenônimo.com.br
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #30 Online: 05 de Março de 2006, 10:47:53 »
Nao podemos falar das ideias muçulmanas se nenhum muçulmano vem defende-las. :o
Ultimamente tem o Pug…
“A ciência não explica tudo. A religião não explica nada.”

Offline Mr. P

  • Nível 03
  • *
  • Mensagens: 39
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #31 Online: 05 de Março de 2006, 10:56:53 »
pelo que eu to vendo,ele ta mais interessado em atacar os crentes, do que defender os muçulmanos...
Um homem so se revela enquanto tal, quando duvida.

Offline Herf

  • Nível 37
  • *
  • Mensagens: 3.380
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #32 Online: 05 de Abril de 2006, 15:21:16 »
Já notaram que todas as argumentações teístas só se resumem a atacar os argumentos científicos, ao invés de tentarem construir a sua própria imagem?

AllannniS

  • Visitante
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #33 Online: 21 de Abril de 2006, 22:44:38 »
é verdade!....bem lembrado!

Já notaram que todas as argumentações teístas só se resumem a atacar os argumentos científicos, ao invés de tentarem construir a sua própria imagem?

Offline Led Zeppelin

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 149
  • Sexo: Masculino
  • "Zombar da filosofia é, na realidade, filosofar"
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #34 Online: 22 de Abril de 2006, 17:05:25 »
Não ligo para argumentos de fiéis de nenhum tipo de religião e nem de ateus. Deixo falando com as paredes, meu ouvido não é obrigado a ouvir merda.
“Um metafísico é um cego em um quarto escuro procurando por um gato preto que não está lá; um teólogo é o cara que acha o gato.”

APODman

  • Visitante
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #35 Online: 22 de Abril de 2006, 21:49:41 »
Hmmmmm

Led Zeppelin = Wolney ?


[ ]´s

Offline Cezar Teixeira

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 630
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #36 Online: 22 de Abril de 2006, 21:55:27 »
Não ligo para argumentos de fiéis de nenhum tipo de religião e nem de ateus. Deixo falando com as paredes, meu ouvido não é obrigado a ouvir merda.

O que veio fazer aqui?
Cezar Teixeira
Deus é contra quem faz a guerra, mas fica do lado de quem atira bem.

Offline Spitfire

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 7.530
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #37 Online: 22 de Abril de 2006, 22:04:41 »
Não ligo para argumentos de fiéis de nenhum tipo de religião e nem de ateus. Deixo falando com as paredes, meu ouvido não é obrigado a ouvir merda.

O que veio fazer aqui?

Cromar as orelhas.

Offline Cezar Teixeira

  • Nível 20
  • *
  • Mensagens: 630
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #38 Online: 22 de Abril de 2006, 22:05:28 »
Não ligo para argumentos de fiéis de nenhum tipo de religião e nem de ateus. Deixo falando com as paredes, meu ouvido não é obrigado a ouvir merda.

O que veio fazer aqui?

Cromar as orelhas.

 :lol:
Cezar Teixeira
Deus é contra quem faz a guerra, mas fica do lado de quem atira bem.

Coyote

  • Visitante
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #39 Online: 10 de Maio de 2006, 13:25:51 »
Lendo o texto inicial... fica a impressão que não há cientistas crentes. Há... e muitos. E a maioria segue a ciência normal... como qualquer outro cientista. Portanto, fica a impressão que existe uma coisa chamada argumentos Teístas... o que é falso. O que há são alguns teístas que usam esse tipo de argumentos. Normalmente criacionistas... que são uma minoria teísta (sobretudo Americana).

Offline Onaiab

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 284
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #40 Online: 19 de Maio de 2006, 15:29:26 »
Olá, todos
Eu sou espiritualista, acredito em Deus. Concordo que das 31 "alegações cristãs" apresentadas, a maioria
não se sustenta. Diria até, que algumas são mesmo infantis. Destaco apenas três, altamente questionáveis :

Deus criou as pessoas É temerário apresentar refutações, que, aparentemente sejam respostas definitivas sobre tal assunto. E a evolução, por si só, não invalida a possibilidade da existência de Deus.

