Autor Tópico: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP  (Lida 1530 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão vendo este tópico.

ukrainian

  • Visitante
Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Online: 12 de Janeiro de 2007, 23:34:31 »
Se comprovado improbidade administrativa ou prejuízo ao erário público, promotoria poderá ingressar com ação contra Metrô e construtora

Jander Ramon

SÃO PAULO - O promotor de Cidadania do Ministério Público de São Paulo, Saad Mazloum, solicitou na tarde desta sexta-feira a abertura de um "procedimento preparatório civil" para investigar se houve danos ao erário público e envolvimento de agentes públicos no acidente ocorrido no início desta tarde nas obras da linha 4 do Metrô de São Paulo.

"O procedimento terá prazo de 60 dias para ser concluído, com tramitação interna dentro da Promotoria de Cidadania e, se tivermos indicações de envolvimento de entes públicos e danos ao patrimônio público, decidiremos pela abertura de um inquérito", explicou o promotor à Agência Estado.

Se apresentado o inquérito e as investigações comprovarem improbidade administrativa ou prejuízo ao erário público, a promotoria poderá ingressar com uma ação civil pública contra agentes públicos, Metrô, construtora e concessionária da obra, e outros envolvidos no empreendimento.

Outros acidentes

A obra, que sofreu nesta quinta-feira o quarto acidente de grandes proporções, com a abertura de uma cratera na região da Marginal Pinheiros, já está sendo investigada pela Promotoria de Habitação e Urbanismo do Ministério Público de São Paulo.

O inquérito foi aberto pelo promotor Carlos Alberto Amin no fim de 2006, para avaliar se a obra estaria desrespeitando a legislação urbanística de São Paulo, a pedido da bancada do Partido dos Trabalhadores.

"Desde dezembro de 2005, quando houve o primeiro acidente de grandes proporções, decidimos averiguar o andamento da obra e apresentamos um pedido de acompanhamento ao Ministério Público de São Paulo", informou à Agência Estado o deputado estadual Simão Pedro (PT). "Desconfiávamos que as obras estavam em ritmo demasiadamente acelerado, por conta da proximidade da eleição, transgredindo a legislação urbanista e sem as devidas precauções de segurança", acrescentou.

O parlamentar disse possuir em mãos uma carta do então secretário estadual de Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, que respondendo a oficio da Assembléia Legislativa, afirma que "a obra não tem nenhum risco, nenhum problema e que caberia ao Tribunal de Contas do Estado investigá-la".

"Neste momento, não tem nenhum sentido a afirmação do presidente do Metrô (Luiz Carlos Frayze David) de que esse foi ´apenas´ um acidente. Essa obra tem histórico de acidentes", acusou o parlamentar.

http://www.estadao.com.br/ultimas/cidades/noticias/2007/jan/12/246.htm

ukrainian

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #1 Online: 12 de Janeiro de 2007, 23:39:08 »
Simplesmente são 8 acidentes graves em 2 anos de obra… Um fato inédito na construção dessas linhas de metrô, assim como também é inédita essa parceria público-privada neo-liberal, que vem se demonstrando um completo fracasso. Está bem claro que o método "rápido e lucrativo" das construtoras não leva em conta os riscos ao patrimônio público e à vidas humanas. Qualquer coisa que ocorrer a seguradora indeniza, afinal.


ukrainian

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #2 Online: 12 de Janeiro de 2007, 23:43:28 »
O Serrinha não quis falar com a imprensa, nem o Alckminho... Onde estão os "éticos", agora?  :umm:

Offline Worf

  • Nível 26
  • *
  • Mensagens: 1.272
  • Sexo: Masculino
  • libertas
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #3 Online: 13 de Janeiro de 2007, 01:40:00 »
Sim, se fosse uma obra apenas pública, nunca haveria acidentes...
...já que ela nunca teria saido do papel.

É bem mais fácil processar uma empreiteira do que o Estado. Imaginar que o Estado daria hotéis para os desabrigados, se estivesse sozinho nessa, seria o mesmo que acreditar em fadas.

