Autor Tópico: Sobre Linux...  (Lida 62947 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.


Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.232
  • Sexo: Masculino
Re:Sobre Linux...
« Resposta #876 Online: 27 de Setembro de 2018, 23:35:19 »
A comunidade de desenvolvedores de linux está adotando um novo código de conduta que está gerando alguma polêmica. A intenção é ter um ambiente mais amigável para LGBTetcs e não-brancos. Por trás dele estão pessoas que atacam a meritocracia como misognista, opressiva:



https://unixuniverse.com.br/artigo/desenvolvedores-ameacam-linux



O próprio Linus Torvalds estará "dando um tempo" do Linux em função de coisas relacionadas...



Eu não sei o que é pior, a histeria SJW, a histeria anti-SJW, ou tentar se desmerecer "meritocracia", já que em última instância o que a pessoa estiver defendendo que não for pura arbitrariedade, será apenas uma revisão do que é considerado mérito. Todos juntos definitivamente são o pior.


Citar
“Durante todo esse tempo, nunca precisei saber ou me importar se meus colegas colaboradores eram brancos, negros, homens, mulheres, heteros, gays ou do planeta Marte, apenas se o código deles era bom”; ou seja, em um projeto que recebe contribuições de voluntários que são anônimos além do controle escolhido, as alegações enganosas de exclusão e assédio desmoronam sob o escrutínio mais aleatório. Os colaboradores revelam o máximo sobre raça, sexo e orientação que desejam, porque ninguém se importa com essa coisa tangencial no final do dia. Se realmente houvesse alguma mentalidade de “apenas homens brancos e heterossexuais”, a comunidade insistiria em determinar se um novo colaborador é “um de nós” antes de aceitar seu código, mas eles não fazem isso, nem um pouco. Assim, é evidente que não há cultura de exclusão, mas sim uma cultura de total indiferença às diferenças individuais além da capacidade de codificação. A retórica da diversidade e inclusão é apenas uma arma sendo usada para atacar uma comunidade que é inerentemente oposta à política de identidade, e é por isso que eles são vistos como uma ameaça para esse pessoal SJW.”

Offline Fernando Silva

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.772
Re:Sobre Linux...
« Resposta #877 Online: 28 de Setembro de 2018, 06:58:30 »
Hans Reiser, o criador do sistema de arquivos ReiserFS, matou a mulher e foi preso, mas sua criação não foi removida das distribuições e o desenvolvimento continuou.

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.232
  • Sexo: Masculino
Re:Sobre Linux...
« Resposta #878 Online: 28 de Setembro de 2018, 13:45:34 »
Ainda não...

Os nazistas efetuaram experimentos médicos em seres humanos tão ou mais cruéis dos que são efetuados em animais. Mas digamos que as informações contidas nos arquivos médicos nazistas possam ser usadas em prol da humanidade, sendo úteis na criação de novos medicamentos, tratamentos etc. Poderíamos usar estas informações como se fossem meros espólios de guerra, ou fazê-lo seria um desrespeito às pessoas que sofreram nas mãos dos nazistas? Mesmo que estas atrocidades nunca fossem repetidas, fazer uso do conhecimento obtido por meio delas não seria legitimá-las? Por outro lado, uma vez que o mal já foi feito, usar o conhecimento obtido por meio dele não o desfaria. E o que as pessoas cujas as vidas poderiam ser salvas por meio deste conhecimento tem a ver com a forma pela qual ele foi obtido? Lembremos que a tecnologia usada para levar o homem à Lua começou com os mísseis V2 que tiraram a vida de tantos ingleses.



Offline Zero

  • Nível 14
  • *
  • Mensagens: 305
  • Sexo: Masculino
Re:Sobre Linux...
« Resposta #879 Online: 29 de Setembro de 2018, 13:29:27 »
Desenvolvedores do Linux Kernel ameaçam remover seus códigos do kernel

https://sempreupdate.com.br/desenvolvedores-do-linux-kernel-ameacam-remover-seus-codigos-do-kernel/

Offline Buckaroo Banzai

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 36.232
  • Sexo: Masculino
Re:Sobre Linux...
« Resposta #880 Online: 29 de Setembro de 2018, 15:08:03 »
Fico imaginando se vai dar merda como uma ramificação meio neonazista do Linux, tal como ocorreu com Tweeter... talvez Nazix, ou alt-Linux...

O SJWzismo é uma praga, ele praticamente te força a se associar com a escória da humanidade, que serão os seus críticos igualmente ou mais histéricos.

Não consigo conceber que não fosse possível se conseguir quaisquer melhoras no "ambiente" virem de maneira mais pacífica e gradual, deixando claro que não há esses riscos mencionados, e idealmente também sem esses discursos oximorônicos de "chega de meritocracia, as pessoas merecem mais que isso".

Na verdade acho que mesmo isso não deve causar um grande estrago, embora haja esse efeito de ampificação mútua de histeria por ambos extremos. Em alguns casos, as pessoas do lado anti-SJW praticamente fabricam histerias. Coisas como, caçam um tweet de um sujeito falando algo meio SJW, e transformam isso em uma coisa apocalipticamente dramática. E então isso é reproduzido/expandido por outros anti-SJWs, que criam mais vídeos e textos sobre o "escândalo"... chegando a ter mais comentários sobre isso do que retweets do tweet original. Se comparar-se então o volume de texto envolvido, deve ser algo centenas de vezes maior.

 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!