Tudo pode ser explicado pelo Projeto Inteligente Deus é um assunto prá lá de metafísico, " supera, em muito, a capacidade do pensamento humano. "

Tudo tem uma causa Também não se deve afirmar que tudo é por acaso. Como provar ? Quanto ao Big Bang, tal teoria refere-se ao surgimento do "universo conhecido", delimitado no espaço de entre 15 a 20 bilhões de anos-luz de distância. O que haverá para além desta pequenina distância ?
A dúvida pode ser uma pedra no caminho ou uma ponte sobre o rio.
A simples atitude de negação não conduz a nenhuma certeza.
O improvável pode ser perfeitamente possível.

Offline Diego

  • Nível 40
  • *
  • Mensagens: 4.835
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #41 Online: 20 de Maio de 2006, 21:17:11 »
Tudo tem uma causa Também não se deve afirmar que tudo é por acaso. Como provar ? Quanto ao Big Bang, tal teoria refere-se ao surgimento do "universo conhecido", delimitado no espaço de entre 15 a 20 bilhões de anos-luz de distância. O que haverá para além desta pequenina distância ?

Mas não falamos q TUDO é ao acaso...

o NUNCA e o TUDO devem ser usados com extrema prudencia.

Apenas questionamos a necessidade do universo ter obrigatória mente q ter uma causa primária!
Que é exatamente oq os teistas afirmam.

Sobre o o "lado de fora" do universo, q tal a resposta nada??
E pequenina distancia é fogo hein :P hehehe
ahh, seja bem vinda(o)

Offline Onaiab

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 284
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #42 Online: 23 de Maio de 2006, 01:46:33 »
Obrigado pelas boas-vindas.

Prefiro pensar em Deus, "gerenciando" o universo e a marcha geral de tudo que existe.
Avançar daí é temerário. Causa, acaso, criação, são conceitos utilizados para a compreensão do
modelo de universo desenhado por nós.

A dúvida pode ser uma pedra no caminho ou uma ponte sobre o rio.
A simples atitude de negação não conduz a nenhuma certeza.
O improvável pode ser perfeitamente possível.

Offline PauloCesar

  • Nível 19
  • *
  • Mensagens: 560
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #43 Online: 07 de Junho de 2006, 15:13:46 »
Prefiro pensar em Deus, "gerenciando" o universo e a marcha geral de tudo que existe.
Avançar daí é temerário.

Faz bem. Porque acreditar em um deus criador e, simultaneamente em deus gerente é contraditório. Se o perfeito criou, o gerente é inútil. Se o gerente é necessário, é porque o criador falhou.

Nem vou entrar na discussão sobre a impossibilidade do absurdo chamado "gesto criador".
FREE YOUR MIND! - Morpheus

Offline Onaiab

  • Nível 13
  • *
  • Mensagens: 284
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #44 Online: 10 de Junho de 2006, 11:27:16 »
Prefiro pensar em Deus, "gerenciando" o universo e a marcha geral de tudo que existe.
Avançar daí é temerário.

Faz bem. Porque acreditar em um deus criador e, simultaneamente em deus gerente é contraditório. Se o perfeito criou, o gerente é inútil. Se o gerente é necessário, é porque o criador falhou.

Nem vou entrar na discussão sobre a impossibilidade do absurdo chamado "gesto criador".

Nem perco meu tempo, pensando sobre "criação divina". Principalmente, diante da incontestável impossibilidade científico-tecnológica, em reproduzir, sequer uma insignificante folhazinha de uma arvorezinha qualquer. Haja necessidade evolutiva.  
A dúvida pode ser uma pedra no caminho ou uma ponte sobre o rio.
A simples atitude de negação não conduz a nenhuma certeza.
O improvável pode ser perfeitamente possível.

Offline Verner44

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 113
  • Sexo: Masculino
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #45 Online: 10 de Junho de 2006, 22:15:30 »
Você, Autor Desconhecido, poderia ter numerado os quesitos, facilitando as intervenções. Na questão A CIÊNCIA NÃO SABE A ORIGEM DO BIG BANG, não estaremos retornando à  :sleepy: sonolenta Metafísica, com suas Causas Primeiras ou Primordiais :?: Fica difícil imaginar o Tempo sem o antes, da mesma forma que imaginar os limites do universo, com um perímetro além do qual exista >> ou não exista >> o NADA. Por mais brilhantes que sejam os argumentos, sempre fica a impressão de absurdo, de non sense.
verner44
O temor é um grande inibidor do questionamento inteligente. [Doris Lessing]