De qualquer modo, quem for o culpado deve ser punido.

Tarcísio

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #4 Online: 13 de Janeiro de 2007, 01:40:09 »
Foi o PT!

Falando em MP, saiu edital pra prova de bacharéis e adiaram as inscrições :D

ukrainian

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #5 Online: 22 de Janeiro de 2007, 15:54:42 »
Sim, se fosse uma obra apenas pública, nunca haveria acidentes…
…já que ela nunca teria saido do papel.

Ahhhh sim, e toda a extensão do metrô, composta por obras públicas, foi feita por acaso. Assim como toda a estrutura do transporte público de São Paulo. Não é mesmo? Afinal, São Paulo toda "nem saiu do papel".

É bem mais fácil processar uma empreiteira do que o Estado. Imaginar que o Estado daria hotéis para os desabrigados, se estivesse sozinho nessa, seria o mesmo que acreditar em fadas.

Ué? E por que não daria? Você acha esse item o mais importante em um caso de um desastre desse porte? Por que considera a reparação mais importante do que a prevenção? 

De qualquer modo, quem for o culpado deve ser punido.

Se algum dos donos das construtoras Odebrecht, Alstom, Queiroz Galvão, OAS, Camargo Correa ou Andrade Gutierrez for preso, eu troco meu avatar do forum para uma foto do F.A. Hayek, mudo meu nick para "Born in the USA" e coloco na minha assinatura alguma frase do Roberto Campos.

ukrainian

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #6 Online: 22 de Janeiro de 2007, 15:57:59 »
A tragédia do Metrô e a gestão tucana em São Paulo



por Rodrigo Carvalho*

A tragédia do Metrô de São Paulo causaram as irreparáveis mortes de sete pessoas (ainda a serem confirmadas), além do desalojamento de 42 famílias, a interdição de 55 imóveis e um dos maiores prejuízos públicos já causados em obras públicas na maior cidade do Brasil. A cratera, em uma das maiores vias de trânsito desta complexa metrópole, chega a 80 metros de largura e 40 metros de altura. Esta obra é dirigida pelo Consórcio Via Amarela, formada por cinco das maiores empreiteiras do Brasil: Odebrechet, OAS, Queiroz Galvão, Camargo Corrêa e Andrade Gutierrez. Portanto, não foi a inexperiência em construção a causa desta tragédia.



Provavelmente, há mais de uma variável para determinar as causas do acidente, o IPT – Instituto de Pesquisa Tecnológica, importante e competente instituto, fará a auditoria da obra. Contudo, é necessário realizar uma avaliação mais ampla que a técnica, existe a obrigação da sociedade em identificar de modo responsável e sem paixão a responsabilidade pública, do governo estadual, nos acontecimentos da tragédia. Reside nesta questão, um dos elementos mais importantes, pois a obra foi repassada inteiramente e com autonomia plena para a iniciativa privada, sem nenhum controle do Estado para com os investimentos, a segurança e a qualidade dos serviços.


O contrato para a construção da Linha 4 do Metrô firmado com  a Odebrechet, líder do consórcio, foi assinado em 1º de outubro de 2003, em uma modalidade denominada “turn key”, adotada e defendida com unhas e dentes pela gestão tucana de Geraldo Alckmin, que consiste em preço fechado, com tempo determinado e autonomia plena das empresas em sua execução. Esse modelo de contrato é mais um advento do sistema neoliberal de gestão pública em que exclui o Estado da intervenção na execução dos trabalhos públicos, ficando apenas com a responsabilidade da elaboração da obra e seu pagamento.