Luz

  • Visitante
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #46 Online: 11 de Junho de 2006, 11:12:14 »
Tenho observado uma grande lacuna tanto nos agumentos teístas quanto nos argumentos ateístas para a refutação da existência de Deus. Os religiosos se apoiam no que suas religiões diz, porque acreditam, então agem com razão. Mas teístas e ateístas têm cometido o mesmo erro. Olhar Deus como algo que pertence as religiçoes é olhar apenas uma pequena parte do todo, a parte mais frágil, por sinal. Deus não pertence a uma ou a mais religiões, não pertence a nenhuma delas. Pertence ao pensamento humano. Deus, em síntese, é "uma idéia antiga" presente em todas as épocas e civilizações de que se tem conhecimento, amplamente difundida e aceita. Parece algo inerente ao pensamento, ou no mínimo, tão antiga quanto a própria raça humana ou sua história cinhecida. Mesmo as civilizações fisicamente distantes, como as pré-colombianas, tinham suas formas próprias de crenças, algumas muito semelhantes as do "Velho Mundo". Historicamente, perdeu-se a informação de onde ou quando primeiro essa idéia foi levantada e mesmo porquê. Os indícios apontam para todos os lados.
As religiões, extintas ou atauis, não inventaram Deus, ao contrário, foram fundadas em cima dessa idéia anterior e amplamente aceita. O que elas fizeram foi apenas uma interpretação "própria" de algo que já "existia", através de livros que consideram "sagrados", visando interesses pessoais. Em sua forma mais primitiva as religiões e seus livros sagrados são uma forma que os povos antigos encontraram de escrever sua própria história, descrever sua própria cultura e raciocínio.
Questionar a existência de Deus tomando como base as religiões, não é quetionar sua exitência propriamente, mas apenas uma ou muitas das interpretações "subjetivas" que se fez dessa idéia ao longo dos séculos.
Deus independe das religiões, historicamente falando. Muitos teístas são também a-religiosos e isso pode ser observado no passado, quando muitos dos nossos grandes homens, questionaram as religiões, mas evidenciavam ao mesmo tempo sua própria fé.

Offline Oliver

  • Nível 10
  • *
  • Mensagens: 142
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #47 Online: 11 de Junho de 2006, 20:03:47 »
Questionar a existência de Deus tomando como base as religiões, não é quetionar sua exitência propriamente, mas apenas uma ou muitas das interpretações "subjetivas" que se fez dessa idéia ao longo dos séculos.
Deus independe das religiões, historicamente falando. Muitos teístas são também a-religiosos e isso pode ser observado no passado, quando muitos dos nossos grandes homens, questionaram as religiões, mas evidenciavam ao mesmo tempo sua própria fé.

Este é um ponto interessante...separar deus das religiões...isto acontece, porque existe um desconforto muito grande com as religiões, com os religiosos, os sacerdotes ... perceber isto, minha cara Luz, já é um passo importante no questionamento teista.

Mas acreditar na existencia de deus deixa perguntas em aberto...deus fez o melhor universo, as melhores leis da fisica?... qual é o tal "plano divino"? é fazer dos humanos entes perfeitos como o seu criador?

Não existe perfeição no nosso universo...se assim fosse, ele seria absolutamente geometrico, as formas vivas seriam todas igualmente belas, saudaveis e perfeitas...mas não é assim, o universo é muito mais uma concepção de caos do que algo divino.

Até onde sabemos, o universo possue apenas alguns bilhões de anos, nasceu do big bang e já começou a morrer...tudo vai desaparecer...até deus...só não sabemos ainda como...fogo e calor ou frio intenso...

Deus não poderá salvar nem a si próprio...a não ser que ele tenha uma carta na manga que nós simples mortais desconhecemos....
« Última modificação: 11 de Junho de 2006, 20:05:46 por Oliver »