O Sindicato dos Metroviários de São Paulo, parlamentares da Assembléia Legislativa (entre os quais Nivaldo Santana (PCdoB) e Simão Pedro (PT)) e especialistas da área já haviam questionado o contrato, nesta modalidade, desde sua assinatura. Em recente debate sobre o assunto, o professor da Escola Politécnica da USP, Waldemar Hachich, resumiu a crítica: “Em diversas instâncias, decisões cruciais vêm sendo tomadas por ‘gestores’, com seus reluzentes mestrados e doutorados em business em Havard Stanford (...), na sua esmagadora maioria absolutamente jejunos quanto às especificidades técnicas da engenharia civil. Contratam ‘engenharia’ da mesma forma que contratam, por exemplo, serviços terceirizados de limpeza”. (O Estado de São Paulo, Metrópole, 17/01/2007).


O governo de São Paulo, sob a gestão tucana, têm terceirizado sistematicamente serviços essenciais da sociedade nas mais diversas áreas estratégicas para o desenvolvimento da sociedade. As empresas contratadas, por sua vez, para otimizar os lucros, também terceirizam seus serviços desqualificando o trabalho que deveria ser de plena responsabilidade do Estado. No caso da Linha 4, chama a atenção a cláusula que cria bônus para a diminuição dos custos da obra para as empresas contratadas pelas outras empresas responsáveis pelo consórcio. Um acinte para a qualidade da prestação dos serviços em nome da máxima capitalista do maior lucro em menor custo e tempo.


Todas as linhas de São Paulo foram construídas pela Companhia Metropolitana – Metrô, estatal de alta qualidade e excelentes profissionais. A Linha 4 é a nova forma de construção, inaugurando um novo modelo de gestão. Após sua construção, essa linha será gerida pela iniciativa privada, com a exploração da bilheteria (principal lucro do Metrô), propaganda e exploração comercial em suas dependências, em troca dos investimentos para equipar a linha. Um contrato, a partir das parcerias público-privadas paulista, amplamente favorável para as empresas, numa mal disfarçada privatização do Metrô paulista.


A construção da Linha 4 do Metrô foi um dos destaques na última eleição para o governo estadual e o governador José Serra se destacou como o principal nome que defendeu este modelo de gestão. Agora, Serra amarga a herança deixada pelo seu antecessor, além de toda a concepção política de administração pública que o PSDB aplica no Estado.


A tragédia do Metrô de São Paulo é uma demonstração clara da ineficiência administrativa do PSDB em São Paulo onde aplica um modelo de gestão que na prática onera a sociedade. A implementação de um modelo tecnocrático e neoliberal (que teve seu ápice no governo Geraldo Alckmin) afasta o papel primordial do Estado em cuidar do desenvolvimento econômico e social da sociedade de maneira equilibrada e justa. A gestão tucana, até o momento, privilegia o lucro das empresas privadas ou a falsa economia pública em detrimento das responsabilidades públicas que o governo tem com a sociedade.

*Rodrigo Carvalho, Sociólogo, membro da direção estadual do PCdoB em São Paulo

Offline n/a

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 6.699
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #7 Online: 22 de Janeiro de 2007, 18:12:56 »
Quando o Estado comanda, não acontecem acidentes.


Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #8 Online: 22 de Janeiro de 2007, 18:16:45 »
Em Ricardo, realmente concordo com voce. :roll:
"The patient refused an autopsy."

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #9 Online: 22 de Janeiro de 2007, 18:43:15 »
[petista] Foi o Serra quem provocou o acidente! Eu vi! Ele instalou um monte de dinamite na obra! [/petista]

[george w. bush se fosse petista] The next step of the war on terrorism is to depose José Serra. [/george w. bush se fosse petista]

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #10 Online: 23 de Janeiro de 2007, 02:18:13 »
Simplesmente são 8 acidentes graves em 2 anos de obra… Um fato inédito na construção dessas linhas de metrô, assim como também é inédita essa parceria público-privada neo-liberal, que vem se demonstrando um completo fracasso. Está bem claro que o método "rápido e lucrativo" das construtoras não leva em conta os riscos ao patrimônio público e à vidas humanas. Qualquer coisa que ocorrer a seguradora indeniza, afinal.



nada inédito nessa história é a agilidade dos abutres em querer tirar dividendos políticos da história.
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Rodion

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 9.872
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #11 Online: 23 de Janeiro de 2007, 02:19:16 »
Sim, se fosse uma obra apenas pública, nunca haveria acidentes…
…já que ela nunca teria saido do papel.