Luz

  • Visitante
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #48 Online: 14 de Junho de 2006, 15:53:08 »
Questionar a existência de Deus tomando como base as religiões, não é quetionar sua exitência propriamente, mas apenas uma ou muitas das interpretações "subjetivas" que se fez dessa idéia ao longo dos séculos.
Deus independe das religiões, historicamente falando. Muitos teístas são também a-religiosos e isso pode ser observado no passado, quando muitos dos nossos grandes homens, questionaram as religiões, mas evidenciavam ao mesmo tempo sua própria fé.
Este é um ponto interessante...separar deus das religiões...isto acontece, porque existe um desconforto muito grande com as religiões, com os religiosos, os sacerdotes ... perceber isto, minha cara Luz, já é um passo importante no questionamento teista.
A separação que sugeri não tem relação com o desconforto que você sugeriu, embora ele ocorra. Na verdade, minha citação não pretendia questionar a existência/inexistência de deus propriamente, mas apenas a limitação da argumentação utilizada. É uma questão histórica. Debater o tema somente dentro do contexto religioso, principalmente dentro do contexto atual, é ignorar o período histórico, anterior ao surgimento das religiões como instituições sociais. Deus, como entidade “sobrenatural” em suas mais diversas formas primitivas, é uma idéia primária, independente de qualquer religião que o tenha “caracterizado” dessa ou daquela forma posteriormente.
Mas acreditar na existencia de deus deixa perguntas em aberto...deus fez o melhor universo, as melhores leis da fisica?... qual é o tal "plano divino"? é fazer dos humanos entes perfeitos como o seu criador?
Acreditar é uma palavra que não reflete exatamente o que pretendo propor. Questionar seria mais apropriado. Contudo, perceba você mesmo, que as perguntas sugeridas voltam novamente ao contexto religioso do tema. “Melhor universo”, “plano divino”, “perfeição”, são características “impostas” a deus pelas diversas religiões teístas, assim como “onipotência”, “onisciência”, etc e que ignoram a parte da história em que elas sequer foram citadas.
Não existe perfeição no nosso universo...se assim fosse, ele seria absolutamente geometrico, as formas vivas seriam todas igualmente belas, saudaveis e perfeitas...mas não é assim, o universo é muito mais uma concepção de caos do que algo divino.
Do ponto de vista lógico a perfeição não exige bondade ou beleza, interpretações puramente “éticas”, ela necessita apenas da funcionalidade, que é a interpretação prática. E praticamente falando, o universo funciona. Suas partes são como as engrenagens de um relógio que não se desgastam pelo contato físico, utilizando um mecanismo eficiente de forças como a atração e a gravidade. No espaço, o vácuo permite que nem mesmo a resistência do ar a que estamos sujeitos, seja um empecilho ao movimento das órbitas. Tudo isso não remete necessariamente à intervenção divina, muito menos, à concepção de caos, mas sugere uma construção “inteligente”.
Até onde sabemos, o universo possue apenas alguns bilhões de anos, nasceu do big bang e já começou a morrer...tudo vai desaparecer...até deus...só não sabemos ainda como...fogo e calor ou frio intenso...
Nós não sabemos, nós apenas supomos. Todas essas citações foram baseadas em grande parte pela observação teórica, devido a impossibilidade de observação “prática”. E todas elas possuem correntes contrárias defendidas dentro da própria ciência.
Deus não poderá salvar nem a si próprio...a não ser que ele tenha uma carta na manga que nós simples mortais desconhecemos....
Tudo que nós, simples mortais, sabemos é uma pequena parte comparado a tudo que ignoramos, segundo as palavras da própria ciência. E nós, simples mortais comuns, estamos apenas ensaiando, brincando de saber, o que em profundidade, ignoramos. A maior parte das informações científicas chegam a nós lapidadas, devido, segundo pensam os cientistas, a nossa falta de informação específica e incapacidade de compreensão. Mesmo os mais interessados, como certamente somos eu e você, sabemos apenas, segundo especialistas, o que é preciso saber. Essa pode não ser uma circunstância justa, e principalmente, uma circunstância confortável de reconhecer, mas é a circunstância que se mostra, infelizmente, a mais provável.
« Última modificação: 25 de Junho de 2006, 13:00:41 por Angelo Melo »

Offline Neuromancer

  • Nível 00
  • *
  • Mensagens: 3
Re: Argumentos teístas freqüentes e suas refutações.
« Resposta #49 Online: 09 de Julho de 2006, 13:57:02 »
Citar
A: A evolução tem muitas lacunas.
R: Apenas uma porcentagem mínima dos seres vivos se fossiliza. Olhe
em volta enquanto anda e repare nos seres vivos. Quantos deles vão
se fossilizar e ser um dia descobertos por cientistas? Tente achar um
fóssil de uma espécie moderna. A falta de fósseis não significa falta
de formas de vida. Quanto mais fósseis são achados, mais lacunas
são criadas
Ainda que a teoria da evolução fosse provada equívoca, isto nada mudaria em relação à teoria criacionista.
Provar(?) que a teoria da evolução está errada não prova em absoluto que a criacionista está certa, antes de existir a teoria da evolução já existiam ateus  e se esta for provada errada ainda existirão ateus.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!