É bem mais fácil processar uma empreiteira do que o Estado. Imaginar que o Estado daria hotéis para os desabrigados, se estivesse sozinho nessa, seria o mesmo que acreditar em fadas.

De qualquer modo, quem for o culpado deve ser punido.

mas é sempre uma empreiteira privada quem faz as obras, públicas também. aliás.. ainda bem, né?
"Notai, vós homens de ação orgulhosos, não sois senão os instrumentos inconscientes dos homens de pensamento, que na quietude humilde traçaram freqüentemente vossos planos de ação mais definidos." heinrich heine

Offline Pregador

  • Conselheiros
  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 8.049
  • Sexo: Masculino
  • "Veritas vos Liberabit".
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #12 Online: 23 de Janeiro de 2007, 08:46:03 »
Simplesmente são 8 acidentes graves em 2 anos de obra… Um fato inédito na construção dessas linhas de metrô, assim como também é inédita essa parceria público-privada neo-liberal, que vem se demonstrando um completo fracasso. Está bem claro que o método "rápido e lucrativo" das construtoras não leva em conta os riscos ao patrimônio público e à vidas humanas. Qualquer coisa que ocorrer a seguradora indeniza, afinal.



Agora a culpa é dos neoliberais? as vezes eu sinto nojo de certas colocações... tudo para defender uma ideologia. Aprende uma coisa, existem engenheiros e profissionais em geral, tanto neoliberais, comunistas, anarquistas, esquizofrênicos, ateus, gays etc que são incompetentes e negligentes. Eles não são assim em decorrência de suas ideologias. Achei que isso era óbvio.
"O crime é contagioso. Se o governo quebra a lei, o povo passa a menosprezar a lei". (Lois D. Brandeis).

Eriol

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #13 Online: 23 de Janeiro de 2007, 11:56:12 »
como que "ministério público investigará"?

Tem que terceirizar essa merda!

(Amon, para gastar menos as empresas normalmente tem normas mais "blandas")

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #14 Online: 23 de Janeiro de 2007, 20:26:11 »
Lembrem que um acidente desse nao e nada lucrativo. Ou voce acha que eles o hotel, mais a indenizacao (que vai se absurda considerando os prejuizos causados, e tem que se indenizar o governo pelos danos ao patrimonio publico, as moradores por perdas materiais, aqueles que se machucaram e ainda as familias daqueles que morreram.), e se bobear ainda tem mais.
"The patient refused an autopsy."

Fabi

  • Visitante
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #15 Online: 24 de Janeiro de 2007, 17:06:45 »
Acidentes desse tipo não acontecem só por causa dos "malévolos capitalistas que instalam bombas em obras de metrô pra matar 7 pessoas". Acidente acontecem porque condições favoráveis, mal planejamento, má execução da obra resultam nisso. Isso independe de ser capitalista, comunista, feudalista e etc. Profissional ruim existe em todo lugar.

Por falar em acidentes, teve um acidente de avião da estatal russa Aeroflot que matou 75 pessoas, tudo porque o piloto do avião colocou os filhos pra pilotar.

Offline Felius

  • Nível 34
  • *
  • Mensagens: 2.746
  • Sexo: Masculino
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #16 Online: 26 de Janeiro de 2007, 23:24:43 »
Fabi, tambem tem aquele, aquele la da russia, que ficou famoso, cher alguma coisa. :roll:
"The patient refused an autopsy."

Offline uiliníli

  • Nível Máximo
  • *
  • Mensagens: 18.107
  • Sexo: Masculino
Re: Ministério Público investigará acidente no metrô em SP
« Resposta #17 Online: 26 de Janeiro de 2007, 23:31:04 »
Fabi, tambem tem aquele, aquele la da russia, que ficou famoso, cher alguma coisa. :roll:

A Cher? Sim, essa catástrofe é famosa na Rússia também :lol:


 

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!